PANTERA NEGRA NOS CINEMAS

A PRIMEIRA GRANDE AVENTURA DA MARVEL DE 2018 É EM WAKANDA. Ouça o Podcast!

NOVA DIREÇÃO, NOVO COMEÇO NOS QUADRINHOS

Marvel muda tudo em suas revistas com C.B. Cebulski como Editor-Chefe

THE GIFTED NO INOMINATA 616

Ouça nossa discussão sobre mais essa nova série da FOX

O MAIOR FILME DA MARVEL EM SEUS 10 ANOS NOS CINEMAS

TUDO SOBRE VINGADORES: GUERRA INFINITA

Classicos do Wolverine

Relembre mais das melhores histórias do Logan

FUGITIVOS

Série de produção Marvel e Hulu se encerra nos EUA

JESSICA JONES

A SEGUNDA TEMPORADA DE JESSICA JONES VEM AÍ!

JUSTICEIRO

OUÇA O PODCAST SOBRE O JUSTICEIRO DA NETFLIX

domingo, 27 de maio de 2018

Joe e Anthony Russo respondem a mais dúvidas e teorias de Vingadores: Guerra Infinita



Depois de mais uma final de semana de sucesso nos cinemas, com Vingadores: Guerra Infinita indo muito bem mesmo depois da estreia de Han Solo e Deadpool 2 nos cinemas, eis que os diretores Joe e Anthony Russo aceitaram participar de mais uma entrevistas esclarescedora e com direito a vários spoilers com o Huffington Post e falaram de mais detalhes da trama. Dos improvisos de piadas dos atores até se o Senhor das Estrelas ser execrado pelos fãs, veja os tópicos conversados a seguir:


Sobre o número do telefone que aparece do Capitão América:

"Na verdade, pretendíamos criar um correio de voz falso do Steve Rogers", falou Joe Russo. "Para as pessoas que saíram dos cinemas ligassem para esse número, e recebessem uma mensagem de voz de Steve Rogers". Anthony complementou explicando que "E esse número era o número real que íamos usar. Nós recebemos esse número. Nós tínhamos tudo pronto para ir com isso, mas o departamento legal tirou isso de nós". Seria de fato um baita easter egg, mas acho que a Disney pensou que geraria problema demais com isso.

Sobre o que o James Gunn disse das últimas palavras do Groot em Guerra Infinita serem 'Papai':

James Gunn que também era produtor executivo de Vingadores: Guerra Infinita disse antes que as últimas palavras de Groot no filme para o Rocket foram 'Dad' (ou Papai, em português). Os diretores confirmaram que eles tinham as falas traduzidas no roteiro "Elas estavam no roteiro, e significa 'Papai'".

Sobre o Homem-Aranha antecipar sua morte com o sentido de Aranha:

Muita gente levantou essa teoria pelo fato de ele sentir algo estranho antes de começar a se desfazer e Joe Russo confirmou que isso estava no roteiro também. "É correto. Ele estava consciente de que algo iria acontecer".


Sobre a piada do Drax "Porque Gamora?"

Na entrevista, perguntaram se tinha algum sentido filosófico aquilo na cabeça distorcida de Drax além da piada óbvia. "Eu não sei se há uma resposta no cérebro distorcido de Drax", Joe respondeu rindo. Anthony continuou "Não, e às vezes você se pergunta, ele fez essa conexão lá". Joe disse que ainda que "Lembre-se, este é um homem que acha que pode ficar tão incrivelmente quieto que está invisível".

Sobre as roupas desaparecerem junto com os heróis no final:

Joe explica que tudo se resume ao fato de que suas roupas serem "parte de sua identidade" e Anthony elaborou isso explicando que "tudo o que era elementar para a presença de alguém foi com eles". Outro ponto óbvio é que se eles sumissem deixando suas roupas num eventual reaparecimento deles, surgiriam todos pelados no quarto filme e isso é algo que a maioria ali da produção gostaria de evitar.



