LOGAN NO INOMINATA 616

Um podcast para se despedir de Hugh Jackman no papel de Wolverine

50 ANOS DE MARVEL

Um podcast com toda história da Marvel no Brasil! Imperdível!

A VOLTA DOS GUARDIÕES

Acompanhe as novidades do segundo filme dos Guardiões da Galáxia

PANINI EM 2017

A editora aracno-mutante Carol Pimentel conversou com o Mutação em Debate a respeito das primeiras novidades da Marvel pela Panini em 2017. Confira!

UMA GAROTA CHAMADA LAURA

Conheça mais sobre quem é a X-23 nos quadrinhos!

FIM DA GUERRA CIVIL II

Depois de muita espera, o que já tem sido corriqueiro quando se trata de um trabalho de Brian M. Bendis, finalmente a Guerra Civil II foi concluída

Cabeça de Teia nos cinemas

Homem-Aranha de volta a Marvel

DEFENSORES

Saiba as novidades da série do ano pelo Netflix

Conheça os Inumanos

Os seres mais misteriosos do universo ganham um seriado de luxo

PUNHO DE FERRO

Confira tudo sobre a mais nova série do Netflix

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Chris Hemsworth fala sobre seu contrato com a Marvel e a presença de Hulk em "Thor: Ragnarok"


Com o terceiro filme do Thor programado para 2017, o astro Chris Hemsworth segue falando sobre seu mais famoso personagem no cinema. Dessa vez, em entrevista ao New York Daily News, Hemsworth comentou com bom humor sobre a participação do Hulk em "Thor: Ragnarok":

"Eu gostaria de pensar que o deixei vencer da última vez, e já que esse agora é um filme chamado 'Thor', eu tenho que ganhar desta vez."

"Espero que seja um tipo de história de Cassidy Butch (e Sundance Kid)" - comentou Chris Hemsworth, referindo-se a um Western de 1969 - "Isso seria divertido. Eu adoro o Mark (Rufallo). Acho que esses dois personagens não tiveram muito tempo para conversar um com outro na tela ainda, por isso é algo novo e eu acho que poderia trazer algo diferente para os personagens. É difícil ter uma conversa com o Hulk."

O ator também falou sobre sua renovação de contrato com a Marvel Studios após "Vingadores: Guerra Infinita": 

"Quando o contrato terminar, eu tenho que ver como me sinto ao final dele e isso ainda está um pouco longe... Pergunte-me daqui a três filmes.", concluiu Hemsworth, se referindo a "Thor 3" e as duas partes de "Vingadores: Guerra Infinita".


E aí, será que a Marvel vai renovar o contrato com Chris Hemsworth e manter o Thor na ativa após a Guerra Infinita ou irá investir em novos personagens na Fase 4?

Eduardo Spicacci

Primeiro preview da minissérie Obi-Wan & Anakin

* Atenção! Informações de revista inédita no Brasil!

Enquanto que em dezembro uma nova saga começa para STAR WARS, onde mais uma vez essa mitologia irá se firmar como ícone para uma nova geração, a Marvel continua a povoar as lacunas dessa história estabelecendo uma nova cronologia em seus quadrinhos. No preview de Obi-Wan & Anakin, vemos uma fase pouco explorada até agora dos dois personagens entre o episódio I e II de STAR WARS. Confira:







A minissérie em cinco partes é um trabalho de Charles Soule e Marco Checchetto, a ser lançada nas lojas americanas em Janeiro de 2016.

Coveiro

Dan Abnett responde quem são os Guardiões 1000

* Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!



Em Dezembro, uma nova versão de outro tempo dos Guardiões da Galáxia vem aí. Em Guardians of Infinity, Dan Abnett promete juntar integrantes dos anos 3000, 2000 e os novos e desconhecidos personagens do ano 1000. Sim, isso mesmo, uma versão dos Guardiões quando nem existia Guardiões.


Nessa versão do passado, quem liderado o grupo é uma guerreira Kree, que toma o papel que hoje o Rocket assume e o Vance Astro assumirá no futuro. Abnett discutiu com o Newsarama as principais diferenças dos grupos e o que define cada era. "A equipe de Vance são soldados e guerreiros da Liberdade, campeões de uma causa nobre. Já a turma do Rocket fazem mais o perfil de heróis, mas que já foram renegados e párias" disse Dan e prosseguiu "O conceito dos Guardiões são claramente algo recorrente da história. Nossos Guardiões 1000 não são da Era das Trevas. A Terra podia até ter pouca tecnologia nessa época, mas o resto da galáxia não e a maioria dos outros membros são aliens".


