GUERRAS SECRETAS NO INOMINATA 616

A Maior Saga da Marvel deste milênio destrinchada pela equipe do Marvel 616. É imperdível!

50 ANOS DE MARVEL

Um podcast com toda história da Marvel no Brasil! Imperdível!

A VOLTA DOS GUARDIÕES

Acompanhe as novidades do segundo filme dos Guardiões da Galáxia

PANINI EM 2017

A editora aracno-mutante Carol Pimentel conversou com o Mutação em Debate a respeito das primeiras novidades da Marvel pela Panini em 2017. Confira!

PARAÍSO X

Aqui concluímos a trilogia do futuro distópico da Marvel! Ouça nosso podcast!

FIM DA GUERRA CIVIL II

Depois de muita espera, o que já tem sido corriqueiro quando se trata de um trabalho de Brian M. Bendis, finalmente a Guerra Civil II foi concluída

DEATH OF X

A Conclusão da minissérie que põe luz no destino fatídico de Scott Summers

DEFENSORES

Saiba as novidades da série do ano pelo Netflix

CAPITÃO AMÉRICA - 75 Anos

A Fase aclamada de Mark Waid em foco no nosso podcast

PUNHO DE FERRO

Confira tudo sobre a mais nova série do Netflix

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Hugh Jackman diz que continuaria interpretando Wolverine se houvesse um acordo entre Fox e Marvel Studios


A essa altura todos já devem saber que Logan será o último filme de Hugh Jackman interpretando o mutante canadense Wolverine, né? Mas hoje descobrimos que apenas uma coisa faria o ator voltar atrás em sua decisão. Em entrevista ao Screen Rant, Jackman declarou que se houvesse um acordo entre Fox e Marvel Studios e, portanto, o Wolverine pudesse se juntar aos Vingadores, ele continuaria interpretando o personagem:

"Se isso (acordo entre Fox e Marvel) estivesse na mesa quando eu tomei minha decisão (de deixar o papel), certamente teria me feito pensar. Isso é certo. Porque eu sempre amei a ideia de ter ele (Wolverine) dentro dessa dinâmica, com o Hulk obviamente, com o Homem de Ferro, mas há um monte de pessoas mais inteligentes com MBAs que não conseguem enxergar isso (risos). Nunca se sabe."


Há tempos Hugh Jackman vem manifestando sua torcida por um acordo entre Fox e Marvel, principalmente depois do que aconteceu com o Homem-Aranha. Imagine o quanto seria foda ver o Wolverine de Jackman interagindo com os Vingadores! Infelizmente o tempo passou e não vimos isso acontecer... e possivelmente nunca veremos.

Mas como disse o ator, nunca se sabe...

Eduardo Spicacci

Novos mundos e corte de personagem em Guardiões da Galáxia vol.2




Guardiões da Galáxia vol. 2 tem uma tarefa árdua de superar o surpreendente sucesso do primeiro filme. Para tal, a promessa é expandir sempre e com isso os heróis intergalácticos irão visitar novos mundos. O site Comicbook lançou mais detalhes da visita que fez aos sets de filmagem e Kevin Feige e James Gunn falaram mais sobre o roteiro, de como explorarão mais lugares do Cosmo e o corte de um personagem misterioso logo no início da construção do roteiro.

"É tão grande, senão for maior que o primeiro filme. Temos o planeta Sovereign. Temos o planeta Bearheat. Alguns desses planeta acabam mudando de nome, porque eles sequer acabam sendo referidos em diálogos, pois o que importava era a localização. Mudamos esses nomes pra lá e pra cá antes de acertar tudo para o filme" - disse Feige para o Comic Book e completou - "Eles devem visitar quatro a cinco mundos nesse filme, e ainda tem uma ideia de mais dois ou três"

Ainda parte da leva de entrevistas do site ComicBook durante a visita que ele realizou aos sets de filmagens de Guardiões da Galáxia vol.2, James Gunn revelou que houve sim um personagem cortado logo no começo dos primeiros rascunhos do roteiro que fazia: "Vou falar uma coisa grande que aconteceu durante a fase de tratamento, não durante a fase do script, mas durante a fase de tratamento havia um personagem que era um grande personagem. Era uma parte de tratamento, e apesar de que funcionava bem na história, eu tive que me dar conta de que havia muitos personagens. Eu acho que a Guerra Civil lidou com muitos personagens da maneira correta, mas eles eram personagens com histórias menores e neste filme cada personagem tem seu próprio arco. Eles tem seu próprio caminho. E eu achei que mais um personagem seria demais, então eu tirei esse personagem da história na metade da fase de tratamento" disse ele mas sem revelar quem era esse personagem.