Sobre Drax não ter desaparecido de verdade e estar invisível lá no final:

Isso é uma baita piada dos entrevistadores, mas os diretores se divertiram com ela. "Isso é um spoiler" disse Joe e Anthony riu dizendo que "É algo que está sendo decidido. Tudo o que sabemos é o que é mostrado no filme. Qualquer coisa a mais pode ser trabalhada mais a frente na sequência".

Sobre o quanto do filme foi inspirado na série The Leftovers:

As semelhanças entre Vingadores: Guerra Infinita e The Leftovers são evidentes. Daí perguntaram se a escalação de Carrie Coon era uma maneira deliberada de conectar as duas histórias, e Joe disse que apenas que ela foi escolhida para ser Proxima Midnight porque "ela é uma das melhores atrizes trabalhando hoje".

Ele então apontou que, na verdade, é muito mais provável que The Leftovers tenha sido inspirado por Desafio Infinito de Jim Starlin, a mesma história em quadrinhos na qual este filme é obviamente baseado. "É apenas um loop cíclico lá. Mas estamos apenas nos baseando no material original."


Sobre os fãs estarem culpando o Senhor das Estrelas pela derrota no final:

"Thor também deixou suas emoções levarem a melhor sobre ele. Thor poderia ter matado Thanos mais rápido do que ele tentou com o machado. Ele apareceu, e ele tomou seu momento - por causa de sua raiva, por causa de sua motivação - para dizer a Thanos que ele disse que ele iria morrer ... e acabar com ele de uma forma muito deliberada. Thor meio que se perdeu em suas emoções de uma maneira similar ao Senhor das Estrelas e também poderia ter sido responsável por Thanos vencer".

"Eles fazem escolhas muito humanas", acrescentou Joe. "Eu acho que se aprendermos alguma coisa com a narrativa é nos colocarmos dentro do ponto de vista de alguém - ou do próprio personagem - você deve ser capaz de ter empatia com eles, entender as escolhas que eles fazem."

Sobre parte do Rompe-Tormentas ter um pouco do Groot:

A Árvore senciente deu um de seus braços para Thor para ser o cabo da Rompe-Tormentas e isso levantou várias questões. A mais estranha delas foi perguntada aos diretroes nesta entrevista - O machado assumirá uma vida própria em algum momento do futuro? "Eu não sei se cada pedaço dele que se destaca ... pode cultivar uma versão futura dele, mas quem pode dizer? Essa é uma pergunta interessante", pondera Joe, mas dificilmente veremos isso no decorrer do caminho.



Reunindo o maior elenco de estrelas dos cinemas até hoje, Vingadores: Guerra Infinita terá Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Evans (Capitão América), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Hulk), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Idris Elba (Heimdall), Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho), Chris Pratt (Senhor das Estrelas), Chadwick Boseman (Pantera Negra), Tom Holland (Homem-Aranha), Sean Gunn (como stand in do Rocket), Zoe Saldana (Gamora), Gwyneth Paltrow (Pepper Potts), Danai Gurira (Okoyer), Letitia Wright (Shuri), Winston Duke (M'Baku), Karen Gillan (Nebulosa), Don Cheadle (Máquina de Combate), Dave Bautista (Drax), Anthony Mackie (Falcão), Elizabeth Olsen ( Feiticeira Escarlate), Paul Bettany (Visão), Sebastian Stan (Bucky), Pom Klementieff (Mantis), Benedict Wong (Wong), Peter Dinklage (Eitri). O filme também conta com as vozes de Vin Diesel (Groot), Bradley Cooper(Rocket), Kerry Condon(Sexta-feira), Tom Vaughan-Lawlor(Fauce de Ébano), Michael James Shaw (Corvus Glaive) e Carrie Coon (Próxima Meia-Noite). Dirigido por Joe e Anthony Russo e co-escrito por Christopher Markus e Stephen McFeely, o filme já está é a quarta maior bilheteria mundial.

