THOR: RAGNAROK

Deus do Trovão e Golias Verde voltam a se encarar em Novembro

MARVEL LEGACY

Marvel une futuro em passado nesta sua nova fase

Nova Serie Mutante na FOX

Saiba as novidades de THE GIFTED

PLANETA HULK

A HISTÓRIA DO HULK QUE MARCOU OS ANOS 2000

Classicos do Wolverine

Relembre mais das melhores histórias do Logan

FUGITIVOS

Série de produção Marvel e Hulu começa a sair este ano

THOR: RAGNAROK

O Terceiro filme do Deus do Trovão e surpresa do ano é tema do nosso Podcast!

JUSTICEIRO

Saiba as novidades da série que sai em Novembro

FINALMENTE REUNIDOS

Escute o nosso podcast sobre os Defensores!

PANTERA NEGRA

Conheça Wakanda em 2018

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Inominata 616 #127 - Às portas do Paraíso X



E começamos a temporada de 2017 no Inominata 616 encerrando um compromisso de falar por aqui de toda a trilogia que compreende Terra X e suas histórias subsequentes. Paraíso X é o capítulo final do futuro distópico que Jim Krueger e Alex Ross criaram para a Marvel e onde os heróis restantes tem que lidar com as consequências diretas de terem eliminado a morte do nosso planeta em Universo X. Mas será que estão preprarados para lidar com o fato de eles despertarem um novo mal no nosso planeta?

Para saber mais do que acontece nessa história que praticamente se divide entre o Paraíso, a Terra dos Mortos e um mundo que ninguém pode mais morrer, foram escalados para a missão o Coveiro, Rafael Felga, Paulo Artur e Wellington MacGaren, do Aracnofã. Para entender as motivações reais da entidade Mar-Vell e acompanhando X-51 e seus "arautos" nessa nova empreitada para salvar essa (e outras Terras), siga esse quarteto de podcasters até onde nenhum homem - nem mesmo Reed Richards - já foi na Zona Negativa.

Finalmente alguém descobrirá a verdadeira identidade do Demônio Demolidor? Será que o falecido Matt Murdock andou tempo demais com traficantes da Cozinha do Inferno? Podemos fazer um paralelo entre os Asgardianos de Terra X e o povo brasileiro? Estaria o Paulo certo afinal sobre no fundo Reed Richards ser um vilão maquiavélico com aspirações divinas? Essas e outras questões serão respondidas neste programa.



Duração: 119 min




*Desativamos o player do 4Shared por estar dando problemas na página inicial do site!

Links da leitura de Emails:
Aparição de Obama em Homem-Aranha
Aparição de Trump em Savage Dragon


Links relacionados do programa:

Trailer feito por Alex Ross para Terra X.
Entrevista com os criadores de Terra X
Capas de Terra X e Universo X no Brasil
Lançamento de Paraíso X pela Panini
PDF com as artes conceituais da Wizard que originaram o Terra X
O mundo invertido dos mortos por MacGaren


Outros Podcasts Relacionados:

Inominata 616 #20 - De volta a Era do Apocalipse
Inominata 616 #42 - De volta para o Futuro 2099
Inominata 616 #76 - Bem-Vindo a Terra X!
Inominata 616 #98 - Viajando pelo Universo X!
Inominata 616 #99 - Fabulosos Vingadores... ou algo assim!
Inominata 616 #125 - As Guerras Secretas de Jonanthan Hickman

Para baixar em mp3, clique aqui!

Você também pode nos ouvir diretamente do seu smartphone assinando nosso feed! Saiba como clicando aqui! Ou assine direto no seu itunes aqui!

Coveiro

Veja como será a participação de Stan Lee em Os Defensores


Uma foto dos bastidores de Os Defensores pode ter revelado como se dará mais uma das tradicionais participações de Stan Lee nas produções da Marvel. A foto em questão mostra Krysten Ritter (Jessica Jones) em frente a um cartaz com Stan Lee na pele de um policial de Nova York:


Aliás, foi assim que Stan Lee apareceu até agora em todas as séries da Netlfix em parceria com a Marvel:

Demolidor

Jessica Jones

Luke Cage

Além disso, uma nova foto das filmagens pode ter revelado muito mais do que uma simples imagem da atriz Sigourney Weaver, que interpretará uma das vilãs da trama. Na claquete é possível ver o nome de um dos episódios e de seu respectivo diretor: "Group Therapy", de Uta Briesewitz.  Uta tem em seu currículo trabalhos em séries como Fear The Walking Dead, Orange is the New Black, Weeds, Jane the Virgin e o décimo episódio de Jessica Jones, intitulado "AKA I’ve Got The Blues". 


Bom, de quebra já dá pra imaginar como será a participação do Stan Lee em Punho de Ferro, né?

Eduardo Spicacci

Al Ewing antecipa muitas reviravoltas em nova série dos Inumanos

* Atenção! Informações sobre histórias inéditas no Brasil e EUA!

A partir de abril, os Inumanos entram em nova fase nos EUA. Mesmo sem sabermos direito os desdobramentos de Inumanos vs X-Men, o que é certo é que o destino da família real inumana é o espaço. E quem melhor para tomar as rédeas disso por lá do que Al Ewing? Em entrevista ao Newsarama esta semana, o roteirista adiantou que muitos segredos do misterioso povo criado geneticamente pelos Krees está para ser revelado:



"Eu estou muito feliz de pegar a revista 'Royals', devido a conexão que se tem com Jack Kirby e Stan Lee, algo que remonta os tempos primordiais do Quarteto Fantástico. Os Inumanos, a família real principalmente, foi uma das grandes ideias de uma fase em que não se economizaram grandes ideias. Eu sempre senti desde o começo que eles eram um pouco além, meio que um híbrido entre o que era a Marvel e o desconhecido, algo de uma área mais ficção cientifica, e é para onde vamos nesta tradição" - revelou o roteirista.

Ewing disse que essa revista vai fugir da norma de super-heróis, literalmente se colocando como algo fisicamente mais distante do Universo Marvel. No primeiro arco, eles irão para o espaço e depois seguirão para muito mais longe, para estrelas e planetas nunca antes mencionados. E no final de tudo isso, a proposta é retornar ao planeta Terra com o conhecimento disto tudo junto com eles. A ideia é aumentar ainda mais a mitologia da Marvel, algo que Al Ewing vem fazendo muito bem em seus Supremos (veja a resenha publicada hoje).

