Guardiões da Galáxia vol.2

Entre na dança e veja o que achamos do filme!

MANTIS

Conheça a versão dos quadrinhos dessa misteriosa personagem que chega aos cinemas

Classicos de Logan

Mutação em Debate revisita as histórias do baixinho canadense

THOR: RAGNAROK

Deus do Trovão e Golias Verde voltam a se encarar em Novembro

Inumanos vs X-Men

Mutação em Debate discute o fim da minissérie

LEGIÃO

FOX surpreende em sua primeira série Mutante. Veja o que achamos de Legião.

Cabeça de Teia nos cinemas

Homem-Aranha de volta a Marvel

DEFENSORES

Saiba as novidades da série do ano pelo Netflix

Conheça os Inumanos

Os seres mais misteriosos do universo ganham um seriado de luxo

PUNHO DE FERRO

O que achamos da nova série da Marvel no Netflix?

sexta-feira, 31 de março de 2017

Deadpool volta a atacar todo o Universo Marvel

* Atenção! Informações sobre quadrinho inédito no Brasil

Uma vez só não foi suficiente. O Deadpool vai retornar mais uma vez a mesma premissa de Deadpool Kills The Marvel Universe e vai destruir o Universo Marvel de novo. Obviamente, de lá pra cá muita coisa mudou na Marvel. O Thor, o Wolverine e o Hulk não são mais os mesmos. Portanto, o mercenário vai precisar de novas táticas e ideias para a nova minissérie Deadpool Kills The Marvel Universe Again.



A primeira série teve Cullen Bunn e Dalibor Talajic montando a história. Dessa vez, não exatamente sabemos se os dois irão voltar, mas a imagem divulgada para a imprensa veio com arte de Dave Johnson.

Coveiro

Saiu o resultado dos Melhores do CINEMA MARVEL 2016


Chegamos ao final de Março e, como prometido, ao final do prazo de votação dos melhores do cinema do ano de 2016, finalmente temos aqui os nossos vencedores. Prepare seu traje de gala, pois eis nossos ganhadores chegando ao tapete vermelho:

Para começar, que entre o Melhor Ator Coadjuvante, um novato no universo cinematográfico da Marvel que chegou literalmente detonando. Jon Bernthal apareceu na série do Demolidor como Justiceiro e literalmente roubou o destaque até do Charlie Cox, protagonista da série. Mais que merecido o ator ganhar sua série própria ainda este ano.


Do outro lado, ainda dentro das séries e seriados, a mais que presente Rosario Dawson, nossa Claire Temple, vence como Melhor Atriz Coadjuvante pelas suas aparições tanto na segunda temporada de Demolidor como em seu papel de destaque em Luke Cage, com quem teve um caso romântico também. Sem duvida nenhuma, nossa enfermeira noturna é a versão do Nick Fury das séries da Netflix.

Com isso já podemos até antecipar aqui o prêmio de Melhor Seriado, que vai para nenhum outro senão a segunda temporada do Demolidor. Realmente, apesar dos tropeços em alguns episódios, manteve bem na medida a qualidade da série que nos cativa desde 2015.


E pelo visto a Netflix está com tudo no UCM. Na posição de Melhor Ator ou Atriz em Papel Antagonista foi o recém premiado no Oscar Mahershala Ali, o vilão Boca de Algodão, da série do Luke Cage quem levou o nosso "surfistinha dourado". É merecido, foi realmente um dos vilões de atuação mais impressionante das séries até hoje e competiu só com nomes grandes na lista. Por muito pouco não esteve empatadoc om Daniel Bruhl, o Barão Zemo de Capitão América: Guerra Civil.

Como Melhor Atriz, certamente nos surpreendeu bastante a Tilda Swinton no papel da Anciã no filme do Doutor Estranho. Em uma lista enorme, ela levou disparada a posição na frente das demais. Já como Melhor Ator, até que Benedict Cumberbatch chegou perto, mas o ano de 2016 é um ano de surpresas e olha só Ryan Reynolds levando o prêmio na frente dele por alguns votos.


O prêmio de Melhor Direção foi para Joe e Anthony Russo. Os irmãos que agora tem a difícil tarefa de fazer os próximos Vingadores, mas que já tem o mérito de Melhor Direção por Capitão América: Guerra Civil. É a segunda vez deles aqui nas premiações do Troféu Cine 616 e o mérito de também levar o Melhor Filme do Ano. É isso mesmo, Capitão América: Guerra Civil ganhou disparado.


Por fim, nossa premiação bônus não podia faltar. Para Melhor Cena Pós-credito temos a de Doutor Estranho, com Stephen recebendo a visita de Thor no Sanctum Santorum. De fato, foi algo pra lá de divertido!

E assim encerramos mais uma votação no nosso site. Desta vez foi algo bem equilibrado, de fato, se dividindo bem entre os seriados e filmes e com destaques inquestionáveis. Quer conferir a lista de novo e de forma mais direta? Segue aqui:


Melhor ator coadjuvante: Jon Bernthal/Frank Castle (Demolidor).
Melhor atriz coadjuvante: Rosario Dawson/ Claire Temple (Demolidor/Luke Cage).
Melhor ator ou atriz como antagonista: Mahershala Ali
Melhor atriz: Tilda Swinton
Melhor ator: Ryan Reynolds
Melhor Diretor: Joe e Anthony Russo.
Melhor Seriado: Demolidor
Melhor Filme: Capitão América: Guerra Civil
Melhor Cena Pós-Credito: Doutor Estranho encontra Thor


E que venha a nova safra de filmes do ano! Em 2017 praticamente estão dobrando os números e vai ser realmente difícil decidir quem levará essas categorias na próxima votação.

Coveiro

quinta-feira, 30 de março de 2017

Veja o trailer do novo game dos Guardiões da Galáxia


Ontem mostramos aqui as primeiras informações sobre o novo game dos Guardiões da Galáxia produzido pela Telltale e a novidade de hoje é o primeiro trailer do jogo, com direito a uma aparição de Thanos:


Para mais detalhes sobre o jogo, é só clicar aqui...

Eduardo Spicacci

Confira a entrevista que Tom Holland deu à Variety após o trailer



E mais um trailer de Homem-Aranha: De volta ao Lar saiu e foi um sucesso imediato nas redes sociais. Entregando um pouco mais da trama que veremos só em julho, podemos já adiantar que a ligação com o Universo Cinematográfico da Marvel está cada vez maior e explícita. E para muitos, Tom Holland, o ator de 20 anos que é o mais novo a tomar esse papel, já vem sendo considerado a melhor personificação do herói até agora. Em entrevista à Variety, ele falou sobre o "laboratório" que fez em uma escola de gênios no Bronx antes das gravações e suas primeiras impressões quando vestiu pela primeira vez o uniforme do herói. Confira na integra:


Você era fã do Homem-Aranha antes de pegar o papel?

Fã é uma subestimação. Eu tinha uma fantasia do Homem-Aranha. Eu tinha lençóis, brinquedos, dê o nome para isso. Eu sempre tinha discussões com meu melhor amigo que o Homem-Aranha era muito melhor que o Batman.  Eu era um fã maciço em crescimento.