"Mas o tratamento final de 70 páginas, que é o que ele é hoje,  que é o filme, mudou muito pouco. E quase não houve mudanças nos três ou quatro meses que tivemos depois até começar as filmagens: poucas, muito poucas falas aqui e ali." falou Gunn e continuou "Lembro que no filme passado fizemos muitas mudanças depois. Fizemos algumas mudanças na produção. Fizemos algumas mudanças na pós-produção. E eu sabia que desta vez tive sorte de começar com tudo certo neste script. E para fazer da história algo forte, tivemos que começar com ela já a partir do começo. Então, eu me foquei nisso, fiquei estudando a narrativa de tela, os diálogos, tudo antes de chegarmos para gravar em Atlanta" concluiu.

Kevin Feige, presidente dos Marvel Studios,  também colocou para o site que neste filme, mais do que o outro, a música tem importância fundamental na história. "Os outros Guardiões sabem que a música é algo importante para Peter, então desde as primeiras cenas vemos o bebê Groot instalando uma caixas de sons externas para que todos possam ouvir a música também, porque o Quill gosta de ouvir música enquanto luta. Então é além dos fones de ouvido dele" disse Feige e complementou "Eu diria que pelo menos algumas músicas, uma delas em particular, tem uma letra que se encaixa muito com o plot da história mais do que qualquer outra música do primeiro filme".
Cotado como o filme do ano, Guardiões da Galáxia vol.2 tem um time forte reunido por James Gunn. Retornam para as filmagens Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Baustista, Bradley Cooper, Vin Diesel, Sean Gunn, Michael Rooker e Karen Gillan. Dentre os novos nomes temos Pom Klementieff, Elizabeth Debricki, Chris Sullivan e Kurt Russell. 

Coveiro

Uma realidade totalmente diferente no novo arco de Agentes da S.H.I.E.L.D.


ATENÇÃO! ESSE POST CONTEM SPOILERS PARA QUEM AINDA NÃO VIU O EPISÓDIO DESSA SEMANA!

*

*

*

A série dos Agentes da S.H.I.E.L.D. deu uma pequena pausa nos EUA e voltará a ser exibida somente em abril pela ABC, mas antes deixou uma pista sobre a nova trama que está por vir. Quem já assistiu o episódio dessa semana, viu que um mundo virtual chamado Framework foi criado, onde a realidade é bem diferente da nossa. Nele, Daisy está com Grant Ward (sim, ele está vivo lá!), Simmons está morta e Fitz está levando uma vida de playboy ao lado de uma misteriosa garota, enquanto Mack vive tranquilo com sua família. O mais chocante é que nessa realidade a HIDRA age legalmente e seu símbolo pode ser visto por todo lado, tendo Melinda May como uma de suas agentes. Daisy e Simmons são as duas únicas Agentes da S.H.I.E.L.D. livres desse mundo e conseguem penetrar lá criando novos avatares.

Com isso, alguns vídeos já foram liberados com um vislumbre do que está por vir:



Na minha opinião, Agentes da S.H.I.E.L.D. é uma das séries com os melhores roteiros da atualidade, com arcos cada vez mais empolgantes e bem construídos. O que temos pela frente é uma mistura de O Homem do Castelo Alto, de Philip K. Dick, com Dinastia M e uma pitada de Matrix...

Que chegue logo o mês de abril!

Eduardo Spicacci

Estaria de fato o ResurrXion ressuscitando uma certo mutante bem querido da Marvel?

* Atenção! Informações inéditas no Brasil e EUA!


Quando anunciaram que a fase após Inumanos vs X-Men se chamaria ResurrXion, muita gente cogitou que essa nova fase poderia estar agregada com a volta de algum personagem à vida. E como o atual momento parece favorável, será que teríamos um certo mutante ressuscitando em maio?


Sem muitos detalhes, a capa de X-Men Azul #4 fala por si só. E para acompanhá-la, a sinopse da história resume-se a três palavras: Snikt! Snikt! Snikt! Pode até ser que tenhamos o Velho Logan no final de tudo, mas isso justificaria a cara de susto da jovem Jean Grey? Aguardemos!