Sobre a presença do Marvel Boy no grupo, Al Ewing apontou que ele queria uma perspectiva diferente da realeza inumana e quando o seu editor sugeriu o Noh-Varr, ele agarrou a ideia de imediato. Ewing lembrou que o personagem é um deslocado mesmo para a nossa realidade, já que em suas histórias originais (escrita por Grant Morrison) se sugere que ele era de outra realidade e que caiu na nossa. Na nova série, ele retomará a sua função como parte de uma tripulação e terá sua própria importância na trama.

"Essencialmente, eles estão procurando um segredo do universo, e como esse segredo se relaciona a terrígene, a substância que dá aos inumanos seus poderes e que dá a cada um deles um sentimento de identidade própria. Toda a sua cultura é construída em cima disto e há muitos segredos em torno dela que não sabemos. E isso acabará se ligando também aos Krees e também aos Inumanos Universais e tantas outras partes e pedaços ligados a eles. Basicamente, será uma jornada mística pelo conhecimento através do espaço" - relatou o roteirista sobre o que será a trama e mencionou que vai buscar relações com várias tramas antigas e mais recentes que acabaram em aberto.




Al Ewing se adiantou falando que pelo menos um grande segredo será revelado ao final de seu primeiro arco. Depois, teremos uma chocante revelação sobre a mitologia da Marvel em que ele já deu pistas anteriormente. Quem deve dar as caras também na história é o acusador Ronan, que desapareceu das histórias desde a destruição de seu planeta natal Hala. Ronan terá bastante importância no desenvolvimento da história devido a sua ligação com os Krees e por já ter sido esposo da Cristalys no passado. Ewing lembrou também que houve um momento (durante a Guerra dos Reis) que os Inumanos já foram os governantes de Hala antes da destruição da mesma e que isso será cobrado deles de certa forma.

Ewing também já antecipou em resumos dos títulos que um dos personagens escolhidos para essa jornada não irá voltar, sugerindo até mesmo uma possível morte do mesmo. Além dos Inumanos Universais de Jonathan Hickman, Ewing também pretende trabalhar melhor outras tramas como a do Último Inumanos e a dos Skyspears, que são um tipo de catalizadores dos poderes, que surgiram na fase do Charles Soule.

Jonboy Meyers será o artista da revista, um nome que vem se destacando cada vez mais no cenário atual dos quadrinhos. Os uniformes que foram confeccionados para os Inumanos nessa nova fase é um bom exemplo do que ele promete trazer para renovar as histórias destes clássicos personagens.

Coveiro

Atriz de Arrow estará na série dos Inumanos


Em setembro teremos a estreia da série dos Inumanos, numa parceria inédita entre Marvel e Imax. Mesmo com as filmagens prestes a serem iniciadas, ainda não houve um anúncio oficial sobre os nomes que irão compor o elenco do seriado. Colocando um fim em parte desse mistério, a atriz Elysia Rotaru acabou postando em sua conta no Twitter algo que praticamente confirma sua participação na série dos Inumanos:


Mais tarde, Rotaru compartilhou um montagem que fizeram dela com ilustrações de Medusa:


Agora resta saber qual personagem Rotaru, a Taiana da série Arrow, irá interpretar nos Inumanos. Depois dessa dica, é praticamente certo que será a  Medusa... O que acham?

Eduardo Spicacci

Visões da futura saga de 2017

* Atenção! Informações sobre histórias inéditas no Brasil e EUA!



A grande verdade é que não sabemos nada ainda de concreto do plot da saga misteriosamente anunciada para este ano, Império Secreto. Contudo, uma edição que serve de epílogo para Guerras Secretas II, assinada por Nick Spencer e pelo brasileiro Rod Reis, pode ter dado uma bela visão do perigo imediato por vir.

Em “Civil War II: The Oath” nos é revelado páginas sem qualquer balão ou fala sobre um potencial futuro em que a HIDRA, sob o comando de Steve Rogers/Capitão América, tomou controle dos EUA e o envolveu completamente com seus tentáculos facistas:






A bandeira americana se torna sombria, com as estrelas e faixas dando lugar a logo da HIDRA. Temos um novo cenário com cartazes convocando pessoas para fazerem parte do novo regime enquanto que aliens são presos em campos de concentração. Em outro quadro, garotos com camisas da organização perseguem um mutante por becos afora. Por fim, temos o capitólio americano parcialmente destruído e mais uma vez a bandeira da HIDRA em destaque. Agentes da organização são reunidos e saúdam a nova ordem mundial numa cena que relembraria bastante tempos passados em outro lugar.

E essa visão nos leva direto a propraganda promocional já apresentada aqui com arte de John Cassaday e que contem o Homem-Aranha, Steve Rogers, Capitã Marvel, Velho Logan, Rocket Racum, Raio Negro e Deadpool. E é isso que parece que nos espera neste próximo ano na Marvel. Tempos sombrios estão chegando...

Para quem não se lembra, o Império Secreto foi um arco das histórias do Capitão América, lá por volta do final dos anos 60. Tratava-se de uma ação subsidiária muito secreta da própria HIDRA, comandada pela figura denominada de Número 1 (que sugeria-se ser alguém do alto escalão da presidência americana no final do arco). Ao longo do tempo, o grupo apareceu outras vezes confrontando outros heróis, mas nunca retornou com o impacto dessa nova proposta de agora.

Coveiro

Supremos: Consertando o Impossível



Com o final das Guerras Secretas, Reed Richards e aqueles que o acompanhavam conseguiram salvar o universo como conhecíamos e dar por encerrado o problema das incursões. Todavia, mesmo que tudo pareça estar como antes, a verdade é que algumas coisas mudaram para sempre. E para entender melhor essa nova realidade onde vivem e até mesmo consertar certos problemas de escala cósmica, foram criados os Supremos.

