Guardiões da Galáxia vol.2

Entre na dança e veja o que achamos do filme!

MANTIS

Conheça a versão dos quadrinhos dessa misteriosa personagem que chega aos cinemas

Classicos de Logan

Mutação em Debate revisita as histórias do baixinho canadense

THOR: RAGNAROK

Deus do Trovão e Golias Verde voltam a se encarar em Novembro

Inumanos vs X-Men

Mutação em Debate discute o fim da minissérie

LEGIÃO

FOX surpreende em sua primeira série Mutante. Veja o que achamos de Legião.

Homem-Aranha de volta a Marvel

O podcast junta 616s com Aracnofãs para discutir o novo filme

DEFENSORES

Saiba as novidades da série do ano pelo Netflix

Conheça os Inumanos

Os seres mais misteriosos do universo ganham um seriado de luxo

AGENTES DA SHIELD

O que achamos da quarta temporada da série?

quarta-feira, 30 de abril de 2008

Trailer Completo do Hulk e Novas imagens!

Novo Trailer

Enquanto muita gente está correndo pra ver nesse feriado o filme do Homem de Ferro, a Marvel lança um trailer mais completo do Hulk, com novas cenas incluindo com bastante detalhes as filmagens do Rio de Janeiro e uma nova transformação! Esse segundo trailer foi bem mais animador! Confiram!

.

.

Pelo visto teremos um filme muito mais violento do que o de Ang Lee, o que já era esperado pelo histórico do diretor Leterrier. Para ver em melhor qualidade, vá direto ao site da Apple aqui!

E se você quiser ver mais imagens do filme, basta clicar aqui e terá em suas mãos 33 novas imagens disponibilizadas pelo Yahoo Filmes.

Novo Trailer

Coveiro

Vingadores vs. Vingadores: Jogando Sujo


New Avengers #29

Encurralados pelo Tentáculo e sua nova líder Elektra, com Maya Lopez reagindo aos efeitos da lavagem cerebral sofrida, com Wolverine momentaneamente incapacitado pelo Samurai de Prata, os Novos Vingadores com certeza preferiam estar em outro lugar. Por isso, o Homem-Aranha só consegue comentar que gostaria de voltar a enfrentar o Irmão Vodu. Mas o que isso quer dizer? Através de uma seqüência de indas e vindas nos últimos dois dias da vida do grupo, Brian Michael Bendis nos conta, em Novos Vingadores 51, como conseguiram escapar da armadilha preparada pelos Poderosos Vingadores e foi parar no Japão.

Frente à frente com os Vingadores registrados, e paralisados por dispositivos neurais, os Novos Vingadores são salvos pela magia do Dr. Estranho, que desperta nos oponentes seus mais assustadores fantasmas pessoais. O Vácuo para o Sentinela; o irmão vilão de Magnum, o Ceifador; a Ninhada para Ms. Marvel; Zeus para Ares; Hank Pym para a Vespa; o passado de agente dupla da Viúva Negra representado pelo Dínamo Escarlate e, não surpreendentemente, o falecido Capitão América para o Homem de Ferro.

Novos Vingadores

Foi o suficiente para que conseguissem escapar. Porém, por pouco tempo. Surpreso pela participação do Dr. Estranho no grupo, Stark e os Poderosos Vingadores seguem direto para o Sancto-Sanctorum, e não acreditam que de fato ele o vendeu para a loja de café Starbucks. Entram (com uma “sutileza” hilária da Viúva Negra) e investigam o local, deixando todos seus ocupantes tensos. Mas a magia do mago supremo é efetiva e camufla totalmente a presença de todos, dando de fato a aparência de abandono ao prédio.

Novos Vingadores

No dia seguinte, os Poderosos Vingadores vão ao único membro do grupo renegado que está de fato acessível em sua identidade civil: Daniel Rand, o Punho de Ferro. Indo direto às Corporações Rand (se quiser saber o que vem acontecendo ao personagem, dê uma olhada aqui), tentam pressionar e ameaçar Danny, que, com a ajuda de seu advogado e homem de confiança, Jeryn Hoghart (que deixa Ms. Marvel irritadíssima), rebate magistralmente os argumentos, tanto no que tange à legalidade daquela “visita”, quanto no fato de considerarem o desfecho da Guerra Civil como o grande culpado pela morte do Capitão América. Irritados, acabam partindo, com o pedido sincero de Carol para que os Novos Vingadores desistam.

Novos Vingadores

Em seguida, Danny recebe a visita de Dakota North, amiga de Matt Murdock. Ela entrega a Danny a carta de Maya Lopez que vimos no início desse arco, e o traje do Ronin. Com Matt longe (o Demolidor ainda estava na Europa nesse período), apenas os Novos Vingadores podem ajudar Maya. A identidade do novo Ronin ainda fica em aberto.

De volta ao Sancto-Sanctorum, todos têm conhecimento do conteúdo da carta. Sabendo que existe a possibilidade de chegar até o Japão e ajudar Maya, o grupo recebe um “empurrãozinho” de Wolverine, que insiste que é essa missão muito importante, já que a liderança de Elektra sobre o Tentáculo lhe parece muito estranha. Ele exalta que é esse o momento de realmente fazer a diferença, e que se isso significa jogar sujo, que seja. A concórdia é unânime.