Coveiro

Brie Larson comenta as histórias em quadrinhos atuais e diferentes possibilidades visuais da Capitã Marvel nos cinemas

Pouca coisa sabemos ainda sobre o vindouro filme solo da Capitã Marvel. Com presença já garantida em Vingadores: Guerra Infinita, a atriz Brie Larson só pode, como a gente, especular sobre o que será feito da sua personagem nos cinemas. Recentemente, ela foi entrevistada pelo IGN e falou de toda a grande expectativa que esta criando para a personagem a medida em que vai lendo os quadrinhos:


"Eu acho bem difícil para mim resumir tudo o que ela significa. Eu já fui uma garotinha e era bem confusa sobre o que de fato um herói era, o que eu queria ser quando crescer e o que era importante para mim. Então, eu acho complicado crescer e se tornar um símbolo de verdade e estar no meio de tantas questões estranhas sobre o que significa crescer. Eu até fico emocionada falando disto, pois é tão importante para mim. Quando se trata dela, apenas o fato de ela servir de ponte para dois mundos distintos, de ela estar na Terra e também no espaço e que seu espaço pessoal se localiza onde termina a atmosfera da Terra e começa o espaço sideral, é muito tocante para mim. É bem inspirador" - disse Brie sobre o que pensa da personagem e citando bastante coisa da atual fase de Carol Danvers nos quadrinhos, como Líder da Tropa Alfa.

Ela aproveitou também para falar um pouco de toda expectativa que se cria sobre o visual dela: "Eu não posso falar nada ainda... eu acho que isso geraria uma longa conversa e todo dia eu tenho pessoas pedindo para mim no Twitter coisas do tipo 'espero que tenha cabelos longos', 'melhor o moicano', 'melhor estar de elmo', 'melhor sem o elmo' e certamente alguém vai acabar ficando maluco".

Por enquanto, o filme da Capitã Marvel está em pré-produção e sendo escrito e reescrito por Nicole Perlman (Guardiões da Galáxia) e Meg LaFauve (O Bom Dinossauro). O que se especula é que até o meio do ano teremos um diretor e as filmagens já estejam previstas para o segundo semestre.

Coveiro

Fabulosos X-Men: Tempos de violência

Em Detroit, Michigan, caminhões de uma corporação conhecida como Empresas Futuro são subitamente atacados durante uma viagem de rotina. A causa disso foi a carga que eles transportavam. Mas quem os atacou? Acreditem se quiserem, mas foram os X-Men – os outros X-Men...



No texto sobre Extraordinários X-Men, já foi relatado como mutantes estão morrendo em todo o planeta por conta de uma doença causada neles pelas névoas terrígenas, lembram? Pois bem, a solução do grupo de Tempestade foi levar o máximo possível de mutantes para o Limbo. Mas, para Magneto, essa é uma atitude covarde, e ele decidiu encarar a ameaça de frente, formando sua própria equipe de X-Men.



Foi essa equipe que atacou os veículos das Empresas Futuro: além do próprio Magneto, estão presentes Psylocke, Monet, Dentes-de-Sabre (felizmente ainda com a personalidade nobre que ele desenvolveu ao final da saga Eixo) e Arcanjo. Sim, Warren voltou à sua forma azulada com asas de lâminas, e parece ter perdido qualquer traço de humanidade, embora Betsy pareça ter esperança de recuperá-lo.



Após nocautearem os agentes das Empresas Futuro, os X-Men de Magneto retiram sua carga: mutantes adormecidos em câmaras de estase. Só que esses mutantes não foram capturados – eles mesmos pagaram a Futuro para ficarem adormecidos em segurança até que a ameaça das névoas passasse. Olhando por esse lado, o fato dos X-Men os arrancarem das câmaras e mandarem seguir suas vidas parece cruel... só que, como Magneto bem aponta, essa empresa muito provavelmente está mentindo para seus clientes e escondendo suas verdadeiras intenções.

Mas, afinal, o que é pior: deixar que ela explore mutantes ou soltá-los para que morram vítimas das névoas ou de algo pior? É o que acontece com um deles, assassinado nem por ser um mutante, mas por ser curandeiro. Seus assassinos? Velhos conhecidos dos X-Men: os Cavaleiros da Tempestade. Pois é, não faltam ameaças para os mutantes nesses tempos sombrios...



