sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Homem de Ferro: espionagem e maternidade

INTERNATIONAL IROM MAN HOMEM DE FERRO INTERNACIONAL BENDIS MALEEV 1 2 3 4 5 6 7 8 9 PANINI MARVEL

Maria e Howard Stark não são os pais e Tony Stark. Ao menos não os pais biológicos, e disso já sabemos há algum tempo. Acabar com a dúvida da origem do alterego do Homem de Ferro é o objetivo central de Homem de Ferro Internacional, revista em sete edições publicadas por aqui entre os números 6 e 9 de Homem de Ferro.

Mantendo o atual roteirista da revista do vingador dourado, BRIAN MICHAEL BENDIS, Homem de Ferro Internacional é essencialmente uma história que remete a um clima de espionagem já explorado pelo roteirista quando fez do próprio Homem de Ferro o diretor da SHIELD. Além da tumultuada agência, e da relação de Howard com, temos Hidra, temos um amor de juventude transformado em inimiga quase mortal, e vários temas um pouco previsíveis e repetitivos se considerarmos a carreira recente de Bendis.

Porém, com ajuda do excelente ALEX MALEEV na arte (talvez sem ele o clima de espionagem se perdesse um pouco no caminho), a história acaba ficando redonda, mesmo com o desfecho estapafúrdio. Por que estapafúrdio?

Bem, a mãe biológica de Tony (seu pai não está mais vivo, e o motivo é mais bem compreendido lendo a história) é Amanda Armstrong, uma aspirante a cantora que trabalhou para SHIELD em troca de uma chance de virar uma rockstar... pois é. Malabarismos à parte, Tony é adotado pelos Stark por causa de uma trama elaborada na qual Amanda se envolveu e da qual quase não conseguiu sair.

INTERNATIONAL IROM MAN HOMEM DE FERRO INTERNACIONAL BENDIS MALEEV 1 2 3 4 5 6 7 8 9 PANINI MARVEL

Tony consegue localizar Amanda e, apesar de alguns tropeços no caminho, a história se encerra de forma até tocante, abrindo uma nova janela no mundo do Homem de Ferro. De órfão, ele agora tem ao seu lado sua mãe biológica, com quem terá que construir toda uma relação praticamente do zero. O saldo é positivo, mesmo com a ampliação dos ret-cons e de alguma desconfiança em torno da nova personagem.

João

comments powered by Disqus