Novos Vingadores

Contudo, nesse momento, uma presença estranha se aproxima. Do lado de fora, o Irmão Vodu, a mando de Stark, inicia uma série de encantamentos para desfazer a proteção erguida pelo Dr. Estranho. Enquanto este tenta resistir às investidas, e Peter implora para que vão logo ao Japão, de longe os Poderosos Vingadores e agentes da SHIELD aguardam o resultado desse ataque alternativo.

Novos Vingadores

A história de novo corta para o presente, no Japão, quando Peter parece mudar de idéia e preferir enfrentar o Irmão Vodu. De forma surpreendente, Luke Cage tenta conversar com Elektra. Argumentando que foram para lá apenas resgatar uma de suas amigas, que os ataques de sua espada apenas lhe faziam cócegas, Cage lembra à ninja que eles também são foras-da-lei. Bandidos, propondo uma conversa de igual para igual, cujo conteúdo saberemos apenas na próxima edição, quando a identidade do Ronin será finalmente revelada e uma fatalidade atinge os Novos Vingadores.


« Jøåø »

John Favreu fala mais sobre Homem de Ferro

Nos sites Dark Horizons e Superhero Hype temos entrevistas novinhas em folha com o ator, escritor e diretor John Favreau, nos assuntos discutidos temos um pouco da criação do filme como um todo, o desenvolvimento da personalidade de Tony Stark e o futuro da franquia, com alguns spoilers muito bem marcados.

Photobucket



Como as entrevistas são longas e falam de todos os assuntos relacionados ao filme e os quadrinhos, eu vou só comentar a respeito de alguns trechos que são mais spoilers mas ao mesmo tempo são legais demais para deixar de fora deste texto.

- Inicialmente, na entrevista a Superhero Hype, Favreau diz que ele usou muito das características originais de Stark dos quadrinhos no Stark do cinema, chegando ao ponto de comparar ele a Howard Hughes (milionário americano estravagante que teve a vida retratada no filme O Aviador), da mesma forma que Stan Lee já havia dito que teria feito na década de 60 quando criou o personagem.

- Ainda nessa entrevista, Favreau disse que houve muita improvisação nas gravações, especialmente em cenas com tom mais satírico ou que estavam apenas Gwyneth Paltrow e Robert Downey Jr. em que estes pegavam as falas originais e as refaziam de uma forma mais natural.

- A Dark Horizons pegou mais pelo lado dos porque de Favreau querer filmar Homem de Ferro e como tudo começou na hora de escolher que história contar. A escolha de Robert Downey Jr. caiu como uma luva para o ator que foi atrás da Marvel e com o apoio do diretor, pôde ser escolhido, mesmo contra algumas vozes vindas da produtora.

- SPOILERS ABAIXO! Se não gosta de estraga prazeres, pare de ler, vá ao cinema e depois leia!!

- Favreau disse que escolheu interpretar Happy Hogan (guarda costas e amigo de Stark) por saber que como era um personagem menor, ele não teria problema de cortar cenas em que ele estivesse envolvido. Quando o assunto mudou sobre ele vir a poder ter um relacionamento nas telas com a personagem de Gwyneth Paltrow (Pepper Pots) nos próximos filmes, a ele foi dito que a atriz disse que gostaria de dar uns amassos com ele nas telas, gerando uma reação que basicamente se resume a: Eu DEFINITIVAMENTE vou fazer uma continuação!!

- Ainda nos spoilers, Favreau disse que definitivamente ele quer ver o Mandarim como vilão no próximo filme (há dicas neste filme de sua existência) e que a Máquina de Guerra tem que aparecer, afinal, Terence Howard não teve o tempo em tela que Favreu gostaria que tivesse.

- Por fim, os spoilers dos spoilers: Nick Fury, Hillary Swank em sua participação e algumas cenas foram cortadas da edição mostrada a imprensa a fim de diminuir um pouco toda a explosão de spoilers para os fãs, mas, ao que parece, a cena em que Samuel L. Jackson aparece interpretando Nick Fury (diretor da Shield) pode vir a aparecer nos cinemas sim, ao contrário do que foi noticiado pela imprensa após as primeiras sessões de teste. Favreau disse não querer mostrar tudo antes da hora, senão perderia a graça, mas realmente, muitas cenas foram cortadas e irão direto para o DVD.

Basicamente é isso. As entrevistas estão linkadas na íntegra no começo do post.

Homem de Ferro estréia amanhã e eu mal posso esperar.

J.R. Dib

terça-feira, 29 de abril de 2008

Morre Uma Lenda: Seguindo em Frente


Fallen Son: The Death of Captain America #5

Na segunda e última edição de Capitão América: Morre Uma Lenda, acompanhamos as últimas três partes da história contando de que forma a morte de Steve Rogers foi recebida por aqueles que lhes eram mais próximos nos últimos tempos. Como falamos anteriormente, o roteirista Jeph Loeb se baseou nos Cinco Estágios do Luto, teoria desenvolvida pela psiquiatra suíça Elisabeth Kübler-Ross, em cada um dos capítulos. Após a raiva, portanto, vem a negociação, ou Barganha, com ilustrações do grande John Romita Jr.

Essa história começa com Clint Barton, o Gavião Arqueiro, recentemente retornado ao “mundo dos vivos”. Após o assassinato de Steve, Clint vai até a mansão dos Vingadores e chama atenção até a chegada de Tony Stark, que, trajado como Homem de Ferro, não acredita completamente no que vê. Por isso nocauteia o antigo vingador, certificando-se de sua legitimidade no Aerporta-Aviões da SHIELD.