Essa primeira história de Fabulosos X-Men traz Cullen Bunn no roteiro e Greg Land na arte. Quem leu a série solo de Magneto escrita por Bunn provavelmente não estranhará a postura dos heróis, que agem como vigilantes frios e até um pouco cruéis com seus inimigos e com as pessoas que estão salvando. Já é possível perceber aqui algumas das subtramas da equipe, dos flertes de Monet com Dentes-de-Sabre à dedicação de Psylocke pelo Arcanjo e sua discordância com a ideologia de Magneto. Já no caso de Land, não sei se já me acostumei com os "desenhos" dele, mas não achei tão ruins como costumam ser – e Land merece cumprimentos por ter elaborado os melhores uniformes para X-Men nessa nova fase, todos eles ficaram muito bons (comparem com a equipe da Tempestade, onde os uniformes de Ororo, Noturno e principalmente Jean ficaram bem feios).

Enfim, essa foi a primeira história da segunda equipe de X-Men andando por aí. Onde está a terceira? Vocês descobrirão mais cedo do que imaginam...

Simon Kinberg pode ser o diretor do novo filme dos X-Men


Enquanto a Fox não se posiciona oficialmente sobre o próximo filme dos X-Men, os rumores sobre o futuro da franquia aumentam a cada dia. O Collider afirma que os produtores estariam cogitando o nome de Simon Kinberg para o posto de diretor de X-Men: Supernova, o provável título do novo filme. Essa seria a estreia de Kinberg como diretor, mas o produtor e roteirista tem uma forte ligação com o universo mutante da Fox, tendo colaborado com X-Men: O Confronto Final, First Class, Dias de um Futuro Esquecido, Apocalipse, Deadpool, Logan e a nova série do Legião.

O Collider ainda afirma que X-Men: Supernova deverá focar na transformação de Jean Grey em Fênix Negra, seu sombrio alter-ego. A atriz Sophie Turner já confirmou seu retorno ao papel.

Ainda sobre Simon Kinberg, há alguns dias o ator James McAvoy postou uma foto ao lado do produtor/roteirista e de Patrick Stewart, dizendo que "mal poderia esperar pelo verão". Muitos apostam que ele tenha se referido ao início das filmagens de Supernova e, de quebra, ainda tenha confirmado seu retorno ao papel de Charles Xavier:



Apesar de gostar do trabalho de Bryan Singer, já estava na hora dos filmes dos X-Men terem um novo diretor com uma visão diferente. Se bem que Kinberg é parceiro e pupilo de Singer, né? Vamos esperar por mais notícias por enquanto...

Eduardo Spicacci

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Filme da X-Force aparentemente já tem seu diretor e ganha Ryan Reynolds como co-roteirista


Desde o sucesso de Deadpool nos cinemas, parece que o universo de Super-heróis virou o jogo pro lado da FOX. O filme influenciou mudanças radicais para o lançamento com censura máxima de LOGAN este ano e direcionou novos caminhos para equipes alternativas mutantes como a X-Force. Hoje, o site ComicBook noticiou com toda segurança que o estúdio já definiu um nome para a cadeira de diretor de Deadpool.

Joe Carnahan (de Esquadrão Classe A, Blacklist e The Grey) será o diretor do primeiro filme da X-Force e ainda contará com Ryan Reynolds como produtor executivo e co-roteirista. Será que isso indica que teremos o Mercenário Tagarela já dado como certo no filme?

Por outro lado, a sequência de Deadpool ganhou um reforço de peso no roteiro. Segundo o Collider, Drew Goddard (de Cloverfield e primeira temporada do Demolidor) se juntou como consultor para o script que está sendo montado pela dupla Rhett Reese e Paul Wernick, que já é até mesmo premiada pelo que fez no primeiro filme. O diretor já definido anteriormente é John Leitch (da franquia John Wick, atualmente com o segundo filme nos cinemas).

Por fim, apesar do que se havia especulado antes, o diretor James Mangold negou que o filme Logan tenha uma cena pós-credito:


Todavia, há quem especule que o aumento no tempo de filme anunciado na grade de alguns cinemas seja na verdade uma inovação - uma cena brinde ANTES do filme começar. Segundo o Collider, esse aumento do tempo de filme em 3 minutos poderia ser na verdade uma curta brincadeira do Deadpool.