O que você mais gosta sobre o personagem?

Peter Parker é provavelmente o super-herói que você mais se identifica, porque ele passa por coisas que basicamente a maioria das pessoas passa. Seja pelas questões de puberdade ou falar com as garotas ou fazer o dever de casa, ele faz isso de uma maneira muito humana. É por isso que ele é um personagem tão amado, porque muitas pessoas podem se identificar com ele. Se você perguntar a qualquer garoto com idade menor que 10 anos quais são suas cores favoritas, ele provavelmente vai dizer vermelha e azul, e ele tem ambas.

Você já falou com Andrew Garfield ou Tobey Maguire quando pegou esse papel do Homem-Aranha?

Não. Eu nunca tinha entrado em contato com eles. Mas ambos já falaram coisas muito amáveis sobre isso online. Eu encontrei o Andrew no BAFTA um dia desses. Foi legal. Ele é um cara bem legal e tivemos um papo bacana e depois seguimos caminhos separados.

Sobre o que falaram?

Apenas falamos sobre como ele estava se saindo de modo fantástico e todos os filmes brilhantes que ele tem feito ultimamente. Ele conversou comigo sobre como eu deveria estar animado e quão feliz ele estava comigo. Foi absolutamente demais.

Como foi vestir o uniforme pela primeira vez?

A primeira vez que coloquei o uniforme, não vou mentir, foi um pouco desapontador. Eu fui chamado para ser o Homem-Aranha muito depois, bem no meio do processo de gravar a Guerra Civil. Eles já estavam filmando com o meu dublê antes de eu ter a chance de ir pro set, então eles não tiveram a chance de fazer um uniforme para mim, pois esses uniformes levam semanas e semanas para serem feitos. Então, eles decidiram dar o uniforme do meu dublê para mim. E o meu dublê tem tipo uns 5 a 10 centímetros a mais que eu e é mais parrudo que eu, então a primeira vez que eu provei ele parecia que eu era um homem-aranha triste e magrelo.

Mas então a primeira vez que eu testei de verdade e que cabia em mim perfeitamente foi um dos momentos mais surreais da minha vida. Eu estive sonhando com isso desde que eu era uma criança, e o fato de que estava se tornando realidade bem na frente dos meus próprios olhos foi uma experiência maluca. Eu estava tão orgulhoso de mim mesmo e envaidecido com a minha carreira e onde eu estava no momento.

Quanto tempo leva para estar vestido na roupa do Homem-Aranha?

Isso depende. Tem diferentes versões do uniforme que é para diferentes coisas. Algumas vezes, eu preciso vestir uma malhar interna, o que provavelmente leva uns 45 minutos para tudo ser colocado. Se eu não vestir essa malha, provavelmente levará uns 25 minutos. A parte complicada é ir no banheiro. Você meio que tem que planejar tudo adiantado. Você tem que pensar em tipo "vou precisar ir no banheiro em 45 minutos, então vamos começar a tirar isso tudo". Obviamente é um traje muito caro, então obviamente você não vai querer esfolar ele ao redor dos seus tornozelos.


Com "Guerra Civil", "De volta ao lar" e "Guerra Infinita", você esteve já vivendo o Homem-Aranha por alguns anos. Os filmes se misturam um no outro?

"Todos eles me parecem filmes diferentes. "Guerra Civil" foi tipo um turbilhão e eu não sabia direito o que estava acontecendo ali. Eu fui jogado lá quase no final. "Homem-Aranha" foi o melhor tempo da minha, eu estava com o meu melhor amigo. Filmamos em Atlanta. Filmamos todos os dias e foi algo absolutamente demais. "Vingadores" está sendo insano, porque eu estou nos sets todos os dias com os atores que eu sempre sonhei em trabalhar. Eu sou tão fã deles como qualquer um aqui".

A Sony resolveu seguir adiante com vários planos de spinoffs do universo do Homem-Aranha. Você irá aparecer em Venom ou Gata Negra?

Não tenho ideia. Não li o script. Eu não vi nenhum tipo de concept art, então isso será algo que eu vou decidir quando ver o material

Você faz as suas cenas de ação?

Eu faço a maioria que me permitem.



Você esteve no Bronx High School of Science na cidade de New York City para se preparar para o papel. Foi como esperava?

Eu fiz uma piada com a Marvel que eu queria ir pra uma escola disfarçado para ter a experiência de como era uma New York high school de verdade. E eles levaram isso a sério. Então, eu fui pra uma escola por três dias disfarçado. Eu coloquei um sotaque americano e tudo. Meu nome era Ben Perkins. O problema é que a Bronx School of Science é para gênios e eu não sou nem metade disso. Você tem que passar por um extensivo exame no processo para entrar. Muitos estudantes ficaram confusos sobre o que eu estava fazendo lá e eu acho que um monte de professores também. Então os professores ficavam me testando e me perguntando algumas questões, e acredite em mim, de modo algum eu sou cientista. Mas foi divertido e aprendi muito sobre essas escolas. Um dos personagens chaves do filme, o Flash Thompson, foi largamente interpretados por essa minha jornada. Os Bullies agora não são apenas brincadeiras. Agora eles são garotos ricos em carros bacanas e roupas chiques. Nós temos agora ais um bully esnobe do que um bully com brincadeiras.

Porque escolheu o nome de Ben Perkins?

É o meu instrutor de atuação. Ele estava comigo naquele momento em Nova York. Eu tentei um outro nome, mas quando alguém me perguntou meu nome eu entrei em pânico e disse na hora Ben Perkins. Então segui com ele.

Você falou pra alguém na escola que era o Homem-Aranha?

Eu disse pra uma pessoa no meu último dia e se espalhou como um incêndio. A garota chegou pra mim e falou 'Qual é a sua?' e eu disse 'Sou o Homem-Aranha' e ela não acreditou. Ela pensou que eu era apenas um maluco.

Há muitos segredos a serem guardados no filme da Marvel. Como faz pra guardar esses segredos de amigos e familiares?

Supostamente você deve ser incrivelmente reservado. Eu posso não ser tão reservado como gostaria. Eu recentemente cheguei em casa dos Vingadores e você deve supostamente entregar o script depois de terminar ler ele. Eles supostamente só te entregam as páginas para aquele dia e eu acidentalmente levei elas pra casa e aparentemente houve um grande pânico dentro do estúdio, pois ninguém conseguia achar meu script e eu fiquei com medo de que eu seria mandado embora. Então, eu coloquei um video no instagram tocando fogo neles na lareira do meu pai apenas para provar de que eles não estavam com mais ninguém.

No que esse filme do Homem-Aranha é diferente dos demais?

Definitivamente focamos no jovem super-herói. Do vasto montante de filmes de super-heróis que vimos, já vimos o soldado, o cientista, o bilionário e agora é a vez de ver a criança. Há algo interessante em dar poderes a um jovem de 15 anos e ver o que ele irá fazer com eles. Eu realmente acredito que um garoto de 15 anos estaria no auge da sua vida. É importante ver o Peter Parker aproveitando seus poderes, mas também usando-os pro bem.

