Guardiões da Galáxia vol.2

Entre na dança e veja o que achamos do filme!

MANTIS

Conheça a versão dos quadrinhos dessa misteriosa personagem que chega aos cinemas

Classicos de Logan

Mutação em Debate revisita as histórias do baixinho canadense

THOR: RAGNAROK

Deus do Trovão e Golias Verde voltam a se encarar em Novembro

Inumanos vs X-Men

Mutação em Debate discute o fim da minissérie

LEGIÃO

FOX surpreende em sua primeira série Mutante. Veja o que achamos de Legião.

Homem-Aranha de volta a Marvel

O podcast junta 616s com Aracnofãs para discutir o novo filme

DEFENSORES

Saiba as novidades da série do ano pelo Netflix

Conheça os Inumanos

Os seres mais misteriosos do universo ganham um seriado de luxo

AGENTES DA SHIELD

O que achamos da quarta temporada da série?

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Marvel planeja série de TV dos Novos Guerreiros com a Garota Esquilo


Há tempos o nome da Garota Esquilo é lembrado pelos fãs quando se fala em novos personagens que poderiam ser inseridos nos filmes da Marvel Studios. Por enquanto a exótica heroína não irá para as telas de cinema, mas ao que tudo indica, seu destino pode ser a televisão

De acordo com o TVLine, a Marvel, em parceria com a ABC, estaria planejando uma série de TV cômica com os Novos Guerreiros, que contaria com a Garota Esquilo no grupo. O seriado está sendo descrito como uma espécie de "versão júnior" dos Vingadores. A ideia seria destinar a série aos canais de TV por assinatura ou a serviços de streaming (como a Netflix, por exemplo).

Nos quadrinhos, os Novos Guerreiros surgiram em 1989, sendo uma criação do roteirista Tom DeFalco. Sua formação original contava com Radical, Justiça, Flama, Namorita, Nova e Speedball.


Eu sou dos que curtiam os quadrinhos dos Novos Guerreiros lá nos anos 90 e espero que saia algo bom daí. Que façam pelo menos uma comédia na medida certa, sem transformar simplesmente os heróis em idiotas atrapalhados. Aliás, além da Garota Esquilo, quais seriam os outros membros da equipe, hein? Façam suas apostas...

Eduardo Spicacci

Mulher-Aranha: Nova Roupagem


Depois da louca aventura pelo Aranhaverso, Jessica Drew chegou em um momento da sua vida que precisava parar e refletir sobre sua carreira. Foi assim que exigiu do velho Steve Rogers um tempo dos Vingadores e pontuou sua carreira com uma mudança de ares. E nada melhor para isso do que mudar definitivamente seu visual. Sendo assim, temos uma nova Mulher-Aranha no pedaço.

Denis Hopeless ganha com isso um novo artista para cuidar dessa nova fase e Javier Rodriguez é escalado para dar um visual mais arrojado e menos extravagente para Jessica. O vermelho ainda é o forte, mas óculos de lentes amarelas dão lugar a máscara e o preto se junta ao uniforme e deixa o símbolo da aranha ainda mais estilizado. As teias abaixo dos braços vão continuar, é claro!


Mas toda essa mudança não está sendo fácil para Jessica acompanhar. Se por um lado ela está fugindo da loucura dos mundo exótico dos Vingadores, o dia a dia de vigilante de rua é algo muito mais sorrateiro e pacato. Por mais de uma vez a Jessica vem se enrascando em problemas ao agir exageradamente contra bandidos comuns ou mesmo se intrometendo do jeito errado em operações policiais. Mas talvez a grande solução venha de uma pessoa que a Mulher-Aranha mal conhece, Ben Urich. O reporter que já se encontra com problemas profissionais devido a decadência dos jornais de papel parece ver em Jessica o potencial para casos considerados perdidos.