"Eles são liderados por uma Kree Militar renegada chamada Stella Nega, e entre eles temos uma estoniana, um rigeliano e um guerreiro bem legal e brutamontes chamado Aerolito. E tem um humano também, chamado Stargazer, cujo background e origens são cheios de surpresas" avisou o roteirista. Dan também comentou que eles terão um novo e misterioso lugar equivalente a Luganenhum. Vai se chamar a Estrutura, um lugar que foi construido através do tempo e espaço que servirá para ligar as diferentes Eras e seus Guardiões. "Boa parte da aventura é sobre desvendar o mistério da Estrutura" disse Abnett.




Por fim, Abnett lembrou que "quando escrevia os Guardiões no começo, eles eram quase negligenciados a um canto do Universo Marvel, e é legal estar trabalhando com eles agora que são bem conhecidos, um nível alto no time da Marvel". Por fim, disse que essas histórias resumidamente são sobre um mistério e que tem planos de longo prazos para desenvolver a história. Conhecendo seu histórico, sei que promete coisa boa.

A primeira edição de Guardiões do Infinito chega em dezembro nas lojas americanas.

Coveiro

Tom Holland fala sobre identidade secreta e filmagens em Atlanta



Para um garoto de 19 anos, o fardo de ser o terceiro Homem-Aranha é grande para Tom Holland. Mas o ator de O Impossível tem um bom histórico em sua breve carreira e já inclusive contracenou com um Vingador, Chris Hemsworth, em O Coração do Mar. Em entrevista para o site SuperHeroHype, o futuro Peter Parker revela mais sobre as filmagens de seu primeiro filme como protagonista na Marvel:

"Eu sempre fui um grande fã do Homem-Aranha e enquanto crescia, tive incontáveis fantasias do Homem-Aranha. Não faz nem dois anos que eu me vesti pra uma festa como Homem-Aranha. Eu tenho essa roupa fantástica onde você coloca seu telefone no peito e as aranhas começam a escalar sobre sua roupa. É bem legal! Ele sempre foi algo importante na minha vida e na vida de muitos garotos porque todo mundo pode se relacionar com ele" disse o ator.

Sobre sua participação na Guerra Civil e a posição do herói com o Ato de Registro Superhumano, Tom disse algo relevante. "Eu acho que o mais interessante sobre Peter Parker pra gente é que ele é a unica pessoa no UCM até agora que tem sua identidade secreta, pois já sabemos quem são todos os outros. Eu acho isso muito interessante em ser aquele cara escondido por detrás da máscara" disse o ator.

Sobre interagir com os outros atores veteranos, Tom revelou que "acho todos eles pessoas de fácil acesso. Eles são amáveis e Robert fez seu primeiro teste de cena comigo e ele foi muito amável. Ele me puxou num canto e me deu um grande conselho na hora da audição. Foi como com Ron Howard, eu me senti tranquilo com ele, pois ele é um cara tranquilo e bem humano, e eu não posso esperar por trabalhar com ele de novo".
 

Tom também revelou onde as filmagens de seu filme ocorrerão. "Nós vamos filmar em Atlanta na maior parte do tempo, porque eles tem estúdios lá e acho que é mais fácil construir um set de Nova York por lá do que filmar aqui, pois seria mais bem mais caro. Nós provavelmente iremos também acabar aqui em Nova York por uma ou duas semanas".

Curiosamente, tanto Robert Downey Jr como Chris Evans revelaram que voltariam a gravar em Atlanta de novo. O mais provavel poderia ser para regravar cenas para a edição final do filme, mas há quem cogite até participações em Homem-Aranha. Ou indo mais longe, o começo da Guerra Infinita.

Para outros sites como o Digital Spy e MTV News, Holland respondeu questões curiosas enquanto divulgava seu novo filme No Coração do Mar. Disse que era grande fã da atuação do Garfield e teria até dificuldade em não copiar tanto o que ele fez nos filmes. Holland disse que não sabe se isso interferiu na escolha, mas em todas as fitas de teste que enviou pra Marvel, havia algumas acrobacias suas para tentar influenciar na sua escolha. E disse que a Marvel é um pouco contra ele fazer suas próprias cenas de ação, mas ele continua treinando até hoje , inclusive com alguns exercícios inovadores e diferentes.

