sábado, 15 de maio de 2021

Loki ganha nova imagem inédita pela Entertainment Weekly desta semana

 Estamos há menos de um mês agora. Na próxima série da Marvel Studios na Disney+, Loki, finalmente será revelado o que aconteceu com o Deus da Trapaça depois de sua fuga em Vingadores: Ultimato. Pra quem tá ansioso por novidades, a Entertainment Weekly compartilhou uma nova imagem da série. Espia só:

Na revista, também têm alguns comentários do redator principal Michael Waldron. “Minha proposta para o seriado foi uma grande, louca e divertida aventura”, ele revelou. "A TVA é apenas um mundo inteiramente novo com um novo elenco de personagens, e isso é o que parecia mais emocionante sobre a série: construir um novo canto do MCU."

Tom Hiddleston retorna como personagem-título, acompanhado por Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku e Richard E. Grant. Kate Herron dirige Loki, e Michael Waldron é o escritor principal. O primeiro episódio foi adiantado e vai estrear no Disney + em 9 de junho de 2021.

Coveiro

Série da Invasão Secreta na Disney+ encontra dois diretores

 A Invasão Secreta da Marvel, que adaptará a minissérie de quadrinhos de mesmo nome encontrou seus diretores. Thomas Bezucha, de Let Him Go, e Ali Selim, que trabalhou em The Looming Tower, do Hulu, foram contratados para dirigir a série. Como sempre, a Marvel e a Disney não falam sobre os detalhes do projeto, mas a série de quadrinhos centra-se nos aliens metamorfos Skrulls, que se infiltraram na Terra num plano a longo prazo, às vezes personificando figuras-chave do Universo Marvel por anos antes de serem descobertos.


Aqui teremos a volta de Samuel L. Jackson no principal papel de Nick Fury, cuja última aparição após os créditos em Homem-Aranha: Longe de Casa, usa Talos (Ben Mendelsohn) de Capitã Marvel, como um substituto seu na Terra. Olivia Colman, Emilia Clarke e Kingsley Ben-Adir juntaram-se recentemente ao elenco. Kyle Bradstreet de Mr. Robot serve como produtor principal.

Coveiro

sexta-feira, 14 de maio de 2021

Inominata 616 Short Report 001 - Aquela vez que falamos sobre a Disney+ e Star+

 


Não! Esse não é um inominata 616 comum. Não abra aquele sorriso achando que vai poder ouvir nossas vozes estridentes por duas horas falando de quadrinhos! Isso aqui é algo novo! É a versão reduzida de nosso podcast, um "short report" como o próprio nome diz. Nele, temos um tempo bem reduzido, com uma equipe bem reduzida, pra falar de um assunto de forma bem limitada, mas que achamos importante trazer até vocês de forma rápida e completa até certo ponto.

Nosso "Inominata 616 Short Report" começa nesse dia 14 de Maio pra falar sobre o anúncio de hoje do anúncio de chegada da Star+ no Brasil, ao mesmo tempo que soltamos o verbo pra falar sobre um monte de problemas que o Disney+ ainda apresenta mesmo meses depois da estreia em terras tupiniquins. Quer se juntar com a gente nessa reclamação? Pois clica no play!

Pra ouvir de cara, é só clicar no play abaixo ou clicar aqui pra ouvir diretamente no Archive.


O novo endereço do feed é  https://inominata616.000webhostapp.com/inominata616.xml e espero que assim permaneça por um bom tempo! Copie e cole na parte do seu app que permite você adicionar o podcast pelo endereço. Ou procure pelo Inominata nesses buscadores de podcast:


Google Podcast: Clique aqui!

Spotify: https://open.spotify.com/show/0JiwicuU0m4scUHBWpE6fh




A música temática do Inominata 616 short report é de propriedade exclusiva do site Universo Marvel 616, produzida pelo músico Eduardo Spicacci.

Acesse também o site institucional do Inominata 616, clicando aqui!

Coveiro

A saga Last Annihilation prepara o retorno do velho Cable


Em anúncio exclusivo para o site Aipt.com, foi revelado o título Cable: Reloaded 1 que traz de volta o velho e querido Cable. Mas será que esse é mesmo o Cable que conhecemos ou é o novo Cable que envelheceu?

Segundo o anúncio do site Aipt, esse título é diretamente ligado a saga Last Annihilation que se inicia em Agosto com Guardians of the Galaxy 16. Essa história se passará dois meses após os eventos ocorridos em Cable 12.