Recentemente, também vimos a produtora da Sony Amy Pascal, que ajudou a unificar os dois universos e dando entender que a parceria entre a Marvel e Sony terminaria seu prazo após a sequência de Homecoming. Confira aqui. Contudo, em nenhum momento ela deu entender que esse contrato que uniu os dois não poderia ser renovado como se espera caso os filmes de ambos não sejam um estupendo sucesso. Por hora, nós aqui vamos nos afastar do alarmismo e esperar algo mais concreto a vista para poder comentar a respeito.

Coveiro

Guardiões do Infinito: Os Guardiões contra-atacam!



Três guardiões do presente (Rocky Racum, Groot e Drax, o Destruidor), juntamente com a equipe do ano 3000 ( Vance Astro, Martinex, Charlie-27 e Nikki Gold), uniram-se a uma "nova" equipe que atuava há mil anos atrás : Stella Nega, a líder, acompanhada de Aerólito, Astrolábio (que abriga uma estrela incandescente em seu interior), Tua Zon e Torre Celeste para combaterem um inimigo em comum, o poderoso Hermetikus, que comanda uma horda de "guerreiros soberanos". 

Nas batalhas ferozes que se seguiram, Charlie-27 e Torre Celeste foram "genecrutados", ou seja, tiverem seus genes mesclados com o dos invasores para engrossarem a fileira de seu exército. Todos os demais foram aprisionados e o cérebro de Rocky, arrancado para se reunir aos demais que estão acoplados na armadura do vilão devidos aos seus talentos de "gênio tático". O cérebro do antigo especialista, o General Korz, foi colocado no corpo do racum como represália ao seu mal desempenho na função. 




De maneira surpreendente, Stella conhece muito bem o homem que se tornou Hermetikus, o Dr. Tyreeze Tarolt,  devido ao fato dele ter sido membro fundador de sua equipe. Infelizmente, ela percebe que o vilão decidiu extrapolar o sonho original dos Guardiões de manter a paz universal, utilizando sua enorme base "trans-temporal" para alcançar possíveis ameaças futuras em todas as épocas e exterminá-las. 

O que acontecerá em seguida será trazido por nós pelo roteirista Dan Abnett e o roteirista Carlo Barberi na conclusão da minissérie "Guardiões do Infinito ", cujos capítulos de #5 a #8 foram publicados em Universo Marvel #3 e #4 pela Panini.

Tua Zon utiliza os seus dons telepáticos para libertar Vance Astro, mas quem é solta de fato é a jovem Nikki Gold, que precisa atender à ingrata incumbência de libertar os outros. Ela enfrenta uma resistência feroz de seus inimigos, mas encontra Astrolábio, que estava aprisionado em outro local. O combate se intensifica mas, num arremesso desesperado, a jovem liberta o seu poderoso aliado.




Enquanto isso, Stella convence o General Korz a se unir a ela contra Hermetikus. Ele solta a moça e ambos se dirigem de encontro ao vilão, que já esperava por eles. Stella se ocupa de distrair Tyreeze para que Korz liberte os prisioneiros. Hermetikus percebe o estratagema e ordena que Rocky libere os soberanos para que eles possam iniciar a sua missão de espalhar a "paz universal". 

Stella se revolta e agride seu antigo colega de equipe, mas ela não é páreo fisicamente para ele, que começa a estrangulá-la. A ação é interrompida por Rocky, que revela que as forças que acabara de enviar estão acelerando direto a uma parede sólida. Ou seja, ele usurpou o comando da armadura do vilão e o força a se "auto-agredir". Korz dispara contra seu antigo mestre, mas o resultado é ineficaz. Antes que Stella e Korz encontrem seu fim nas mãos dos soberanos, as três equipes reunidas de Guardiões da Galáxia fazem uma investida final contra seus inimigos. 




A batalha começa e Stella ordena que Rocky desative o sistema soberano. Hermetikus se enfurece com a ideia mas é inútil, pois ele mesmo concedeu a Rocky acesso ao seu "wi fi". Assim, todos os soberanos recobram sua forma original, inclusive Charlie-27, que nocauteia o vilão com um murro devastador. 

A paz retorna ao ambiente e Rocky e Korz, aos seus corpos originais. O cérebro de Hermetikuz é aprisionado, isolado de seu corpo físico. O antigo general assume a missão de supervisionar a volta de todos os antigos soberanos a seus lugares de origem. 

As equipes iniciam suas despedidas. Drax pergunta quando exatamente os Guardiões foram fundados, já que os Guardiões do ano 3000 alegam serem os originais, mas existe essa outra equipe que atuou há 1000 anos atrás em relação ao nosso presente. Charlie-27 responde de maneira enigmática: "talvez isso ainda não tenha acontecido, Drax". Sem mais nada a dizerem uma pra outra, as equipes se separam e cada uma volta para suas respectivas épocas, com votos de se encontrarem novamente.



Está minissérie é um material interessante. A leitura é agradável, despretensiosa, mas não diria "indispensável". Gostaria de elogiar novamente Dan Abnett, que criou uma nova equipe com personagens de bom potencial. Achei forçado que Hermetikus tenha escolhido o cérebro de Rocky como seu novo estrategista, já que o de Vance e Martinex estavam "à disposição", mas isso não atrapalhou o desenvolvimento da história. Carlo Barberi manteve o bom nível de qualidade de seus desenhos e de sua narrativa. 

Pelo menos por enquanto, a Panini não publicou os "team ups" que vinham com as edições originais da minissérie. Agora que ela se concluiu, acho pouco provável que o faça. Contudo, isso não encerrará a participação da equipe na revista Universo Marvel, pois está programada para a próxima edição a estreia da série "Guardiões da Galáxia: Grandes Encontros", em que a equipe do presente atuará conjuntamente com outros heróis. 

C@rlos




quarta-feira, 29 de março de 2017

Game de Guardiões da Galáxia da Telltale tem data de estreia divulgada


A primeira parte das cinco do novo jogo dos Guardiões da Galáxia produzido pela Telltales já tem data pra chegar as plataformas as quais ele estará vinculado. Ele estará disponível para download em 18 de abril, praticamente 10 dias antes da estreia do filme no Brasil. Já a cópia física será distribuída nas lojas em 2 de maio.






No resumo oficial temos: "Guardiões da Galáxias da Marvel: A série da Telltale" entregará uma nova história no universo desses improváveis heróis, o bando de perdedores e foras da lei que atendem pelos nomes de Senhor das Estrelas, Gamora, Drax, Rocket, e Groot. No despertar de uma batalha épica, os Guardiões descobrem um artifato de poder indescritível. Cada um dos Guardiões tem um motivo para desejar a relíquia, assim como um inimigo impiedoso que é o último de sua raça, e que não vai parar por nada até ter isso nas suas mãos. Da Terra para a Milano para Luganenhum e além, e com u mix de fantásticas músicas, essa série de cinco episódios colocará você nas botas-foguetes do Senhor das Estrelas numa aventura original dos Guardiões e sendo contada de um jeito único no estilo premiado da Telltale, onde suas decisões e ações trilharam seu caminho pela história que você experimentará".

