THOR: RAGNAROK

Deus do Trovão e Golias Verde voltam a se encarar em Novembro

MARVEL LEGACY

Marvel une futuro em passado nesta sua nova fase

Nova Serie Mutante na FOX

Saiba as novidades de THE GIFTED

PLANETA HULK

A HISTÓRIA DO HULK QUE MARCOU OS ANOS 2000

Classicos do Wolverine

Relembre mais das melhores histórias do Logan

FUGITIVOS

Série de produção Marvel e Hulu começa a sair este ano

THOR: RAGNAROK

O Terceiro filme do Deus do Trovão e surpresa do ano é tema do nosso Podcast!

JUSTICEIRO

Saiba as novidades da série que sai em Novembro

FINALMENTE REUNIDOS

Escute o nosso podcast sobre os Defensores!

PANTERA NEGRA

Conheça Wakanda em 2018

quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Secret Invasion: Primeiras Páginas

*Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!!

I HATE SKRULLS!

Depois de reveladas as primeiras capas relacionadas ao grande evento de 2008, a Marvel divulgou em alguns sites americanos as primeiras duas páginas internas de Secret Invasion 1, com arte do estilizado desenhista chinês Leinil Yu! Confira!!!



Secret InvasionSecret Invasion



Contem os dias para a invasão! E fique alerta! Não confie em ninguém!

Coveiro

Guerra Silenciosa: Segunda Parte


Silent War #4

Continuando o review escrito em conjunto, chegamos aos três últimos atos da Guerra Silenciosa, nos quais ficamos sabendo o que de fato se escondia por detrás de toda a trama concebida por David Hine e ilustrada por Frazer Irving.

A Amante

Medusa é esposa de um dos seres mais forte do Universo Marvel. Raio Negro pode causar enorme destruição com sua voz. Sempre ao lado do marido, ajudou Blackagar a carregar o fardo de que um timbre de sua voz levantada em uma discussão poderia destruir tudo ao seu redor, e também a comandar com pulso firme seu povo, sendo responsável por transmitir as ordens do rei...

Mas isto está para mudar...

Medusa está na cela de Maximus, dizendo que ama seu marido e não entendendo o motivo de estar naquele lugar. A cena é rapidamente cortada para a entrada de um flashback, que traz revelações chocantes da vida do casal.

Guerra Silenciosa

O momento se passa após o encontro com Pietro. Medusa, em uma discussão com Blackagar, decide trazer à tona assuntos que deveriam ficar guardados para sempre. O casal teve um filho chamado de Ahura, incrivelmente poderoso, mas também perigosamente insano. O Conselho Genético, com medo de que surgisse um novo e mais perigoso Maximus, decide enclausurar Ahura e suprimem suas habilidades.

Raio Negro ordenou que o assunto “Ahura” nunca mais fosse comentado, mas, com as surpreendentes habilidades de Luna, Medusa vê pela primeira vez a chance de recuperar a sanidade do filho e discute asperamente com seu esposo no claro ato de amor pelo filho de que nunca pôde cuidar.

Guerra Silenciosa

A história retorna à cela de Maximus, onde Blackagar vê Medusa nos braços de seu irmão e pior inimigo. A cena é forte demais para o Rei envolvido numa guerra que ameaça a cultura e a sobrevivência de seu povo. Raio Negro parte desesperadamente para fora de Attilan. Na Lua, sozinho no vácuo, extravasa a sua dor. Seu grito não tem efeito e se perde na grande imensidão do espaço.

Guerra Silenciosa

Enquanto isso, na Terra, os americanos descobrem que os humanos não suportam a exposição às névoas terrígenas. Entretanto, envolvidos numa guerra, e sempre dispostos a vencê-la, o governo dos EUA forma um grupo kamizake de soldados extremamente nacionalistas. Expostos ao ritual sagrado dos Inumanos, ganharão superpoderes, morrendo pouco tempo depois de concluída a missão.

Guerra Silenciosa

De volta a Attilan, os Inumanos percebem que seu Líder mudou, através de uma nota escrita e não em gestos, Medusa comunica a vontade de Raio Negro.

Guerra!

Guerra Silenciosa


O Herói

Sob os olhares de um entristecido Sentinela, o exército inumano, depois de esmagar as forças militares americanas, enfrenta os Poderosos Vingadores – grupo ao qual ainda seremos devidamente apresentados. Mantendo a posição da qual falara com Raio Negro, Robert Reynolds se recusa a interferir. Ele é poderoso demais. Ao invés disso, acaba proporcionando uma reflexão interessante a respeito da natureza da guerra e de seu papel nesse jogo. Questionando o que ele estaria “vingando”, observa que até o mais inteligente do grupo, o Homem de Ferro, é um guerreiro. Apenas sua capacidade em destruir as coisas é levada em consideração.