Al Ewing, roteirista que irá trabalhar nessa edição especial e que também está ligado a saga em Guardiões, comentou um pouco sobre esse retorno do velho Filho do clã Askani. “Cable Reloaded dá a mim e a Bob (Quinn, desenhista) a chance de explorar o outro homem da Marvel fora do tempo em seu elemento natural - um festival de ação de alta octanagem com alguns velhos e novos amigos”, disse Ewing. “Para ajudar a derrotar a‘ Última Aniquilação ’, Cable e sua equipe enfrentarão alguns X-oponentes há muito não vistos, homem a homem e literalmente cara a cara ...”

Vejam abaixo a sinopse da edição e a arte da capa, produzida pelo desenhista Stefano Caselli.

A GRANDE ARMA ESTÁ DE VOLTA!

É uma nova era, em uma nova galáxia, que está sob o cerco de uma nova ameaça mortal ... mas você ainda pode confiar em um homem. O Cable está mirado, carregado e aterrissando no planeta mais mortal da história X - para roubar a arma definitiva ... e interromper a ÚLTIMA ANIQUILAÇÃO!


Escrito por Al Ewing
Arte por Bob Quinn
Capa por Stefano Caselli e cores de Israel Silva

Cable: Reloaded tem previsão de lançamento nos EUA em Agosto.

Marcus Pedro

Estreia da animação What if na Disney+ é confirmada pra Agosto

 Numa edição especial da Entertainmente Weekly focada em dar previews sobre lançamentos do Verão na Televisão Americana, finalmente tiveos confirmado quando será a estreia da primeira série animada da Marvel Studios - What if.



Segundo a matéria da revista, o desenho começa a sair a partir de Agosto na Disney+. Não temos uma data certa ainda, mas considerando que o tempo em que os episódios finais de Loki sairão, é bom considerarmos que deve ser logo no começo daquele mês.

Junto, a matéria trouxe uma descrição da série: 

"E se, em vez de Steve Rogers, Peggy Carter (Hayley Atwell) realmente se tornasse o primeiro Super Soldado? Esse exercício de brainstorming criativo é o coração de What If ...?, A primeira série animada do Marvel Cinematic Universe. A antologia reimagina vários eventos importantes do cinema de maneiras inovadoras, e também apresenta Chadwick Boseman, que foi capaz de reprisar T'Challa por meio de trabalho de voz antes de sua morte".

Coveiro

 

Star+ é oficialmente anunciado no Brasil e chega em Agosto


Inicialmente previsto para chegar a America Latina em Junho, o serviço da Star Plus finalmente tem uma data oficial pra chegar pra gente! Todas as suas redes sociais foram ativadas hoje e anunciaram que em 31 de Agosto começará o serviço de streaming da parte mais "adulta" de todos os produtos do conglomerado da Disney+. Isso significa pra gente que será a "casa" do Deadpool, Logan e também de séries exclusivas da Hulu como "Helstrom" e outras por vir aí. Espia só:



Na nota pra imprensa, a Disney divulgou que teremos de cara no serviço:

· Todas as temporadas, incluindo as de estreia, das séries favoritas do público, como “This is Us”, “The Walking Dead”, “American Horror Story”, “Mayans M.C.”, “Pose”, “Outlander”, “Genius” (da National Geographic), “Snowfall”, “9-1-1”, “S.W.A.T.”, “The Resident”, entre outras. O Star+ terá também títulos que marcaram época, como “Grey´s Anatomy”, “24 Horas”, “Homeland”, “Modern Family”, “Lost”, “How I Met Your Mother”, “The X Files” e “Prison Break”.

· Além disso, o Star+ oferecerá produções originais Star consagradas internacionalmente e protagonizadas por elencos de renome, como “Big Sky”, “Love Victor”, “Dollface”, “A Teacher”, “Rebel”, “Helstrom”, “Y: The Last Man”, “Black Narcissus” e “Hip Hop Uncovered”. A oferta de séries incluirá títulos dos mais variados gêneros e terá novidades semanalmente.

· Desenhos animados, como todas as temporadas de “Os Simpsons” e outros conteúdos adorados pelo público, como todas as temporadas de “Uma Família da Pesada”, “American Dad!”, “Futurama”, “Bob’s Burgers”, “Duncanville” e a nova série original do Star: “Solar Opposites”.

