CAPITÃ MARVEL NOS CINEMAS

CHEGANDO AOS CINEMAS EM MARÇO DE 2019

O MISTERIOSO VINGADORES 4 VEM AÍ

FIQUE POR DENTRO DO FILME QUE CULMINARÁ OS 10 ANOS DA MARVEL STUDIOS NOS CINEMAS

DEMOLIDOR

O Homem sem Medo voltou!

HOMEM-FORMIGA E A VESPA NOS CINEMAS

PODCAST SOBRE O ÚLTIMO FILME DO ANO DA MARVEL STUDIOS

INFINITY WARS

A ÚLTIMA SAGA DA MARVEL QUE ESTÁ SAINDO NOS EUA

LUKE CAGE

PODCAST SOBRE A SEGUNDA TEMPORADA NO NETFLIX

JESSICA JONES

A SEGUNDA TEMPORADA DE JESSICA JONES NO INOMINATA 616!

NÓS SOMOS VENOM

TUDO SOBRE O SPINOFF DA SONY

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Motoqueiro Fantasma: A origem do Motorista Fantasma.

Nada mais próprio para resenhar nesta noite de Dias das Bruxas do que uma história do Motoqueiro Fantasma. Ou melhor, do Motorista Fantasma, que apesar de a Panini não ter traduzido como tal, não há outra maneira melhor de referenciar essa nova versão do Espírito de Vingança. E no volume 2 que a Panini lançou meses atrás em bancas, finalmente temos o mistério da origem deste Corredor Fantasma resolvido e você irá se surpreender com o quão ligado ele é com o passado de seu atual hospedeiro. Robbie Reyes.



O esquema de contrabando da pílula rosa criado por Zabo acabou sendo um fiasco. Além de ter sido desmantelado pelo Motorista Fantasma, o produto mostrou-se altamente instável, e acabou hoje em dia jogado na sarjeta e espalhado entre mendigos e animais de rua. Ratos e gatos turbinados tem atacado ao léu pelas ruas de Los Angeles e saído como manchete nos noticiários. Mas isso não é mais problema para Robbie, que só pensa em arrumar mais dinheiro, mais corridas e sair o quanto antes do bairro com seu irmão caçula Gabe. Já Guero e seu bando, os colegas que mais dão trabalho no colégio a Robbie, mais uma vez estão se metendo com as drogas e estão completamente envolvidos no novo esquema de tráfico do Zabo, a pílula azul. Era inevitável os caminhos dele e de Reyes se cruzarem de novo.

Noutra noite, enquanto competia numa corrida por uma grana alta que poderia ajudar pra valer seus problemas, Robbie foi surpreendido por um ataque de ratos contaminados com a pílula vermelha e destroçaram seu carro. Reyes perdeu a corrida e teve que pagar uma nota por isso. Provocado pelo espírito psicopata de Eli Morrow que o tornava o Motorista Fantasma, Robbie decidiu ir atrás do vencedor reaver seu dinheiro e foi aí que foi surpreendido por outro guerreiro das estradas de cabeça flamejante, o Motoqueiro Fantasma original, Johnny Blaze. De cara, Blaze percebeu que aquele novo Motoqueiro era algo maligno, mas foi surpreendido ao usar seu olhar de penitência e perceber que haviam duas almas ali ao invés de uma. E uma delas era boa, a de Reyes. Acabou que deu chance para o garoto fugir e postergou o encontro definitivo para outro dia.



No outro dia, enquanto jogava basquete no Colégio Lincoln, Guero e sua turma  turbinada pela pílula azul acabou destruindo a quadra no meio do jogo e feriu pra valer Reyes. Foi a oportunidade que o espírito de Eli Morrow teve para assumir pra valer o controle de seu corpo e dar início a sua vingança pessoal. Destratou o pequeno Gabe quando chegou em casa e revirou o lugar até achar um baú escondido no chão que tinha os nomes dos antigos chefes do crime pra quem Morrow trabalhava. E eis que um deles,  o russo Yegor Ivanov, que mandou matar Eli no passado, era sua primeira vítima.

O possuído Robbie foi até West Hollywood causar num bar que pertencia ao russo e começou  a detonar todos os seus homens. Era o primeiro aviso dado ao seu ex-contratante. Pra piorar pro lado de Yegor, Zabo e seu exército batizado de Brigada Azul do Hyde começaram a ameaça-lo por não aceitar se juntar ao seu esquema de tráfico da nova pílula. Em dado momento no Clube Paraíso, quartel-general de Ivanov, os lados dessas forças opostas se cruzaram. O possuído Reyes invadiu o lugar pra encarar o mafioso e só não o matou porque surgiu ali o Motoqueiro Fantasma original mais uma vez e eles começaram a tretar. O Motoqueiro de Johnny Blaze conseguiu usar desta vez o olhar de penitência sobre o Motorista e isso fez o espírito de Eli Morrow agonizar. E no meio da confusão, a Brigada Azul raptou Yegor.

Depois do olhar de penitência, Robbie Reyes finalmente voltou a si e teve a chance de conversar melhor com Johnny Blaze, que enxergou diferenças e similaridades entre os dois "Espíritos de Vingança".  Ciente de que Robbie é a maior vítima ali, Johnny vê que a única coisa que pode fazer pelo garoto é aconselhar como ele deve dominar a situação e usar aquele poder - que a princípio é maligno - a seu favor. Para tal, ele deve ser forte e lutar pra não perder sua humanidade. Após o papo com Blaze, Reyes lembra que seu irmão ficou sozinho e casa e volta correndo para lá. Acaba encontrando o Gabriel um pouco traumatizado e distante. A relação deles depois deste dia nunca mais seria a mesma, como veremos mais adiante neste volume. E pra piorar a situação do garoto, Guero tem agora certeza de que Reyes e o Motorista Fantasma é a mesma pessoa depois da confusão no clube.