Assim, mesmo com muita relutância, Jessica acaba cedendo ao repórter e pega o caso de mulheres, filhos ou parentes de vilões de baixa linha desaparecidos e que sequer tiveram denúncia na polícia. O primeiro contato de Jessica com o caso é ao interromper um assalto a banco promovido por Roger Gocking, também conhecido por Porco-Espinho. O vilão mequetrefe teve o azar de topar na frente da Mulher-Aranha, foi derrotado em poucos minutos e... começou a chorar por falhar na missão. Daí, Jessica se deu conta de que um misterioso alguém estava chantageando esses super-bandidos de classe C, mantendo suas familias na escuridão e os obrigando a realizar furtos pela cidade.


A missão de Jessica daí partiu para ir atrás de outros vilanescos da Marvel afim de conseguir mais informações e contava com a ajuda de dois improvavéis parceiros - Ben Urich e um atrapalhado Porco-Espinho. Pensando mais longe que os vilões, Jessica armou uma emboscada, se colocando na fantasia de Gocking e se deixou capturar pelos bandidos. Agora, era questão de tempo até que eles a levassem sem desconfiar de nada até o grande responsável por aquelas ameaças e crimes. Depois de algumas desventuras a la agente secreto, Drew finalmente se deparou com uma cidade formada só por mulheres, crianças e familiares dos vilões de baixa renda. Estavam todas lá vivendo felizes e deixando seus passados obscuros para trás.

Sem o uniforme, Drew se passou por uma delas, como se fosse a esposa do vilão Diamante e assim soube mais da dinâmica de Moon's Hollow. Ao conhecer mais das mulheres dos vilões e tomar toda confiança delas, descobriu que toda aquela operação era promovida por uma tal de Cat. Paralelo a isso, Ben e Glocking acabaram a seguindo até lá de carro e mal sabiam que assim que pisaram no lugar estavam sendo observados. Foram capturados, amarrados e surrados, uma situação horrível até mesmo para sua ex-mulher ver quando os encontrou num galpão junto com a Jessica.


Então, surge a Cat, completamente ensandecida e atacando a Mulher-Aranha para que assim nunca mais vazasse tudo o que estavam fazendo ali naquele lugar. Brevemente, vemos o passado da Cat em suas lembranças e tudo remete a seu marido opressor que a batia por motivo algum. Um dia a Cat revidou e não sabemos mais o que aconteceu com ele. Agora, a moça estava pronta pra fazer mais uma vítima e toda sua loucura acabou trazendo as demais mulheres de vilões contra ela.

As recém amigas de Jessica se colocaram na frente da máquina e impediram Cat de espancar ainda mais a heróina. Foi os segundos certos para Jessica se levantar e reagir. Em pouco tempo, o robô operado por Cat estava em frangalhos e a moça, sem ter mais como se proteger, começou a chorar. Era uma situação muito delicada para Jessica, que ao mesmo tempo sabia que não era certo forçar os vilões a roubarem ameaçando suas famílias, não queria expor aquele tipo de santuário com pessoas que não queriam mais nada além do que fugir desses super-problemas familiares.

Acabaram todas concordando em tocar a vida ali por outros meios sem falsas ameaças em troca da Mulher-Aranha não revelar o segredo de Moon's Hollow. Roger Gocking acabou se acertando com sua esposa e filha, prometendo dar um jeito e mudar de vida para provar que eles poderiam voltar. Já Ben Urich garantiu a Jessica que não escreveria sobre aquela história no Clarim. Em troca, ele estava disposto a seguir com a moça pra novas missões aveturescas.

Nas duas outras duas histórias que seguem neste volume, vemos mais das missões loucas da Mulher-Aranha país a fora ao lado de Urich e do Porco-Espinho (Sim, ele mudou de lado e precisava de um emprego agora como ajudante).  De um ataque de demônios em um abrigo pra velhinhos na Pensilvânia passando por um ataque de um atlante em Illinoius até um grupo de gangues de carros que atuava pela interestadual 70, tudo era parte da nova vida como heróina de Drew.