· Filmes que vão desde clássicos que conquistam todas as gerações até sucessos de bilheteria e lançamentos recentes que estrearam em streaming no Star+. Star+ incluirá também sucessos de bilheteria, como “Deadpool” e “Deadpool 2”, “Logan”, “Bohemian Rhapsody” e “O Diabo Veste Prada”; franquias de filmes como “Alien”, “Duro de Matar”, “O Planeta dos Macacos” e “Busca Implacável”.

· Um catálogo que não para de crescer com produções originais Star, desenvolvidas integralmente na América Latina. A partir do lançamento do Star+, vão estrear séries de diversos gêneros que trarão relatos históricos, culturais e sociais específicos da região e relevantes para o público local. Entre outros títulos, chegarão ao Star+ dramas como “Santa Evita”, “No fue mi culpa” e a terceira temporada de “Impuros”; comédias, como “El Galán” e “Los Protectores”; filmes biográficos, como as histórias de Pancho Villa e Silvio Santos; comédias dramáticas, como “Terapia alternativa” e “El Encargado”; realities documentais, como “Bios. Vidas que marcaram a sua” (episódios inéditos); e o thriller “Insânia”.

· O apaixonante conteúdo de esportes com a qualidade incomparável de produção e imagens da ESPN, que permitirá viver o esporte de maneira inédita, ampliando as opções de acesso ao esporte ao vivo. O conteúdo esportivo nacional e internacional da marca ESPN incluirá uma extensa gama de Ligas e campeonatos, com eventos ao vivo da CONMEBOL Libertadores, Premier League, LaLiga, NHL, MLB, além de jogos de rúgbi, tênis, golfe, ciclismo, boxe e MMA (como, por exemplo, Bellator), entre outros esportes. Ao, mesmo tempo, o Star+ oferecerá programas de sucesso na América Latina, como SportsCenter e ESPN KNOCKOUT, além de séries e documentários da marca ESPN.

A partir de agora, você pode acompanhar as novidades que vem por aí nas redes sociais da Star+, que diferente da Europa, será um serviço completamente em separado da Disney+. Sabemos que quem assinar os dois terá um mega combo de desconto, mas nenhum valor adicional foi colocado até agora. Na Europa, quando o Star+ entrou no catálogo da Disney+, houve um aumento de £2. Esse valor é equivalente a 15 reais mais ou menos. Esperamos que com o Combo, o valor a mais não passe disto no preço final.

Coveiro

Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania em busca de uma jovem atriz pra importante papel

 


A Marvel está a procura de uma pequena e talentosa atriz para o terceiro filme de seus menores heróis do UCM. Na descrição segundo informações postadas por Charles Murphy do Murphy's Multiverse, a atriz precisa ser uma jovem entre 9 e 12 anos para interpretar um personagem principal de 10 anos. O personagem terá um "papel principal", segundo a nota, e a produção busca uma atriz com habilidades de "canto, dança e comédia".

É muito difícil imaginar quem seria essa jovem garotinha já que o papel da Cassie Lang certamente não se encaixa. Agora crescida, já foi confirmada que será ninguém menos que Kathryn Newton (Detetive Pikachu, Atividade Paranormal 4, Não vai dar e The Society) quem assumirá a versão da vez da personagem. Há quem acredite que o papel seja da jovem Hope num flashback, mas não faz muito sentido dizer aqui que ela seria uma 'atriz principal' se for numa cena menor.

Como os detalhes do enredo permanecem em segredo, qualquer chute sobre quem é essa garotinha é um bom chute. Jeff Loveness (Rick e Morty, Miracle Workers), que escreveu as edições de Groot e Nova para a Marvel Comics, escreveu o roteiro para essa terceira sequência que terá de novo Peyton Reed na direção. Portanto, já sintamos que vem uma mudança grande no 'tom' do filme.



E mesmo com o filme só chegando em 2022, a atriz Evangeline Lilly já começou cedo a se preparar fisicamente para voltar ao papel de Hope Van Dyne em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania. Em seu instagram, ela postou já vários videos e fotos sobre seu treinamento. Espia só:







“Depois de dois anos de doença, ferimentos e recuperação lenta e suave, é hora, mais uma vez, de voltar meus olhos para a Vespa”, disse ela na legenda de seu primeiro video. "Quantumania aqui vou eu ... mesmo que eu tenha que mancar para chegar lá!". Ela ainda acrescentou: "Estou muito grata por ele [Eric Goodman] me ajudar a ser capaz de fazer justiça a esta heroína épica mais uma vez." A atriz está claramente se esforçando para ter certeza de que está pronta para interpretar Hope quando as filmagens começarem no final deste ano. No entanto, é difícil dizer se Lilly vai querer continuar além disso. Provavelmente é aqui que seu contrato acaba e resta saber se ela enxerga mais da personagem em seus futuros planos.