Coveiro

Nova imagem do crossover Armas de Destruição Mutante

*Atenção! Informações sobre quadrinhos inéditos no Brasil!

Foi com muita desconfiança que os leitores receberam um teaser misterioso publicado pelo editor chefe da Marvel Axel Alonso tempos atrás. Tudo porque, de uma maneira inexplicável, parecia que alguém estava criando uma espécie de híbrido entre dois personagens clássicos que hoje estão dados como mortos. No final, tudo se revelou como sendo um crossover entre dois títulos escritos por Greg Pak. Essa semana, Alonso publicou mais uma imagem teaser e deu mais detalhes sobre essa história:




A nova imagem vista acima veio acompanhada da palavra código "marca azul", sem detalhes sobre o que se trata. Anteriormente foi revelado que o projeto Batch-H será o cerne do crossover entre o Totalmente Incrível Hulk e a nova série do Arma X no ResurrXion. "Sim, é muito interessante não? Você saberá do que se trata o Batch H. Parece espetacular, não?" disse Greg Pak numa entrevista publicada anteriormente.

No resumo oficial do crossover temos: "A Guerra contra a raça mutante nunca terminou, as armas só ficaram mais letais. O misterioso diretor do Programa Arma X está por trás da recente criação de novos soldados - um tipo que consegue se esconder à luz do dia e é mortal o suficiente para derrubar o Dentes de Sabres e o Velho Logan. O novo alvo do Arma X? O gama-irradiado Amadeus Cho. Quando Amadeu Cho é obrigado a se aliar com caçadores e assassinos para sobreviver, o que ele se tornará?"

O crossover "Armas de Destruição Mutante" só começa em Junho de 2017, com a edição Weapons of Mutant Destruction Alpha. Contudo, uma edição antes em The Totally Awesome Hulk #19 de Maio, teremos uma espécie de prelúdio com participação do Velho Logan e Dentes de Sabres. "Vamos começar a descobrir qual o interesse do Arma X no Hulk. Vamos começar a descobrir como o Hulk se encaixa nessa história e ver o que os membros de nossa equipe e o Hulk em pessoa tem a dizer sobre isso e como eles se sentem sobre isso, e ver o que acontece quando eles estão juntos" disse Pak.

Coveiro

Shuri aparecerá no filme do Pantera Negra



No final de outubro do ano passado, a atriz Letitia Wright foi confirmada também como parte do elenco do filme do Pantera Negra para um papel até então não revelado. Ontem, no entanto, foi anunciado oficialmente no Cinemacon que ela viverá Shuri, a irmã caçula de T'Challa.




Além disso, sabemos que  a produção do Pantera Negra estava na Coréia do Sul realizando algumas filmagens externas. Uma perseguição de carros aconteceu nas ruas de Busan e obviamente alguns transeuntes pegaram seus celulares para registrar o momento. Agora temos a primeira foto oficial vindo diretamente do site da Walt Disney Korea:




A cena em questão envolveu cerca de 150 carros e mais de 700 figurantes, com direito a perseguição de helicópteros e tiroteios. Quem quiser ver as fotos tiradas na semana passada, basta clicar aqui.

Dirigido por Ryan Coogler, o Pantera Negra tem no elenco Chadwick Boseman como T’Challa, Michael B. Jordan como Erik Kilmonger, Forest Whitaker como Zuri, Lupita Nyong’o como Nakia, Angela Bassett como Ramonda, Danai Gurira como Okoye, Daniel Kaluuya como W’Kabi, Winston Duke como M’Baku, Sterling K. Brown como N’Jobu, Florence Kasumba como Ayo, Martin Freeman como Everett K. Ross e Andy Serkis como Ulysses Klaue. A estreia esta marcada para 16 de fevereiro de 2018.


Coveiro

Wernick e Reese voltam a falar do filme do Venom e de Deadpool 2



Os roteiristas Paul Wernick e Rhett Reese estão com a corda toda esses dias. E não exatamente para falar de Deadpool 2. Com a estreia de seus suspense Sci Fi chamado Life, teorias malucas envolvendo suposta ligação com Homem-Aranha 3 e o anúncio do filme solo do Venom, a dupla resolveu aproveitar os holofotes e se promover ainda mais. E como ambos já trabalharam muito tempo atrás numa versão de script para o simbionte nos cinemas, é óbvio que eles tem algo a dizer sobre isso:

"Não lemos aquele script já faz um bom tempo. Estávamos por aí nos sets das filmagens de Zombieland e nos debruçamos sobre isso. Acho que foi em torno de 2007, 2008... Não lendo mais desde então, é difícil falar. Mas lembro que estávamos muito orgulhosos daquele roteiro. Minha aposta é que terá algo que se voltarmos nele e lermos, provavelmente gostariamos de mudar as coisas, mas acho que pensaríamos em algo do tipo - Oh, céus, isso é legal" - explicou Wernick ao The Hollywood Reporter

Rheese foi suncinto em falar que provavelmente a Sony não aproveitará nada daquela história. "Eu não acho que aquele rascunho será usado para a criação do filme. Eles tinham que seguir adiante dele já há algum tempo. E já teve outros roteiristas depois" explicou Rheet e Paul complementou "Talvez algum ou outro elemento dele tenha sobrevivido, mas deve ser só isso".

Os dois também deram uma pista sobre o filme do mercenário tagarela. "Estamos perto de fechar um rascunho que será enviado e começaremos a filmar em poucos meses e não podíamos estar mais animados" revelaram. E quando o entrevistador deu uma ideia para Hugh Jackman fazer uma ponta como ator e não Wolverine, Reese pirou coma possibilidade. "Oh, caramba, não pensamos nisso. Não é má ideia. Gostei disso. Deadpool vive num mundo em que Hugh Jackman está por aí. Ele está como capa da pessoa mais sexy viva de uma revista e ele estampa a imagem na frente da sua cara no primeiro filme. Então, ele bem que poderia encontrar o Hugh como Hugh. Isso seria de fato divertido".

Deadpool , que estreou no nao passado na pele de Ryan Reynolds, foi o sucesso mais surpreedente de 2016. No elencon, temos Morena Baccarin, Ed Skrein, T.J. Miller, Gina Carano, Leslie Uggams, Brianna Hildebrand, e Stefan Kapičić. A direção ficou sob a batuta do brilhante Tim Miller.

Coveiro

terça-feira, 28 de março de 2017

Legion começa a mergulhar no universo dos X-Men


Legion despontou logo de início como uma série "diferentona". Com uma estética bastante pessoal e uma narrativa nada linear, conquistou o seu público. Entretanto, o programa ainda carecia de raízes mais firmes que despertassem o interesse dos fãs dos quadrinhos. A espera acabou. Legion abraçou de vez esse seu lado X-Men.