Coveiro

Deadpool 2 cai para segunda posição nos cinemas dos EUA, mas tem bom desempenho na bilheteria mundial



E com a estreia do filme do Han Solo neste final de semana, eis que Deadpool 2 cai para a segunda colocação, mas até que não tem uma queda tão abrupta da bilheteria como se pensava. A estimativa pra esse final de semana é de $42 milhões de dólares arrecadados, o que coloca o filme com com 207,4 milhões arrecadados em solo americano.

Se for olhar direitinho, Deadpool teve um estreia mesmo sendo R-Rated, muito maior que Han Solo neste seu primeiro final de semana. Por sinal, o filme é já a pior estreia de todos os tempos da franquia de Star Wars. Contudo, comparando com o primeiro Deadpool em 2016, esse segundo filme vai mal. Em 10 dias de lançamento em 2016, o primeiro Deadpool já tinha feito $236,8 milhões, pelo menos 30 milhões a frente do que sua sequência hoje.

O que muda o jogo certamente é a bilheteria internacional. Deadpool leva fora dos EUA cerca de $279,7 milhões que no total gera $487,1 milhões. Só para efeitos comparativos, no segundo final de semana em 2016, o filme fechou com 491 milhões (lembre aqui) mostrando que mesmo fazendo menos nos EUA, o mercado do resto dos países está compensando e mantendo os números até aqui não muito distantes do sucesso do primeiro.

 Longe de ser o que o filme poderia fazer pelo que o produto oferece, certamente o que mais prejudicou Deadpool 2 foi a FOX ter se arriscado tanto em adiantar o filme ao invés de deixar seu lançamento para Junho como era previsto. Colocar entre dois gigantes da Disney para tentar fisgar algo da bilheteria de Maio.

Ainda assim, Deadpool 2 vai muito bem em alguns países fora dos EUA. Seus maiores desempenhos tem sido no Reino Unido com 17,8 milhões, Córeia do Sul com 16,8 milhões, Rússia com 11,9 milhões, Austrália com 11,4 milhões, México com 8,7 milhões, França e Alemanha com 8,8 e 8,3 milhões respectivamente, Brasil com 7,2 milhões.

Coveiro

Vingadores: Guerra Infinita junta 1,9 bilhão na bilheteria mundial neste fim de semana


Vingadores: Guerra Infinita pode ter tido uma queda abrupta de cinemas disponibilizando o filme agora que já está há um mês em cartaz e tem Han Solo e Deadpool 2 para dividir as atenções dos fãs, mas nem por isso deixou de fazer uns bons números no mercado americano. Durante todo o final de semana, junto mais 16,4 milhões, ficou em terceiro lugar e agora já tem $621,6 milhões só nos EUA.

Com isso, o terceiro filme dos Mais Poderosos Heróis da Terra passa hoje o sucesso de Star Wars: Os Últimos Jedi e é o sétimo maior filme nas bilheterias americanas. Deve passar ainda essa semana o primeiro Vingadores com seus 623 milhões totais e pela comparação dia a dia tem obtido um melhor resultado que Pantera Negra, atual maior bilheteria dos EUA da Marvel com 698,5 milhões e que está em terceiro lugar.

No resto do mundo, juntaram 1,283 milhões, mas é bem provável que até amanhã os números sejam melhor atualizados. O fato é que no final do dia, Vingadores: Guerra Infinita passa dos 1,904 bilhão. É ainda a quarta maior bilheteria mundial e só deve chegar provavelmente aos seus 2 bilhões no outro final de semana. Ainda é incerto saber se pode bater Star Wars: O Despertar da Força (2,068 bilhões) e até mesmo Titanic (2,187 bilhões). Mas, como se esperava, é impossível desbancar Avatar. Ao menos, não até ter uma re-exibição no futuro (Tanto Avatar como Titanic já tiveram para conseguir esses números).