Diferente das outras versões, esses Supremos residem no nosso universo regular (616 ou primordial, como preferirem) e reuniram no mesmo time algumas mentes brilhantes como o Pantera Negra e o Marvel Azul, heroínas poderosíssimas como a Capitã Marvel e a Espectro e também uma novata de poder perculiar, a Miss America Chavez. Numa introdução de poucas páginas publicada originalmente em Avengers 0, vemos um pouco desta última personagem em ação lidando com uma falha no espaço-tempo, criaturas tentando escapar de dentro daquela fenda e no mesmo instante pondo o papo em dia com sua atual namorada Lisa.

Feitas as devidas introduções de quem é quem no grupo, a primeira edição não faz mistério sobre uma grande mudança que o universo sofreu com o desenrolar dos eventos das Guerras Secretas. Um elemento chamado neutrônio que sempre fora estudado pelo Marvel Azul, passou a ser rearranjado em uma nova estrutura com de oito átomos que forma um cubo. Rebatizado de Iso-8 e agora mais estável e poderoso, o Doutor Adam Brashear acredita que mesmo ainda raro nesta formação, o Iso-8 pode ser responsável por criar novos aterfatos de incomensurável poder cósmico ou até mesmo ser ferramenta primordial pra resolver questões do tipo.



Em seguida, somos apresentado a base do grupo, o Triskelion, nome já familiar a quem acompanhava o universo ultimate. A imensa edificação localizada em Nova York terá três frentes de ação - Quartel-general do programa Tropa Alfa liderado pela Capitã Marvel, Nova embaixada de Wakanda nos EUA e, por fim, a sede de reunião dos Supremos. Após receber a visita de um impressionado secretário-geral da ONU, T'Challa ficou livre para orientar os outros membros de sua equipe que estavam divididos em missões diferentes no espaço.



Monica Rambeau, a Espectro, e America Chavez estavam em Moroder-9 para resgatar um antigo artefato chamado Incubador, que vem sendo usado pelos líderes daquele planeta para reter energia suficiente afim de criar uma consciência astral hipnótica de larga escala. Já Carol Danvers e o Doutor Brashear foram fazer uma visitinha a ninguém menos que Galactus. Passar pelas defesas iniciais da nave do Devorador de mundos já não foi algo exatamente simples. Agora, teriam que convencê-lo a ouvir o que eles tinham para dizer.

Como era de se esperar, a missão da Capitã Marvel e do Marvel Azul não foi bem aceita pelo gigante cósmico. Assim, graças a um aparato altamente avançado de translocação cósmica, o Pantera Negra acabou se juntando a eles no final. No meio da viagem, no entanto,  T'Challa acabou assistindo passar pela sua mente uma "origem recontada" de Galactus, quando ainda era um cientista explorador Galan da sexta interação do universo (uma antes do que conhecíamos na fase pré-Guerras Secretas). Ele foi o sobrevivente do fim de toda uma realidade às custas de no processo ter se tornador um eterno faminto pela energia do novo universo onde surgiu.



Mas os Supremos estavam ali para resolver essa questão de uma vez por todas e era aí que entrava a missão de Miss America e Espectro. Após derrotarem o governante de Moroder-9, as heróinas puderam resgatar o Incubador, um dos poucos aparatos do universo de Galactus que poderia lhe ajudar a lhe saciar, mas que foi completamente ignorado pelo Gigante Devorador de Mundos. E agora de posse dele e transportando de surpresa para onde estava Galactus, o Pantera Negra e seus Supremos puderam por o seu plano em andamento.

Contra a vontade do Ser Cósmico, Marvel Azul, Capitã Marvel e Espectro o jogaram para dentro daquela incubadora e usando o pedaço de Iso-8 que tinham em mãos, reativaram todo o processo que criou inicialmente Galactus para transformá-lo em algo diferente. Assim, surgiu Galactus, o Portador da Vida. E o primeiro planeta que ele fez renascer foi Arqueópia.



O roteirista Al Ewing tem se tornado uma grata surpresa desde a saída de Jonanthan Hickman da Marvel. Seguindo os mesmos passos dele e ainda assim possuindo um perfil narrativo mais focado nos personagens, ele começa a reestruturar aos poucos o conhecíamos do universo cósmico da Marvel com temas novos e interessantes. Supremos parece ser certamente seu carro chefe aqui, com o apoio de Kenneth Rocafort na arte. Sobre o Iso-8, já tinhamos uma matéria aqui no site explicando mais ou menos suas propriedades, mas certamente Ewing falará mais dele não só neste título como também em seus outros. Isso aqui ta prometendo ser uma divertida viagem cosmo a fora.

Coveiro

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Mais de 15 anos depois, Hugh Jackman relembra dúvidas sobre o papel de Wolverine



Quem é mais ligado nos bastidores das produções deve saber que Hugh Jackman não era a primeira opção de Brian Singer para viver o Wolverine nos cinemas quase uma década e meia atrás. Cabia a Dougray Scott o papel, mas conflitos de agenda impossibilitaram isso. Hoje, Jackman relembra esses primeiros momentos numa entrevista que deu a E!News e já há quem se interesse em tomar o seu lugar depois dessa sua despedida em Logan:

Na matéria da revista, Hugh Jackman comenta seus medos iniciais para aceitar o papel neste filme que marcaria sua carreira: "Eu estava meio que relutante, para ser honesto. Era meu primeiro filme que eu ia fazer na América. Eu estava bem tenso. Eu estava nervoso. Ninguém me falava nada e eu estava pensando que daria conta daquilo, mas não estava tão seguro".

Mas foi um dos executivos da Fox, Tom Rothman, quem puxou ele de lado e deu um apoio: "Ele me disse que acreditava em mim, que ele tinha assistido meu vídeo e que tinha um pressentimento que eu era o cara certo pro papel". Curiosamente, foi no último sábado que Rothman premiou Jackman com o Milestone do Producers Guild Awards deste ano.

E aproveitando o artigo, e deixando uma curiosidade, o ator Taron Egerton, mais conhecido pelo seu papel em Kingsman, aproveitou as filmagens de Robin Hood, pegou umas flechas e fez sua melhor interpretação de Wolverine. Já faz um tempo que seu nome é bastante cotado para substituir Jackman, mas é claro que o estúdio nem de longe está pensando nisso agora.