Já o raptado Yegor parece pouco impressionado com Zabo e sua gangue de homens da pílula azul. O russo está bem preocupado com o "Golem de Fogo" que invadiu sua casa. Quando Guero fala que Reyes e o Motorista são a mesma pessoal, o mafioso russo parece entender melhor a relação do espírito de Eli com a do garoto Reyes. Yegor e Zabo começam a bolar um plano juntos para deter esse novo Espírito de Vingança. Já na escola, após novamente ser atacado pela turma de Guero, Eli voltou a dominar o corpo de Robbie e rolou uma baita briga feia por lá, ferindo até um professor de tabela. A partir daí, o possuído Reyes volta pra casa, mas agora percebe-se que tem uma briga interna pelo controle do corpo. Quando o professor da escola vai até sua casa tomar satisfação, ao invés de matar o sujeito, Reyes consegue controlar Eli no último instante. E mais uma vez, Gabe vê seu irmão mais estranho do que nunca.

Na parte final deste arco, na edição #10 deste volume, o russo convoca Eli para um encontro num bairro obscuro de Los Angeles. Era uma armadilha, obviamente, que culminou com um impaciente Guero tomando a pílula azul antes da hora e atacando sozinho o Motorista Fantasma. Eli acabou jogando o rapaz de uma altura que seria sua morte certa, mas acabou que Robbie dominou o corpo no último instante e tentou salvar o rapaz. Ao usar suas correntes, no entanto, acabou impensadamente quebrando a coluna de Guero, praticamente repetindo um paralelo macabro com a história de Reyes e do Homem-Aranha. O restante da Brigada Azul avançou imediatamente, e desta vez o Motorista Fantasma deteve todos eles com golpes não letais. Chega então Johnny Blaze para ajudar no conflito final e assim os planos dos vilões vai por terra, com o russo e Zabo fugindo.

E os paralelos deste Motorista Fantasma com o Homem-Aranha vão mais além e é revelada com mais da origem do personagem nas últimas histórias desse volume. Yegor já tinha deixado no ar que Eli Morrow tinha alguma ligação com a família de Robbie e descobrimos que ele na verdade era o Tio Elias, um irmão de seu pai que sua mãe sempre se apavorava. E ela tinha suas razões, já que Eli sugere que a deficiência do irmão caçula de Rob é culpa dele ao provocar o acidente da escada de sua mãe quando ela estava grávida.

Mesmo sem conseguir mais controlar Robbie, Eli Morrow conseguiu afetá-lo diretamente atingindo seu irmão. Desde os incidentes do arco anterior, a relação dos irmãos estava degringolada. Gabe começou a fazer fisioterapia e passou a usar muletas, tendo sessões de terapia e passando pelo começo da adolescência. Já o irmão, que sempre passou a se dedicar 100% ao caçula, começou um relacionamento com uma garota chamada Lisa. Distante, foi a oportunidade de Eli aparecer para Gabriel na forma de um amigo invisível e mexer com sua cabeça.

Instigando o lado mais heróico e fantasioso do menino, Eli o provocava a correr riscos como a personificação real de seu herói de infância, o Lobo Ninja. Quando Robbie percebeu o que estava de fato acontecendo, já era tarde demais. Morrow transformou o garoto numa espécie de monstro lupino com patas dianteiras de metal e tentou levá-lo para matar Yegor e ter sua vingança. Transformado no Motorista Fantasma, Reyes deteu o irmão e começou a convencê-lo a lutar pela controle de seu corpo. Após um momento tocante, Gabe expulsa Eli do corpo e ele volta para Robbie.



Com o menino livre  e vulnerável, Yegor tenta usar ele como refém para se safar e o Motorista Fantasma então o engolfa em fogo e enlaça em suas correntes, tragando para debaixo da terra. Robbie e Eli decidem entrar em um acordo no final, ele daria ao tio a sede de morte que ele tanto queria contanto que apenas caçassem a escória da humanidade. Por hora, eles tinham um acordo.



Toda essa fase que vimos até aqui antecede as Guerras Secretas, e é totalmente assinada pelo criador do personagem, Felipe Smith. Os desenhistas Damion Scott e Kris Anka o acompanham nestes dois arcos deste encadernado. E nova vida ao personagem veio após a série de TV nos EUA, com um  novo volume do personagem vindo aí com desenhos de Danilo Beyruth. Espero que a Panini não demore em trazer essa história pra cá.

Coveiro

Michelle Pfeiffer dá as caras nas gravações de Homem-Formiga e a Vespa



Já vimos por aqui diversas fotos de Paul Rudd, Evangeline Lilly e Michael Douglas em filmagens externas de Homem-Formiga e a Vespa. Desta vez, no entanto, o Just Jared sai na frente com as primeiras imagens de Michelle Pfeiffer. Ela e Douglas aparecem com roupas e peruca de época, além de alguns pontos de marcação no rosto se prestarmos atenção. Provavelmente, estão numa gravação pra uma tomada do filme em meados dos anos 80:



Homem-Formiga e a Vespa chega aos cinemas em 6 de Julho de 2018. 8

Coveiro

Inumanos não está agradando muitos mesmo



Parece que a série dos Inumanos está sofrendo bastante com o desânimo, não só do público, mas também de quem estava envolvido na produção.