Em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, teremos a volta de Paul Rudd como Scott Land, Evangeline Lilly como Hope Van Dyne, Michael Douglas como Hank Pym, Michelle Pfeiffer como Janet van Dyne e Kathryn Newton como a crescida Cassie Lang. No filme, também teremos a estreia do ator Jonathan Majors como Kang, o Conquistador no UCM. O filme está reservado para sair em 17 de Fevereiro de 2023.

Coveiro

James Gunn já escolheu a trilha sonora de Guardiões vol.3 e começará as filmagens este ano

 



A melhor maneira de conseguir informações sobre um filme da Marvel Studios é diretamente da fonte. E no caso de Guardiões da Galáxia, nunca foi difícil ter uma ou outra migalhinha sobre o processo de produção do filme do começo ao fim, da execução do roteiro ao processo de edição final, graças a sempre disponibilidade do diretor James Gunn em ficar próximo dos fãs em suas redes sociais. E foi numa resposta de Twitter que fomos atualizados com o fato de que ele já escolheu todas as músicas da trilha sonora do filme e já pretende começar a rodar as câmeras já no final deste ano.



Já num stories do Instagram, o diretor respondeu a um fã se ele ainda tinha vontade de fazer um filme dos Thunderbolts. Aparentemente, esse desejo foi saciado a partir do momento em que ficou na mão dele a direção do Esquadrão Suicida da DC Comics que sai este ano. Na mesma sequência de perguntas e respostas do Instagram, James Gunn afirma que escreveu o "Volume 3 para ser o fim da história dos Guardiões da Galáxia que ele começou a contar no volume 1". Isso significa que ele nunca mais fará nada dos Guardiões depois disso? "Nunca diga nunca" disse ele deixando esperança para todos nós.

Guardiões da Galáxia vol.3 chega aos cinemas em 5 de Maio de 2023. Apesar de não termos nenhuma informação oficial, é mais que certo que o filme volta com direção de James Gunn e terá no elenco mais uma vez o Chris Pratt, Zoe Saldana, Dave Bautista, Sean Gunn, Vin Diesel e Poe Klementieff.

Coveiro

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis terá estreia exclusiva pros cinemas por 45 dias


Desde seu anúncio até a chegada do primeiro trailer, o filme do Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis vem sofrendo bastante com as críticas de seu público alvo, a China. Recentemente, foi inclusive colocado de fora de uma lista de futuros lançamentos da Marvel Studios pelo canal de filmes local CCTV6, assim como o filme dos Eternos. Apenas a Viúva Negra e Homem-Aranha: Sem Caminho para Casa foram listados esse ano por lá. Talvez pensando em mudar um pouco a estratégia de como lidar com o herói depois de tal recepção no segundo maior mercado da Marvel Studios, a Disney+ cogitou dar um tratamento diferente ao filme em seu lançamento.

Segundo Aaron Couch, editor do The Hollywood Reporter, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis assim como Free Guy de Ryan Reynolds terão um lançamento exclusivo nos cinemas dos EUA por 45 dias antes de ser liberado para Disney+. Ou seja, diferente de Viúva Negra, os usuários do Disney+ não poderão mais comprar o pacote Premier Acess+ na mesma data dos cinemas como se cogitava inicialmente. Ou seja, com a melhora dos casos de COVID-19 nos EUA, a Disney+ resolveu forçar o público a ir para as salas de cinemas e garantir ao menos os ganhos seguros dos ingressos físicos antes de engalfar os lucros sob demanda ou do streaming.

O prazo é curto se comparado aos filmes no passado que passavam 3 meses nas salas de cinema antes de irem pras demais plataformas, mas é bom o sufiuciente pra o novo cenário em que nos encontramos depois de pandemia. Com o filme saindo 3 de Setembro por lá, é possível que já o tenhamos no Disney+ no dia 18 de Outubro. Mas e como fica no Brasil? Bom, não tivemos ainda nenhuma data de estreia oficial divulgada ainda. Cruzemos os dedos para a situação do pais melhorar muito até lá.