Logan chega aos cinemas em 2 de Março nos cinemas brasileiros

Coveiro

Protagonistas da série Manto e Adaga são oficialmente anunciados



Anteriormente, na mesma época que a Freeform encontrou em Gina Prince-Brithewood, sua diretora para a primeira série da Marvel pelo canal, foi noticiado sem qualquer confirmação que os atores Noah Gray-Cabey e Debby Ryan seriam os protagonistas Manto e Adaga. Todavia, hoje dois outros nomes surgiram, bem mais jovens, para os papeis:

Segundo o Deadline, Aubrey Joseph será Tyrone Johnson, o Manto, e a atriz Olivia Holt, viverá Tandy Bowen, a Adaga. "Os personagens de Tandy e Tyrone sempre me chamaram a atenção desde que eu os conheci pela primeira vez nas páginas das revistas da Marvel quando criança. Quando Olivia e Audrey leram seus papeis, esses personagens praticamente pularam da página. Estamos muito animados de termos esses jovens atores talentosos no Universo Marvel" - disse o produtor da série, Joe Pokaski.

Numa nova sinopse oficial, foi colocado que "O Manto e a Adaga da Marvel mostrará um romance interracial entre Tandy Bowen (Holt) e Tyrone Johnson (Joseph), dois jovens adolescentes de passados muito diferentes e que encontram neles mesmos o fardo e a benção desses novos poderes recém adquiridos. Tandy emite adagas de luz e Tyrone tem a habilidade de engolfar outras pessoas com sua escuridão. Eles rapidamente aprendem que tem que dar o melhor de si juntos e não separados - mas o sentimentos que eles tem um pelo outro podem tornar o mundo já complicado em algo ainda mais desafiador".

Há também um resumo deixado para cada personagem:



Tandy­ (Oliva Holt – “Adaga”): Era uma garota que nasceu em família privilegiada. Tandy Bowen assistiu sua família ser destruída por uma catastrófica tempestade que colocou sua vida a perigo. Agora, no final de sua adolescência, um encontro inesperado com um garoto chamado Tyrone pode ser a faísca para uma mudança total de sua vida.



Tyrone (Aubrey Joesph – “Manto”): O Jovem Tyrone Johnson não queria nada além da sua vida do que provar que era alguém sem medo. Mas quando tudo que ele tinha perto dele lhe foi tirado, a vida ensinou a ele o que era medo. Agora mais velho, e mais maduro, Tyrone se fechou para o mundo. Mas quando ele conhece uma garota chamada Tandy na sua vida, tudo parece mudar para sempre.


Taí, o que acharam desses novos nomes? Agradaram mais que os boatos envolvendo Noah e Debby?

Coveiro

Guardiões da Galáxia pode ser o segundo jogo da parceria com a Square Enix

A parceria da Marvel com a Square Enix para produzir nos próximos anos uma grande variedade de jogos já tem mais uma outra novidade. Segundo uma notícia do Eurogamer, além do jogo dos Vingadores, cujo teaser vimos aqui semana passada, um jogo dos Guardiões da Galáxia já está em andamento.



A produção do jogo será da Eidos Montreal e ela já está nos estágios primários de desenvolvimento. A notícia foi dada junto com a nota de que uma continuação do jogo "Deus Ex" pela mesma empresa estaria fora dos planos imediatos. Além deste, os Guardiões da Galáxia já tinham um jogo anunciado pela Telltales Games e que seria composto por cinco capítulos no total.

Coveiro

domingo, 29 de janeiro de 2017

Vote nos Melhores e Piores de 2016 AGORA!



Uma coisa que aqui no editorial a gente não deixa faltar é cumprir uma promessa e deixar de lado uma tradição. E no caso do Troféu 616 e Prêmio Impossível, isso é algo que é tão intricadamente ligado a nós quanto a existência do nosso site. Já passamos por muitos tipos para essa eleição - desde fóruns hoje extintos até por email. Mas atualmente você só precisa clicar nas nossas imagens do Tribunal Vivo ou Homem-Impossível pra votar.

Sendo assim, se preparem para a listagem elaborada pela nossa equipe este ano e fiquem a vontade de sugerir na categoria "outro" se não concordar com nenhuma das opções. Há algumas categorias retiradas e uma nova em especial pra quem pediu votação dos tie-ins de Guerras Secretas. Com certeza, você vai se divertir tanto quanto nós em montar isso. E que vençam os melhores!


https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSczx1FrlKlZOqxPOu4I3aLPqMyRLgijdjzg0ozeWvZhWOQgqw/viewform
MELHOR ESCRITOR: *
Jason Aaron (Thor)
Mark Waid (Demolidor)
Jonanthan Hickman (Vingadores, Guerras Secretas)
Gerry Dungan (Nova, Deadpool)
G.Willow Wilson (Miss Marvel)
Outro:

MELHOR ARTISTA: *
Jerome Opena (Vingadores: A Ira de Ultron)
Esad Ribic (Guerras Secretas)
Mike Deodato Jr (Vingadores e Guerras Secretas: Guardiões da Galáxia)
David Marquez (em Ultimate Homem-Aranha)
Stuart Immonen (Novíssimo Capitão América)


MELHOR DECISÃO EDITORIAL DO ANO: *
Novas opções em papel LWC para revistas mensais
Publicações com arcos fechados dos tie ins de Guerras Secretas
Expansão das publicações da Coleção Histórica Marvel
Publicação de Ms. Marvel em dois formatos (capa mole e capa dura)
Lançamento de edições "classicas" do Deadpool


MELHOR GRUPO DE PERSONAGENS: *
Novos Illuminati (em Vingadores)
Os Vingadores IMA de Roberto da Costa (em Vingadores)
Novíssimos Invasores (em Universo Marvel)
X-Force (em X-Men Extra)
Exército de Aranhas (em Homem-Aranha: Aranhaverso)


MELHOR COADJUVANTE: *
Valeria (Quarteto Fantástico, Guerras Secretas)
Shiklah (Deadpool)
Ganke (em Ultimate Marvel)
Nômade (em Novíssimo Capitão América)
Eva Bell/Tempus (em Fabulosos X-Men)


MELHOR HERÓI: *
Roberto da Costa (em Vingadores e Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra)
Doutor Destino (em Novos Vingadores)
Magneto (em Eixo e X-Men: Extra)
Demolidor (em Demolidor)
Miles Morales (em Ultimate Marvel e Guerras Secretas)