Vamos começar com o CEO da IMAX, Rich Gelfond, sobre o que ele esperava do projeto. "Os clientes esperavam uma produção semelhante a um filme blockbuster de mega orçamento, ao invés de pilotos para um programa de televisão". "Além disso, o fato de que este foi o Marvel IP que configura a barra no nível em que você não veria outros itens de conteúdo ou IP devido à reputação e ao alto valor de produção dos filmes da Marvel".


Entretanto, parece que o IMAX não vai desistir da experiência de testar esse tipo de formato, porém, tomará cautelas. "Avançando, pretendemos adotar uma abordagem mais conservadora consistente com a abordagem Game of Thrones para investimentos de capital e conteúdo", explicou Gelfond. "Nós seremos mais conservadores ao considerar se investir nosso próprio capital; e contudo, para qual alcance."



Passando para um ponto dessa polêmica, temos uma entrevista do Kevin Feige para o site Uproxx, onde o entrevistador perguntou se ele estava contente dele ter deixado o projeto Inumanos nas mãos de uma outra divisão ou se ele acredita mesmo que seria melhor desistir do projeto. Bem, a resposta do Feige foi exatamente essa: "...Hahahahahaha!!! Estou te perdendo, Mike! Não estou te ouvindo! Você está sumindo..." E aí eu pergunto, o que foi isso? Parece que a série Inumanos realmente está com a moral bem lá embaixo até mesmo com a pessoa que, não sei se vocês lembram, havia anunciado o projeto em uma fase 4 dos filmes da Marvel Studios.

Vocês acham que a série pode ser salva? Será que ela tem capacidades pra se mostrar melhor em novas temporadas, como aconteceu com Agents of SHIELD? Lembrando que a série também sofreu altas críticas e muitos acreditavam que a série não passaria da segunda temporada e hoje está no seu quinto ano e aclamada como um dos melhores projetos da Marvel para televisão.

Comentem aí embaixo!

Marcus Pedro

Ryan Meinerding divulga artes e storyboards do primeiro Thor


E o artista conceitual da Marvel Studios, Ryan Meinerding mais uma vez exibiu em seu Instagram, mais algumas imagens de materiais que ele trabalhou em filmes para o studio! E agora, ele liberou imagens de storyboard de pedaços de cenas do primeiro filme do Thor.

A cena em questão é quando Thor, sem seus poderes e martelo, é encurralado pelo Destroyer, que estava sob controle de Loki. Essa cena mostra Thor recuperando seus poderes e o controle sob o martelo. Deem uma olhada!



Considerado o filme mais fraco de todos os trabalhos da Marvel Studios, Thor é um filme que ainda tem a importância por ter apresentado um novo conceito, que dá pistas de que magia e ciência são apenas interpretações únicas de cada povo. O que os humanos chamam de magia, os asgardianos chamam de ciência. 

Toda a trilha do personagem foi importante pra culminar no que está sendo visto hoje nos cinemas, com o filme Thor Ragnarok, que muitas críticas já o consideram como o melhor filme do personagem e, até mesmo, possivelmente o melhor filme da Marvel Studios até o momento.

Fiquem de olho em mais novidades por aqui no site!

Marcus Pedro

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Mais um novo trailer do novo e futuro jogo para PS4 do Homem-Aranha!


E hoje está acontecendo o evento Paris Game Week 2017 e nele temos revelado pela Sony, em seu painel, mais um novo trailer do novo jogo do studio Insomaniac, Homem-Aranha!

Sem mais delongas, vamos a ele!


Como visto no teaser, o jogo tem previsão de lançamento para o ano 2018.

Marcus Pedro

Mark Ruffalo comenta sobre seus receios iniciais com Thor: Ragnarok e o arco do Hulk nos cinemas



Tão importante quanto o Deus do Trovão, Thor: Ragnarok traz a volta do Hulk, que não vimos mais nos cinemas desde 2014 em Vingadores: Era de Ultron. Em conversa com o Collider, o ator Mark Rufallo contou quais foram suas primeiras impressões ao saber do roteiro de Thor: Ragnarok e como foi discutidas a ideias pra nova evolução do Hulk que vimos nos cinemas.

“Sabe quantas vezes eu ficava pensando "nós vamos quebrar o universo Marvel". Jogamos um monte de coisas pro alto. Começamos tudo do zero com isso. Jogamos a franquia do Thor pro alto. Jogamos a percepção de todo mundo sobre o Banner pro alto. Jogamos a percepção de todo mundo sobre o Hulk pro alto. Jogamos a percepção de todo mundo sobre o Thor pro alto. E, sim, estávamos sabendo o que estávamos fazendo. E ao mesmo tempo ficávamos "sim, vamos fazer isso, vamos buscar isso, e vamos fazer isso da melhor maneira, do jeito mais honesto e pelo caminho mais divertido que pudermos. Taika que fez isso e não tinha medo disso... então improvisamos um monte e brincamos... essa brincadeira é realmente cheia de apelo nas telas" disse Ruffalo ao Collider.

Sobre as mudanças evidentes no Hulk que vemos no filme, o ator falou que "é aqui que tudo
começa e começa com uma mini-versão do Planeta Hulk. Então os fãs terão isso é então começaremos a construir a separação do Hulk e do Banner. Agora, o Hulk pode ser um personagem sozinho, e o Banner pode começar a ser a pessoa que ele queria ser sem ficar com medo ou receio de se excitar demais todo tempo. Então, passaremos a conhecer mais esses dois personagens de uma maneira que nunca vimos antes e uma parte disto é ter um Hulk falante, como uma criança de seis anos de idade.