Guerra Silenciosa

É por isso que o Sentinela, mesmo sob os gritos desesperados de Tony Stark, não interfere na luta. Ele só observa e percebe que, enquanto o confronto ocorre, a verdadeira missão era realizada dentro do Pentágono. Com auxílio de CLOC, Robert sabe que o inumano Woz liberta seus amigos aprisionados. Mesmo o bestial Gorgon parece ainda ter algo de racional, e lidera o quinteto em busca dos cristais que iniciaram todo o conflito.

Mesmo sabendo disso, o Sentinela não comunica a ninguém na esperança de que a guerra se encerre. Ele não quer lutar porque não quer destruir, e percebe que o estático Raio Negro provavelmente só observa pelo mesmo motivo. Dentro do Pentágono, o próprio professor Cartwright entrega os cristais aos inumanos, amaldiçoando as névoas e esperando que o destino dos invasores seja o pior possível. Logo em seguida, seu corpo decomposto exala um último sussuro.

Guerra Silenciosa

Em Attilan, o verdadeiro perigo que os inumanos nem sabem estar enfrentando. Luna se amedronta quando sua tia Medusa, controlada por Maximus, leva a menina para ver o prisioneiro das masmorras. A rainha inumana diz que só a sobrinha pode “curá-lo”. E só com suas habilidades ela é capaz de ver o grande “ser” de tentáculos sombrios (antes visto em menor escala em Medusa e Raio Negro), que representa a influência maligna de Maximus, aprisionado pelas travas impostas pelos Pacificadores.

Maximus tenta enganar a menina, mas ela sabe que os pacificadores só fizeram aquilo para conter o mal de seu tio. Mas Medusa, cada vez mais descontrolada, ameaça a menina para derrubar a prisão imposta à capacidade de manipulação de Maximus. A filha de Cristalys e Mercúrio cede, e a maior ameaça aos inumanos é liberada.

Guerra Silenciosa

Do lado de fora do Pentágono, mesmo com a vantagem momentaneamente perdida por uma medida extrema do Homem de Ferro, os inumanos não lutam mais. Não lutam porque estavam lá apenas para criar uma distração. Os cristais foram recuperados, e eles recuam. Ms. Marvel (sempre ela!) deduz que os Vingadores venceram, mas está equivocada. O último recurso para encobrir a fuga inumana: sob os olhares suplicantes do Sentinela, Raio Negro usa sua voz, devastando seus oponentes.

Gorgon, envergonhado pela missão mal sucedida da primeira parte da história, entrega os cristais a Raio Negro, que consola o bestial subordinado. Stark, desesperado por estar incapacitado, suplica ao Sentinela que ele recupere os cristais. Tentando explicar a destruição que um confronto seu com Raio Negro criaria, Robert diz que a guerra acabou, pois os inumanos tinham o que foram buscar. O Homem de Ferro se desespera, porque sabe que agora que os vingadores falharam, não há nada o que ele possa fazer. O exército de fuzileiros expostos às névoas terrígenas será liberado contra os inumanos.

Guerra Silenciosa


O Louco

A guerra chegou a Attilan. Enquanto Karnak conclui que os recém-recuperados cristais estão imperfeitos, deixando a terrigênese mais imperfeita do que nunca, nas masmorras, Maximus se regozija. Seus planos e sementes plantadas estão dando frutos, embora muito, segundo ele, seja obra do destino.

Guerra Silenciosa

Naves da SHIELD atacam, mas as defesas de Attilan são suficientes para contê-las. Karnak percebe que não são as verdadeiras ameaças, e que uma delas pousou no perímetro da Área Azul. É dela que saem os fuzileiros alterados pelas névoas. Os Inumanos, principalmente Gorgon, consideram isso uma blasfêmia, e Raio Negro ordena o contra-ataque. Eles partem, iniciando um grande confronto entre as duas partes.

Medusa e Luna ficam para trás. A rainha, totalmente seduzida por Maximus, dirige-se às masmorras junto da sobrinha e Lorde Karthus. Medusa ordena a liberação de Maximus, alegando que ele está curado de sua insanidade. Karthus se recusa, mas logo é dominado, chamando Maximus de "meu senhor". O próximo passo é libertar o filho de Raio Negro, Ahura. Luna faz o mesmo que fez com Maximus, liberando a manifestação sombria de sua mente da contenção dos Pacificadores.