Os episódios 6 e 7 mostraram os principais personagens em uma espécie de prisão mental, incorporada como o hospital psiquiátrico apresentado no início da temporada. E a responsável pela prisão é ninguém menos do que a Lenny (Aubrey Plaza) se assumindo como o monstro.

Enquanto isso, os corpos reais dos personagens estavam sendo atacados pelo governo, que ainda está buscando o David Haller.

Para fugir do transe, a galera precisou da ajuda de Oliver Bird (Jemaine Clement), que aparentemente conseguiu fugir do plano astral em que estava preso. Mas para isso, todos tiveram de enfrentar o monstro e as loucuras que a prisão mental ofereceu.

A exceção foi o David, o original. Ele estava preso em uma espécie de prisão psicológica, o que permitiu que o monstro tomasse controle de todos os seus poderes. Para se soltar, teve de mergulhar de cabeça em uma breve jornada de autoconhecimento.


Em uma conversa com ele mesmo, entendeu melhor a sua origem. Seu pai, um careca telepata (hmmmmmmmmm) enfrentou outro telepata muito poderoso chamado Amahl Farouk, o Rei das Sombras. Seu pai pensou ter derrotado o vilão, por algum motivo ele foi doado, mas Farouk o seguiu e o corrompe desde pequeno.

Entendendo o que é e porque sofre tanto, David opta por enfrentar de frente os seus problemas e desperta com seus amigos. O Olho, que trabalhava com o governo, foi morto pelo Rei das Sombras. E para que o vilão não conseguisse mais lhe controlar, Cary (Bill Irwin) entrega ao Legião uma tiara que mantém o inimigo controlado.

O que poderia significar um momento de paz, se revela mais uma dor de cabeça. Momentaneamente David está sob controle, mas o governo encontrou o santuário no qual os mutantes estão vivendo e estão dispostos a matar todo mundo.


Legion se encaminha para o final da temporada. Até o momento foram 7 episódios ótimos, que trazem um frescor diferente para os shows relacionados aos heróis dos quadrinhos. Agora é aguardar para ver se a temporada termina com a mesma qualidade.

Confira o review que o pessoal do Canal Side Quest fez sobre o sétimo capítulo.


Veja também a promo do último episódio desse primeiro ano.

Legion é exibida aqui no Brasil, de forma dublada, todas as quintas-feiras, às 22h30, no canal FX.

OBS: Pai careca, telepata e que usa uma cadeira de rodas com um X nela. Será que no último episódio teremos um vislumbre melhor de Charles Xavier?


Kinhu Heck

A nova revista Surpreedentes X-Men terá um artista diferente por edição

* Atenção! Informações sobre publicações inéditas no Brasil

A última revista X que fará parte da resurrXion foi revelada algumas semanas atrás. Os Surpreendentes X-Men terá roteiro do mais novo escritor medalhão da Marvel, Charles Soule, que nos últimos anos esteve cuidando do lado mais inumano da Marvel. Todavia, durante o anúncio, a Marvel resolveu esconder quem seria o responsável pela arte do título. O mistério acaba agora.



A capa divulgada já era uma pista muito forte. E é realmente Jim Cheung (de Infinito) que cuidará da primeira edição. Mas a novidade não para por aí. Segundo o editor chefe da Marvel,  Axel Alonso, a cada nova edição de Surpreendentes X-Men teremos um artista convidado cuidando daquela história. Dentre os nomes que já podemos listar com presença garantida temos Ron Garney, ACO, Phil NOto, Greg Land e Ramon Rosanas.

"A ameaça que nossos heróis vão encarar passam pelos quatro cantos da mitologia dos X-Men. Então, em cada edição ilustrada por um artista diferente vamos nos aprofundar em um dos pedaços favoritos do cerne dos X-Men, com algumas surpresas que vão saltar aos olhos ao longo do caminho. A última página da primeira edição definitivamente qualifica-se como sendo um destes casos e certamente vai fazer os fãs dos X-Men muito feliz" disse Alonso.

No resumo oficial temos: Velho Logan, Arcanjo, Mística, Vampira, Gambit, Bishop, Psylocke e Fantomex. Reunidos, eles serão os Surpreendentes X-Men. Mas o que trará essa coleção eclética de heróis juntos? Uma ameaça familiar mais uma vez aparecer com sua cara horrorsa - renascida, renovada e ressuscitada. Para derrotar um de seus mais mortais inimigos e resgatar um dos seus, os maiores X-Men vão se juntar para uma missão que os levarão para lugares que sequer imaginávamos.

Coveiro

Diretor de Homem-Aranha fala sobre Venom e Controle de Danos



O dia de hoje está cheio de novidades sobre o novo filme do Homem-Aranha. Logo pela manhã tivemos o lançamento do segundo trailer de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, seguido por alguns depoimentos do ator Tom Holland, o novo Peter Parker do cinema. Agora é a vez do diretor Jon Watts falar um pouco sobre o novo filme da Marvel Studios.

Em entrevista ao Fandango, Watts confirmou que a tal empresa de Tony Stark que desbancou a de Adrian Toomes, o Abutre, na reconstrução de Nova York após os eventos de Vingadores 1 (mais detalhes aqui no link) é mesmo a Controle de Danos. Aliás, vale lembrar que há tempos a ABC anunciou o projeto de criar uma série de TV focada na clássica empresa surgida nos quadrinhos da Marvel.

"Da mesma maneira que Peter nos dá a visão realista do que é ser um garoto de 15 anos de idade em uma Nova York que foi quase destruída por alienígenas antes que os Vingadores aparecessem, também se pergunta, depois de todas aquela enorme destruição causada, quem é enviado para limpar tudo? Quem é contratado para fazer algo assim? Será que se tornar uma operação do governo é perigoso? O que você faz com todas as partes de corpos alienígenas que encontra? Eu realmente gosto de fazer essas perguntas práticas sobre este mundo e, em seguida, usar isso para dirigir o história." - explicou Jon Watts.

Sobre o anunciado filme do Venom pela Sony, o diretor descartou qualquer ligação com o Universo Cinematográfico Marvel: "Não está conectado ao mundo da Marvel, então isso é realmente intrigante... O que será? Eu não sei nada sobre isso. Não está conectado, então não há essa sobreposição. Estou focado no meu filme agora."

Watts ainda disse que Homem-Aranha: De Volta ao Lar está repleto de easter eggs e, obviamente, terá sua cena pós-crédito.


Eu sinceramente não sei o que esperar de um filme do Venom (e da Gata Negra e Silver Sable) sem o Homem-Aranha. Vamos aguardar para ver mais detalhes... Enquanto isso, vou assistir pela milésima vez o novo trailer do Aranha...