"Eu fui chamado pra um encontro com Kevin [Feige] e Lou [D'Esposito] e Brad [Winderbaum] meses antes e eles perguntaram "Escute, se fossemos fazer um filme solo do Hulk, como seria? Quais são suas ideias? E eu disse que deveria ter isso, isso, isso e é pra acabar assim. E eles disseram "Legal, amamos isso. E se fizermos isso entre Thor 3, Vingadores 3 e Vingadores 4? Nós faríamos todo o arco do personagem pra você, como se fosse um filme solo e faríamos isso em 3 filmes" e eu respondi que achava demais" detalhou o ator.

E o primeiro pedaço desta história você já acompanha nos cinemas. Thor: Ragnarok já começou a surpreender todo mundo com mais de 100 milhões na bilheteria internacional este fim de semana. A previsão é de passar dos 125 milhões no mercado americano e se sair como um das maiores estreias do ano por lá.

Coveiro

James Gunn compartilha easter-eggs de Guardiões da Galáxia Vol.2


E em plena semana de estreia do filme do Deus do Trovão, o diretor James Gunn aproveitou o seu perfil do Facebook pra falar um pouco mais de coisas que aconteceram no seu filme, sucesso da Marvel Studios, Guardiões da Galáxia Volume 2. E o assunto do dia foi easter-eggs dentro do filme! 

"Oh, trabalhamos pesado na rua de St. Charles, Missouri (embora na verdade filmado em Atlanta)", segundo Gunn em seu Facebook, enquanto compartilha fotos de algumas cenas do filme. "Além dos cartazes do filme Simon Williams, que postei on-line há um tempo atrás, também tínhamos todos esses negócios legais - cada um com o nome de um artista ou escritor de Marvel Comics, importante para a história dos Guardiões, ou após do próprio Universo Marvel".




E agora vamos a lista de easter-eggs!


STEVE ENGLEHART




Com certeza o escritor mais importante dentro da história da Marvel. Foi com ele que se tem os melhores arcos espaciais da antiga editora e contribuindo, principalmente, na história de uma das equipes mais adoradas hoje, nos quadrinhos, os Guardiões da Galáxia. O destaque, nesse ponto, vai para a criação que muitos consideram, o mais importante Guardião, Peter Quill, o Senhor das Estrelas, juntamente com o artista Steve Gan. Vale lembrar que Peter Quill estava em título solo nessa fase, muito antes dele incorporar o grupo dos Guardiões, que tinha a formação clássica com Yondu, Charlie 27, Martinex, Vance Astrovik, Nikki e Starhawk. Com exceção de Nikki, esses personagens hoje são conhecidos como os Guardiões 3000. E não podemos esquecer que ele também contribuiu para a criação da sua carismática personagem, Mantis.

"Quando fui pego para escrever uma série de 60 páginas que poderia dar início à Marvel Preview ... Eu concebi algo muito grande. Meu herói passaria de um idiota para o ser mais cósmico do universo, e eu estaria entrelaçado ao meu novo interesse na astrologia. Após o começo dele nos limites da Terra, sua mente seria aberta passo a passo, com uma história de ação rápida sobre Mercúrio, uma história de amor em Vênus, uma história de guerra em Marte e assim por diante até os limites do sistema solar, e além."


"Mas - depois que eu o estabeleci como um idiota, eu deixei a Marvel, então ninguém nunca viu o que ele deveria se tornar. Os caras que me seguiram estavam claros que não podiam seguir a astrologia, então eles se estabeleceram para suavizar suas arestas - uma abordagem muito mais útil à medida que o tempo passou ... Então, lá estava o Star-Lord, ignorado por muitos anos, até que Dan Abnett e Andy Lanning o tornaram o líder de um pequeno bando de desajustados chamado os Guardiões da Galáxia, e o resto é história. Graças a Deus, ele nunca passou do seu estado inicial ". Palavras de Englehart em seu site. 


BILL MANTLO




Mais conhecido por ter criado um dos personagens mais nervosos e irados do grupo do Guardiões, o Rocket Raccoon, Mantlo fez muita história e carreira escrevendo para um outro herói que estava na Marvel na época, o ROM. Hoje esse personagem está sob os direitos de uso da IDW. Trabalhou como roteirista pra Marvel por muito tempo durante os anos 90, até o seu acidente de carro. Até hoje, com a capacidade de fala quase zero, Mantlo se mantém sob cuidados médicos e de ajuda de amigos e familiares. No período em que estava pra ser lançado o primeiro filme dos Guardiões, Gunn havia feito uma campanha para que Mantlo visse o seu filme. Ele assistiu em uma sala especial, uma prévia antes de todo mundo, onde até expressou seu contentamento e agradecimento ao reconhecimento dado. (nota editorial: essa parte do texto foi difícil de escrever sem dar um soluço.)


JIM STARLIN




Um dos artistas que mais possui peso entre fãs, quando o assunto é histórias cósmicas da Marvel. Criador de um dos personagens mais importante do universo Marvel e que estará no próximo filme dos Vingadores: Guerra Infinita, Thanos, e do personagem que todos aguardam para ver nas telonas, Adam Warlock. O escritor foi responsável por muitas histórias do grupo e, recentemente, foi responsável pelos Hulk vs Thanos, Thanos - Relatividade Infinita e Thanos - Relação Infinita. Além dos títulos da Saga do Infinito, Starlin também escreveu muitas histórias para o Surfista Prateado. Ele também escreveu um arco para o título Savage Hulk, que teve arte de ninguém menos que Alan Davis.