Coveiro

Reveladas novas capas variantes de Prides de diversos títulos da Marvel


Apresentamos em outro artigo que a Marvel Comics apresentou artes de algumas capas variantes da série Pride, para o mês de Junho nos EUA, que celebra o Marvel's Pride Month. Agora a editora liberou mais outras artes dessas capas variantes com a arte do artista do momento Phil Jimenez, que é acompanhado das cores animadas do artista Marte Gracia.










“Eu sempre fico surpreso com a forma como as coisas são diferentes nos quadrinhos quando se trata de representação LGBTQ + do que quando eu comecei, e a dedicação da Marvel para essa inclusão”, disse Jimenez.

“Como um (ahem!) Criador gay mais velho, estou sempre emocionado com a oportunidade de desenhar personagens LGBTQ + icônicos do passado e do presente da Marvel, e grato por contribuir para o futuro da Marvel: aquele que verdadeiramente representa o mundo - e a maravilhosa diversidade de humanidade - bem do lado de fora da sua janela.”

As capas variantes PRIDE estarão disponíveis nos EUA em Junho, mês que se comemora o Pride Month (Mês do Orgulho). Que todas as vozes sejam ouvidas!

Marcus Pedro

Patton Oswalt fala sobre personagens secundários em M.O.D.O.K. e seu envolvimento com as HQs.

 Continuando com as séries de entrevistas com o ator Patton Oswalt que faz o personagem principal da série M.O.D.O.K temos uma conversa com o Comicbook.com onde o ator detalhou como foi seu envolvimento inicial com a série, revelou sua preferência por personagens de nível C e D e comentou sobre futuros projetos no mundo dos quadrinhos. Confira só:

ComicBook.com: Com que rapidez você se envolveu com o show MODOK? Isso é algo que Jordan [Blum, showrunner] apresentou e então eles trouxeram você ou onde você fez parte do processo de apresentação?

Patton Oswalt: Já nos conhecíamos há algum tempo e meio que trabalhávamos no campo juntos. Levamos para a Marvel e a Disney, e eles adoraram. Como se eu estivesse lá desde o início, como se a ideia de fazer um programa sobre MODOK fosse imediatamente atraente para mim. Adoro que a Marvel tenha esse nível C e D de seus heróis e vilões, e eles o mantêm tão consistente quanto as coisas de nível A porque isso é parte do universo, sabe? E eu amo que eles mantenham isso acontecendo, então o fato de jogar naquele nível foi imediatamente atraente para mim.


ComicBook.com: Você se apegou à dublagem do personagem desde o início? Você já se envolveu no show sem fazer isso?

Patton Oswalt: Seria eu expressando isso desde o início. Você sabe, era eu no campo e quando começamos a fazer coisas do tipo, você sabe, pequenas coisas chiando com animação, fui eu gravando coisas bem cedo. 


ComicBook.com: Fale sobre o elenco perfeito, tão bravo. Aqui, MODOK ainda é o cientista do mal, mas você dá a ele uma família e a vida dele é uma merda completa no momento. Fale-me um pouco sobre a decisão de levá-lo nessa direção.

Patton Oswalt: Eu acho que a família e a casa nos subúrbios são parte de sua arrogância e ego, que é "Eu, ao contrário dessas outras conquistas do mundo, que têm que concentrar todas as suas energias em conquistar o mundo. Eu, MODOK, inteligência superior, posso ter os dois. Posso governar o mundo como o imperador MODOK. Posso ter uma família amorosa que me adora. Terei os dois. "


ComicBook.com: Não podemos falar muito sobre os personagens por causa dos spoilers, mas Hulu revelou anteriormente Angar, eles revelaram Poundcakes e o Magnum nele. Não estamos nem falando de personagens da lista D, cara. Estamos falando do fundo do barril.

Patton Oswalt:  Eu amo Angar, o Gritador, é um dos meus personagens favoritos da Marvel porque foi durante isso que, você sabe que um monte de empresas grandes, você pode sentir que sempre que eles estão tentando agarrar os zeitgeists, eles vão agarrar desajeitadamente de uma lindo maneira e isso é tipo, "Ei, crianças adoram esse rock de heavy metal. Vamos tentar conseguir uma chave, você sabe, então Angar o Gritador, você conhece essas crianças com rock and roll alto." Então, você sabe, eu sempre amei aquele cara.


ComicBook.com:  Obviamente, o show ultrapassa os limites. Você lembra um exemplo onde eles disseram não?