Coveiro

Demolidor não viu a Guerra Infinita, mas quer encontro com a Viúva Negra


Desculpem! Eu não podia perder a piada pronta do título. Mas foi inevitável depois da resposta que Charlie Cox deu em seu pequeno painel na Comicpalloza, uma convenção em Houston, Texas. Num painel de 27 minutos que você confere a seguir, ele respondeu perguntas sobre a terceira temporada de Demolidor, mas também algumas curiosidades do filme e também até da atuação


O ator deixou claro que não pode falar sobre nada da terceira temporada e que a parte divertida é que ele pode não falar nada pra ninguém. Explicou que há muitos fãs na Inglaterra, mas que nada se compara ao entusiasmo americano. Nas primeira perguntas da conversa, ele falou sobre os professores que o inspiraram, o traje do Demolidor e até mesmo o relógio particular que Matt usa no seriado, que existe e é especial para cegos.

A parte engraçada vem quando um fã veio perguntar se ele foi afetado pelo estalar de dedos do Thanos, e ele pareceu muito confuso sobre isso. Foi quando confessou que não assistiu (o ator, não o Demolidor, claro) a Vingadores: Guerra Infinita e sequer ouviu falar até então sobre o "estalar de dedos". Sobre o personagem da Marvel que ele gostaria de dividir telas nos cinemas, ele disse que seria meio óbvio mas - Homem-Aranha. Outra parte é que quando alguém perguntou qual foi a luta mais difícil que ele teve em todo o seriado, Cox disse que "Espere para ver" dando entender que será na terceria temporada. O fã insistiu sobre com quem era e ele disse "Não posso dizer". Provavelmente, mais um ponto fortalecendo os rumores do Mercenário.

Já sobre um possível crossover com Scarlett Johansson, num futuro, o ator disse que "Bem, DD, Matt Murdock, costumava namorar a Viúva Negra nos quadrinhos, então seria bem legal. Mas tem isso, eu não posso especular. Porque quando eu especulo, alguém pode mudar isso e começa a acreditar 'Oh, está acontecendo' e daí eu recebo uma ligação do meu chefe reclamando 'O que diabos você anda falando por aí'. Mas sabe, há alguns personagens bem legais, icônicos no mundo do Demolidor que eu estou esperando aparecer em certo momento, você sabe, se continuarmos no seriado. Sim, vejamos".

Alguém perguntou sobre a opinião dele sobre ele achar que o Demolidor dele foi melhor do que o do Ben Affleck que foi aos cinemas e ele riu. "Pessoalmente, eu acho ... só estou rindo porque me perguntam isso muito e, infelizmente, vou dizer a mesma coisa que eu disse antes", disse Cox. "Eu acho que o desempenho do Ben Affleck como Demolidor é fantástico. Eu realmente gosto do Matt Murdock dele ... eu roubei muitas coisas."

"Então, acho que ele faz um ótimo trabalho", disse Cox. "Eu não gosto do filme. O filme original do Demolidor não acho que tenha funcionado muito bem e a razão pela qual eu acho que não funcionou particularmente bem é que o que descobrimos com o seriado é que o tom do personagem se adapta a uma sensação um pouco mais sombria, mais sinistra, na minha opinião os melhores quadrinhos do Demolidor são aqueles voltados para um público um pouco mais maduro e eu acho que o que o seriado captura é aquele nível de tom sinistro e sombrio."

E a entrevista continua em outro video. Pra quem quiser assistir, é só clicar aqui. A terceira temporada de Demolidor ainda está sendo filmada, segundo o próprio ator aqui no Painel, mas parece que promete bastante.