Capitão América: Morre Uma Lenda

Em seguida, Clint cobra de Tony quais providências estão sendo tomadas com relação à morte do Capitão. Stark tenta se esquivar da pergunta, levando Barton ao verdadeiro escudo deixado por Rogers, dizendo que ele não será colocado nem em exposição, nem será enterrado com seu antigo portador. A intenção do diretor da SHIELD é dar continuidade ao legado do Capitão América. Os dois vão para o lado de fora do aroporta-aviões, onde Clint manuseia com extrema perícia o escudo que incapacitou setenta e três agentes da SHIELD (fora quatro mortos) que tentaram o mesmo.

A proposta é clara. Stark quer que o Gavião Arqueiro se torne o novo Capitão América, lembrando-o que era um dos poucos que batiam de frente com Steve. Mas Clint é enfático, dizendo que não há Capitão América sem Steve Rogers. Tony parece deixá-lo pensando na proposta, e o chama para um problema que acabara de surgir.

Capitão América: Morre Uma Lenda

Perto dali, a Gaviã Arqueira e o Patriota – que na edição passada saíram em patrulha mesmo contra a vontade de Luke Cage, demonstrando como até agora todas as histórias são quase simultâneas – enfrentam Inferno, um bandido de meia-tijela, que é facilmente capturado. Mas o que chama atenção de Clint, vendo que seu nome está sendo usado por Kate, que demonstra grande habilidade com o arco.

O Homem de Ferro tenta prender os dois, que conseguem escapar com o uso de uma flecha emissora de pulsos eletromagnéticos. Em seguida ambos são abordados por Clint, trajado de Capitão América, causando uma reação negativa dos dois. Especialmente interessado em Kate, Barton ouve dos dois o que precisava para recusar a oferta de Tony. Eli e Kate falam que eles não querem ser cópias dos heróis, mas homenageá-los e honrá-los, esclarecendo inclusive que o nome Gaviã Arqueira foi sugerido pelo próprio Steve.

Capitão América: Morre Uma Lenda

O retorno de Tony é barrado por Clint, e os garotos fogem. Recusando a oferta, o Gavião Arqueiro diz que a preocupação de Stark não é manter o nome do Capitão América vivo, mas de alguma forma compensar a perda colocando outro em seu lugar. Rechaçando a lei de registro, Clint parte, sob ameaças de Tony, que afirma que caso ele procure os heróis anti-registro, será caçado como os dois. E o Homem de ferro acaba sozinho com o escudo em suas mãos.

Capitão América: Morre Uma Lenda

A quarta parte, com arte de David Finch, trata da Depressão. E, convenhamos, é de deprimir o leitor. Que história horrorosa. O Homem-Aranha, não feliz com o chilique dado no segundo capítulo, vai até o cemitério em que está enterrado seu tio Ben e paga mais um vexame. Culpando-se por todos os entes queridos que morreram (incluindo no bolo Steve Rogers), acaba aumentando a cagada agredindo o Rino, que estava no mesmo cemitério visitando o túmulo da mãe, cuja lápide acaba quebrada. Apanhando do adversário clássico, Peter se lembra de quando foi ajudado pelo Capitão América contra o Hulk, traçando um estranho paralelo com esse confronto.

Capitão América: Morre Uma Lenda

De longe, Wolverine acompanhava tudo, e com um argumento esdrúxulo que até o chiliquento Peter desmascara na hora, insiste até convencer o Aranha que a dor da perda de alguém querido nunca some, mas que apenas você se acostuma com ela com o passar do tempo. O Homem-Aranha vai embora, e, ainda bem, a choradeira acaba.

A história derradeira, da Aceitação, acaba sendo a mais significativa de toda a série, apresentada com arte de John Cassaday. Em um evento digno de um alto chefe de Estado – ou talvez mais solene do que qualquer um que tenha havido – centenas de pessoas comparecem ao enterro do Capitão América, em Washington DC, no memorial construído especialmente para a ocasião. Depois de ter seu caixão carregado pelo Coisa, Pantera Negra, Rick Jones, Ms. Marvel, Falcão e Homem de Ferro, começa a solenidade.

Tony não consegue falar. Balbucia apenas que isso não deveria ter acontecido. Em seu lugar, Sam Wilson, o Falcão, assume as honras. Em um discurso simples, e obviamente recheado de todo o patriotismo norte-americano que envolve a própria mitologia do Capitão América, Sam consegue demonstrar como todos ali presentes, de alguma forma, tinham uma relação com Steve Rogers. Em geral de dívida por seus atos heróicos ocorridos ao longo dos anos.

Capitão América: Morre Uma Lenda

Um a um, todos vão se levantando por diversos motivos. Sam não deixa de lembrar de Namor, ausente da cerimônia por motivos diplomáticos, e do dia em que o Capitão voltou à vida, após se encontrado congelado no Ártico. Episódio esse nunca esquecido por Tony Stark. Wilson paga tributo até mesmo aos heróis que, mantendo a posição de Steve na Guerra Civil, permanecem distantes do funeral por razões de segurança. Os Novos Vingadores, longe dali, lamentam o fato de essa ser a melhor decisão. E de forma quase épica, tudo acaba.