MELHOR HEROÍNA: *
Nova Thor (em Novíssimos Vingadores)
Kamala Khan, a Miss Marvel (em Miss Marvel)
Capitã Marvel (em Universo Marvel)
Viúva Negra (em Viúva Negra)
Mulher-Aranha (em Homem-Aranha: Aranhaverso)


MELHOR VILÃO: *
Homem de Ferro Superior (em Eixo e Novíssimos Vingadores)
Ultimate Reed Richards/Criador (em Vingadores e Guerras Secretas)
Barão Zemo (em Novíssimos Vingadores)
Morlun (em Homem-Aranha)
Ikari (em Demolidor)


MELHOR VILÃ: *
Pecado (Novíssimo Capitão América)
Cisne Negro (Novos Vingadores)
Loki (Guerras Secretas: Vingadores 2)
Rainha dos Duendes (Guerras Secretas X-Men 6)
Tanalth, a perseguidora (Novíssimos Invasores)


MELHOR ARCO DE HISTÓRIAS: *
Aranhaverso (em Homem-Aranha)
O Tempo se Esgota (em Vingadores)
Zenpool (em Deadpool, tie in com Eixo)
Ultimos dias de Loki (em Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra)
A autobiografia do Demolidor (em Demolidor)


MELHOR MOMENTO DO ANO: *
Sacrifício final de Odison e Hipérion contra os Beyonders (em Vingadores)
Revelação de quem é a nova Thor (em Novíssimos Vingadores)
Combate final entre Richards e Destino (em Guerras Secretas)
Magneto tentando parar sozinho a incursão (em Magneto/ X-Men Extra)
O eterno embate final entre Steve e Stark na última incursão (em Vingadores)


MELHOR CAPA: *
Vingadores: Os Heróis Mais Poderosos da Terra 10
Viúva Negra 01
Deadpool 10
O Espetacular Homem-Aranha 10
Novíssimos Vingadores 5
Os Vingadores 35






MELHOR REVISTA PERIÓDICA *
Deadpool
Guardiões da Galáxia
Espetacular Homem-Aranha
Homem-Aranha: Aranhaverso
Vingadores
Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra
Novíssimos Vingadores
X-Men
X-Men Extra
Wolverine
Ultimate Marvel


MELHOR MINISSÉRIE OU EDIÇÃO DE VOLUME ÚNICO DE HISTÓRIAS INÉDITAS: *
Cavaleiro da Lua (edições 2 e 3)
Viúva Negra (1 a 3)
Justiceiro (edições 2 e 3)
Elektra (1 e 2)
Bucky Barnes: Soldado Invernal (1 e 2)
Demolidor (edições 10 e 11)
Vingadores / X-Men: Eixo Especial (edições 1 e 2)
Homem-Formiga: Últimos dias
Doutor Estranho: Prelúdio do filme
Homem-Aranha: Graphic Novel - Negócios de Família
Justiceiro: Frank
Vingadores: A Ira de Ultron


MELHOR EDIÇÃO ESPECIAL OU COLETÂNEA DA HISTÓRIAS REEDITADAS: *
Deadpool Clássico (edições 1 e 2)
Demolidor por Frank Miller & Klaus Janson vol.3
Demolidor: Rei da Cozinha do Inferno
Coleção Histórica Marvel X-Men (edições 5 a 8)
Coleção Histórica Marvel Guerras Secretas (edições 1 a 4)
Coleção Histórica Marvel Vilões Unidos (edições 1 a 4)
Coleção Hitórica Marvel Defensores (edições 1 a 4)
Coleção Marvel Terror - Lobisomen 1
Coleção Marvel Terror - A Tumba do Drácula 4
Edição Especial Capa Dura - Guerras Secretas
Homem-Aranha Superior: Mente Conturbada
Homem-Aranha Superior: Sem Saída
Thor, Deus do Trovão: O Amaldiçoado
Doutor Estranho: O Juramento
Doutor Estranho: Shamballa
O Imortal Punho de Ferro 1
Fabulosos Vingadores - Ragnarok
Fabulosos X-Men - Destroçados
Novíssimos X-Men - Deslocados
X-Men: Batalha do Átomo
Invencível Hulk
Gaviã Arqueira: Vingadora da Costa Oeste
Elektra: Assassina
X-Men: Magneto Triunfa
Gavião Arqueiro: Pequenos Acertos
Deadpool: Caçador de Almas


ESPECIAL: MELHOR TIE-IN GUERRAS SECRETAS *
Guerras Secretas: Homem-Aranha 1 - Renovar os Votos
Guerras Secretas: Homem-Aranha 2 - Ilha das Aranhas
Guerras Secretas: Homem-Aranha 3 - Aranhaverso
Guerras Secretas: Homem-Aranha 4 - 2099
Guerras Secretas: Guardiões da Galáxia 1 - Guardiões de Luganenhum
Guerras Secretas: Guardiões da Galáxia 2 - Desafio Infinito
Guerras Secretas: Guardiões da Galáxia 3 - Saga de Korvac
Guerras Secretas: Guardiões da Galáxia 4 - Kitty & Senhor das Estrelas
Guerras Secretas: Vingadores 1 - Guerra das Armaduras
Guerras Secretas: Vingadores 2 - Força-V
Guerras Secretas: Vingadores 3 - Thors
Guerras Secretas: Vingadores 4 - Salve a Hidra
Guerras Secretas: X-Men 1 - Era do Apocalipse
Guerras Secretas: X-Men 2 - Dinastia M
Guerras Secretas: X-Men 3 - E de Extinção
Guerras Secretas: X-Men 4 - Programa de Extermínio
Guerras Secretas: X-Men 5 - Tempos de um Futuro Esquecido
Guerras Secretas: X-Men 6 - Inferno
Velho Logan (edições 1-4)
Guerras Secretas: A Era de Ultron vs. Zumbis Marvel
Guerras Secretas: Inumanos - Ascenção de Attilan
Guerras Secretas: Esquadrão Sinistro
Guerras Secretas: Planeta Hulk
Guerras Secretas: Futuro Imperfeito
Guerras Secretas: O Comando Selvagem da Sra. Deadpool
Guerras Secretas: Guerra Civil
Guerras Secretas: Mestre do Kung Fu (e Corredores Fantasmas)
As Guerras Secretas (Secretas) de Deadpool
Guerras Secretas: Zonas de Guerra (1872 & Onde Vivem os Monstros)
Guerras Secretas: Cerco & Caveira Vermelha
Guerras Secretas: O Fim do Universo Ultimate
Guerras Secretas: Capitã Marvel & a Tropa Carol