Coveiro

Hulk Selvagem: Viagem à Encruzilhada


Há muitos anos, o senhor da dimensão onírica, Pesadelo, eliminou toda a consciência de Bruce Banner no Hulk para que ele matasse o seu arqui-inimigo, o Dr. Estranho. O Golias Verde empreendeu uma longa jornada de destruição até Nova Iorque, onde enfrentou os seus maiores heróis. Não havendo alternativa, Stephen Strange baniu o seu colega Defensor ao deserto místico conhecido como a Encruzilhada, aonde poderia escolher uma outra realidade para destruir à vontade, sem prejudicar nenhuma forma de vida. Ou não é bem assim? É o que veremos a seguir no arco em duas partes chamado "Viagem à Encruzilhada", escrito por Gabriel Hardman e Corina Bechko, com Hardman nos desenhos, para o título Savage Hulk #5 e #6 nos EUA. Aqui, ele foi publicado em Vingadores: Os Heróis Mais Poderosos da Terra #5 e #6 pela Panini.

Logo após os eventos narrados acima, o Dr. Estranho foi chamado para justificar suas ações em Washington. Strange tem a companhia da Agente Becerra, da SHIELD(Superintendência Humana de Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão), especializada em artes místicas. Ela acha que nenhum homem capaz de algo assim deveria agir sem supervisão, nem tomar decisões de forma unilateral, e os congressistas concordam com ela, De repente, a reunião é interrompida por uma criatura humanoide de outra dimensão chamada Korv, que acusa Strange de cometer genocídio contra o seu povo por causa do "monstro verde" que ele enviou para lá.


O Mestre das Artes Místicas acha isso impossível, pois o Hulk deveria apenas escolher mundos em que não houvesse a presença de seres sencientes. O mensageiro exige que Strange o acompanhe para "desfazer o mal" que criou e assim é feito. Os dois se retiram, com a presença de Becerra, que se junta a eles sem convite. Eles chegam à Encruzilhada e a moça convence Strange a não mandá-la de volta para a Terra para que ela possa relatar à SHIELD o que ele realmente fez com o Hulk.

Eles chegam ao destino desejado e são recebidos pela maior autoridade mística local, o Mestre Ebbin, que guia os dois visitantes pelo alto de uma cidade não muito diferente de Nova Iorque, cercada por uma enorme muralha, ou seja, um lugar cujo acesso nunca deveria ser permitido ao Hulk. Strange ouve duras críticas por causa disso, mas este observa que não há sinais de destruição evidente causados pelo Hulk e percebe que há algo mais acontecendo. Em seguida, um enorme robô fortemente armado atravessa os portões da muralha e sai ao encalço do Hulk.


Os três o acompanham e Ebbin esclarece que seu povo tem desperdiçado suas vidas em "incontáveis gerações" na luta contra seu inimigo. Sua busca pelas artes místicas, inclusive, foi levada pela necessidade de derrotar o Hulk, mas foi incapaz de reverter o feitiço que o trouxe para este mundo. O robô encontra o seu alvo, mas é derrotado por ele com enorme facilidade.

Strange não entende porque a perturbação constante que o Hulk sofre devido a esses ataques não disparou o "feitiço de salvaguarda" capaz de levá-lo de volta para a Encruzilhada. Ebbin observa que o Hulk não está nada insatisfeito por estar ali, muito pelo contrário. Subitamente, Ebbin agoniza e cai ao solo. Sentindo que está prestes a morrer, ele pede que Strange corrija a situação antes que seu povo construa uma arma capaz de destruir não só o Hulk, mas todo o planeta. Ele deixa um último aviso, um tanto enigmático: "cuidado com meu sucesso...". O corpo de Ebbin é sepultado e Strange e Becerra avançam até o Hulk. Eles o encontram numa caverna, rodeado por cadáveres e reclamando de estar com fome.


Strange se aproxima do monstro e tenta dialogar com ele, enquanto  Becerra examina alguns dos cadáveres. O Hulk o reconhece e o ataca, furiosamente. Strange tenta mandá-lo de volta à Encruzilhada, mas há um "contrafeitiço" que impede qualquer coisa de se transportar para fora deste mundo, inclusive eles próprios. Eles se afastam do Hulk e retornam à cidade, que apresenta um aspecto bem diferente, com novos edifícios e avanços tecnológicos. Strange reflete a respeito e a dupla se dirige a uma assembléia deliberativa local, que discute os próximos passos na luta contra o Hulk.

Strange pede a palavra e apresenta uma revelação impressionante: o Hulk, na verdade, foi quem disparou a evolução e o desenvolvimento tecnológico desta civilização. O tempo dela, na verdade, é muito mais acelerado do que na Terra. O monstro caçava seus ancestrais, seres pré-conscientes, mas não matou nenhum indivíduo de fato. Becerra acrescenta que os cadáveres que ela encontrou na caverna do Hulk eram de alguns desses ancestrais, e que o Hulk se alimentava de algum tipo de fruta.