Patton Oswalt: Eles não nos recusaram nada, o que criou nossos próprios problemas, porque então éramos como um cachorro perseguindo um carro, tipo: "Oh, agora temos essa coisa. Não podemos estragar tudo." Então eles nos deram personagens para trabalharmos com isso, mas é melhor irmos para a lateral do parque porque eles simplesmente nos deram a corda. Eu não quero nos enforcar aqui. 


ComicBook.com:  Uma última pergunta para você, então vou deixar você ir. Você está fazendo MODOK agora e escreveu MODOK: Head Games with Jordan. Não tenho certeza se ele pode ver, mas lá atrás eu tenho um pequeno Black Hammer, uma pequena construção de santuário e você escreveu apenas um episódio da série. Quando se trata de quadrinhos, o que vem por aí para você? Você está tentando convencer Jeff Lemire [criador do Black Hammer] a lhe dar seu próprio spinoff? Qual é o futuro dos quadrinhos para Patton Oswalt?

Patton Oswalt: Não quero dizer agora, mas há ... direi que há coisas cozinhando, mas não gosto de falar de coisas que estão em forma embrionária porque ainda estou formando na minha cabeça e às vezes sinto tipo, se eu disser em voz alta isso bloqueia em qualquer forma que seja, mas há definitivamente outros quadrinhos que estarei escrevendo.

ComicBook.com: Não vimos então seus últimos trabalhos nos Quadrinhos então. É isso.

Patton Oswalt: Não, não, viram. 


Então, é isso! Agora é esperar a estreia no dia 21 e enquanto isso conferir o video com a entrevista completa aqui!

Coveiro

Um Venom em tamanho real pela Beast Kingdom

 Aproveitando que o nome do Venom está em destaque essa semana por conta do trailer, vamos aproveitar pra falar de um lançamento da Beast Kingdom do começo desse ano que é pra os fãs cheio da grana do Venom. Trata-se de um estátua em tamanho real 1: 1 altamente detalhada do simbionte alienígena da Marvel. LS-078 Marvel Comics Venom Com é bem maior que um homem normal, mede cerca de 220 cm de altura, tem o design de estilo dos quadrinhos do Venom e é recriado com precisão e definição do músculo e veias do personagem.


 Usando anos de experiência na fabricação de estátuas sofisticadas, o Beast Kingdom recriou o sorriso infame de Venom e a língua comprida e viscosa. Sua expressão maligna de outro mundo e seu físico enorme são cuidadosamente recriados com artesanato pintado à mão. Emparelhado com uma plataforma revestida de pedra e uma placa numerada individualmente, esta estátua em tamanho real é perfeita para colecionadores e profissionais donos de lojas de quadrinhos que queiram enfeitar o ambiente. Para os interessados, o lançamento será nesse 2º trimestre de 2021.


Coveiro






John Romita Jr fará a arte da edição comemorativa de 60 anos do Quarteto Fantástico

 Este ano, a Marvel Comics vai comemorar o 60º aniversário do Quarteto Fantástico com estilo! Berço de conceitos e personagens que revolucionaram a narração de histórias em quadrinhos, as criações amadas de Stan Lee e Jack Kirby desfrutaram das sagas mais memoráveis ​​da história dos quadrinhos e este ano verá algumas das maiores aventuras já vistas com a edição #35 comemorativa!


Na sequência da muito aguardada história da NOIVA DO DESTINO, o Quarteto Fantástico # 35 de agosto será um espetáculo especial de tamanho gigante que verá o escritor da série Dan Slott se unindo ao lendário artista John Romita Jr. Retornado recentemente à Casa das Idéias, Romita Jr. está de volta para trazer sua incrível obra de arte para os maiores heróis da Marvel, começando com esta edição comemorativa do 60º aniversário da Primeira Família da Marvel. FANTASTIC FOUR # 35 lançará um novo enredo que verá cada iteração do vilão Kang se unindo para uma trama tortuosa que irá desvendar a história do Quarteto Fantástico!

Toda a linhagem Kang está determinada a destruir todas as era do Quarteto Fantástico! Como podem Reed, Sue, Ben e Johnny esperar sobreviver a ataques simultâneos ao longo de suas vidas por Rama Tut, o Centurião Escarlate, Kang, o Conquistador e o descendente final de Kang, o sinistro Scion ?! Ainda lidando com as repercussões do casamento culminante do Doutor Destino, as mudanças inovadoras no status quo do Quarteto Fantástico estão apenas começando. E Mais: Mark Waid e Paul Renaud oferecem novas percepções dramáticas sobre a origem do fabuloso quarteto em um conto de aniversário totalmente novo e uma terceira história escrita e desenhada por Jason Loo em sua estreia na Marvel Comics! 