Guerra Silenciosa

Luna diz que Ahura tem uma das "aranhas pretas". Maximus pergunta onde as viu antes, e ela responde ter visto em Medusa, Raio Negro e Mercúrio, acusando o ex-prisioneiro de tê-las colocado. Ele confirma, dizendo que gosta de planejar a longo prazo. Para ele são formas de limpar a mente e reescrevê-las conforme suas conveniências. Só duas pessoas resistiram: Raio Negro e Luna, embora a garota, por enquanto, esteja obediente.

Do lado de fora, a luta continua. Mas os humanos alterados começam a morrer e perder as forças, rendendo-se. Maximus e seus novos aliados observam tudo à distância. Ele logo percebe que entre os fuzileiros tinha uma mulher de aparência humana regular que estava sendo protegida por todos, e pede para Luna dizer o que via. A menina diz que é como olhar para o sol, e que a mulher sente dor. O irmão de Raio Negro percebe o plano dos humanos.

Guerra Silenciosa

Os prisioneiros são levados para o interior de Attilan. Na Terra, Maria Hill ordena a detonação da ogiva e digita o código necessário. Na Lua, a mulher que sentia dores explode, causando a detonação vista por Pietro da Terra.

Guerra Silenciosa

Agora Attilan está destruída. Raio Negro deposto. E um novo rei se ergue entre os inumanos: Maximus! O novo monarca quer reconstruir a cidade, dessa vez na Terra. Nas masmorras, Raio Negro se encontra aprisionado. Perdeu tudo, a esposa, o filho, o reino e os aliados. Sua única visita é Luna, que diz ser a culpada de tudo, pois libertou as trevas. Ela e o tio são os únicos livres da totalidade da influência de Maximus.

Guerra Silenciosa

Só que Luna não tem culpa de nada. Maximus, mesmo bloqueado, manipulou a todos. Utilizando-se apenas de sugestão, brincou com o irmão e a cunhada, aproveitando-se da fragilidade emocional deles. Agora temos um novo status quo na sociedade inumana. O que isso poderá representar para o Universo Marvel? Essa é a grande questão que fica ao fim do inconcluso desfecho de Guerra Silenciosa.


« Jøåø », Eddie e Helder

Guerra Silenciosa: Primeira Parte


Silent War #1

Inaugurando uma experiência na formatação dos artigos do marvel616.com, trazemos a primeira parte do review de Marvel Especial 5. A história completa que essa edição traz, é uma continuação de Dinastia M: O Herdeiro. Depois da fracassada idéia de transformar a Terra em um mundo dominado pelos mutantes de uma forma que nem Magneto pensara, Pietro Maximoff, o Mercúrio, rouba os cristais terrígenos, tesouro cultural dos Inumanos. Seu objetivo era reativar seu próprio poder, e de todos os ex-mutantes atingidos pelo Dia-M. Mais uma vez ele fracassa, os poderes mutantes são distorcidos, e, perseguido pelos inumanos, acaba perdendo os cristais para autoridades do governo dos EUA, que apreendem o tesouro alegando ser aquilo uma arma de destruição em massa, portanto, uma ameaça. Frente ao raso pretexto dos americanos, Raio Negro, monarca dos inumanos, sussurra a palavra “guerra”, declarando que Attilan e os EUA estavam oficialmente em uma Guerra Silenciosa até seu povo recuperar o que lhe foi tomado. E é a seis mãos que contaremos essa história aqui no site, em dois textos produzidos por mim, Ed e nosso colaborador Helder, passando pelas seis perspectivas apresentadas na obra de David Hine e Frazer Irving.

O Guerreiro

Decididos a recuperar seus preciosos cristais terrígenos, os Inumanos decidem enviar à terra uma equipe liderada por um de seus mais respeitosos guerreiros, Gorgon, fiel companheiro e amigo do líder Raio Negro. Sua equipe ainda é formada por Jolen, Nahrees e Kurani. A intenção do grupo é passar uma mensagem de força e autoridade aos EUA, mas sem nenhum tipo de ataque ou mortes as pessoas. O alvo escolhido é um teatro repleto de pessoas suficientemente influentes para atrair a mídia humana, fazendo com que a mensagem fosse ouvida por todos os americanos. No entanto, a rebeldia de Jolen transforma o aviso dos Inumanos em uma tragédia ao assassinar vários reféns. A situação do grupo piora muito na hora da sua fuga, quando o Quarteto Fantástico os encontra. A batalha é violenta, os Inumanos lutam bem, mas não são páreo para os quatro fantásticos. Os derrotados são levados para o complexo de detenção da UNI (Unidade Nacional de Intervenção).