Korv, que sucedeu a Ebbin, apresenta sua solução definitiva para o problema; a Bomba Gama. Strange tenta demovê-lo, dizendo que isso não matará o monstro e que estarão cometendo suicídio agindo dessa forma. Ele exige também que Korv remova o "contrafeitiço" que fez para que Strange possa levar o Hulk de volta à Encruzilhada. Ele se recusa a fazê-lo e Becerra percebe que Ebbin tentava alertá-los não contra o seu "sucesso", mas contra o seu "sucessor". A reunião é interrompida pela visão do Hulk saltando em direção à cidade e arrebentando a muralha que o impedia de entrar. 


A bomba é lançada e Korv e Strange duelam entre si. Korv atira Strange para longe e Becerra o alcança. Ela argumenta que ele e Korv deveriam se unir para afastar o Hulk, e não brigar um contra o outro. Strange conclui que é melhor tentar convencer o Hulk a ir embora deste mundo. Ele se aproxima novamente do monstro e mostra os efeitos da bomba prestes a disparar, o que o faria ficar sozinho novamente, sem desafiantes ou amigos. O Hulk parece compreender a mensagem, mas o momento é interrompido de maneira brusca por Korv, que volta a atacar Strange.

O Golias Verde vê a bomba se aproximar e salta em direção a ela. Ele a agarra e o "feitiço de insatisfação" é ativado, o que traz ambos de volta à Encruzilhada. Em seguida, ele a arremessa através de um portal para outro mundo desabitado, onde explode sem causar danos.

Em outra realidade, Korv pergunta a Strange o que ele fez. Ele responde que o Hulk desejou sair deste mundo por vontade própria e que Korv foi inteligente ao contraordenar os seus feitiços, mas que foi incapaz de alcançar o inconsciente do Hulk.  Em seguida, Strange alerta que o monstro se foi, mas que outro inimigo ainda se encontrava ali, Korv, que queria usar a bomba gama para destruir tudo e assumir o poder através da magia. Isso, se alguém sobrevivesse à explosão. Korv é aprisionado e Strange e Becerra voltam para Washington, onde já haviam se passado dois dias desde a partida deles. Strange pede desculpas pelo atraso e Becerra diz aos congressistas que, por tudo que presenciou, podem confiar no julgamento dele no futuro.

Temos o encerramento de um título que se mostrava promissor, Savage Hulk, que tinha a proposta de revisitar momentos marcantes do personagem. Ele continuaria em "Thanos vs. Hulk", que saiu como uma minissérie independente. Espero que um dia a Panini a publique. A fase da Encruzilhada é querida por muitos leitores do Hulk e a história em que ele foi banido pelo Dr. Estranho foi publicada originalmente em The Incredible Hulk #300 nos EUA e aqui em O Incrível Hulk #52, pela Editora Abril. Ela faz parte do long "run" de Bill Mantlo e Sal Buscema no título durante a década de 1980. Neste "retcon", temos a participação do grupo de fungos sencientes que residiam na Encruzilhada, chamados pela Abril pelo infeliz nome de "Pompons Coletivos". Mais tarde, eles trairiam o Hulk de maneira covarde.

Hardman é artista de "storyboards" para filmes e Bechko é zoóloga e escritora. Ambos já fizeram juntos outros trabalhos para a Marvel, com boa repercussão. Gostei muito do trabalho deles neste arco, assim como gostei de como respeitaram o visual que os personagens tinham naquela época. Espero que eles continuem produzindo mais material para a Casa das Ideias e que ele seja publicado aqui.

C@rlos

domingo, 29 de novembro de 2015

Inominata 616 #95 - Jessica Jones da Netflix


Uma semana após a estreia de Jessica Jones, a mais nova série da parceria da Marvel e a Netflix, o pessoal do 616 se reúne para esmiuçar tudo o que rolou em seu podcast. Pesada, dramática e polêmica, a série da Jessica Jones certamente pegou muita gente de surpresa e abriu portas mais obscuras para outro mundo da Marvel. E neste podcast vamos falar que ele tem muito mais ali do que uma primeira olhada parece entregar.

Estamos ainda na Cozinha do Inferno do universo cinematográfico da Marvel e entre nós estão o Coveiro, Paulo Artur, Eduardo Spicacci, Jeferson Vasconcelos e a Cammy. Agora que todos viram o seriado, chegou a vez de falar sobre os principais personagens desta trama investigativa que rola nos subúrbios da cidade. Quem são Jessica Jones, Luke Cage, Patsy Walker e tantos outros que agora debutam no UCM? Quem está realmente livre da mente de Kilgrave?