O último grande perigo, no entanto, aconteceu no Kansas, quando uma cidade com uma população aparentemente zumbi e um caso de carnes de vacas contaminadas com irradiação quase coloca a vida dos três em perigo mortal. Acredite ou não, o mistério foi resolvido dessa vez por Gocking (que mesmo parecendo que não, estava aprendendo) e tudo foi resolvido graças a ajuda que ele teve com a única vegana da cidade. O Porco-Espinho conseguiu derrotar sozinho o vilão assim que descobriu onde ele operava e conseguia controlar todos mentalmente e assim salvou a Jessica de ser espizinhada por vacas hulkizadas e caipiras sem mentes.


E no fim, surge ninguém menos que a velha amiga Natasha Romanoff convocando Drew para os Vingadores de novo. Mesmo contra a vontade da moça, era uma emergência que podia significar o fim do mundo e com isso Jessica Drew é posicionada no ponto da história em que vemos ela ingressar nos Vingadores de Roberto da Costa. E, claro, seu velho uniforme saiu do armário para os momentos finais antes de mundos colidirem.

Quem ainda não leu a edição e curte o estilo mais leve e solto de narrativa que vemos por exemplo nas histórias do Homem-Formiga de Nick Spencer, vai curtir esse material. Denis Hopeless está bem mais solto aqui e consegue trabalhar muito melhor as características de Jessica como protagonistas. A participação do Porco-Espinho aqui é um bônus a parte e a arte de Rodriguez dá um banho no que Land fez até agora. E nessa mesma edição do Homem-Aranha: Aranhaverso 5 temos uma curta historinha do passado do Cabeça de Teia contra o Mistério. E pra próxima edição temos a volta da Gwen-Aranha.

Coveiro

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Veja o novo vídeo do Doutor Estranho que virá como bônus do Blu-ray da Guerra Civil


Com o lançamento de Capitão América: Guerra Civil  em Digital HD previsto para a próxima sexta-feira e em Blu-ray para daqui a duas semanas, a Marvel divulgou uma pequena amostra de um dos vários bônus contidos no produto. Trata-se de um vídeo com entrevistas, concepts arts e bastidores de Doutor Estranho, o próximo lançamento do estúdio:


Lembrando que o vídeo acima é apenas um aperitivo, já que no total ele terá cerca de 4 minutos...

Eduardo Spicacci

Homem-Aranha 2099: Um 2099 Imperfeito

Após o Aranhaverso, Miguel O'Hara pensou que tinha voltado para a sua verdadeira época apenas para encontrar Nueva York completamente destruída. Em pânico, ele tenta descobrir como aquilo pode ter acontecido.






Enquanto vasculha as ruínas atrás de sobreviventes ou de quaisquer respostas, o Aranha 2099 é surpreendido pela aparição de uma versão do Maestro, a versão futura maligna do Hulk. Miguel o reconhece por uma aventura antiga que teve na revista do Capitão Marvel (Genis Vell), mas não tem muita chance contra o monstro, que o derrota e aprisiona junto com a Doutora Estranho 2099.



Na prisão, os dois se ajudam e a Doutora Estranho 2099 (a VERDADEIRA Doutora Estranho 2099 que existe desde os anos 90, não a tentativa ridícula de retcon do Bendis no run dos X-Men) cura o Homem-Aranha e o leva a Sala do Troféu do Maestro, onde eles esperam usar a máquina do tempo do Doutor Destino para voltar ao presente pós-Aranhaverso. Pelas poucas informações que ele tinha, o evento que levou à destruição do mundo foi desencadeado pela Alchemax e Miguel acredita ter sido responsável indireto por um efeito borboleta. No entanto, as coisas dão errado e a Doutora Estranho é aparentemente morta. Miguel consegue acertar o Maestro com um disparo de um Hulkbuster e foge para o presente achando que seu adversário está morto. No entanto, Maestro e a entidade que dominou a Doutora Estranho simularam suas mortes e usam a máquina consertada por Miguel para fugir para o presente. Assim, pela sexta ou sétima vez, existe um Maestro no presente do Universo-616.