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Enquanto Gorgon é torturado no Pentágono, em Attilan o conselho dos inumanos está reunido para decidir o que fazer perante a prisão dos seus amigos e de seus cristais roubados . O momento é de grande tensão para a raça criada pelos Kree e, pela primeira vez, Medusa não consegue captar a intenção de um indeciso Raio Negro que a silencia em público com um estalar de dedos. O conselho decide esperar nova convocação de seu líder para decidir o que fazer sobre ameaça de perder o fundamento de seus poderes. Com o casal real a sós, uma decepcionada Medusa reclama da atitude humilhante durante o conselho a Raio Negro, que percebe o erro e demonstra arrependimento.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

De volta ao Pentágono, segue o sofrimento do guerreiro Gorgon, que além de ver os americanos ofenderem sua cultura, vira cobaia de um experimento muito perigoso nas mãos do professor Cartwright. Exposto pela segunda vez às névoas terrígenas, se vê transformado em uma fera monstruosa. A Guerra entre os Humanos e os Inumanos começou...

Guerra Silenciosa: Primeira Parte


A Criança

Uma guerra pode ser traumatizante para uma criança. Especialmente porque ela costuma entender muito pouco do que se passa ao seu redor, assustando-se com o caos que um conflito desse tipo emana. Não é o caso de Luna, filha de Mercúrio e Cristalys. A menina, que sabe que não é uma criança comum, tem o dom de enxergar coisas nas pessoas que ninguém vê, e muito mais. Isso fica provado quando, ao treinar combate corporal com Karnak, derruba o mais habilidoso lutador inumano por enxergar sua aura. Por saber o que ele fará antes mesmo de fazer. Percebendo que o tio está mais irritado do que satisfeito, algo a atinge de forma dolorosa.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

As névoas terrígenas, com as quais teve contato constante quando fugiu para a Terra com seu pai, estavam sendo usadas indevidamente. Luna sente a transformação monstruosa de Gorgon quando os humanos o submetem a uma segunda exposição. Mas não é o único problema, já que o professor Cartwright acaba também entrando em contato com elas, com seu frágil corpo sendo substituído por um superforte.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Com a comandante Hill como porta-voz do governo americano, suspendem-se quaisquer outros testes com inumanos e incentiva-se o uso de cobaias humanas, com objetivo de retaliar os assassinatos em Nova York usando fuzileiros navais superpoderosos. Hill ignora a necessidade de testes, dizendo que Cartwright tem pouco tempo. Coçando a cabeça, de onde emana uma ferida purulenta, o cientista diz esperar que não haja nenhum efeito nocivo na exposição.

Nas masmorras de Attilan, uma figura decisiva entra em cena. É Maximus, o inumano louco, com capacidade de forçar qualquer um a fazer o que quiser. Falando por enigmas, insinua ao irmão Raio Negro que o monarca destruiria a morada dos inumanos, e que quem acabaria preso seria ele, dando lugar a Maximus para reinar. Depois de ser golpeado por usar provocações mais agressivas, fala do potencial destrutivo dos EUA, afirmando que seu irmão só venceria a guerra sendo tão violento quanto seus oponentes. Diante da indecisão de Raio Negro, o irmão encarcerado cita o Wiston Churchill, acusa-o de ser tão impotente quanto poderoso, terminando com uma ironia bem colocada de que era ele que tinha “voz ativa” agora.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Os poderes de Luna acabam solicitados para que se localize as névoas e os inumanos aprisionados. A menina se espanta com a tristeza e vazio sombrio presente em Raio Negro e Medusa, ao indicar que estão todos no Pentágono. Mas os americanos estavam preparados, e refratam o teletransporte de Dentinho para uma região congelada e inóspita. No local, encontram aquele que pediu alguns minutos para dissuadir os inumanos de seu ataque. Sob o olhar incrédulo de Cristalys, surge o Sentinela. Inutilmente atacado pelos inumanos que acompanhavam Raio Negro, o vingador é levado para longe dali pelo próprio monarca.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Demonstrando suas capacidades, o Sentinela diz que quer evitar o conflito, e que sabe o que é a responsabilidade de ter tanto poder. Compara ambos a armas nucleares. Instrumentos de barganha, mas nunca usadas de fato. Raio Negro e os inumanos partem sem darem resposta, enquanto o Sentinela torce por uma solução pacífica.