O que pode agoniar mais que barata morta com a mão para os nossos 616? Em que momento o Luke Cage se confundiu com o Batman? Por que os fãs de Doctor Who não podem piscar neste seriado? Por fim, seria a Jessica uma continuação da serie anterior de Kristen Ritter?



Duração: 104min


Player Alternativo:





Links do programa:

Últimas notícias dos seriados do Netflix
Abertura de Jessica Jones
Referência a Luke Cage em Jessica Jones
Kilgrave em Ação nos clips de Jessica Jones
Homem-Púrpura vs Vingadores
Jessica Jones nos Games
Já acabou, Jéssica?
Sobre a Segunda Temporada de Jessica Jones


Outros Podcasts Relacionados:


Inominata 616 #44 - O Demônio no novo Milênio
Inominata 616 #62 - Agentes da SHIELD - Primeira Temporada 
Inominata 616 #77 - Meu nome é Carter, Agente Carter
Inominata 616 #80 -Demolidor do Netflix
Inominata 616 #94 - A.K.A. Jessica Jones - Alias

Para baixar em mp3, clique aqui!

Você também pode nos ouvir diretamente do seu smartphone assinando nosso feed! Saiba como clicando aqui! Ou assine direto no seu itunes aqui!

Coveiro

Chiwetel Ejiofor e Mads Mikkelsen falam sobre participar do filme do Doutor Estranho


Chiwetel Ejiofor e Mads Mikkelsen já são nomes certos associados ao vindouro filme do Doutor Estranho. Enquanto que do primeiro já conhecemos bem o personagem, o outro ainda mantém seu papel em mistério. Os sites IGN e Vulture conversaram com os dois recentemente e mesmo não sendo muita coisa, os atores falaram sobre suas participações no filme. Confira:

Mikkelsen manteve-se de boca fechada sobre quem será, mas adiantou que está pesquisando muito sobre o personagem: "Eu ainda não filmei nada. Passei meu tempo até agora correndo pra pesquisar todos os tipos de coisa. É por isso que só devo começar a gravar a partir de amanhã" disse o ator ao IGN.


Já o britânico Ejiofor comentou que ele pode ir além deste filme e falou que "É óbvio que a ideia é que você seja parte de algo que tenha mais encarnações, mas não é esse o meu foco. Meu foco é querer fazer deste filme o melhor que eu possa fazer. É nisso que estou engajado. E é um projeto fascinante".

"De um jeito estanho, eu não quero responder essa pergunta, se não se importar" disse ele sobre se seu papel será mesmo de antagonista ou não no filme. "Porque eu sinto que está ligado a coisas que eu acho que não deveríamos falar. Eu acho que de uma maneira interessante vai ser divertido ver quando esse filme sair e vocês descobrirem como serão esses personagens. Ou como eles não serão. Vão ter que esperar pra ver!" disse ele deixando em dúvida se realmente poderemos enxergar Mordo como o vilão que ele é nos quadrinhos no UCM ou não.

As filmagens de Doutor Estranho já ocorrem no Nepal e agora eles estão em Londres. Em breve, haverá mais tomadas em Hong Kong.

Coveiro

sábado, 28 de novembro de 2015

Os anos 90 estão de volta... nas capas da Marvel

Amados por alguns. Odiados por outros. Os anos 90 são algo que incontestavelmente foi um divisor de águas na história da Casa das Ideias. E o mês de dezembro é o momento certo para relembrar histórias clássicas, uniformes pitorescos, artistas marcantes e tudo mais que essa época singular nos proporcionou. Confira as capas variantes de dezembro que trazem de volta os anos 90:






















É bom lembrar dessas coisas... e saber que já passou!

Coveiro

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Marvel revela a arte dos Blu-Rays do Pack Especial da Fase 2


Em 2012, quando a Fase 1 da Marvel Studios se deu por encerrada, lançou-se um pack especial  com todos os filmes lançados até então acompanhados de muitas memorabilias. Tudo vinha numa maleta especial, inclusive com um item emulando o cubo cósmico Tesseract. O mesmo vale para a Fase 2 agora, como anunciamos um tempinho atrás por aqui. E como da primeira vez, cada capa de Blu-Ray vem com uma arte exclusiva e muito especial. Espia só:








Atualizado! O ComicBookResources fez um video especial com um "unboxing" deste pack. Confira:



A venda é exclusiva da Amazon por 219 doletas. Já há pré-venda e o produto estima chegar a loja já no dia 8 de Dezembro.

Coveiro