ANDY LANNING E DAN ABNETT



Lanning e Abnett são parceiros de longa data para escrever histórias do grupo para a Marvel. Um dos trabalhos, que até já foi reencadernado pela Panini, é a apresentação da nova formação dos Guardiões da Galáxia, que tem uma formação bem próxima do que vimos nos cinemas. Desde então, muitos fãs acham que nenhum outro roteirista da atualidade conseguiu criar a mesma química que essa dupla conseguiu na época. Hoje em dia, os dois não trabalham mais juntos.


KEITH GIFFEN


Foi o grande contribuinte com Lanning e Abnett, na saga Aniquilação, dando mais profundidade aos personagens e acrescentando bastante ao lore dos personagens.


HEALING HANDS


Uma das organizações que tinha forte ligação com a Hydra, a Healing Hand teve sua aparição em Avengers: Initiative Annual (2008), que foi publicado aqui no Brasil durante a saga Invasão Secreta no título Avante, Vingadores 23 - Origens Secretas. Foi escrito por Christos Cage e Dan Slott, com arte de Salvador Larroca.

Pelo visto, James Gunn realmente fez ótimas referências, fazendo o Capitão Rogers muito feliz!

E você? Captou mais algum easter-egg que o James Gunn não mencionou? Captou as cenas onde aparecem essas referências? Comentem aí embaixo.

Abraços!

Marcus Pedro

Joss Whedon comenta o que achou de Thor: Ragnarok



Responsável pelo segundo grande marco da Marvel Studios ao criar os Vingadores, filme que não é responsável por reunir as principais franquias pela primeira vez, mas tornou-se até agora a maior bilheteria de super-heróis dos cinemas até agora, José Whedon Se antecipou a estreia americana e deu seu veredicto sobre Thor: Ragnarok. Veja o que ele colocou recentemente em seu Twitter:

"O lance é o seguinte: Taika Waititi fez uma obra-prima moderna. Épica, hilária, bela, sentimental e hilária. Estou muito feliz. É hilário." escreveu. O fato curioso aqui é que desde que saiu da Marvel em  2014, Whedon tem evitado se pronunciar muito sobre os filmes do estúdio. E depois de todo esse tempo, veremos ele de volta à ativa fazendo o trabalho que foi iniciado por Zack Snyder em Liga da Justiça.

Coveiro

Novíssimos X-Men: Velhos inimigos, novos perigos

Após um vídeo gravado com o discurso do jovem Scott Summers viralizar na Internet, os Novíssimos X-Men se tornaram populares no mundo todo e decidiram usar essa fama a favor da paz entre humanos e mutantes, rodando o mundo para ajudar as pessoas. Mas será que eles estão preparados para essa nova vida com o "pé na estrada"? E o que alguns de seus "conhecidos" pensam sobre eles?

domingo, 29 de outubro de 2017

Diretor de Thor: Ragnarok fala sobre refilmagens e tom de humor do filme

Entre os trailers e o material final que foi para o cinema, tem muita coisa que mudou em Thor: Ragnarok e muitas dessas alterações vieram com as refilmagens que aconteceram coladas a San Diego Comic Con deste ano, evento em que o Diretor Taika Waititi informou muitos jornalistas que teríamos o menor filme do Thor e da Marvel Studios até então. E eis o que ele explica ao Collider o que de fato aconteceu:



”Quando eu disse aquilo iria mesmo ter só 100 minutos, tínhamos acabado de fazer algumas refilmagens, então tínhamos alguma ideia do que viria dali. Mas aí houve um instante em que pensei 'sim, vai ser 100 minutos, definitivamente não mais que duas horas, e agora de repente - o que? Duas horas e 10 minutos?'" disse o diretor e explicou "O primeiro corte do meu filme tinha 2 horas e 40 minutos. Era um corte que me deixava feliz. Tudo junto era algo em torno de 3 horas e 15. Nós cortamos um pouco mais. Quando as pessoas me perguntavam quão longo o filme será, tinha uma hora que achei que seria 100 minutos. Mas depois da Comic Con, decidimos voltar e por mais algumas piadas. Foi tudo humor. Algumas piadas que ficaram maiores. Eu sabia que se colocasse mais coisas, aumentaria as chances de eu colocar ainda mais piadas" disse Taika.

Mas nem todas as mudanças no filme se resumiram as piadas. Ao Yahoo Movies, Taika contou que mudou o cenário e o tom da cena de Odin, Thor e Loki."[Odin] estaria originalmente em Nova York, e as pessoas não entendiam o porquê - e corretamente. Também não me parecia muito autêntico que Odin ficasse vagando por aí em Nova York, sendo ele um dos seres mais poderosos do universo. Ele estaria aí meio perdido por Nova York. O que quisemos fazer, eu acho, era honrar o fato de que ele era um Rei poderoso e poderia ter se teletransportado pra Noruega, para as falésias, e ficou esperando todo esse tempo ao invés de como era antes em que ele estava em Nova York e morrendo. Eu pensei que era um fim muito pesaroso, sabe?