Na volta, Luna sente que as coisas só piorariam. Amaldiçoando seu dom, se acua sob os olhares de Raio Negro e é forçada a confessar que há outra fonte na qual podem ser encontrados fragmentos dos cristais terrígenos. Acompanhando sua mãe e seus tios, a menina chega ao Distrito X, onde se reencontra com seu pai. Perguntado sobre seu paradeiro, uma surpresa. O pouco que restou está cravado ao por todo tórax de Pietro.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte


A Mãe

Os Inumanos estão atônitos diante da blasfêmia cometida por Mercúrio. O ex-mutante introduziu os fragmentos restantes dos cristais na própria pele. Depois de seis dias e seis noites comungando com as névoas terrígenas, ele teve um "momento de clareza", e entendeu que deveria se unificar aos cristais.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Mercúrio pede para ser levado de volta a Attilan, pois possui o poder de gerar a terrigênese. Medusa o alerta de uma sentença de morte com seu nome, caso retorne à Lua. Essa sentença quase é executada nesse momento mesmo, pois Raio Negro se descontrola e parte para cima de Pietro, espancando-o violentamente. O silencioso monarca só é contido por sua esposa.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Essa atitude surpreende Cristalys, que sempre enxergou Raio Negro como uma "ilha de tranqüilidade". O motivo dessa atitude é enxergado por Luna: uma estranha manifestação negra com tentáculos na cabeça do rei. Mercúrio diz que poderia ter partido, mas preferiu resolver logo o problema. Também revela que havia viajado no tempo há alguns dias até aquele momento, e já sabia que sairia do encontro apenas com algumas costelas quebradas. Mas como Pietro sabia o momento exato de chegar? Uma menina do Distrito X que "sabe das coisas" deu a dica.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

E é exatamente ela que chega nesse momento, acompanhada por Jamie Madrox. Layla Miller desafia os Inumanos, dizendo que o Distrito X é território do X-Factor. Ocorre uma pequena luta entre Raio Negro e Madrox, onde as várias cópias reagem de maneiras diversas e divertidas, como sempre. Bom ver que Hine não descaracterizou ninguém.

Layla manda Pietro dizer a todos o que viu, algo que aconteceria por causa dele. Luna tenta avisar que há algo errado com Layla, mas a garota que sabe das coisas dá uma resposta sarcástica e as atenções continuam em Pietro. Na grande viagem no tempo feita por ele no final de O Herdeiro, Mercúrio viu algo terrível, e agora sabemos do que se tratava. Vislumbrou uma liberação catastrófica de energia na Lua, no exato local onde fica Attilan.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

Diante do anúncio que esse futuro não poderia ser mudado, os Inumanos partem, não sem antes decretar que Pietro morreria se cruzasse o caminho de Raio Negro novamente. Layla e Madrox saem em seguida, encontrando o Pietro do passado do lado de fora. Os três testemunham, à distância, a conversa entre o Pietro atual e Cristalys. A inumana comunica a anulação do casamento e que o filho de Magneto perdeu os direitos sobre a filha, portanto, não a veria nunca mais.

Cris parte, e o Pietro do passado tenta descobrir o que a esposa disse à sua versão futura. Mas já é hora de voltar no tempo de novo. Tudo foi armado por Layla, para evitar que Pietro fugisse quando visse Raio Negro e contasse sua visão do futuro. Ela diz ser tudo muito complicado, teria a ver com desespero e que algumas pessoas para subir, precisam chegar ao fundo do poço. Isso não muda o fato dela odiar Pietro, é claro.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

De volta a Attilan, Luna avisa sua mãe que viu algo muito ruim na cabeça do rei. Cristalys duvida de seu rei e acredita que o tempo dos Inumanos pode ter chegado ao fim. Nas masmorras, o irmão de Raio Negro recebe uma visita que clama por sua ajuda: Medusa.

Guerra Silenciosa: Primeira Parte

O perigo maior não parece, portanto,vir só de fora de Attilan. Desde o coração da Família Real, a avançada civilização dos Inumanos parece caminhar ao seu crepúsculo.


« Jøåø », Eddie e Helder


Leia a Segunda Parte aqui.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

O Renascer de um Sonho?

** Contém informações Inéditas no Brasil **


Captain America


Um dos maiores heróis da Marvel está morto, mas será que o Capitão América pode mesmo morrer? Muitos consideram que grandes legados, se ainda poderosos, são impossíveis de desaparecer.

Ao fim de Civil War, ao reconhecer a condição absurda que o conflito entre os heróis atingiu, o Capitão América se rendeu. Ou melhor, Steve Rogers. O homem que encarnou essa lenda iniciada na Segunda Guerra Mundial, e perpetuada mesmo quando se encontrava congelado em animação suspensa, recusou-se a admitir derrota. O Capitão América nunca foi derrotado naquele dia. Pouco depois, Steve Rogers foi assassinado graças a uma complexa trama armada pelo Caveira Vermelha, alojado na mente do magnata russo Aleksander Lukin, como parte de um plano maior.