Eduardo Spicacci

Livro sobre a história da Marvel no Brasil chega em abril

Em abril vamos ter acesso a histórias únicas dos bastidores da Marvel, só que desta vez, é aquela que aconteceu no Brasil. Quem acompanhou nosso podcast sabe um pouco do que estamos falando. A Casa das Ideias completa 50 anos de presença em terras tupiniquins em 2017 e eis que um livro escrito por um dos maiores colecionadores de gibis do Brasil, Alexandre Morgado, chega pela editora Laços para contar mais detalhes de como tudo isso se deu. Veja as imagens da capa e resumo oficial:






O livro " Marvel Comics: A Trajetória da Casa das Ideias no Brasil", publicado pela Editora Laços, narra a chegada da Marvel nos anos 40 quando era chamada por Timely, e conta um pouco da história da editora fundada por Martin Goodman no final doas anos 30, até a criação da Marvel nos anos 60. Eu conto como foi que a Marvel chegou ao Brasil, passando pelas primeiras publicações, pelo jornal O Globo ( Namor e Tocha Humana), Diário da Noite ( com o Capitão América em o Guri) até o período Atlas dos anos 50, publicados no Brasil, pela La Selva e a Novo Mundo. E por fim com os lançamentos da Ebal em 1967, passando por todas as editoras nanicas ( GEP, GEA, Trieste, Paladino, Dado, Minami & Cunha, Gorriom, Roval, Graúna, etc) e claro, pelas principais como Bloch, RGE, Abril, Panini e Salvat.  No total foram 40 editoras, desde aquela que publicou apenas 01 revista ( como a Maceca, por exemplo) até as maiores do ramo.  O livro narra o tumultuado mercado brasileiro de quadrinhos, e a Marvel é pivô dessa verdadeira saga editorial.


Além dos editores, o livro conta com depoimentos de alguns dos maiores colecionadores e entusiastas dos quadrinhos do Brasil. Os editores Manoel de Souza da revista Mundo dos Super-Heróis e Roberto Guedes, a letrista Lilian Mitsunaga e o jornalista da Folha, Thales de Menezes.



São mais de 40 editoras que editaram o universo criado por Stan Lee, Jack Kirby e Steve Ditko no Brasil e o livro conta com depoimentos de  editores e profissionais que fizeram parte desta história como Ota Assunção, Edno Rodrigues, Mário Amiden, Felipe Ferreira, Hélcio de Carvalho, Jotapê Martins, Sérgio Figueiredo, Leandro Luigi Del Manto, Marco Moretti, Marcelo Alencar, Roberto Guedes, Daniel Lopes, Alexandre Callari, Levi Trindade, Fernando Lopes, Manoel de Souza,Vitor Donofrio,Marco Lupoi, e diversos outros. O livro “Marvel Comics – A Trajetória da Casa das Ideias no Brasil” narra o tumultuado mercado brasileiro, mostrando como funcionavam as publicações de quadrinhos, desde os anos 1940 até os dias de hoje. Esse livro é uma homenagem a todas as editoras brasileiras, da menos conhecida até as maiores do ramo,passando pelas principais histórias de cada editora, destrinchando, em detalhes, todas as fases da Marvel Comics no Brasil.

O lançamento será no Festival Guia dos Quadrinhos dia 08 e 09 de abril, no clube Homs na Av. Paulista n° 735 a partir das 12:00. O livro tem 288 páginas e custa R$ 49,90.

Coveiro

Tom Holland finalmente comenta sobre os anúncios do filme do Venom e da Gata Negra e Silver Sable

A essa altura do campeonato, certamente você já viu e vibrou com o segundo trailer de Homem-Aranha: De volta ao lar, correto? O filme passou ontem em primeira mão para quem estava no CinemaCon e Tom Holland imediatamente foi a público fazer os primeiros comentários sobre o filme e também sobre a possibilidade de aparecer nos recém anunciados filmes da Sony ligados ao universo aracnídeo.



"Eles me parecem filmes diferentes para mim. Guerra Civil foi como um turbilhão e eu não sabia de fato o que estava acontecendo. Eu fui escalado lá pro final. Já Homem-Aranha foi o melhor da minha vida até agora. Eu estava lá com meu melhor amigo. Filmamos em Atlanta. Filmamos todos os dias e tivemos um grande momento. Vingadores está sendo uma maluquice porque estamos lá nos sets todos os dias com atores que nunca sonhei que poderia trabalhar. Eu sou tão fã aqui quanto qualquer um" - disse o jovem ator.

Para a Variety, o ator falou que não recebeu nenhum conselho de outros atores que viveram o personagem: "Ambos disseram coisas amáveis para mim online. Eu encontrei com o Andrew no Bafta outro dia. Foi legal. Ele é um cara muito legal e tivemos a chance de conversar um pouco só e depois seguimos caminhos separados. Falamos de quão fantástico ele está se saindo e todos os filmes brilhantes que ele tem feito. Ele comentou que eu devo estar muito agitado e disse que estava feliz por mim. Ele foi legal".

E sobre as novas propostas de filmes da Sony como Venom e o dueto da Gata Negra e Silver Sable, Tom Holland não tem muito ainda o que dizer: "Eu não tenho a mínima ideia. Eu não li nenhum roteiro. Eu não vi nenhum tipo de concept art, então vai ser algo que só vou decidir quando tiver visto algum tipo de material".

Estreando nos cinemas em Julho, Homem-Aranha: De Volta ao Lar traz além de Tom Holland e Michael Keaton, os atores Zendaya, Donald Glover, Jacob Batalon, Laura Harrier, Tony Revolori, Tyne Daly, Bokeem Woodbine, Marisa Tomei, e Robert Downey Jr.

Coveiro

Saiu o segundo trailer de Homem-Aranha: De volta ao lar



E a notícia mais aguardada do dia finalmente está aqui no seu site brasileiro sobre a Marvel favorito. O segundo trailer de Homem-Aranha: De volta ao Lar já está disponível e legendado. Confira:


Estreando nos cinemas em Julho, Homem-Aranha: De Volta ao Lar traz além de Tom Holland e Michael Keaton, os atores Zendaya, Donald Glover, Jacob Batalon, Laura Harrier, Tony Revolori, Tyne Daly, Bokeem Woodbine, Marisa Tomei, e Robert Downey Jr.

Coveiro

Doutor Estranho: Magia em extinção

 Normal não é uma palavra que se encaixe bem em qualquer coisa na vida do Doutor Stephen Strange, o Mago Supremo do atual universo regular da Marvel. Contudo, certamente há algo de incomum acontecendo no espectro místico lá fora e os primeiros sinais foram dados na edição de número #1 do Doutor Estranho lançada aqui no Brasil. Agora, seguindo a história nos números #2 e #3, podemos estar presenciando literalmente os últimos dias de magia da nossa realidade.



Em mais uma cena bizarra que somente a arte de Chris Bachalo poderia nos fornecer, o começo desta nova história tem um Doutor Estranho literalmente nu fugindo pelo plano astral de lesmas azuis een'gawori extradimensionais. Como elas chegaram até aqui, fica pra desvendar outra hora. Agora, Stephen tem que se proteger delas e a única coisa que consegue arrumar é o tal machado que ostentava desde a capa da primeira edição. Ainda assim, fatiar elas não adiantaria por muito tempo e era necessário o Mago Supremo fazer o que ele definia como um sacrifício maior para acabar com aquela ameaça. Assim, "arrancou" pela boca seu "coração astral" e deu para os bichos se alimentarem. Apesar dos efeitos que isso causou indiretamente nos civis alheios a situação, a resolução não durou muito. O próximo passo era seguir até o Sanctum Sanctorum e reaver o seu corpo físico para lidar melhor com a situação.