Capitão América: Morre Uma Lenda

Porém, um segredo se esconde por trás de tudo que ocorreu em Washington. O funeral foi legítimo, mas o enterro não. Stark, junto de Henry Pym e Janet van Dyne (Jaqueta Amarela e Vespa), remanescentes da primeira equipe dos Vingadores, voltam ao local em que Steve foi encontrado em um bloco de gelo anos atrás. Tentando expressar a falta que Steve faz, Tony faz um pequeno e emocionado discurso, reconhecendo a importância da liderança e amizade que seu falecido amigo representava.

É nesse momento que das águas geladas surge Namor. Ali a pedido de Tony, mas em respeito ao Capitão América, o príncipe Submarino leva o caixão com o verdadeiro corpo de Steve Rogers para o fundo do mar. Garantindo que enquanto comandar os mares, seu descanso não será perturbado, ele e o caixão afundam, ao mesmo tempo em que, finalmente aceitando o ocorrido, Tony observa de forma compenetrada aqueles últimos momentos.

Capitão América: Morre Uma Lenda

De uma forma geral a mini-série é fraca, como boa parte dos últimos trabalhos de Jeph Loeb. O que é uma pena, já que a própria idéia dos cinco estágios de luto é interessante, mas muito mal executada. Em minha opinião, e acredito até estar sendo benevolente, uma vez que li e escutei comentários muito negativos daqueles que a leram, salvam-se o terceiro e quinto capítulos, apesar de a esse último faltarem diálogos mais bem elaborados para atingir a carga dramática necessária. Não desgosto do primeiro capítulo, apesar de reconhecer que é dispensável. Já o segundo e o quarto são uma grande porcaria, sem tirar nem pôr, com momentos literalmente bizarros. Por causa disso acredito que muitos lamentaram que uma história tão importante acabou produzindo algo, no máximo, mediano.


« Jøåø »

PS.: Também não entendi como na parte três o Homem de Ferro queria prender Gaviã Arqueira e Patrita, e na parte cinco eles estão tranquilamente no funeral do Capitão.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Wolverine por Loeb e Bianchi

Após a Guerra Civil e uma curta história solo, finalmente começa a nova fase da revista principal de Wolverine. O premiado e polêmico Jeph Loeb, que retornou a Marvel depois de um longo período e escreveu sobre a minissérie Morre uma Lenda sobre as conseqüências da morte de Steve Rogers, se juntou ao artista italiano recém-contratado da Marvel Simone Bianchi para dar início a uma história que o escritor garantiu ser definitiva!

Logan vs Dentes

E tudo começa com o que parecem ser memórias que não fazem sentido algum para Logan. É fato que o baixinho canadense sempre teve problemas em interpretar quais de suas lembranças eram verdadeiras ou não. Todavia, apesar de parecer bem real, o que Logan lembra desta vez não parece ter sentido.

Naquele sonho ou flashback, ele está no meio de feras, chamadas de Lupinos. E na repetição daquelas cenas, Wolverine sempre vê dois deles se confrontando. E no final, a criatura mais escura que ele apelidou em sua mente de “filhote” sempre mata a sangue frio o mais claro, “Loira”. E então, Logan desperta.

Logan vs Dentes

Wolverine, no entanto, tem outros problemas a enfrentar na vida real. Afinal, seu maior inimigo encontra-se dormindo em sua própria casa. E quem acompanha as últimas aventuras dos X-men escritas pelo Michael Carey sabe que estou falando exatamente de Dentes de Sabre.

E não importa que esteja ali com o consentimento de Vampira e de Ciclope, Wolverine não vai permitir que aquele animal esteja andando livre pela mansão. O baixinho não quer saber de papo e arremessa o arqui-inimigo pela janela dando início a luta em campo aberto.

Logan vs Dentes

A luta entre os dois geram excelentes imagens desenhadas pelo Bianchi dignas de colar na parede. E em meio ao confronto, Wolverine tem um flashback de um dos momentos mais sombrios de sua vida – a morte de sua esposa Raposa Prateada. Agora, com suas memórias recuperadas, Logan lembra de detalhes que nunca imaginou antes. Em algum momento, ele já farejava a presença de Creed por perto, mas mesmo assim não tomou providências para proteger sua amada. E além disso, um outro detalhe chama sua atenção – Após encontrar a esposa morta e começar a luta com Dentes de Sabres, uma frase em latim pronunciada pelo vilão se destaca. “Quod sum eris”

Logan vs Dentes

“Quod sum eris” repete Wolverine durante a batalha nos dias de hoje e isso faz Dentes de Sabre baixar a guarda “O que tu quis dizer com Quod sum eris?”. Creed estranha o baixinho canadense procurar saber sobre isso depois de tanto tempo e se diverte com Wolverine mesmo com boa parte de suas memórias recuperadas não ter em sua mente justamente aquela que explicaria tudo.

Logan vs Dentes

Segundo Creed, a tradução para a frase é “Eu sou o que você será”. Ele rir e continua sua explicação afirmando que não importa os caminhos que Logan tome, no final, ele será como Creed. A resposta de Logan para isso não podia ser diferente – Ele usa sua garras!

Coveiro.

domingo, 27 de abril de 2008

Marvel / DC: A nova temporada começou!!