MELHOR MAXI-SÉRIE EM PARTES DO ANO: *
EIXO (em 3 partes)
Guerras Secretas (em 9 partes)

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSczx1FrlKlZOqxPOu4I3aLPqMyRLgijdjzg0ozeWvZhWOQgqw/viewform


PIOR ESCRITOR: *
Rick Remender (em Fabulosos Vingadores)
Charles Soule (em Wolverines)
Sam Humphries (em Senhor das Estrelas)
Ales kot (em Vingadores Secretos)
Brian Michael Bendis (Guardiões da Galáxia e Fabulosos X-Men)


PIOR DESENHISTA: *
Humberto Ramos (Espetacular Homem-Aranha)
Gerardo Sandoval (Guerras Secretas X-Men: Era do Apocalipse)
Juan Doe (Wolverines)
Robbie Rodriguez (Gwen-Aranha)
Giuseppe Camuncoli (Espetacular Homem-Aranha)
Outro:

PIOR GRUPO DE PERSONAGENS: *
Herdeiros de Wolverine (em Wolverine)
Guardiões da Galáxia (em Guardiões da Galáxia)
Fabulosos Vingadores (em Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra)
Vingadores Secretos (em Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra)
Novíssimos Supremos (em Ultimate Marvel)


PIOR HERÓI: *
Senhor das Estrelas (em Guardiões da Galáxia)
Ciclope (Adulto) (em X-Men)
Fera (Adulto) (em X-Men)
Odinson (em Eixo, Loki e Thor)
Hulk/Doutor Jade (em Hulk)


PIOR HEROÍNA: *
Kitty Pryde (em Guardiões da Galáxia)
Medusa (em Inumanos/Universo Marvel)
Gwen-Aranha (em Homem-Aranha: Aranhaverso)
Teia de Seda (em Homem-Aranha: Aranhaverso)
Feiticeira Escarlate (em Eixo e Fabulosos Vingadores)
Outro:

PIOR VILÃO OU VILÃ: *
Caveira "Massacre" Vermelho (em Eixo)
Senhor Sinistro (em Wolverines)
Alto Evolucionário (em Fabulosos Vingadores)
Senhor Facas (em Guardiões da Galáxias)
Doutor Destino Ultimate (em Ultimate Marvel e X-men)
Outro:

PIOR HISTÓRIA: *
Vórtice Negro (em Guardiões da Galáxia e X-men)
Crossover Novíssimos X-Men e Miles Morales: Ultimate Homem-Aranha
O Legado de Logan (em Wolverine)
Planeta dos Simbiontes (em Guardiões da Galáxia)
O Testamento de Charles Xavier (em Fabulosos X-men)


PIOR REVISTA: *
Deadpool
Guardiões da Galáxia
Wolverine
X-Men Extra
X-Men
Espetacular Homem-Aranha
Homem-Aranha: Aranhaverso
Vingadores
Vingadores: Mais Poderosos Heróis da Terra
Novíssimos Vingadores
Ultimate Marvel


O FATO MAIS ABSURDO OU RIDÍCULO, AQUILO QUE MERECE O PREMIO IMPOSSÍVEL DE 2016: *
Revelação ainda mais confusa da origem de Wanda e Pietro Maximoff
A versão invertida do Hulk...o Kluh
A não-revolução Summers no final da fase Bendis em Fabulosos X-men
Vilões invertidos assumirem a culpa ao final da saga Eixo
As reviravoltas da leitura do Testamento de Charles Xavier


Votação encerra-se no dia 19 de Fevereiro! Aguardem o resultado até o dia 22!

Coveiro

Nova animação do Homem-Aranha adaptará sagas recentes dos quadrinhos

A Divisão de TV da Marvel Entertaiment começará o ano com uma nova guinada para as animações. Teremos um novo desenho do Homem-Aranha em Julho e tudo indica que terá participações de outros personagens da família aracnídea nele. Mas enquanto não temos muito detalhes sobre o que esta por vir, o vice-presidente de Animação, Steve Wacker, deu entender que algumas sagas clássicas recentes podem ter seu caminho pra TV:




"Vamos fazer a Ilha das Aranhas em algum momento. Essa foi uma grande história publicada na época" lembrou. "Outra história que pessoalmente eu acho grandiosa é Homem-Aranha Superior. Essa foi a última grande história que eu trabalhei nos quadrinhos ao lado de Dan Slott. Eu não saberia dizer exatamente como chegaremos nele, mas eu amaria ver acontecer" disse Wacker. Ele, por sinal, está sendo amplamente acessorado por Dan Slott nessa nova animação (assim como Bendis foi consultor de Ultimate Spider-man) e por isso faz sentido essas sagas todas estarem na pauta.

"Eu acho também que, de muitas maneiras, é importante para mim não apenas pegar as histórias mais clássicas, mas também as histórias mais novas para os novos leitores reconhecerem. E Homem-Aranha Superior é um bom exemplo. Não é para sempre pegarmos e adaptarmos algo que foi de 40 anos atras. Então não esperem estarmos recontando a Guerra Kree-Skrull ou mesmo Homem-Aranha: Nunca mais" falou.

Para as demais animações anteriores que continuaram em 2017, Wacker disse que teremos em Guardiões da Galáxia uma espécie de adaptação pra TV da Aniquilação. Já em Vingadores, rebatizado ano passado de Vingadores: Revolução Ultron, teremos um final com novos personagens apresentados e uma versão da "Guerra Civil". Você pode conferir um clipe clicando aqui! Depois disso, como já foi anunciado anteriormente - Guerras Secretas.