Pegando carona numa das próprias lesmas extradimensionais, Stephen encontra seu lar pior do que a situação do lado de fora. Wong tentava proteger seu corpo moribundo de ser comido e estava mal conseguindo. Uma vez de volta ao mundo físico, ele conseguiu conjurar um feitiço completo e alimentar as monstrinhas até a exaustão. Uma vez tudo calmo, Strange pode refazer seus passos que o levaram até aquela situação. Então, descobrimos que ele tentava entrar pela porta de Fandazar Foo quando foi atacado pelas lesmas. Do outro lado deveria ser um lugar de pura e rica magia, mas agora não restava nada além de um cinza morto do outro lado. As lesmas atravessaram para o nosso plano porque a magia daquele lugar de onde elas viviam morreu.

Ao investigar a cinzenta e morta Fandazar Foo, Strange encontrou outros magos supremos de realidades distintas mortos e expostos para aterrorizar quem os encontrasse ali. E mal sabia Strange que estava sendo observado por um espião ali, um dos lobos matabruxos deixado para trás pelos misteriosos membros do Epirikul. Agora, os vilões sabiam da existência de Strange e o Imperador deles iria pessoalmente atrás de mais uma de suas vítimas.



Um interlúdio nessa história traz um flashback do começo de Stephen Strange no aprendizado de suas artes místicas com o Ancião. Numa de suas primeiras e mais árduas aulas, ele acabou descobrindo de um modo doloroso o que significa o termo "a magia cobra seu preço". E até hoje, ele vem pagando aos poucos o seu. A cada uso das artes, seu corpo sofre fisicamente e vomitar quase as entranhas é só parte do pacote. Então, voltamos ao presente, no 'Bar sem Portas' onde a maioria dos místicos se reúnem e quase todos estavam ali dessa vez depois da convocação urgente do Mago Supremo. Feiticeira Escarlate, Magia, Damian Hellstrom, Irmão Vodu, El Medico Místico,  Professor Xu, Mahatma Doom, Conde Kaos e alguns outros foram colocados a par da situação e deveriam se preparar pro pior.

A reunião teve que ser abruptamente interrompida por uma ligação urgente de Wong. Ao retornar pra casa, Strange encontrou sua nova amiga e bibliotecária do Sanctum Sanctorum, Zelma Stanton, preocupada porque um livro de magia estava simplesmente morrendo. Enfraquecido, Strange precisava se alimentar para repor suas energias místicas e aí descobrimos pela primeira vez os motivos de coisas tão estranhas estarem na geladeira daquele casarão. Certamente, não estava nos planos de Zelma descobrir que o cardápio de um Mago Supremo era por demais nojento para ter a "energia" necessária para realizar seus truques.

Após a refeição nada apetitosa, Strange dispensa Zelma e atravessa mais uma das portas místicas do Sanctum para chegar até o templo submerso de Watoomb. Todas as defesas místicas do lugar estavam desativadas e ao finalmente entrar no cerne do lugar, ele descobre que não foi magia, mas sim um artefato de avançada tecnologia que desativou os poderes de Watoomb. Sem tempo para fazer o médico pensar, aquele constructo que parecia estar vivo atacou o Mago Supremo. Coisas similares aquilo surgiram bem no meio do Sanctum Sanctorum também. E muito mais já deveriam estar se espalhando mundo afora. Ao derrotar aquela primeira máquina, não restou mais tempo para Strange a não ser avisar telepaticamente aos demais místicos sobre o problema.



Enquanto isso, outro interlúdio no mostra que Wong também tem seus segredos guardados. Algo que ele nunca revelou ao seu amigo está escondido nas entranhas do Himalaia. Lá, temos um templo de "Discipulos Secretos do Estranho", que são disciplinados e treinados secretamente para se sacrificar e ajudar Estranho a pagar os altos preços da magia (mesmo sem o Doutor saber). O problema é que mais daqueles constructos misteriosos caíram do céu próximo ao templo e podem ser a última ameaça direta as reservas físicas de sacrifício do Estranho. E assim como no fundo do oceano e no himalaia, mais desses aparatos do Epirikul surgem em lugares do nosso mundo banhados por magia - Monte Wundagore, Mundo Estranho Everglades, Machu Pichu e até mesmo o Bar sem Portas. Todos sendo protegidos como nunca pelos místicos aliados ao Estranho.



E enquanto o mundo parece desabar, o Mago Supremo tem que ao menos sobreviver ao ataque de lobos matabruxos que o esperavam na saída daquele templo. Para vencer, mais uma vez Stephen teve que recorrer a um pavoroso feitiço de magia negra atlante que tinha como preço fazer com que ele (e seus discípulos secretos) sangrassem torrencialmente pelos olhos. Aquele foi poder suficiente não só para lidar com os lobos, como também voltar ao Sanctum e destruir os constructos mecânicos que circundeavam o casarão.

Aquela ação certamente chamou a atenção do Imperador dos Epirikul. Ele próprio decidiu ir até a Nova York confrontar o Mago Supremo da nossa realidade e trazia consigo o maior dos constructos assassinos de magia visto até então. Apesar de muito feriado, a luta contra Strange não foi fácil. O Sanctum era recheado de defesas automáticas místicas que deteve boa parte do exército do Epirikul. E ao longo de todo o globo, os demais místicos não pareciam estar em situação melhor. Era preciso mais do que poder praquela situação. Era preciso até mesmo um pouco de malícia para lidar com ataque tão repentino e traiçoeiro.

Na rua Bleckeer, Estranho continuava usando tudo o que podia contra o Imperador, revelando que era de fato uma grande ameaça mística para o Epirikul. Uma outra tentativa fez com que Strange desferisse todo o sentimento de desespero das pessoas de Manhattam contra os vilões e os inundou com um lamaçal negro místico. Foi em vão. A última chance que o Doutor arriscou foi drenar o máximo de energia da própria Terra e atacá-los. Tornou-se uma espécie de avatar do próprio planeta. Foi algo que praticamente podia partir tudo ao redor no meio. E no fim, com o poder já esgotado, Strange tombou. O Imperador sobrepujou mais um mago supremo e assim começa os Últimos dias de Magia.


Num epílogo para essa história, temos vários artistas convidados desenhando curtas histórias sobre personagens da nossa terra que tinham um pouco de magia e a usavam para coisas importantes no seu dia a dia. A madame Milagre era mais que uma mágica de truques baratos e o fim da magia quase a matou durante uma apresentação em que ela estava acorrentada num tanque d'água. Um casal que se tornou rei de um lugar escondido na América do Sul graças ao gênio de uma lâmpada perdeu seus privilégios naquele dia em diante. Um jovem que portava um amuleto místico e batalhava no microverso para libertar o Clã dos Cavaleiros Besouros surgiu atônito e pelado no Central Park e foi confundido como sendo um louco. A imaginação de uma criança que dava vida a seus brinquedos se foi. E assim como esses, muitos casos similares aconteceram ao redor do globo.