É quase senso comum no mundo dos quadrinhos que os sidekicks têm como destino substituir seus mentores. Um dos mais atingidos por essa perda foi Bucky Barnes, parceiro do Capitão América, cuja morte era certa até que Ed Brubaker, sob uma premissa parecida com a utilizada para trazer o sentinela da Liberdade de volta à vida, resgatou o rapaz como um ex-agente soviético, logo renegado. Trabalhando subterraneamente com Nicky Fury, Barnes não foi capaz de descobrir como Steve foi morto. Mas não descansou até chegar ao autor.

Descobrindo parte da trama, forçou o Caveira a acelerar seus planos. O vilão forjou a morte acidental de Lukin e desencadeou uma crise financeira dentro dos EUA (surpreendentemente sintonizada com o momento atual), planejando ainda desmoralizar a SHIELD, utilizando-se dos serviços do Dr. Faustus para tal.

Photobucket - Video and Image Hosting

Quem melhor para derrotar o Caveira Vermelha? O Capitão América. Tony Stark revela a Bucky um dos últimos desejos de Steve Rogers antes de morrer: que o ex-parceiro o substituísse caso morresse. Relutante, Barnes aceita, mas sob suas condições, sem controle de Stark. E é assim que ele redesenha o uniforme do Capitão e sai, acompanhado da Viúva Negra, para derrotar o vilão.

Captain America

A seqüência é espetacular porque, ao resgatar o símbolo, o reconstrói, dando a pitada de violência e inteligência típicas de Bucky, que sempre foi menos “bondoso” que Rogers. É uma homenagem bela e coerente ao legado do Capitão América, o que não faz de sua morte algo menos lamentável, mas nos apresenta uma fantástica trama que já dura quase um ano.

Captain America Captain America

A competência de Brubaker nas últimas 34 edições de Captain America nos faz aguardar por mais, especulando como o novo Capitão América derrotará seu maior inimigo, honrando o homem que vestiu esse símbolo por mais de 60 anos.


« Jøåø »

Zumbis Marvel em Vídeo


Marvel Zumbis em Video

Para os fãs da série Zumbis Marvel, de Robert Kirkman, uma grande novidade feita pelos próprios fãs - Um video caseiro feito por alguma molecada dos EUA traz uma cena de primeira entre personagens da casa das idéias em suas versões macabras.

.

.

.

Video Caseiro? Tá de brincadeira! Ficou horripilante aquela cena final com o Coronel América!!!


Coveiro

Made in Brasil


30 de janeiro: Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos
Made in Brasil


Há 139 anos era lançada a primeira história em quadrinhos nacional e, possivelmente, a primeira do mundo: “Impressões de uma viagem à Corte”, conhecida também como “As aventuras do Nhô Quim”. Seu personagem principal é um caipira rico e ingênuo que vai à corte e se envolve em uma série de trapalhadas, em que o autor usa do humor para criticar os problemas urbanos, modismos e costumes sociais e políticos da época. Tal autor foi Angelo Agostini (1833 -1910) um dos primeiros cartunistas brasileiros.


Agostini, um italiano naturalizado brasileiro, era um fervoroso abolicionista, e iniciou sua carreira de cartunista em 1864, em São Paulo, onde fundou o primeiro jornal ilustrado: o Diabo Coxo, que durou apenas até 1865. Após outra tentativa fracassada, mudou-se para o Rio de Janeiro e, nessa época, publicou “As Aventuras de Nhô Quim” no periódico Vida Fluminense. Além de publicar a primeira historia da arte seqüencial, Angelo fundou a Revista Ilustrada em 1876, na qual criou e lançou o personagem Zé Caipora, considerada a primeira revista de quadrinhos com personagem fixo.

Made in Brasil

Ilustrações feitas pelo pioneiro cartunista Agostini.

A data comemorativa foi instituída há 24 anos pela Associação de Quadrinistas e Cartunistas do Estado de São Paulo para lembrar o dia da publicação de “Impressões de uma viagem à Corte” de Agostini. Apesar de não ser a primeira demonstração de fusão ilustração-texto-seqüência de fato, foi considerada a primeira história em quadrinhos por ser o primeiro exemplo realmente significativo e consistente. Muitos também a consideram a primeira história em quadrinhos do mundo, e não só do Brasil, mas isto nunca foi reconhecido de fato. O “resto do mundo” comemora esse dia em outra data.

Made in Brasil

Capa da Revista Ilustrada

Tal como a invenção do avião, os brasileiros não puderam ter o gostinho do reconhecimento aqui também. Considera-se que a primeira história em quadrinhos publicada é “Yellow Kid”, de Richard Outcoult, mas muitos afirmam que já se fazia quadrinhos em outros países na época. Até porque a história de Outcoult é datada de 1896, alguns anos depois das aventuras de Nhô Quim (1869), inclusive depois de Zé Caipora na Revista Ilustrada de 1983.