Mais um ator querendo viver o Capitão Bretanha nos cinemas



E temos mais uma ator de peso na lista de britânicos que adorariam viver o Capitão Bretanha nos cinema. Foi durante uma conversa na radio BBC Radio 2 que Orlando Bloom, que ficou famoso por ser o Legolas nos cinemas (nas duas trilogias de J.R.R.Tolkien) e Will Turner em Piratas do Caribe, disse que lia revistas em quadrinhos e se fosse viver um personagem a sua escolha seria Brian Braddock:

"Eu leio um pouco. Como era aquele Britânico? Capitão Bretanha! Seria esse aí." disse Orlando Bloom sobre o personagem favorito que gostaria de ser nos cinemas. "O uniforme é terrivel, vale dizer. Mas eles também tem o Capitão América, então o que fariamos? Capitão Bretanha vs Capitão América?

Obviamente, esse seria um encontro interessante, mas difícil de acontecer, principalmente agora que Chris Evans está meio que oficialmente abandonando o personagem. Fora isso, os direitos de uso do Capitão Bretanha sempre ficaram pouco claros para o público. Eles já pertencem a Marvel? Ou estão no bolo da FOX já que o personagem passou tanto tempo relacionado aos X-Men de Chris Claremont?

Coveiro

sábado, 26 de maio de 2018

Algumas novidades sobre os filmes Venom e Morbius da Sony



Já temos uma boa ideia de que a Sony deve funcionar de forma paralela com os demais personagens ligados ao universo do Homem-Aranha. E apesar de um começo meio ruim com os trailers, há chance de o filme do Venom nos surpreender ainda em outubro. E isso em parte é motivado pelo elenco. O ator Woody Harrelson ao promover Star Wars, deu entender que até está previsto uma sequência onde seu papel será maior:

"Bem, você sabe, Ruben Fleischer fez Zombieland, dirigiu, então isso ajudou uma grande parte", disse Harrelson, explicando por que ele assinou contrato para estrelar Venom. “E também, Tom Hardy, eu realmente respeito e acho que ele é um dos grandes atores atuais. Então, junto com o roteiro realmente maravilhoso, eu senti que deveria, você sabe?"

Sobre seu papel ainda não revelado, Harrelson disse pouco. "Eu estou apenas ... estou em uma pequena fração deste filme, mas eu vou estar no próximo. Então eu não li esse roteiro, mas de qualquer forma, então arrisquei.” É curioso que o ator fala em determinado momento que leu o roteiro e elogia, para logo depois dizer que não leu exatamente. Em todo caso, a suspeita é que ele seja o Carnificina e apareça mais a frente em forma plena numa sequência pelo que ele mesmo diz. Talvez devamos dar mais crédito como ele ao diretor do excelente Zombieland?

A outra novidade é que após o Venom, quem entra na fila supostamente se adiantando ao filme Silver & Black que foi anunciado anteriormente é o filme do Morbius. Os escritores da série da Netflix "Perdidos no Espaço" assumiram as rascunhos do filme, Matt Sazama e Burk Sharpless, e quem ficou de fora foi F. Gary Gary, que entregou a toalha. Segundo o The Hashtag Show que noticiou isso a pouco, já temos inclusive um resumo pro filme e eles procuram um ator protagonista de 30 a 47 anos pro papel:

"História de ação de horror de um cientista que, ao tentar encontrar uma cura para uma doença sanguínea rara, acidentalmente se transformou em um vampiro vivo que, apesar de se sentir repugnado por sua sede de sangue, opta por atacar criminosos que ele considera indignos da vida." diz o resumo. É basicamente o que o Morbius faz nos quadrinhos.

Para todos os efeitos, o filme do Venom é a aposta do estúdio para live-action esse ano em outubro. Ainda esse ano, a Sony também pretende lançar o desenho do Aranha que vai para cinemas e é protagonizado por Miles Morales.

Coveiro

Novo local de gravação de Capitã Marvel dá pistas para personagem de Lashana Lynch no filme

Uma nova notícia divulgada pelo site Omega Underground pode ter esclarecido detalhes sobre a trama da Capitã Marvel graças ao novo local de gravação em Baton Rogue, Louisiana, próximo a Nova Orleans. As filmagens aí começaram em 26 de Junho e podem muito bem estar relacionada com a personagem de  Lashana Lynch (que substituiu Dewanda Wise depois de problemas na agenda).