Assim, de volta ao ano de 2016, Miguel volta a se passar por Mike O'mara e continua a trabalhar na Alchemax para descobrir no que sua interferência mudou o futuro. Ele descobre sobre os planos de uma prisão high-tech cuja ideia inicial foi dele e pede para que o Homem-Aranha use as Indústrias Parker para impedir o projeto da empresa rival. Ele aproveita para curar sua vizinha, Tormenta, do câncer que ela tem. Usando um soro que ele obteve em 2099, ele consegue curá-la rapidamente. No entanto, tem o efeito colateral de fazê-la se transformar em uma vespa mutante que ele precisa derrotar e curar em definitivo. E, no processo, ela descobre a identidade secreta dele.



Então, o que o Maestro apronta no presente? Quem é a entidade que possui a Doutora Estranho? O que Peter Parker fez para impedir que a Alchemax? O que acontecerá com Tormenta?

Bom, tudo isso fica em aberto porque o Universo-616 foi destruído na Última Incursão. Quem sabe, quando Guerras Secretas acabarem, possamos saber como continuam esses ganchos...




Peter David meio que apenas "cumpriu tabela" com o Aranha 2099 enquanto as Guerras Secretas não começam. Pegou criações dele (Maestro e Doutora Estranha), referências a antigas histórias dele (Capitão Marvel) e abriu vários plots para o que pode acontecer com Miguel O'Hara depois do megacrossover da Marvel. A arte de Will Stiney continua mediana.


Um detalhe curioso é que, quando Miguel foi enviado ao futuro no Aranhaverso, ele foi para o ano 2099 do Universo-616. No entanto, as revistas da linha Marvel 2099 se passam no Universo-928.


Esta história foi originalmente publicada em Spider-Man 2099 9 a 12 e, no Brasil, em O Espetacular Homem-Aranha 11 a 13.

Capas e preview da volta d'Os Campeões

* Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!


Depois de uma breve disputa de volta pelos direitos do uso do nome, os Campeões estão de volta a Marvel. E desta vez o grupo figura com uma escalação bem jovem e diversificada já no mês de outubro. Mark Waid e Humberto Ramos foram escalados para contar essas novas aventuras com o selo da Marvel Now 2.0 e uma série de capas variante e um pequeno preview já se encontra online. Confira:











Os novos campeões serão formados por  Ms. Marvel, Miles Morales, Nova, Viv Vision, Ciclope e o Hulk Totalmente Demais. Mark Waid também prometeu um outro integrante ainda não revelado a partir da edição 1. As capas variantes contam com nomes famosos como o de Mark Brooks, Jay Fosgitt, Alex Ross, Skottie Young, Rahzzah, John Tyler Christopher dentre outros.

Coveiro

Nova: final feliz


Após viver as suas aventuras cósmicas na saga do Vórtice Negro, o Nova voltou para a Terra buscando colocar ordem novamente em sua vida.

A primeira atitude do Sam Alexander foi levar o capacete do antigo Nova, Richard Rider, para a sua família. Após meses (ou anos) sem informações, a família Rider agora encontrou um final, não tão feliz, para as suas buscas por informações. Eles ainda perguntaram sobre o seu outro filho, Robbie, mas o Sam não sabia informar nada sobre ele.

O outro foco do herói foi em encontrar o seu pai. Após 29 edições procurando ele, o mais perto que ele chegou foi de algumas pistas, mas nada realmente concreto. Para achar seu pai, ele chegou a roubar e ameaçar os Chitauris, o que não foi visto com bons olhos.

Ele faz alguns negócios no sub-mundo cósmico e acaba encontrando o seu pai, na nave Chitauri perdida e roubada. Mas não existe tempo para momentos melosos. Os chitauris estão polvorosos atrás do Nova. Mas cientes de que não poderiam deter o herói em força bruta, arremessam uma leva enorme de meteoros contra a Terra. Uma vez não podiam vencê-lo, matariam quem ele mais ama.