Coveiro

segunda-feira, 27 de março de 2017

Estaria uma das principais vilãs do Justiceiro na série da Netflix



Nenhum anúncio oficial foi feito até então, e por isso chama atenção o fato da atriz Mary Elizabeth Mastrantonio aparecer nas gravações do seriado do Justiceiro da  Netflix. Com isso, a pergunta que se faz mediante a tal mistério é por que ela não foi anunciada até então e quem seria ela na série?


Ao lado de Mastrantonio está Paul Schulze, que fará o operativo da CIA Rawlins.  As maiores apostas até agora é que ela seja a versão live action para a Mama Gnucci, uma das grandes chefonas do crime organizado e que deu o maior trabalho para Castle na fase áurea de Garth Ennis enquanto escrevia o Justiceiro. Ao que parece e afirmou o site ComicBook, essa seria uma das últimas cenas da série e bem que poderia ser um gancho para uma segunda temporada do Justiceiro.

Coveiro

Homem-Aranha: novo teaser, novas imagens e Abutre com tecnologia Chitauri


Amanhã teremos um novo trailer de Homem-Aranha: De Volta ao Lar e um pequeno aperitivo já foi liberado pela Marvel:


Além disso, o USA Today deu mais algumas informações sobre o vilão Abutre, interpretado por Michael Keaton. Adriam Toomes, o Abutre, era dono de uma empresa de restauração (seria a Controle de Danos dos quadrinhos?) incumbida de limpar os estragos causados pela batalha mostrada no primeiro filme dos Vingadores. Depois de algum tipo de incidente, uma empresa de Tony Stark assumiu essa função, acabando com o negócio de Toomes que, revoltado e sem sustento, começa a usar a tecnologia alienígena Chitauri encontrada na limpeza de Nova York para criar poderosas armas para sua nova carreira no mundo do crime. O Abutre conta ainda com a parceria de seus ex-funcionários que se tornaram Shocker e o Consertador.

Michael Keaton disse que seu personagem se sente uma vítima: "Algumas pessoas se enxergam como vítimas e ele se vê um pouco assim. Ele provavelmente teria um bom argumento de que ele nunca teve uma chance, muito de 'Porque não eu? Cadê a minha chance?'"

Já o diretor John Watts disse que vasculhou os filmes anteriores da Marvel para criar a tecnologia dos vilões da trama: "É um grande começo para os vilões terem o Abutre recolhendo essas coisas e encontrando elementos valiosos e exóticos para que o Consertador as transforme em algo que possa ser usado."

E para finalizar uma nova imagem de Michael Keaton e o terceiro poster divulgado no final de semana:




Então já sabem, né? Amanhã terá um novo trailer do Aranha e, portanto, fique ligado nas nossas atualizações...

Eduardo Spicacci

Imagens promocionais revelam um pouco mais de Thor e Hulk gladiadores



Sabe aquelas imagens que os estúdios destinam aos produtos licenciados dos filmes de super-heróis? Pois é, algumas estampas de camisetas relacionadas a Thor: Ragnarok estão circulando pela internet, onde podemos ver mais um pouco dos visuais dos gladiadores Hulk e Thor:


Taí uma sequência do filme que não tem como ficar ruim: Thor e Hulk lutando numa arena. Eu ainda acho que esse será um bom filme. Talvez o erro da Marvel tenha sido colocar o título "Ragnarok", o que remete a uma outra trama com um outro clima. Se fosse outro título, acho que uma parcela dos fãs não estaria com os pés atrás como está...

Eduardo Spicacci

Inumanos da ABC ganha primeira logo e resumo oficiais

Já vimos por aqui diversos pedaços das filmagens externas que estão sendo feitas dos Inumanos no Havaí. E apesar do elenco ter sido divulgado de forma surpreendente bem perto do anúncio oficial da série, muita gente acredita que as filmagens já estão sendo finalizadas. Hoje, a ABC divulgou pela primeira vez a logo oficial da série, juntamente com um curto resumo. Espia só:



Os Inumanos, uma raça de super-humanos com poderes únicos diversos e singulares, foram introduzidos pela primeira vez na Marvel Comics por Stan Lee e Jack Kirby em 1965. Desde esse tempo, eles cresceram, ficaram proeminentes e se tornaram alguns dos mais populares e icônicos personagens do Universo Marvel. Os Inumanos da Marvel irão explorar uma épica e nunca antes vistas aventura de Raio Negro e sua família real.

A data de estreia nos cinemas, como colocada na imagem, será 1 de Setembro em várias salas de cinema do mundo inteiro.

Coveiro

O filme do Venom como um filme de terror sci-fi?


O filme do Venom não é um boato da internet, acredite. A Sony oficialmente separou uma data em 2018 para o simbionte alienígena chegar aos cinemas. A grande dúvida no entanto é se estaria ele ligado ao universo cinematográfico da Marvel ou trataria-se de algo a parte? Bem, o site MyEntertainmentWorld pode ter uma ideia sobre o que está por vir.

Segundo eles noticiaram, Venom começará a rodar suas câmeras no começo do segundo semestre de 2017 e está listado de uma forma inusitada no catálogo como parte do gênero de Ação/Horror/Sci-fi. E isso faz dele o primeiro filme de um personagem da Marvel colocado na categoria de Terror.

Ao mesmo tempo em que oficialmente para muitos fãs pode parecer decepcionante o simbionte não (re)surgir de cara nas telonas dentro do filme do Homem-Aranha, faz todo sentido adequar-se a ele a algo mais próximo de uma versão de Alien do Ridley Scott. Não que o cerne super-heróico esteja descartado ainda já que o filme também é listado como "ação" e particularmente acredito que há uma chance considerável de ter até mesmo um ligação mesmo que tênue com Vingadores: Guerra Infinita.

Agora, uma curiosidade. Dias atrás, correram boatos que diziam que o filme Life, protagonizado por Ryan Reynolds e escrito pelos mesmos caras que fizeram Deadpool ser um sucesso, Rhett Reese e Paul Wernick, teria uma espécie de ligação/referência a Venom. Sem muito spoiler da história, é só interessante dizer que tanto Reese como Wernick e o diretor em muitas coletivas de imprensa fizeram piada sobre essas teorias dizendo que não podiam afirmar e nem descartar a veracidade das mesmas:

"Uma das coisas é que escrevemos antes um roteiro do Venom, então as pessoas viram a conexão ali. Eles também viram que usamos uma cena de Homem-Aranha 3 como parte do último trailer... e agora eles acabaram de anunciar a data de estreia de Venom" revelou Reese anteriormente em uma das entrevistas. Wernick complementou "De repente, alguém veio e disse 'bingo. ponto'.


A  única certeza até agora é que os novos roteiristas de Venom são Scott Rosenberg e Jeff Pinker, que estão correndo para deixar tudo no jeito para começar as filmagens logo. O filme está programado pra sair em 5 de outubro de 2018, uma data que pertencia antes a Aquaman até que o mesmo foi atrasado.

Coveiro