Lashana Lynch é suspeita de viver Monica Rambeau nos cinemas. E nos quadrinhos a personagem é natural da região de Nova Orleans. Ela já foi inclusive uma Capitã Marvel, mas depois mudou de nome para Pulsar, Photon e Spectrum. É legal que, se confirmada, ela foi colocada no filme mesmo que seja usando outro codinome. Apesar de inicialmente elas não serem as melhores amigas dos quadrinhos, ela hoje são colegas de equipe - Ao menos no Brasil, na série, Supremos (Ultimate). Ela poderia muito bem ocupar nos cinemas o lugar de Jessic Drew como melhor amiga da Capitã e até mesmo potencialmente virar também uma super-heróina no processo. Se for isso, teremos duas capitãs ao invés de uma no filme (só que uma será com o seu novo nome, provavelmente).

E aproveitando o artigo, mais uma do instagram de Brie Larson curtindo a vida como nova querida heróina:

Uma publicação compartilhada por Brie (@brielarson) em


O filme terá no elenco a vencedora do Oscar Brie Larson como a Capitã Marvel/ Carol Danvers, Samuel L. Jackson reprisando seu papel como Nick Fury, Clark Gregg voltando como o Agente Phillip Coulson, Jude Law no papel de Mar-Vell, Djimon Hounsou como Korath, Lee Pace como Ronan, Gemma Chan como Minerva, além de Ben Mendelson, Lashana Lynch, Algenis Perez Soto, Rune temte e McKenna Grace. A data de lançamento nos Estados Unidos é 8 de Março de 2019 e Capitã Marvel será dirigido por Anna Boden e Ryan Fleck.

Coveiro

Wolverine Samurai e mais da linha Manga Realization da Tamashii

A Tamashii Nations está realizando uma pequena convenção pessoal, a Tamashii Comic-Con,e revelou algumas de suas novas peças para 2018. Dentre elas, está esse Wolverine Samurai da linha Manga Realizantion. O Muho Mono Wolverine é a sétima peça desta coleção e as fotos foram divulgadas pela ToyArk este final de semana:




E como falamos muito pouco aqui dessas peças anteriores, eis que resolvemos trazer fotos com detalhes de todas que foram lançadas nessa linha Manga Realization. São duas versões do Homem-Aranha, Homem de Ferro, Máquina de Combate, Capitão América e Deapdool:


Quem se interessar pelas peças, já saiba que cada uma está custando por volta de $80 a $90 dólares. Há ainda previsões e artes de outros heróis Marvel nesta linha, como um Hulk  e Demolidor. A arte dessas imagens é de Takayuki Takeya.

Coveiro

Preview de Contagem Infinita da Capitã Marvel com direito a uniforme no filme


Na próxima semana nos Estados Unidos, chega as comic shops a edição 1 de Infinity Countdown - Captain Marvel, trazendo um easter-egg bem interessante.

Na página onde temos a Carol Danver se comunicando com ela mesmas nas diversas realidades, graças a Pedra da Realidade (não jóia, só lembrando), uma dessas realidades é a da sua versão que veremos no Universo Cinematográfico da Marvel, ainda trajando o uniforme versão kree. Um outro detalhe é que cada uma dessas Carols, também possuem uma pedra da realidade.







INFINITY COUNTDOWN: CAPTAIN MARVEL 1
JIM MACCANN (ROTEIRO).DIEGO OLORTEGUI (ARTE)
Capa por IN-HYUK LEE
Capa variante por RON LIM E RACHELLE ROSENBERG

Carol tem cruzado os limites da própria realidade e retornou em possessão da Pedra da Realidade... e com ele tem contactado as Marvels de muitos mundos. Junte as Capitãs Marvel para uma aventura através do tempo até a natureza da Pedra da Realidade!

A edição entra em venda nas comic shops norte-americanas e on-line em 30 de Maio desse ano.

Marcus Pedro