E voltando de novo pra questão da opção de pender o filme ainda mais na curva das comédias, talvez superando qualquer outro filme do UCM, Taika Waititi sempre se manteve seguro nessa sua aposta. Depois da SDCC'2017, parece que sentiu que era o sinal verde que precisava pra direcionar suas refilmagens pra aumentar ainda mais o tom escrachado e desviar da sombra dos filmes anteriores que tentaram se levar a sério. Desde então, o diretor tem respondido até com ironia quem repudia o tom bem humorado dos filmes do UCM:


“Concordo. O mundo está muito hilário agora. Há muitas risadas na vida real para um longa ser “divertido”. Abaixo a felicidade.” replicou ele a um fã que o provocou no Twitter. E a insistência de Taika por esse caminho já está rendendo bons frutos. O filme teve tanto uma boa recepção pelos críticos como tem superado todas as estimativas feitas e alavancando ainda mais o interesse do público. Semana que vem saberemos o desempenho dele de fato quando finalmente chegar ao mercado americano.

Coveiro

Thor: Ragnarok já sai com mais de 100 milhões antes de sua estreia nos EUA



Os primeiros números da bilheteria de Thor: Ragnarok já surgiram. Sequer estreiou nos EUA e já sai na frente com $107.6 milhões, sendo que apenas 50% do mercado internacional começou sua exibição. O maior mercado é de fato o Reino Unido com $15.8m seguido da Coreia do Sul ($15.5m), Australia ($8.4m), Brasil ($8.3m), França ($7.4m), Indonesia ($5.5m), Taiwan ($5.4m), Italia ($4.2m), Filipinas ($3.8m), Malasia ($3.5m), Espanha ($3.4m), Hong Kong ($2.9m), Cingapura ($2.2m) e Argentina ($2.0m).

Comparativamente, Thor: Ragnarok se saiu melhor que os dois últimos filmes da Marvel que tiveram estreias similares com uma semana de antecipação ao EUA. Doutor Estranho teve $86 milhões e Guardiões da Galáxia teve $101.2 milhões. E com uma aceitação de 98% no Rotten Tomatoes atualmente, o que se espera é zque o filme tenha no seu primeiro final de semana nos EUA algo entre $100 a $125 milhões.

Coveiro

Mais do elenco aparecendo pras gravações de Vingadores 4



Estamos no meio das filmagens de Vingadores 4 neste momento e ainda não sabemos direito quem estará de volta a trama ou não. Esse fim de semana, Robert Downey Jr postou uma imagem de sua cadeira especial nova no filme, que inclui um apoio pra sua lombar e com isso mostrou mais 3 nomes com os quais ele deve dividir cena. Já outras imagens que saíram mais no começo da semana trazem mais chegando pras gravações. Confira:


E em novas fotos do dia a dia das gravações, temos Paul Rudd (Scott Lang), Sean Gunn (Rocket Racum), Mark Ruffalo com roupa de captura pra viver o Hulk e Terry Notary, que fará a captura de movimentos pra o Groot:



Vingadores 4 chega aos cinemas só em 2019, mais especificamente no dia 3 de Maio.

Mais fotos das gravações de Homem-Formiga e a Vespa



E temos mais imagens por aí das gravações de Homem-Formiga e a Vespa. Nelas, vemos Paul Rudd, Evangeline Lilly e também Michael Douglas em ação. Espia só:






Além de Paul Rudd voltando ao papel de Scott Lang e Evangeline Lilly como Hope Pym, teremos de volta Michael Peña (Luis), David Dastmalchian (Kurt), T.I (Dave), Judy Greer (Magy), Abby Ryder Fortson (Cassie) e Michael Douglas (Hank Pym). Já o novos nomes incluem Michelle Pfeiffer (Jane Van Dyne), Hannah John-Kamen (Fantasma), Walton Goggins (Sonny Burch), Randall Park (Jimmy Woo) e Laurence Fishburne (Dr. Bill Foster).

Coveiro

sábado, 28 de outubro de 2017

O destino dos Três Guerreiros e Sif em Thor: Ragnarok

Antes de Thor: Ragnarok sair, muita pouca coisa se sabia sobre o destino de alguns personagens que foram destaques nos filmes anteriores, mas mal sabíamos se eles sequer apareceriam no novo filme. Agora que o filme saiu, sabemos que os Três Guerreiros tem um aparição rápida. Já a Lady Sif sequer é mencionada no filme. E o Presidente da Marvel Studios comentou recentemente a função dos três melhores amigos de Thor na nova trama. Segue alguns spoilers:



De muitas maneiras, o Ragnarok é o fim de muitas coisas, e isso é extendido a alguns personagens como é o Caso de Frandall, Hogun e Volstagg. "Servem principalmente a chegada de Hela, a chegada da maior vilã do UCM, que nos seus cinco primeiros minutos destroem o martelo, chutam Loki e Thor pra fora de Asgard e matam quase todo mundo que conhecemos antes nos outros filmes” disse Kevin Feige ao Screen Rant.

Já sobre Sif, a própria respondeu. "Fui convidada, mas na época em que eles iriam gravar, eu estava fazendo as filmagens de Blindspot. Foi exatamente o mesmo tempo. Então tivemos um conflito. Fiquei esperando por mais notícias deles, para que eu pudesse acertar as coisas, mas era uma coisa muito pequena. Daí, eles perguntaram se eu poderia ir até lá pra fazer isto. E eu respondi que não tinha chances de fazer um trabalho como aquele tão rápido. Não tinha como. Eles estavam em um continente diferente. Foi um pouco triste. Estava animada por isso" disse Jamie Alexander ao Yahoo Movies. Em outras entrevistas, Kevin Feige deixou entender que o destino da Lady Sif será conhecido em breve.

Thor: Ragnarok está já nos cinemas e estreia na próxima sexta nos EUA com previsão de passar dos 125 milhões no primeiro final de semana.