Coveiro

sábado, 28 de janeiro de 2017

Diretor de Doutor Estranho fala sobre Joia do Tempo, Vingadores: Guerra Infinita e sequência


Doutor Estranho certamente foi mais uma vitória da Marvel nos cinemas. Fechando sua bilheteria com quase 650 milhões de dólares arrecadados no mundo todo, o filme do Mago Supremo da Marvel já deve certamente firmar sua sequência após Vingadores: Guerra Infinita. E o diretor Scott Derrickson é o nome quase certo para dirigir a continuação. Em entrevista ao site ComicBook, ele falou um pouco sobre seus planos futuros e o que acha do que a Marvel anda fazendo nos cinemas:

"Não, não teve problema, como falei, porque foi apenas algo que precisava funcionar dentro do Universo Cinematográfico da Marvel e não foi problema nenhum pra mim" disse ele sobre a dificuldade de encaixar o seu filme dentro do contexto maior. "Acho que o único senso de obrigação que eu senti foi quanto ao tom do UCM e porque até então eu tinha feito só filmes muito obscuros no passado. Alguns muito muito sombrios. É minha inclinação criativa e eu sabia que eu teria que pegar mais leve neste filme do que todos os outros que já trabalhei. Acabou que se alinhou perfeitamente onde ele estaria criativamente. Eu sou agora pai de garotos do ensino médio. Eu quero fazer filmes... eu quero fazer filmes que eles possam finalmente poder assistir" disse ele rindo.

Além do tom, Scott não se sentiu coagido a nada mais. "Não teve pressão alguma. Foi um filme completamente isolado". Todavia, sabemos que ele inseriu uma das jóias do infinito na trama e que seria usada no futuro. Mas o diretor não viu problemas nisso. "A última cena com o Wong foi filmada depois de toda fotografia principal ter sido deita. Nós decidimos colocar ela como uma espécie de cena final de cortesia. Foi só nesse momento que pensamos em ligar o filme dentro do Universo Cinematográfico da Marvel" disse.



"Bem,  definitivamente foi algo que surgiu durante o processo criativo ao longo da produção e muito mais na parte editorial. Não começamos ocm a ideia de tempo ou mesmo de jóia do tempo e adiante. Mas acabou se mostrando presente como uma noção temática importante. Eu sabia desde o primeiro rascunho que o desejo de Kaecilius era não morrer e essencialmente viver para sempre. Era algo primordial da história, mas para mim era alguma noção mais religiosa do que física do tempo nele mesmo. Quando entramos mais no lance do multiverso, dimensões múltiplas e todas essas coisas, a ideia do tempo ser uma dimensão separada nela mesmo e de Dormammu existindo além do tempo acabou guiando o caminho para a história de Strange" revelou.



"Você vê o filme e vê a Christine dizendo que o Tempo irá dizer o quanto te amo e a simples idéia de que você vai criar um personagem que irá confrontar essa questão e o sentido da vida e o que ele é neste vasto universo... ele confronta isso sendo ele uma criatura do tempo. Nosso universo tem apenas, acredito eu, 16 milhões de anos, o que é um número finito e o tempo se torna um conceito muito finito. E tempo, por definição, não é infinito. Ele começa e termina com nossas vidas" explicou. "O tempo acabou sendo a ponta do iceberg de todo o filme. A habilidade de voltar no tempo e a ideia de derrotar Dormammu introduzindo o tempo numa dimensão sem tempo" colocou.


O diretor falou também sobre a abordagem que deu a Anciã no filme. "Eu acho que a complexidade e desafio moral que a Anciã nitidamente se deparou no seu passado e na sua decisão de drenar poder da Dimensão Negra e o impacto que isso teve em Mordo e Estranho foi uma grande surpresa. Se você assistir o filme e prestar atenção no posicionamento do Estranho e no posicionamento da Anciã e particularmente no de mordo sobre a decisão que ela faz e o impacto que isso tem com as ações de Kaecilius verá que isso é o evento central do filme. É isso que deu vida a Kaecilius e seu desejo por vida eterna" falou.

"Mordo fala pra o estranho no final que 'Ela nos ensinou que era proibido quando ela mesmo drenava poder da dimensão negra para ganhar séculos de vida e suas ações criaram os zelotes.  Causaram Kaecilius desejar a vida eterna'. Tudo isso é verdade e consequência direta" disse o diretor. "Mordo está certo, mas Estranho e Anciã mesma, que tem ambos uma visão mais flexível dos valores morais absolutos, também dizem que acham que ela esta certa. Ela manteve o mundo a salvo por 700 anos. Tem um pouco de fins justificam os meios ali" argumentou e disse que "Eu acho que todos estão certos e no final acho que ninguém ali tem uma posição errada, mas no final é a Flexibilidade do Estranho, como é dito, que permite que eles sobrevivem a ameaça que eles estão lidando e a moralidade rígida de Mordo é que acaba quebrando internamente ele de um jeito que dá pra perceber que ele não está bem mentalmente no final".

Por fim, o diretor está bem animado em ver como o personagem que ele ajudou a surgir nos cinemas irá se relacionar com o resto do Universo Marvel. "Oh céus. Eu já me perguntei isso antes, e honestamente eu acho que sempre pensei nisso antes... e vou ser franco - Eu sempre pensei a respeito de um encontro entre o Rocket e o Doutor Estranho. Eles são tão arrogantes e verborrágicos, são sempre os caras que estão fazendo o que acham que é certo e eu penso que eles vão enlouquecer um ao outro da melhor maneira" comentou.



Por fim, em outra entrevista concedida ao Cinema Blend, Derrickson comentou sobre o futuro dos filmes do Mago Supremo. "Ideias chegam até você, e você até reconhece que são belas ideias, mas elas ainda não pertencem ao filme que você esta fazendo agora. Então, você as guarda. É minha experiência com a Marvel de uma forma geral, e isso é inteiramente verdade em Doutor Estranho, e falando com o Kevin Feige, acho que isso é verdade pra todos os seus filmes. Eu acho que eles não tomam decisões sobre algo que é bom e não guardem coisas pra depois" disse. "Eu acho que o UCM está sendo construido da mesma maneira que o Stan Lee fez com os quadrinhos da Marvel, que é apenas dar continuidade a eles. Apenas continuam fazendo uma revista por vez e observam como elas se desenvolvem. E eu acho que tem funcionado bem para eles. Funcionou para Stan Lee e certamente está funcionando pra Marvel Studios e seu UCM" completou.