“Eu li, e ouvi de pessoas muito mais espertas, que 'sorte é o resíduo do design', então não vou nem tentar dizer que projetei os eventos desses últimos meses, mas vou aproveitar esse tipo de sorte a qualquer dia, a qualquer hora ”, disse Romita Jr. “Tive a sorte de começar minha carreira na Marvel e agora sou extremamente sortudo em me reconectar com a Marvel. Isso é uma enorme quantidade de boa sorte. Agradeço sinceramente a todo o pessoal da Marvel e da Disney, que trabalharam para que essa reconexão feliz acontecesse" disse o desenhista feliz.

“Para adicionar a tudo isso, e eu odeio adicionar uma terceira seção à minha sorte, é a oportunidade de começar com um grande projeto, que é o 60º aniversário do Quarteto Fantástico! É uma honra e extremo privilégio ser convidado para trabalhar nisso junto com um amigo e ex-colaborador, Dan Slott! Junto com o colorista JP Mayer, estou ansioso para ver isso em agosto! ” concluiu ele.

Nesse artigo, temos além da capa de Mark Brooks acima, algumas artes  interiores do J.R.JR. destacando membros do Quarteto Fantástico do passado e do presente que veremos nessa aventura. Fique de olho em mais notícias emocionantes sobre a fabulosa celebração do 60º aniversário do Quarteto Fantástico em breve por aqui!

Coveiro 

Supervisor de VFX da Marvel fala sobre roupa do Capitão América, Madripoor e mais de Falcão e o Soldado Invernal

 Muito parecido com o WandaVision antes dele, O Falcão e o Soldado Invernal foi uma série tão cinematográfico quanto qualquer outra coisa que a Marvel Studios lançou até agora. Ambos os programas trouxeram efeitos visuais de primeira linha que rivalizam com aqueles que você vê na tela de cinema. Quando se trata da série estrelada por Anthony Mackie e Sebastian Stan, quem é o responsável por todos os efeitos especiais é Eric Leven, que supervisionou todos os detalhes desde a sequência insana de paraquedismo até o novo traje de Sam Wilson no final. Em conversa com o Comicbook.com, Leven falou como é estar hoje na maior estúdio dos cinemas do momento:

“Com as coisas da Marvel, eles realmente estão constantemente mudando e evoluindo as cenas e movendo as cenas e apenas tornando-as cada vez melhores”, Leven contou. "E foi ótimo ter o tempo e os recursos para realmente tornar essas coisas tão realistas e incríveis quanto possível. As conversas que estávamos tendo... O que Falcon faria nisso... Como ele realmente salvaria essa pessoa? O que faz mais sentido? Como ele jogaria o escudo? Essas são ótimas conversas que continuam a se repetir e a tornar as coisas ótimas. Foi divertido. "

Falando de um dos cenários mais fantásticos da série, Leven contou como foi o processo de criação de Madripoor,a cidade fictícia dos quadrinhos que junta toda a grande bandidagem do universo Marvel. "Bem, para ser justo, isso começa com o departamento de arte. Nesse caso, Ray Chan e sua equipe, antes mesmo de começarmos, nos forneceram algumas artes-chaves incríveis para basearmos tudo. Então eles fizeram muito trabalho pesado para começar. Além disso, quero dizer, as tomadas de estabelecimento são todas CG, mas eles construíram um cenário para adicionarmos quando estávamos em Low Town, então foi uma experiência colaborativa muito boa e Ray é fantástico e seu trabalho é incrível. Fomos, sim, basicamente capazes de apenas construir sobre o que aconteceu em cima do que eles trouxeram para a mesa" disse o editor de VFX.

"Em seguida, passamos por rodadas de referência, em termos de quais cidades podemos olhar para isso. Uma das coisas interessantes sobre as fotos amplas em Madripoor é que se você olhar nos livros, sempre há uma sampana ou alguns barcos muito velhos no porto. Então, inicialmente, tínhamos aqueles, também, em Madripoor e eles decidiram: "Nah, não é isso que queremos fazer na concepção do UCM do que é Madripoor. Queremos que seja mais como um paraíso para trapaceiros sonegadores de impostos super-ricos", então, em vez de sampanas, vamos colocar esses barcos de cigarros e grandes mega iates e coisas assim. Então, foi interessante ver como ele evoluiu a partir das diferentes fontes. 