Coveiro

Taika Waititi fala sobre as participações especiais de Thor: Ragnarok



Se já viu o filme ou mesmo se andou pescando alguns detalhes da produção, deve ter percebido que Thor: Ragnarok está cheio de participações especiais. Alguns nomes que já circulavam por aí são o de Sam Neill e Matt Damon numa pequena ponta. Coloque junto a eles o irmão mais novo do protagonista Luke Hemsworth (não confundir com o Liam). Os três estão lá numa das cenas mais divertidas desse terceiro filme. Sabe qual é?



Bom, ao voltar para Asgard e completamente ciente de que seu trapaceiro irmão Loki se passava como Odin, Thor depara-se com um reino cheio de devoção ao Deus da Trapaça que se sacrificou para salvar a todos em Thor: O Mundo Sombrio. Além de um estátua, Loki ganhou uma peça de teatro totalmente dedicada a seu ato de bravura e eis que temos os três atores citados acima como parte dela. Matt Damon é o protagonista fazendo o papel de Loki. Um barbudo Sam Neill faz o Odin. Já Luke Hemsworth faz o papel do Deus do Trovão. O diretor Taika Waititi explicou como conseguiu este feito ao site Radio Times:

"Foi tudo através de contratos" disse ele que já trabalhava concomitantemente com os atores em outros filmes enquanto fazia Thor. "Se Loki fosse fazer uma peça da sua morte, ele certamente gostaria de ter em mãos os mais talentosos atores que pudesse, as grandes estrelas do teatro de Asgard, para vir e fazer isso. E coincidente, este é o primeiro filme desde Jurrasic Park que Jeff Goldblum e Sam Neill aparecem juntos no mesmo filme. É coisa de universos cruzados. Você sabe que eu costumo colocar um monte de meus atores de outros filmes... e isso faz dele ainda mais meu filme. Me faz sentir mais firme, e um pouco mais relaxado.

Na entrevista, Taika ainda disse que a cena com o Doutor Estranho foi filmada no mesmo dia em que gravou a cena pós-crédito do filme do Mago Supremo. "É a mesma cena, filmamos no mesmo tempo. Na verdade, nós filmamos pro nosso filme, daí construímos a cena para o filme do Doutor Estranho a partir da nossa filmagem." relatou

Em Thor: Ragnarok teremos Chris Hemsworth (Thor), Tom Hiddlestone (Loki), Cate Blanchett (Hela), Idris Elba (Heimdall), Jeff Goldblum (Grão-Mestre), Tessa Thompson (Valquíria), Karl Urban (Skurge), Anthony Hopkins (Odin), Mark Ruffalo (Bruce Banner), Ray Stevenson (Volstagg), Tadanobu Asano (Hogun), e Benedict Cumberbatch (Dr. Stephen Strange). O filme chegou nesta quinta nos cinemas brasileiros.

Coveiro

O quanto mudará Loki em Thor: Ragnarok?

De muitas maneiras, Thor: Ragnarok é o fim e novo começo para os Asgardianos. O mesmo vale para Loki, interpretado por Tom Hiddlestone. Mas será que veremos uma mudança no perfil do personagem agora que tanta coisa mudou com o filme?



"Sim, mas é a sua natureza. Eu acho que ele, ele é espiritualmente adaptável e no minuto que você o tenta definir, ele se adapta. Ele é um transmorfo no seu panteão, contudo os eventos do Ragnarok o inspirarão pra mudá-lo para sempre. É o que acho, mas haverá mudanças para todos eles. A Deusa da Morte aparece e os desafios são grandes. Para todos, mas pra Loki mais do que nunca, é um desafio para ele se definir na face contra essa ameaça" disse Tom Hiddlestone pra o ComicBook.

Já para a audiência em seu painel na Wizard World Philadelphia, Hiddlestone falou que "o que me interessa mesmo é como suas atitudes mudaram. Enquanto Thor estava fora lutando com seus amigos contra um computador, eu acho que veremos que aconteceu um monte de coisas interessantes. Estou quatro anos mais velho e o Chris está quatro anos mais velho e terá novas coisas que descobriremos. E a coisa mais interessante sobre ele é que ele sempre será um trapaceiro. E estamos tentando encontrar novas maneiras de ele ser manipulador, porque eu adoro fazer isso e eu espero que as pessoas amem ver ele fazendo isso".

Em Thor: Ragnarok teremos Chris Hemsworth (Thor), Tom Hiddlestone (Loki), Cate Blanchett (Hela), Idris Elba (Heimdall), Jeff Goldblum (Grão-Mestre), Tessa Thompson (Valquíria), Karl Urban (Skurge), Anthony Hopkins (Odin), Mark Ruffalo (Bruce Banner), Ray Stevenson (Volstagg), Tadanobu Asano (Hogun), e Benedict Cumberbatch (Dr. Stephen Strange). O filme estreou esta quinta-feira no Brasil e em muitas partes do mundo e já é dado como a melhor estreia de um filme do Thor até então.

Coveiro

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Hasbro divulga novidades da sua linha Legends do Pantera Negra

A Hasbro divulgou hoje mais detalhes de sua linha Legends que virão com o filme solo do Pantera Negra. Além de T'Challa e Erik Killmonger, ambos em seus uniformes de combate, temos detalhes das personagens de Okoye, que será a personagem cujas partes virão separadas nos outros bonecos no estilo Build-a-Figure, e também a Nakya. Confira:



Cada peça sairá com o preço de $19.90. E o filme chega aos cinemas em 16 de Fevereiro de 2018.