Photobucket


Como anunciamos anteriormente, os fabulosos e criativos videos de Michael Agrusso, que ficou conhecido na internet pelo codinome de itsjustsomerandomguy iriam ganhar uma nova temporada esse ano. Depois de uma longa parada, e com a proximidade da New York Comic Con, tivemos mais uma coletânea de suas hilárias obras caseiras! Não deixe de ver e se divertir!!

New York Comic Con 2008 - Video 1

.

.

Meses antes do grande evento de quadrinhos, Agrusso já anunciava sua participação em um painel com uma hora de duração! Para entusiasmar seus fãs, começou a elaborar curtos videos com alguns personagens, começando por Victor Von Doom.

New York Comic Con 2008 - Video 2
.

.

O Aranha não iria fazer diferente e perder a oportunidade de estar na Comic Con, o problema é que o azarado cabeça de teia precisa arrumar dinheiro pra isso! Talvez o Hulk dê uma ajudinha...


New York Comic Con 2008 - Video Comercial da Palestra
.

.

Poucos dias antes do evento, mais um video é lançado fazendo uma chamada misteriosa para a apresentação de Agrusso na Comic Con! Certamente, criou expectativa para a segunda temporada que estava por vir!


New York Comic Con 2008 - Apresentação: Flashback
.

.

Depois do evento, foi disponibilizado na internet as gravações usadas na apresentação de Michael Agrusso. A primeira é uma rápida síntese de toda a primeira temporada criada pelo sujeito!

New York Comic Con 2008 - Apresentação: Making Off
.

.

O que pouca gente sabe é que Agrusso não faz todo esse trabalho sozinho! É graças a sua namorada, que possui o codinome de itsjustsomerandomgal, que ele foi capaz de incrementar as histórias criando cenários, pequenos objetos e roupas. Fora isso, a garota faz as vozes femininas das histórias.

New York Comic Con 2008 - Segunda Temporada - Happy Hour Parte 1
.

.

New York Comic Con 2008 - Segunda Temporada - Happy Hour Parte 2
.

.



E, para finalizar, o primeiro episódio da segunda temporada é finalmente divulgado. Dividido em duas partes, "Happy Hour" traz novamente o Homem-Aranha, Batman, Wolverine, Coringa e o Duende Verde e todos os demais personagens das duas editoras numa história pra lá de divertida!


Coveiro

Assista animações do Quarteto no MarvelKids

Quarteto Fantástico no Marvel Kids

Se você lamenta pela falta de periodicidade que é tão comum nos desenhos que vão para a tv aberta ou mesmo desistiu de ter pagar por canais a cabo, talvez exista uma solução! A Marvel decidiu dar uma colher de chá para seus fãs e está disponibilizando episódios grátis de suas animações! E quem começa é o Quarteto Fantástico!


Os cinco primeiros episódios estarão sendo colocados semanalmente até maio seguindo uma lista divulgada aqui no Marvel Kids. Neste link, você já encontra os dois primeiros episódios já prontos para serem assistidos!!

A boa notícia vai mais longe. A Marvel Kids em breve começará também a dispor os episódios da primeira temporada de X-men Evolution! Uma ótima notícia para aqueles que já tem uma certa experiência no Inglês e querem desenferrujar a lingua.

Coveiro

sábado, 26 de abril de 2008

O Legado do Imortal Punho de Ferro


The Immortal Iron Fist #1 (variant cover)

Daniel Rand é o Punho de Ferro, certo? A maioria das pessoas responderia que sim. Mas essa afirmação não representa toda a verdade sobre a arma viva e imortal da cidade mística de K’un L’un. O poder detido por Rand é muito maior do que sua mera existência mortal. Ele é imortal, e Danny não é o primeiro e nem será o último a hospedá-lo em seu corpo. É justamente sobre o legado do Punho de Ferro, além de outras questões envolvendo o passado de Rand e de seus antecessores, que trata a história de Marvel Apresenta 5, contando a Última História do Punho de Ferro, com roteiros de Matt Fraction (assessorado por Ed Brubaker, atual roteirista de Fabulosos X-Men, Demolidor e Capitão América) e arte de David Aja, dentre outros. Mas será esse o fim de Danny Rand?

A história começa em tom reflexivo. Danny parece sentir o peso da figura de seu pai, Wendell, tanto por ele ter recusado a se tornar o Punho de Ferro, quanto pelas suas obrigações com as Corporações Rand, adquiridas com sua morte. Assediado pela empresa chinesa Wai-Go, para fechar um negócio bilionário, Rand recusa surpreendentemente, quase matando Jeryn Hogarth (seu amigo e verdadeiro administrador de seus negócios) do coração. Mas a desconfiança acaba tendo fundamento, e quando vai investigar a sede da Wai-Go trajado de Punho de Ferro, acaba descobrindo que é uma fachada da Hydra. O confronto é injusto, e Danny chega perto da morte.

O Imortal Punho de Ferro

Longe dali, em Bangcoc, um velho conhecido, Davos, parece ter a missão de encontrar um homem em especial. Abordado por duas mulheres-garça (pois é!) enviadas por ele, o homem misterioso consegue afasta-las facilmente. Lamentando ter seu sossego atrapalhado, o homem de idade avançada se levanta, revelando algo surpreendente: a mesma tatuagem do dragão cravada no peito de Danny. Ele é Orson Randall, o Punho de Ferro!