Coveiro

Vote nos MELHORES DA MARVEL do cinema e TV de 2016



É notório que a cada ano, mais e mais da Marvel sai em diversas outras mídias além dos quadrinhos. Quando começamos o Troféu CINE 616 para espelhar as votações que fazíamos nos quadrinhos para o cinema, não havia mais que 3 filmes de todos os estúdios sendo lançados por ano. Hoje em dia, temos quase o dobro disso e ainda uma grande leva de séries. Sendo assim, a lista que preparamos segue recheada este ano. Então, prepare-se para um trabalho difícil para escolher o melhor dos melhores!

Vote no surfistinha ou nos links para acessar a página de votação! Aproveite o clima de Oscar no domingo para se animar e preencher toda a lista!


Resultado de imagem para troféu cine 616

Clique aqui para votar!



Melhor ator coadjuvante
Chiwetel Ejiofor/Mordo (Doutor Estranho)
James D'Arcy/Jarvis (Agente Carter)
Anthony Mackie/Sam Wilson (Capitão América: Guerra Civil)
Sebastian Stan/Bucky (Capitão América: Guerra Civil)
T.J. Miller/Fuinha (Deadpool)
Evan Peter/Mercúrio (X-Men: Apocalipse)
Jon Bernthal/Frank Castle (Demolidor)

Melhor atriz coadjuvante
Emily VanCamp/Sharon Carter (Capitão América: Guerra Civil)
Rosario Dawson/Claire Temple (Demolidor e Luke Cage)
Rachel McAdams/Christine Palmer (Doutor Estranho)
Brianna Hildebrand/Míssil Megassonico Adolescente (Deadpool)
Sophie Turner/Jean Grey (X-Men: Apocalipse)
Deborah Ann Woll/Karen Page (Demolidor)
Ming-Na Wen/Melinda May (Agentes da SHIELD)

Melhor ator ou atriz em papel antagonista
Daniel Bruhl/Zemo (Capitão América: Guerra Civil)
Mad Mikkelsen/Kaecilius (Doutor Estranho)
Mahershala Ali/Boca de Algodão (Luke Cage)
Alfre Wood/Black Mariah (Luke Cage)
Wynn Everett/Madame Máscara (Agente Carter)
Oscar Isaac/Apocalipse (X-Men: Apocalipse)
Brett Danton/Colmeia (Agentes da SHIELD)

Melhor atriz
Simone Missick/Misty Knight (Luke Cage)
Tilda Swinton/Anciã (Doutor Estranho)
Hayley Atwell/Peggy Carter (Agente Carter)
Chloe Bennet/Tremor (Agentes da SHIELD)
Morena Baccarin/Vanessa (Deadpool)
Jennifer Lawrence/Mística (X-Men: Apocalipse)
Elodie Yung/Elektra (Demolidor)

Melhor ator
Chris Evans (Capitão América: Guerra Civil)
Chadwick Boseman (Capitão América: Guerra Civil)
Benedict Cumberbatch/Stephen Strange (Doutor Estranho)
Mike Colter/Luke Cage (Luke Cage)
Gabriel Luna/Motorista Fantasma (Agentes da SHIELD)
Ryan Reynolds/Wade Wilson (Deadpool)
James McAvoy/Prof X (X-Men: Apocalipse)
Charlie Cox (Demolidor)

Melhor direção (filmes)
Tim Miller (Deadpool)
Joe e Anthony Russo (Capitão América: Guerra Civil)
Scott Derrickson (Doutor Estranho)
Brian Singer (X-Men: Apocalipse)


Melhor seriado
Agente Carter (2a Temporada)
Agentes da SHIELD (3.2a e 4.2a Temporada)
Demolidor (2a Temporada)
Luke Cage

Melhor filme
Deadpool
Capitão América: Guerra Civil
Doutor Estranho
X-Men: Apocalipse

Melhor cena pós-credito
Deadpool faz paródia do filme Curtindo a vida adoidado (Deadpool)
Soldado Invernal é congelado (Capitão América: Guerra Civil)
Strange encontra Thor (Doutor Estranho)
Surge a coorporação Essex (X-Men: Apocalipse)


A votação vai até 12 de Março! Escolha apenas uma opção para cada categoria. E não esqueça de colocar seu email corretamente para que possamos validar o voto. E que vença o melhor dentre os melhores!