Doutor Estranho volta aos cinemas já esse ano em Thor: Ragnarok para uma participação especial. Ele depois é figura garantida nos próximos dois filmes dos Vingadores. Daí, só o futuro dirá quando Doutor Estranho 2 irá para os cinemas.

Coveiro

Mais fotos das gravações de Defensores e do Justiceiro

E mesmo não tendo ainda nenhuma data certa para ser lançada, a expectativa é que as séries dos Defensores e do Justiceiro ganhem uma data ainda este ano para sair. Enquanto isso, temos mais imagens para vocês dos dois seriados. Em Defensores, Jessica Jones e Luke Cage se reúnem mais uma vez (com direito a participação especial do Tucão). Já o Justiceiro aparece com flores na não:









O elenco dos Defensores vai contar com uma grande reunião de todos os principais atores das séries Marvel/Netflix até agora. São eles, Charlie Cox como Matt Murdock/Demolidor, Krysten Ritter comos Jessica Jones, Mike Colter como Luke Cage e Finn Jones como Danny Rand/Punho de Ferro. Uma boa leva de atores coadjuvantes também vai estar de volta. Quem já é confirmado é Eka Darville como Malcolm Ducasse, Scott Glenn como Stick, Elden Henson como Foggy Nelson, Simone Missick como Misty Knight, Deborah Ann Woll como Karen Page, Carrie-Anne Moss como Jeryn Hogarth, Rosario Dawson como Claire Temple, Rachael Taylor como Trish Walker, Jessica Henwick como Colleen Wing e possivelmente teremos Élodie Yung como Elektra Natchios. A vilã da história será vivida por Sigourney Weaver, no papel de Alexandra.

Coveiro

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Infográfico lista (quase) todos os personagens do MCU e suas versões dos quadrinhos


O que começou em 2008 com o filme do Homem de Ferro, hoje já conta com 14 produções cinematográficas e 5 séries de TV. Fora os muitos lançamentos que já estão agendados. Tudo isso gerou uma quantidade absurda de personagens. O pessoal do Canal Side Quest listou a maioria deles em um enorme infográfico.

Vale ressaltar que constam no infográfico apenas os personagens que surgiram primeiro nos quadrinhos. Aqueles que fizeram a sua estreia no MCU e depois migraram para as HQs, foram deixados de fora desta comparação. Confira:


Escritores de Deadpool comentam sobre como encaixar o personagem num universo maior



Com os recentes anúncios de um filme dos Novos Mutantes vindo aí e que Brian Singer estará envolvido na produção da futura série de TV que estará mais intimamente ligada aos filmes, muita gente tem se questionado como a FOX irá concatenar e tornar tudo isso coeso. Bom, os escritores de Deadpool resolveram dar seu pitaco em uma de suas últimas entrevistas: Rhett Reese e Paul Wernick foram questionados como o Deadpool se encaixaria neste universo.

 "Seria legal ver o Deadpool como se ele existisse em seu próprio universo. Ele é parte do universo maior dos X-Men, mas de certa maneira não é. Ele interage com a parte do presente deles. Ele não vai lidar com os anos 60, 70 ou futuro. Ele está aqui e agora. Mais do que nunca, eu acho que ele vai se divertir muito com o que acontece com o resto da franquia. Mas, infelizmente, nem sempre podemos fazer nossas próprias regras. Por isso, Deadpool vai quebrar essas regras. E vamos continuar quebrando elas. E isso inclui ele saber que está num filme, falando com o público, quebrando a quarta parede e mantendo essa característica que eles estabeleceram tão brilhantemente nos quadrinhos desde então. Então, sim, eu acho que podemos fazer algo divertido com a linha do tempo e ao mesmo tempo não ser escravo dela" - comentaram eles.

Sobre a premissa do filme do Deadpool e Logan seguirem um caminho solo e autocontidos, diferente dos demais da franquia X, os roteiristas falaram dos benefícios disso: "As vezes acho que os filmes ficam um pouco sobrecarregados tentando colocar coisas pro futuro e quase sempre fica a sensação de fardo ou obrigação em que você tem que estar montando quatro ou cinco plots que realmente não estão ali para servir ao atual filme, mas para atender coisas que são antecipadas para o público ou seguir uma lógica do que está por vir. Estamos tentando ao máximo evitar isso. Faremos algo no filme que apenas sirva para ele naquele momento".

 "Os diferentes universos tendem a ter tons diferentes e o Universo Cinematográfico da Marvel é bem específico, com um tom genial que foi colocado em Homem de Ferro e tem sobrevivido bem além nos outros filmes. A DC tende a ter seu próprio tom, que é mais obscuro e sério. Os X-Men tendem a ter seu próprio tom, que é algo entre os dois. Nem muito alegre e nem muito leve, mas também nem muito pesado ou essas coisas da DC. E o que eu acho é que implementamos um tom novo, e eu não vi o Logan, e é difícil falar se eles tiveram isso, mas espero que tenhamos nosso próprio universo com menos personagens definidos e menos linhas do tempo e mais de um desses por tom. Eu espero que Deadpool e futuros filmes sigam esse nosso tom novo, consistente em ser algo idiota, um tom mais preocupado consigo mesmo. E mais afiado e com alta censura. Queremos estabelecer esse universo mas também focando em filmes individuais e sem se preocupar muito em construir algo maior para o mundo ou um grande plot de maquinações" concluiu.

 Ainda sem data para ser lançado, o segundo filme do Deadpool deve começar as gravações ainda esse ano e se tem as expectativas que saia em 2018 juntamente com X-Men: Novos Mutantes.

Hasbro revela uniforme caseiro do Homem-Aranha em nova linha de brinquedos



Como de praxe com os filmes, sempre vem uma leva grande de brinquedos que acompanham o marketing de divulgação e enche as prateleiras das lojas. E antecipando alguns meses a chegada em Julho de Homem-Aranha: De volta ao Lar, uma linha de bonecos e playsets da Hasbro acabou mostrando pela primeira vez a versão "caseira" do uniforme do Homem-Aranha da Marvel Studios em parceria com a Sony. Espia só:



Em Fevereiro, em Nova York, sempre acontece a Toy Fair e é por lá que chegam a maior parte dos anúncios da linha. Portanto, esperem pras próximas semanas muitas novidades por vir na linha.

Coveiro