Sam consegue voltar para a Terra a tempo de salvá-la. Mas vale dizer que o mérito também ficou com os seus amigos. Bill Raio Beta, Thor, Rocket Raccoon, Capitã Marvel e Homem de Ferro chegaram para impedir a destruição do planeta.

Coube a Nova viajar pelo espaço para deter a origem de todos esses problemas: Guerrilheiro. O herói acidentalmente pulverizou o vilão no fogo do sol e conseguiu salvar o seu pai. Agora a família Alexander finalmente poderá viver em paz e unida, como todas as famílias deveriam ser. E em uma cena quase pós-crédito, descobrimos que Guerrilheiro sobreviveu.


Esse run do Nova de Gerry Duggan foi bastante surpreendente. Criado do zero, o personagem enfrentou um enorme hate por substituir Richard Rider, um herói que nunca foi grande coisa, mas antes de morrer viveu a sua melhor fase no cosmo da editora. O que deixou a galera com um gosto de "quero mais" e naturalmente foram contra a ideia do Sam.

Mas os três escritores que a HQ teve: Jeph Loeb, Zeb Wells e Gerry Duggan conseguiram trazer uma unidade e humanização para o personagem. Suas histórias eram interessantes, divertidas e descompromissadas, ao mesmo tempo em que envolviam. Quem não torceu o run inteiro pelo encontro dele com o seu pai?

Vale destacar também a arte de David Baldeon, que acompanhou todo o período final da HQ. Esse review abrange as edições publicadas originalmente em Nova 29-31. Que saiu aqui no Brasil em Universo Marvel 33, 34 e 35.

Kinhu Heck

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Mais extras e os erros de gravaçao do Blu Ray de Capitão América: Guerra Civil


Parece que esse vai ser um dos materiais pra Home Video mais ricos lançados até o momento pela Marvel Studios. Só pelo que ela anda soltando abertamente na internet e imaginando que não seja nem um teco do que está por vir no filme, a coisa promete. Dessa vez, além de uma série de clips e bastidores, temos um minuto dos erros de gravação. Tá bom demais:








E claro os erros de gravação:



E já sabem, 14 de setembro em todas as lojas do Brasil

Coveiro

Novo action figure do Deadpool com jeitinho de emoticon



De uns tempos pra cá, Deadpool virou o novo xodó dos fãs da Marvel ou mesmo aqueles que sequer conheciam esse universo e viram no Mercenário Tagarela um meio de adentrar nesse vasto mundo de um jeito nada convencional. Assim, a infinidade de bonecos ligados ao personagem é coisa mesmo de maluco. A novidade é o produto da linha Nendoroid feito pela Good Smile.


Com 12 centímetros, todo articulado e com um monte de acessórios que aumenta ainda mais a expressividade do Deadpool, mesmo que usando máscara, essa peça tem um ar meio emoticon na sua concepção, cheio de diferentes sentimentos que você pode intercambiar ao seu gosto no personagem. Eu achei a ideia um máximo!

Coveiro

Guardiões da Galáxia sobre a escalação de Kurt Russel e monstros espaciais

Uma coisa que ninguém pode negar é que o diretor dos Guardiões da Galáxias, James Gunn, é uma pessoal altamente aberta para os fãs. Não há dificuldade nenhuma em entrar em contato com o cara pelas redes sociais e sempre ele solta uma ou outra novidade ou curiosidade sobre o segundo volume da franquia, agora em pós-produção. Foi assim que ficamos sabendo de detalhes sobre um certo monstro espacial numa concept art liberada um dia desses:


"Esse é o Abilisk, um ser multi-dimensional. E os Guardiões foram contratados para lutar com ele" revelou Gunn num dos vídeos publicados no final da semana passada. É curioso notar que pela formação revelada e como já tinha sugerido antes, essa cena é algo que deve se passar bem no começo do filme.


Foi também assim que James Gunn usou o Facebook para responder que o volume 2 dos Guardiões da Galáxias se passará cerca de dois meses depois do primeiro filme. Ou seja, se formos considerar a primeira história em 2014, certamente o novo filme se passará antes mesmo dos eventos da Era de Ultron nos cinemas. É claro que isso é algo bem relativo de se considerar, já que no espaço a questão de dias se torna bem irrelevante.