Coveiro

Funko divulga mais peças ligadas ao filme Homem-Aranha: De volta ao Lar



Se a primeira leva que divulgamos aqui já não fosse pra lá de suficiente, a Funko resolveu atender seu vasto público ampliando ainda mais as peças a serem lançadas em Homem-Aranha: De volta ao Lar. Além de novas opções de pelúcias, Dorbz e chaveiros, se destaca um Pop Funko do Tony Stark na melhor versão playboy do filme. Tá hilário!!





Bom, é certo que isso não acabou por aí! Devem ter ainda peças com o Shocker, que é outro vilão do filme, e demais surpresas que certamente eles estão guardando para o futuro.

Coveiro

Segunda série dos mutantes pelo Canal Fox terá a personagem Blink

Depois de anunciado o ator (cujo papel ainda é uma incógnita) que protagonizará a série ainda sem nome oficial dos X-Men pelo Canal Fox, hoje o Deadline divulgou mais um nome. Segundo o site de notícias, teremos  na série o reforço fantástico da Blink, personagem bem reconhecida pelos fãs leitores do universo mutante.



Jamie Chung, que recentemente esteve como Valerie Vale em Gotham, será Clarice Fong (nos quadrinhos, Fergunson), a Blink da TV. A notícia é recebida como uma boa surpresa tendo em vista que a personagem foi um dos pontos mais elogiados no filme X-Men: Dias de um Futuro Esquecido. Nas telonas, a personagem foi vivida por Bingbing Fan. Realmente, taí um ponto bem a favor dessa série. Se tiver a qualidade que Legião vem mantendo, pode ser algo que surpreenda mais os fãs do que os últimos filmes.

Coveiro

Toy Fair 2017: Diamond Select

A Diamond Select mostrou, nessa Toy Fair, que está investindo pesado em suas licenças Marvel, sejam cinematográficas ou dos quadrinhos. Confira as novidades que a empresa exibiu na feira:


Sua linha mais famosa é a Marvel Select, com action figures de 7 polegadas (escala 1/10) e totalmente articulados. Esse ano, anunciou o Demolidor em sua versão da Netflix; Gwen-Aranha; Lady Deadpool; e o Homem-Aranha e Senhor das Estrelas, ambos dos vindouros filmes da Marvel Studios.







Dentre eles, o que mais me chamou a atenção foi a escultura do Demolidor (principalmente em capturar a aparência do ator Charlie Cox). Além disso, ele é acompanhado da porta do elevador presente na épica luta do corredor que ocorre na segunda temporada da série.



Mas não só de Marvel Select vive a Diamond: ela também possui uma linha de estatuetas chamada Marvel Gallery. Dentre as novidades, estão personagens dos filmes, das séries e alguns até com visuais provindos da das HQs All-New All-Different Marvel Now. O que surpreendeu-me foi a presença de uma estatueta da Riri Willians, a garota que muito recentemente assumiu o manto do Homem de Ferro. 















Além das estatuetas da Marvel Gallery, ela também possui a linha Premium, com peças em uma escala maior e, consequentemente, mais caras. Dentre as novidades, temos o Capitão América e o Homem de Ferro do filme Guerra Civil; Thor baseado na arte do desenhista Walter Simonson; Doutor Estranho com visual cinematográfico; Thanos inspirado na arte de Jim Starlin; Capitão América baseado nos desenhos de Jim Steranko, Wolverine e Psylocke dos X-Men, Homem de Ferro com armadura clássica; e a moderna Spider-Gwen. 







Por último, mas não menos importantes, os Minimates! Esses bonequinhos fazem bastante sucesso, devido ao estilo único e variedade de personagens. Dentre as franquias retratadas, temos Guardiões da Galáxia Vol. 2, Wolverine, Homem-Aranha: De Volta ao Lar, Luke Cage e Punho de Ferro.







E essas foram as novidades da Diamond Select para esse ano de Toy Fair. O que mais me chamou a atenção foi o investimento em muitos produtos derivados das séries da Netflix, ao mesmo tempo que investiram em personagens modernos e clássicos do quadrinhos.


Até a próxima novidade colecionável,

Daniel Urano.