Primeira do mundo ou não, o que importa é felicitar a primeira do Brasil, que abriu caminho para mais tantas outras, como a revista Tico-Tico lançada por Luís Bartolomeu de Souza em 1905 (primeira revista brasileira inteiramente dedicada às histórias em quadrinhos), que tinha por apreciadores Rui Barbosa e Carlos Drummond de Andrade. E daí para frente mais e mais revistas foram lançadas com o tema por aqui, como Suplemento Juvenil, O Globo Juvenil, O Lobinho, Gibi (que se tornou sinônimo de história em quadrinhos no Brasil), revistas Disney, O Pererê, etc. Fazendo a história da nona arte do nosso país com mais muitos nomes como Henfil, Laerte, Glauco, Ziraldo, Maurício de Souza, Jayme Cortez, Rodolfo Zalla, Júlio Shimamoto, Eugênio Colonnese, Otávio Cariello, Anísio Serrazul, Fábio Azevedo, Líbero Malavoglia, Marcelo Campos, Marcelo Cassaro, Carlos Zéfiro, Fábio Yabu, Luís Gê, Kiko, Angeli, Miguel Paiva, Chico Caruso, entre muitos outros. Mostrando que temos talento suficiente pra dar e vender... E exportar também! Na década de 1990, os artistas brasileiros começaram a atuar mais fortemente em outros países. E foi só o começo.

Made in Brasil

Entre tirinhas e revistas, a nona arte cresceu no Brasil


Enfim, nada mais justo que comemorar a data onde tudo começou. E que continuemos a fazer história... em quadrinhos!


Cammy

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Fotos e Notícias do Justiceiro no Blog da Diretora


Lexi Alexander

Lexi ALexander, diretora do novo filme do Justiceiro, atualizou pela primeira vez seu blog e revelou alguns detalhes da produção desta sua nova obra e disponibilizou algumas imagens em baixa resolução para deleite dos fãs.


Segundo ela, tudo está nos momentos finais. Antes de postar no Blog, ela e sua equipe tinham acabado de rodar uma refilmagem em Vancouver onde enfrentaram um intenso frio, que parece fazer já parte do dia a dia de todos eles. Porém, as angurias do clima parecem cada vez menores com a alegria do resultado final do trabalho.

Apesar da temperatura baixa, a produção parece estar esperançosa com o filme, visto que ele já tem uma premissa de "sorte". Durante as filmagens, dois participantes se tornaram país. Um é o cinematografista Steve Gainer que homenageou Lexi dando a sua filhota recém nascida o nome de Lexi Lu Gainer. O outro papai é ninguém menos que o Justiceiro, Ray Stevenson que se tornou pai do futuro justiceirinho Sebastian Derek Stevenson.

Lexi Alexander

Lexi ainda explica no seu primeiro post que conta com a ajuda de Tim Bradstreet - capista de muitas das revists do Justiceiro MAX - que ajudou-a tanto na parte visual com suas ilustrações como também sendo conselheiro. Tim viu muitas dessas cenas e aprovou dizendo:

"Tive oportunidade de ver toneladas de trechos do filme e parece sensacional. O Retalho tem uma maquiagem de primeira. AMEI ver Doug Hutchinson parecendo um maluco barra pesada e, claro, Ray Stevenson está FANTÁSTICO."

E nós, fãs, aguardamos ansiosamente o próximo trailer!

Coveiro

Thunderbolts em Xeque-Mate


Tbolts em Xeque

Zemo e Grão Mestre, dois jogadores detentores de enormes poderes almejando um prêmio ainda mais extraordinário, a fonte universal, que permitirá ao seu detentor criar exércitos de servos superhumanos. Indiferente ao resultado final desta batalha, a realidade está em perigo. A quem você confiaria esta fonte de poder? Ao alienígena viciado em desafios interplanetários ou ao humanos descendentes de um dos mais cruéis nazistas da segunda Guerra Mundial?


De cada lado, os jogadores têm suas peças. O Grão Mestre convocou o Esquadrão Supremo e Zemo têm os seus Thunderbolts. Zemo, no entanto, recebeu um planejado reforço durante os eventos da Guerra Civil. Com o aval do governo, ele comanda seu próprio exército de vilões capturados.

Contudo, o Grão Mestre não perde tempo e suas “peças” já avançaram bastante no jogo na busca pelos condutos dessa fonte espalhadas pela terra. A última delas acabou sendo descoberta por Corisco, o velocista que acabou jogando dos dois lados desse jogo. Em sua decisão final, Corisco entrega a informação a Mach IV dos Thunderbolts, aliando-se ao mesmo ciente de que os dois devem ficar de olho em Zemo quando este vencer a disputa.