E numa entrevista recente com a Empire, James Gunn revelou que a contratação de Kurt Russel para o filme foi ideia de Chris Pratt: "Ele não estava na minha cabeça no começo, mas um dia Chris sugeriu ele. Eu teria ficado desapontado se  ele dissesse não. Se você quer contratar um ator para tudo, acho que o Kurt é alguém pelo qual você deve começar".

Na mesma entrevista, Chris Pratt falou que "você verá que esses personagens terão que encarar a realidade de ser agora uma família. Estamos falando de um cara que faz tempo que quer saber quem é seu pai. Ele vai descobrir que se essa pessoa vai atingir as expectativas do que ele sempre imaginou".

E já sabemos quem é de fato o pai de Peter Quill, como James Gunn fez questão de revelar antecipadamente na San Diego Comic Con. Mas o grande mistério aí é como essa relação entre os dois vai funcionar no decorrer do próximo filme.

 Coveiro

Fabulosos X-Men: O (Trágico) Fim da Era Bendis



Após uma longa agonia que vem se arrastando desde o arco do testamento do Professor Xavier, o final da passagem de Brian Michael Bendis chega. E se estavam esperando um final arrebatador, pode esperar deitado!

Hank McCoy, para variar, está enclausurado em seu laboratório de pesquisa. Ororo, então, pede para que ele compareça ao salão da mansão da Escola Jean Grey. Lá, estão reunidos os X-Men. É hora do Fera encarar seus erros, em especial, as violações perpetradas ao espaço-tempo.

Vinte minutos antes, Kitty encontra seu ex-namorado Colossus. Apesar do encontro parecer uma coisa, Rasputin percebe rapidamente do que se trata: Kitty está preparando o terreno para que Magia se encontre com o irmão. Kitty tenta explicar tudo que vem ocorrendo com ela, mas Rasputin só quer saber de se reconciliar com sua irmã. Enfim, Colossus e Magia estão bem novamente.



A intervenção (ou julgamento) prossegue. Fera não está nem um pouco à vontade com todas as verdades que estão sendo jogadas na sua cara. Todos ali o pressionam para que enxergue todos os erros que ele cometeu. Hank não está nem um pouco interessado em dar ouvidos aos seu colegas.

Trinta minutos antes, Drake (a versão mais velha) encerra um treinamento com os ex-alunos de Scott Summers. Enquanto se dirige para seu dormitório, acaba encontrando os jovens Drake e Grey. E o papo acaba girando em torno da sexualidade de Drake. Após um intenso debate, Drake (o mais velho), acaba revelando sua verdadeira orientação sexual, mesmo após anos tendo relacionamento heterossexuais.

No salão da mansão, o clima esquenta. As acusações em cima de Fera só aumentam. Fera é massacrado por diversas críticas aos seus atos. E o clima fica cada vez mais quente.

Quarenta minutos antes, os Novíssimos X-Men tentam relaxar. Mas Jean Grey tem a ideia de dar um tempo com a equipe. Warren então propõe que todos ali se separem por um tempo. O jovem Fera se afasta, amargurado por ser responsável pela destruição dos X-Men. Jean o segue e, após uma breve conversa, se beijam.



De volta ao salão da mansão, a discussão segue calorosa. Fera justifica todos seus atos a Scott Summers e a evitar o genocídio mutante. Todos ali repetem que a questão ali não é Summers e sim ele. Revoltado, Fera deixa todos falando e se dirige de volta ao seu laboratório. Então, um Cérebro emite um alerta mutante, Washington DC.

Todos na sala (menos o Fera adulto) vão para Washington. E lá encontram Ciclope discursando, mostrando o quão benéficos para o mundo os mutantes podem ser. Ciclope enfatiza que o pior pesadelo dos humanos normais era que todos ali presentes se unissem e atacassem a humanidade. Mas nada disso acontece. E mesmo o clima de confraternização não desaparece com a chegada de Magneto.