O Imortal Punho de Ferro

O Punho de Ferro só não morre nas mãos da Hydra graças a seu melhor amigo, Luke Cage, que o leva até a Enfermeira Noturna. Ainda muito debilitado, recebe a notícia da formação dos Heróis de Aluguel, sob liderança de sua namorada Misty Knight, o que o frustra tanto quanto a Luke.

O Imortal Punho de Ferro

O Randall parece ter mais do que habilidades marciais, entrando facilmente sem documentos nos EUA. Mas ainda no aeroporto, é abordado e capturado por policiais. Ele descobre que Davos os enviou, conseguindo escapar da viatura em pleno movimento. O confronto não termina, e, longe dali, Danny recebe outra péssima notícia: a Wai-Go estava se movimentando nos bastidores e comprando ações suficientes para se tornar dona das Corporações Rand. Porém, antes de responder a Jeryn, uma dor insuportável atinge suas mãos.

Randall enfrenta seus raptores, e com os punhos brilhando se lembra de lutar como o Punho de Ferro na Primeira Guerra Mundial, enquanto espanca os homens de Davos. Jeryn pergunta o que está havendo e, confuso, Danny só consegue se desesperar ao perceber que outra pessoa usa os poderes do Punho de Ferro.

O Imortal Punho de Ferro

Determinado a descobrir quem compartilha consigo o poder do dragão Shou-Lao, fazendo-o sentir algo em seu chi que nunca havia experienciado antes, Danny pensa em como tem certeza que ser o Punho de Ferro fará com que morra cedo. E só consegue desejar uma morte gloriosa. Encontrando o lugar onde Orson Randall derrotou os homens de Davos, sua determinação aumenta. Ele vai pegar quem fez aquilo.

Na sede da Wai-Go, Davos aparece e nos fica claro que ele é o mais alto em hierarquia no local. É a Hydra que quer Randall. Irritado com a falha na captura do veterano da primeira guerra (o que fica claro em um flashback seu em um bordel parisiense nos anos 20), acaba se enfurecendo mais ao saber que os soldados lutaram com Danny. Segundo Davos, Rand é assunto seu. Sacrificando um sobrevivente, ele deixa entender que é o que mais leva ao pé da letra a filosofia da Hydra, promentendo só descansar quando os dois detentores do poder de Shou-Lao.

O Imortal Punho de Ferro

Danny começa a perceber como as coisas estão desmoronando. O registro venceu, Misty trabalha para Stark, sua empresa é ameaçada por um laranja da Hydra e agora alguém usa o poder conseguido nas montanhas de K’un K’lun. Buscando honrar a memória de seu pai, pensa em uma abordagem diferente, e decide encarar isso tudo como Daniel Rand.

Surpreendentemente, quando chega em seu escritório, Danny dá de cara com Randall. Percebendo que aquele é o homem que compartilha seu poder, ataca. Apanha na maior parte do tempo até perceber que Orson está ali procurando-o como amigo. Mais do que isso. Como o homem que ensinou seu pai, Wendell, a lutar.

O Imortal Punho de Ferro

Algumas coisas começam a serem esclarecidas. Orson conta como, por um golpe do destino, acabou nascendo em K’un L’un. Como foi treinado pelo mesmo mestre que Rand – o imortal Trovão, Lei Kung –, trazendo-nos um bom resumo de como ocorre a cerimônia de concessão dos poderes de Shou-Lao. Mostra como Danny conhece apenas uma mísera fração desses poderes (ensinando sobre seu potencial) e, mais importante, como o legado do Punho de Ferro traz apenas a morte. Faz isso enquanto o leva a um lugar importante para o que vem pela frente.

O Imortal Punho de Ferro

Enquanto isso, Davos, filho de Lei Kung, parece querer confirmar todo seu poder, espancando uma série de agentes da Hydra, sem lhes dar a mínima chance. Sabemos que ele falhou ao tentar ser o Punho de Ferro, ao ser derrotado pelo pai de Danny e depois ao tentar ir, sem autorização, enfrentar o dragão. Expulso e humilhado, enfrentou Danny e foi novamente derrotado. Voltou dos mortos e só fortaleceu a idéia de que todas essas falhas foram injustas e fruto de conspirações. E agora, como Serpente de Aço, usa a Hydra para efetuar sua vingança.

E essa vingança não é simples. Seus novos poderes vêm da Mãe Garça, entidade representante da cidade de K’un-Zi, uma das outras Sete Cidades do Céu e rival de K’un K’lun. Enquanto ela quer a morte de Randall, Davos quer a de Rand. Os dois punhos de Ferro são atacados pela Hydra nesse mesmo momento, enquanto Jeryn, chantageado por Xiao, o executivo da Wai-Go, cede e promete construir a linha férrea em plena China, nas montanhas K’un L’un. A trama se torna cada vez mais complexa.

O Imortal Punho de Ferro

A origem do conflito entre as cidades é revelada, tendo origem na recusa de Orson Randall em participar do torneio que une em intervalos longínquos as Sete Cidades do Céu. Depois de escapar dos soldados da Hydra, destruindo a última lembrança de seu pai, Randall dá a Danny um presente inestimável – a história de todos os Punhos de Ferro que já existiram. Em seguida, explica como acidentalmente matou a arma imortal de K’un-Zi, piorando sua situação, forçando-o a escapar de K’un L’un. E avisa que um dia ele próprio seria convocado para o torneio. Mas o problema do momento é conter a ânsia por vingança que paira sobre o amigo de seu pai.