Tbolts em Xeque

O lugar do último conduto ironicamente é a Alemanha, terra natal de Helmult Zemo. E é lá que acontece a derradeira batalha entre o Esquadrão Supremo e os Thunderbolts. Enquanto os dois grupo degladiam sua batalha particular, o Barão aproxima-se de seu destino. Ergue a mão ciente que de fato tamanho poder é um perigo nas mãos de um só homem. Complementa dizendo que é de fato um perigo nas mãos de um homem qualquer, mas como seria diferente nas mãos do homem certo.

Um obstáculo, no entanto, se coloca na frente do antigo líder dos Mestres do Terror. O Grão Mestre surge e o verdeiro embate entre os dois acontece. Só pode haver um vencedor no final e ele acaba sendo revelado como Zemo. O Grão Mestre simplesmente é desintegrado e toda a fonte universal é comandada agora pelo Barão.

Tbolts em Xeque

Contudo, por mais os lábios de Zemo pronunciem sua redenção, nem mesmos seus aliados têm essa confiança. É por essa razão que a Joystik, que também funcionava como agente dupla assim como Corisco, ataca o barão, lança o seu bastão energético contra a fonte e explode o castelo.

Tbolts em Xeque

Agora, a fonte tem seu poder espalhado por todos os cantos do planeta e cabe a vilões e heróis que estavam travando batalhas mediante as suas diferenças políticas se unirem para impedir que esse novo mundo superpoderoso se autodestrua. E enquanto a alucinada batalha ocorre por todo o mundo, no castelo, Zemo, Sopranos e os demais foram feitos prisioneiros por Joystik.

Tbolts em Xeque

O único Thunderbolt livre, o Espadachim, ainda tem que se livrar da multidão de superseres que ruma ao castelo. O Espadachim, no entanto, usa sua espada que herdou o poder em conjunto dos irmãos Fenris de canalizar energia e drena os poderes ao redor para si. E com esse poder acumulado, ele desafia Joystik a um duelo.

Tbolts em Xeque

E enquanto duas importantes batalhas ocorrem, uma outra de proporções diferentes ocorre na cabeça de Zemo. Em seu inconsciente, o Barão depara-se com duas importantes mulheres de seu tempo nos Thunderbolts. A primeira é Soprano, atual líder de campo do grupo e sua amante. A outra é Rocha Lunar, que permaneceu comatosa durante todo esse tempo e foi principal instrumento de Zemo para ter o controle sobre seus atuais poderes.

Tbolts em Xeque

As duas mulheres tentam convencer Zemo quanto a única solução viável. É preciso restaurar o Grão Mestre como antes ele era, para que o mundo volte ao seu eixo, mesmo que depois seja necessário matá-lo mais uma vez. E assim é feito.

Tbolts em Xeque

Mais uma vez a briga de titãs se inicia e tudo ao redor encontra-se em perigo. Zemo, um estrategista nato, recorre a última opção. Após uma de suas gemas rachar, ele convoca mentalmente todos os heróis e vilões da terra a doar seus poderes momentaneamente. Ele suga essa enorme quantidade de poder e concentra em um só lugar. Esse poder, no entanto, não é destinado ao Grão Mestre. Zemo sabe que ele o absorveria. Ao vilão jogador, Zemo reserva uma simples bala. E ele é morto.

Tbolts em Xeque

Agora, Zemo, finalmente, tem o poder absoluto. Nem mesmo Joystik foi capaz de detê-lo, principalmente depois de Corisco ter nocauteado a traidora. Mas seria o barão alguém de confiança para portar tamanhas energias?

Soprano definitivamente acha que não. E ao ver que não consegue convencer Helmult a abdicar do poder, ela destrói com um agudo soprano as duas rochas lunares do Barão. A descarga de energia é intensa e sua Zemo para o desconhecido. A moça apenas escuta suas últimas palavras “...você devia ter confiando em mim”.

Tbolts em Xeque

O perigo, no entanto, está longe de acabar. A fenda aberta pela fonte continua a sugar tudo ao redor e para salvar seus amigos, Atlas fará de tudo para fechar aquele buraco. Nem que seja tapando-o com o próprio corpo.

E com esse desfecho ainda em aberto, nos encaminhamos para o que virá a ser os momentos finais dos Thunderbolts sob a direção do brilhantíssimo Fabian Nicieza. O que e quem sobrará na equipe, você só saberá na próxima edição.

Coveiro.