Fera, da mansão e com as malas prontas, assiste a tudo. Percebe que o plano de Scott Summers deu certo. Ao sair, encontra com Eva Bell. Eva lhe fala que era importante passar pelo julgamento. Após o enigmático diálogo, Hank sai da mansão, sem revelar para ninguém seu destino.

Bom, depois das últimas edições, não há muito o que dizer. A tão esperada edição 600 (publicada em X-Men 34) não lá grande coisa. Uma pena, já que se trata de uma importante revista na Casa das Ideias. O destaque vai pela arte de Immonen, Bachalo, Irving, dentre outros que acompanharam Bendis em sua passagem pelas revistas X. Mas em termos de história, pouco acrescenta.



E para os X-Men somente resta sobreviver às Guerras Secretas. E o que será do futuro da equipe? Bom, somente daqui seis meses saberemos.

Rafael Felga


domingo, 28 de agosto de 2016

Inominata 616 #116 - As Guerras Secretas Originais



Antes do que vemos hoje, houve um evento similar no final da Era de Bronze. E tudo que está aí deve-se a ele. As Guerras Secretas originais pode até não ter tido a dimensão, dedicação e complexidade do evento de hoje, mas nem por isso deixa de ser um marco importante. E é graças a ela que as primeiras sementes foram plantadas para Jonanthan Hickman criar sua obra-prima. Sendo assim, faz-e mais que necessária uma viagem até aquele tempo para reviver uma época mais inocente e despretensiosa dos heróis da Marvel.

Prepare-se, viajante! Pois você foi escolhido para uma grande prova que vai além de qualquer força conhecida do espaço. Terá grandes desafios num planeta recém criado e lutar com os vilões mais casca grossas da Marvel. Mas não estará sozinha nessa empreitada pois o   Coveiro, Paulo Artur, Rafael Felga e Marcos Dark , do Sala de Perigo, estarão aí para reviver as Guerras Secretas dos anos 80 e sobreviver aos desafios do senhor Jim Shooter.

Seria a voz do Além que convocou os heróis e vilões o misterioso Beyonder ou a entidade Mattel? Estariam os X-Men desconfiados demais nessa saga ou na verdade antecipando uma futura saga dos Vingadores vs X-Men? Definiria essa como a primeira minissérie da Marvel com todos os seus personagens ou uma biografia de um certo editor/roterista disfarçada? Por fim, confiaria em Destino ou acreditaria nele como o Destruidor de Mundos? 

Duração: 129 min




*Desativamos o player do 4Shared por estar dando problemas na página inicial do site!


Links do programa:

Personagens lançados pela Mattel
Playset da Torre do Destino pela Mattel
Doom Roller lançado pela Mattel
Bateria Anti-Aerea do Homem-Aranha
Castelos e veículos das Guerras Secretas da Gulliver
Pacotes dos heróis pela Gulliver
Comparando as duas Guerras Secretas
Capas das primeiras seis edições no original
Capas da versão brasileira das Guerras Secretas
Confronto com os Beyonders nas Novas Guerras Secretas
Quem é Rabum Alal
A explicação de Destino
As novas Guerras Secretas anunciadas pela Panini 




Outros Podcasts Relacionados:
Inominata 616 #30 - Quarteto Fantástico do Stan Lee
Inominata 616 #52 - Thor: Segundo Walter Simonson
Inominata 616 #67 - Marvel 75: A era de bronze
Inominata 616 #112 - O Mundo Fantástico de Hickman

Inominata 616 #115 - Os Oito meses antes das Guerras Secretas

Para baixar em mp3, clique aqui!

Você também pode nos ouvir diretamente do seu smartphone assinando nosso feed! Saiba como clicando aqui! Ou assine direto no seu itunes aqui!

Coveiro

Video revela o que Thor e Hulk fizeram durante a Guerra Civil. E mais mistérios a tona sobre o terceiro filme do Deus do Trovão.