O Imortal Punho de Ferro

Jeryn não consegue contar a Danny o que estava sendo forçado a fazer, por isso chama Misty Knight, Luke Cage e Colleen Wing. Porém, a Hydra está em seus calcanhares. Da mesma forma que Randall e Rand, quando chegam em um dos prédios deste, dão de cara com Davos e mais um exército à sua espera.

O Imortal Punho de Ferro

As lutas não duram muito. Enquanto o trio defende Jeryn, Danny e Orson enfrentam o que parece a morte certa, mas avançam sobre as tropas da Hydra. Porém, sob a lembrança de como conheceu e treinou Wendell Rand, e vendo como Davos consumia o chi das enviadas da Mãe Garça, Randall percebe que há só uma coisa a fazer. Em um sacrifício na luta com o Serpente de Aço – que só pensa em glória pessoal, ao contrário dos Punhos de Ferro, que buscam apenas mortes honrosas em batalha –, o velho Punho de Ferro é espancado quase até a morte. Quando Danny parecia ser a próxima vítima, a idéia de que morreria sozinho é extinta com a chegada de Misty, Luke e Colleen. Randall morre nos braços de Rand, feliz em parar de fugir desde que matou a arma imortal de K’un-Zi.

Porém, antes de partir, o homem que ensinou o pai de Daniel a lutar, e que em pouco tempo abriu seus olhos para o potencial que carrega em si desde que derrotou Shou-Lao, concede uma última dádiva: o poder íntegro do Punho de Ferro, algo que Danny nunca deteve em todos esses anos. Para isso, o peito de Orson explode, para que seu coração, como o do dragão, seja tocado e o poder transmitido aos punhos de seu herdeiro. (Isso explica, inclusive, o imenso poder que o Punho de Ferro apresenta nas histórias dos Novos Vingadores).

O Imortal Punho de Ferro

Com isso, Danny parte para enfrentar Davos, que como uma criança mimada, atribui seu revés a uma suposta quebra de regras (inexistentes) por seu adversário. Parte mantendo a promessa de vingança, o mais cedo do que se imagina.

A história não acaba aí, pois na confusão Jeryn desaparece. A Hydra conseguiu seqüestrar o amigo de Danny. O pilar que sustenta sua imensa corporação. Decidido a resgatá-lo, acaba interrompido por uma aparição precoce do que o próprio moribundo Orson previa. Lei Kung, o Trovão, ex-mestre do Punho de Ferro, e Yu-Ti, o grande senhor de K’un L’un, o convocam ao grande Torneio das Sete Cidades Celestiais. Sob promessa de que sua vingança será logo atingida, Danny parte, pensando talvez que recusar tal convocação seria uma ofensa à memória de Orson Randall.

O Imortal Punho de Ferro

Esse primeiro arco da revista The Immortal Iron Fist é, sem exageros, sensacional. Com ação constante, mas intrínseca à trama tecida por Matt Fraction e Ed Brubaker, com arte belíssima (com destaque para a mudança de artista quando temos algum flashback), ficamos envolvidos nesse belo conto. As passagens com alguns dos antigos Punhos de Ferro são a cereja no bolo. É dessa forma que nos é apresentada A Ultima História do Punho de Ferro Orson Randall, e o início de uma história muito maior. Randall morreu em glória, como um herói em sacrifício, redimindo-se de suas ações passadas. Mas o poder de Shou-Lao, o legado do Punho de Ferro, é imortal. E cabe agora a Daniel Rand dar finalmente rumo a sua vida, honrando essa herança recebida. Ele agora é verdadeiramente o Punho de Ferro.


« Jøåø »

PS.: Uma pena que alguns dos nomes (como Lei Kung e K’un-Zi) saíram tanto com a grafia correta, como com uma grafia diferente na mesma revista.

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Homem Aranha: Teia de Sombras


Spiderman: Web of Shadows

Na semana passada, devido à correria com a divulgação da New York Comic Con, acabamos não divulgando o lançamento do trailer do mais novo jogo da Marvel, que terá o Homem-Aranha como personagem principal - Spiderman: Web of Shadows. Bom, isso será remediado agora.


Bem, as informações do jogo são de fato poucas. Sabemos apenas que o cenário será uma Nova York destruída, e que o Aranha, junto a outros personagens Marvel, terão que reverter a situação. Me passaram a informação de que o jogo tem ótima jogabilidade e interatividade, em que as ações do Cabeça de Teia podem mudar o destino do jogo sempre gerando novas situações, dando grande autonimia ao jogador.

O jogo é produzido pela Activision e foi informado que atenderá a todas as principais plataformas de videogames atuais. Mais informações, você encontra no site oficial.


Coveiro

Artistas voltam a desenhar Cable

* Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!

Cable

Como já falamos anteriormente, a revista Cable e Deadpool foi cancelada afim de que os dois personagens principais tomassem seus próprios rumos. O primeiro a ganhar uma mensal foi o soldado do futuro, agora com uma nova missão após Messiah Complex. O roteirista Duane Swiercznski que recentemente assinou exclusividade com a Marvel se associou com o fantástico ilustrador argentino Ariel Olivetti para dar continuidade as missões de Cable. Contudo, ele não é o único que recentemente vai usar o lápis para o personagem.