Coveiro

Esquadrão Supremo: Uma nova origem para a Doutora Espectro

SQUADRON SUPREME ESQUADRÃO SUPREMO UNIVERSO MARVEL 1 2 3 4 5 ROBINSON KIRK PANINI MARVEL

Faz tempo que não falamos de Esquadrão Supremo por aqui, não é? Pois bem, vamos reparar esse erro. Depois de assassinar Namor e se aventurar no Mundo Estranho e substituir a traidora “Princesa do Poder” por Thundra, mas antes de adentrar a segunda Guerra Civil super-humana, o grupo de heróis (uns mais do que outros) multidimensionais se vê frente a frente com os Inumanos, nas histórias publicadas em Avante, Vingadores! #5. Vamos ver o que o roteirista JAMES ROBINSON e o artista LEONARD KIRK prepararam.

Karen Page ganha seu próprio pôster em Justiceiro

E chegando a plataforma do Netflix no próximo mês, Justiceiro acaba de ganhar um poster com Deborah Ann Woll em destaque. E curiosamente, o produtor da série revelou em recente entrevista que Karen Page não estava nos planos iniciais dos escritores. Confira:



"Pedi pra ter ela, porque ela e Frank foram tão bons" disse Steve Lightfoot ao Mashable. "Frank é um cara militar bem reservado. E ela é uma mulher que ele tratou como uma igual mais do que com todo mundo".

Jon Bernthal e Deborah Ann Woll estarão juntos mais uma vez a partir de 17 de Novembro na Netflix. Também estão no elenco Amber Revah, Ebon Moss-Bachrach, Shohreh Aghdashloo e Ben Barnes.

Coveiro

Diretor de Thor: Ragnarok cogita dirigir versão de filme da Viúva Negra e descarta franquia Star Wars



Com aprovação máxima da crítica, o diretor Taika Waititi vê a possibilidade de fazer muito mais para a Marvel no futuro. E eis que surge a ideia de uma versão mais leve e divertida da Viúva Negra por sua mãos. Por outro lado, ele nem sonha em um dia fazer algo pra Lucasfilm.

"Sendo de todo honesto, eu acho que eu poderia provavelmente trazer algo bem único para qualquer franquia. Eu amaria ver uma Viúva Negra. Dado o status de Natasha Romanoff como um super-espiã de elite, ela poderia facilmente encontrar-se em algum tipo de situação precária. Gostaria de vê-la em algo insano e um pouco divertido ao contrario do que se esperaria dela. Porque sabemos de sua história e é algo muito reservado e sombrio. Mas qual seria a versão divertida disto? Qual seria a versão mais cheia de entretenimento dela?" disse Taika com seu bom humor de sempre para o site io9.

Já quando perguntaram sobre a possibilidade de tomar as rédeas de um filme da franquia de Star Wars, Taika mudou o tom. "Essa franquia me parece bem difícil. Acho que não tem muito espaço lá para alguém como eu" disse. Esse depoimento meio que corrobora uma piada que o diretor fez via Twitter meses atrás quando disse que "gostava de terminar seus filmes e que provavelmente seria demitido em uma semana" disse.

Thor: Ragnarok estreou ontem no Brasil. Você pode conferir nossa resenha do filme clicando aqui!

Coveiro

Vingadores 4 recebe reforço de Wakanda em seu elenco essa semana

Nesta semana, os paparazzi captaram em meio as filmagens externas de Vingadores 4 duas novas adesões no elenco. Chadwick Boseman (T'Challa) e Letitia Wright (Shuri) foram visto de uniformes encobertos por sobretudos. Confira:




E num evento da Lexus que aconteceu essa semana, dois novos posters do Pantera Negra foram vistos com Chadwick Boseman e Michael B. Jordan:



Dirigido por Ryan Coogler, Pantera Negra contará com Chadwick Boseman (Pantera Negra), Lupita Nyong’o (Nakia), Michael B. Jordan (Erik Killmonger), Danai Gurira (Okoye), Forest Whitaker (Zuri), Daniel Kaluuya (W’Kabi), Winston Duke (M’Baku), Letitia Wright (Shuri), Andy Serkis (Ulysses Klaue) e Martin Freeman (Everett Ross).

Coveiro

Ator fala sobre como será a participação de Groot nos Vingadores

Em conversa com o Yahoo Movies, o ator Terry Notary, que fará a interpretação corporal do Groot em Vingadores: Guerra Infinita, falou sobre a nova fase do personagem arborícola nos cinemas. Agora um adolescente chegando a idade adulta, o jovem Groot interagirá com uma infinidade de outros heróis e até mesmo terá inspiração num deles para seguir como modelo.



"Sim, eu estou fazendo o Groot adolescente. Estou me divertindo muito com ele. É muito, muito divertido. Não posso falar muito sobre ele, mas está chegando a idade adulta, então o veremos como um adolescente procurando um mentor para se inspirar e ser um tipo de modelo pra ele. O personagem é demais, e os filmes vão ser gigantescos. Temos um elenco tão espetacular e um par de diretores fantásticos encabeçando. Os Russos permitiram que os atores interagissem em cenas juntos ao ponto de que a sensação é demais e todo mundo terá o seu momento" disse.

Vingadores: Guerra Infinita deve chegar aos cinemas em 4 de Maio de 2018, e o trailer ainda não saiu oficialmente. Isso porque certamente teríamos um baita spoiler de Thor: Ragnarok neles. Agora que o filme está prestes a sair nos EUA, aguardem que o primeiro teaser deve sair a qualquer momento a partir da próxima semana. Já Vingadores 4, que não foi ainda nomeado, sai em 3 de Maio de 2019.

Coveiro