Durante a última San Diego Comic Con, a Marvel não tinha ainda o que mostrar sobre o filme Thor: Ragnarok. Então, no lugar disto, Chris Hewmsworth e Mark Ruffalo se dispuseram a gravar um divertido "diário" do que seus personagens estiveram fazendo durante a Guerra Civil dos cinemas. Confira no video a seguir:


Agora vamos a mais boatos ao redor deste que pode ser o mais intrigante filme do Deus do Trovão nos cinemas. Durante as gravações realizadas na falsa Nova York criada na Australia, eis que surge uma anônima mascarada que foi cuidadosamente toda coberta para nenhum paparazzi captar qualquer vestígio de quem seria ela. Se atente aos detalhes nas imagens a seguir:


Agora, atenção a seguir:


Notem um dos caras da produção carregando cabides com roupas protegidas por capas. Numa delas, "Hi Dad", que caberia muito bem a Anthony Hopkins no papel de Odin. Agora, a outra "Hi Mum" sugere que teremos a mãe de Thor finalmente dando as caras. Não, ela não morreu. Aquela era a Madrasta. A mãe de Thor na verdade é Gaia e seria interessante ver ela dando as caras aí...

Por fim, outra novidade de Thor: Ragnarok é que já existe um compositor contratado para o filme. E ele é Mark Mothersbaugh, de Hotel Transilvania, Lego Movie e A Escolha Perfeita 2. É curioso ver aqui que no caso do filme do Deus do Trovão, nenhum dos outros filmes também teve o mesmo nome atrelado. No primeiro Thor, quem foi chamado foi Patrick Doyle, e no segundo Bryan Tyler foi o contratado.


Coveiro

John Watts e Tom Holland compartilham videos dos bastidores do Homem-Aranha



E durante este final de semana, em plenas gravações a todo vapor do novo filme do cabeça de teia, Spider-man: Homecoming, tanto o diretor John Watts como o protagonista do longa, Tom Holland, compartilharam um pouco da produção que está em andamento. Confira um pouquinho do que eles estão aprontando a seguir:

Um vídeo publicado por Jon Watts (@jnwtts) em

Um vídeo publicado por ✌️ (@tomholland2013) em

O elenco é grande, e quase nenhum dos papeis dos atores confirmados foi realmente confirmado ainda. Na lista, temos Michael Keaton (Batman, Birdman), Zendaya (K.C. Undercover), Donald Glover (Perdido em Marte, Community), Jacob Batalon (North Woods), Laura Harrier (One Life to Live), Tony Revolori (O Grande Hotel Budapeste), Tyne Daly (Cagney and Lacey), Bokeem Woodbine (Fargo), e Marisa Tomei e Robert Downey Jr, que dispensam apresentações. Também estam neste meio Martin Starr (Silicon Valley), Kenneth Choi (O Povo contra. O.J. Simpson), Michael Mando (Better Call Saul), Selenis Leyva (Orange is the New Black), Isabella Amara (The Boss), Jorge Lendeborg, Jr. (Graceland), JJ Totah (Liv and Maddie) e Hannibal Buress (30 Rock).

Coveiro

sábado, 27 de agosto de 2016

Novos videos e mais concept arts do Pantera Negra dos cinemas



Aproveitando o lançamento do DVD e Blu-Ray no próximo mês, mais videos do Pantera Negra no filme do Capitão América: Guerra Civil foram disponibilizados. E como é um ano marcante para o herói que completa 50 anos, juntamos uma série de imagens e concept arts não usados do personagem só para você curtirem:









Confira os videos:




E não podia faltar o momento icônico do personagem:


O DVD e Blu-Ray do filme já se encontra em pre-venda nas lojas do Brasil e tem data para ser lançado em  14 de setembro! Dentre os extras, esperem por comentários em Áudio de Anthony & Joe Russo e Christopher Markus & Stephen McFeely, cenas Inéditas e estendidas, erros de Gravação e os videos especiais de bastidores, além de uma prévia exclusiva do Doutor Estranho.

Coveiro