Cable

Artistas antigos que já passaram algum tempo com Cable estão voltando para dar vida a capas variantes. Assim, na edição 3 mostrada logo acima teremos John Romita Jr deixando uma bela arte. Já a primeira edição, como de praxe, tivemos o polêmico Rob Liefeld fazendo a variante.


Cable

Essa arte de Liefeld, no entanto, chegou a assustar alguns fãs já que divergia muito de suas características como corpo desproporcional e excesso de traços no rosto. O mistério foi solucionado quando foi divulgado que o próprio Ariel Ollivetti cuidou da arte final e... digamos assim... salvou o desenho. Contudo, notem lá que a boca com mais de quarenta dentes persiste.

E já que falamos de Cable, vale lembrar que Deadpool logo logo terá também sua mensal e pelo que parece teremos logo de cara alguns Skrulls para ele topar. Espero sinceramente que seja um trabalho no mínimo na altura que o Nicieza fazia.

Coveiro.

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Jogo Online do Homem de Ferro no Marvel Kids

Homem de Ferro

Depois de tantas chamadas em diferentes mídias, a Marvel lança na última semana antes do filme um atrativo bem divertido para os pequenos fãs. No site da MARVEL KIDS, os pequeninos podem encontrar o Homem de Ferro: Teste de Vôo, num formato típico dos joguinhos disponíveis online.

Homem de Ferro

Clique na imagem acima e divirta-se!

São 10 fases de plataforma simples, que vão aumentando lentamente a dificuldade. Os direcionais do teclado comandam o vôo do latinha enquanto que o mouse equivale a mira dos raios disparados. Nada grandioso, mas deve divertir nas horas extras. E esse é apenas o primeiro dos futuros jogos onlines que a Marvel Kids prometeu.

Que comece a disputa pelos recordes!

Coveiro

Forte que nem o Hulk!!

Propaganda do Hulk

Não podia ser diferente! Se o filme do Homem de Ferro arrecadou um monte de patrocinadores para deixar sua marca vinculada a celulares, carros e tênis, o Hulk também iria separar uma fatia do mercado pra ele. E que produto senão os famosos suplementos alimentares de academia se encaixam melhor para o gigante esmeralda? Foi exatamente o que a EAS pensou.

Propaganda do Hulk

É... eu devia esperar por algo assim já!

Coveiro

A lenda do Cavaleiro COM Cabeça Flamejante!

Motoqueiro Fantasma

A história de Sleepy Hollow escrita por Washington Irving já é bem conhecida. Um romance quase tão famoso quanto o Drácula de Bram Stoker ou mesmo o Frankenstein de Mary Shelley. Virou praticamente uma das lendas americanas e muitas vezes é usada em filmes ou seriados de TV. Nos quadrinhos, Daniel Way resolveu ressuscitar essa história fantasiosa, contudo, não da mesma maneira.

E tudo aconteceu com uma morte misteriosa, como tem que acontecer sempre com essas lendas urbanas. Primeiro, temos um carro parado em uma parte mais deserta de uma estrada. Nele, um casal de namorados, em que como sempre tem que ocorrer, o garotão quer dar uma de esperto e pegar a menina a força. E num estalar de dedos, a fatalidade ocorre. Uma luz proíbe a namorada de ver como tudo acontece. Quando abre os olhos, ela só pode se deparar com o seu amado morto no chão e sem a cabeça.

Motoqueiro Fantasma

Desta vez, no entanto, o crime não vai passar desapercebido. Harry, o chefe de polícia local, tinha ligação com a vítima. O menino era de fato problemático, mas era filho de seu parceiro policial já falecido e certamente não merecia um fim como aquele. Harry está disposto a resolver isso e a coisa parece se complicar ainda mais quando seus amigos descobrem um "suspeito" dormindo ao relento no campo de golfe da cidade.

Motoqueiro Fantasma

O suspeito é Johnny Blaze, que mal sabe como foi parar ali e pra piorar tem suas roupas encharcadas de sangue. Isso é o suficiente para Harry prendê-lo e já tirar conclusões precipitadas. Afim de tirar mais rápido a confissão de Johnny, ele decide espancá-lo até abrir a boca. O resultado dessa violência, no entanto, é um pouco diferente do que ele esperava.

Motoqueiro Fantasma

Num clarão, Johnny desaparece e dá lugar ao Motoqueiro Fantasma. Harry não vê mais nada dali. Só acorda no hospital sem qualquer queimadura, apesar de toda o lugar onde estavam ter sido incendiado.

A visita de um de seus policiais parece piorar a situação. Enquanto Harry esteve desacordado, houve mais vítimas decapitadas - dois adolescentes. Quando a descrição é dada, Harry fica estarrecido. Ao que parece, as testemunhas confirmaram que o assassino tinha uma cabeça flamejante. Em segundos, Harry toma suas roupas e pula a janela do hospital.

Contudo, ao que parece, as conclusões de Harry podem ainda ser precipitadas, assim como as nossas à primeira vista. Não muito longe dali, na casa dos Levins, o verdadeiro assassino assiste as últimas notícias de Sleepy Hollow. É Steve Levins, também conhecido por muitos como o vilão mercenário Halloween que supostamente havia sido morto pelo Justiceiro na Guerra Civil... ou, ao menos, é isso o que parece.

Motoqueiro Fantasma

Coveiro.