Quando questionado sobre o que o público irá mais se surpreender ao descobrir que se trata de algo em CGI e não real, Leven explicou que "Há uma série de fotografia que você nunca perceberá que fizemos em CG. O que vem à mente agora é, há um tomada no final da luta no Episódio Cinco, entre Bucky, Falcão e Walker, quando Sam pega o escudo e limpa o sangue dele e aquilo foi completamente CG, com sangue no escudo CG. A maioria das tomadas do escudo foram CG, mas aquela, em particular, está bem na câmera. É muito perto e parece fantástico. Muito bom. Há cenas de John Walker no Episódio Quatro, quando ele está atacando Nico, ele joga o escudo em Nico e devido ao seu desempenho e sua pantomima, tivemos que substituí-lo do pescoço para baixo. Então é tudo digital, obviamente, quando ele pula da janela. Eu acho que essas fotografias parecem ótimas, mas é tudo CG nelas também".

O Comicbook.com quis saber porque a maioria das tomadas do escudo são substituídas por CGI e o supervisor explicou que "Parte disso é, obviamente, para você não pode jogar o escudo real porque é delicado e mágico, e você não pode bagunçar tudo. Então, na maioria das vezes, quando você está lutando com o escudo, você está usando um escudo para acrobacias, que é feito de borracha. Ou simplesmente que não parece muito correto, especialmente em close-up, por isso precisa ser substituído. E outra coisa interessante é que ninguém nunca havia colocado nada no escudo real antes. Os caras do adereço ficaram surpresos quando pedimos sangue nele. O escudo é perfeito o tempo todo. Está sempre limpo. Então, quando você está no set e está tentando colocar sangue, é da cor certa? É a consistência certa? E as coisas mudam. E quão fino é quando Sam esfrega um pouco? Essas são conversas que temos na pós-produção. Portanto, é mais fácil descobrir isso na edição. E então, sim, todo o sangue foi adicionado depois e quando você adicionar sangue digital, pode ser mais fácil fazer um escudo digital. 

O Comicbook.com também quis saber que mudanças a equipe de VFX teve que trabalhar a partir do momento que Sam vira o novo Capitão América. "Bem, era tudo sobre as asas, e também sobre a maneira como ele voa com essas asas. Já fizemos uma grande mudança na forma como o Falcão voava no início do seriado - porque antes, quando o Falcão voava, ele sempre está com as mãos nas asas. E queríamos nos afastar disso, porque teríamos muitas imagens dele nesta pose da Cruz de Ferro. Queríamos encontrar algo um pouco diferente ", explicou Leven. "Usamos pessoas reais em jatos como referência - caras que realmente voam com jetpacks reais - e eles geralmente têm apenas os braços ao lado do corpo. Queríamos dar a Sam a flexibilidade de voar de maneira diferente no início do seriado. No final , quando ele é o Capitão América, há um conjunto diferente de asas. Queríamos ter elas diferentes poses para ele e como ele se equilibrava; quão confortável ele se sente com essas asas, e também as poses das asas. Quão tipo asa delta elas ficam , ou quão flexíveis elas são? Se elas forem muito flexíveis - você não quer ter muitas curvas em S, por exemplo, ou eles começam a parecer que são feitos de matéria-prima ", acrescentou. "Então, descobrir tudo isso foi uma jornada interessante." 

Sobre se o novo uniforme de Agente Americano de John Walker é real ou CGI alterando o antigo, Leven garantiu que "é real. Aqui está o aspecto engraçado dos efeitos visuais. Os efeitos visuais podem fazer muito, mas acho que todo supervisor de efeitos visuais dirá a você a mesma coisa. Você vai querer fazer isso como efeito prático se puder. E isso vale para qualquer coisa, explosões, cidades, pessoas voando pelo ar, é por isso que pulamos em pára-quedistas tanto quanto você pode conseguir na prática, nós pressionamos para fazer na prática. Então, houve conversas sobre, 'Podemos pegar a velha roupa do Capitão América de Walker e apenas recolorir para seu agente americano?' Mas, no final do dia, decidimos que é melhor fazer isso na prática.

Como exemplo de melhor uso de cenas reais, Leven exemplificou com o salto usando roupas-esquilos dos paraquedistas. "Esse é o objetivo. Se você pode fazer o suficiente na prática e é, novamente, assistir esses paraquedistas fazerem seu trabalho, foi simplesmente fascinante. Quer dizer, os caras foram incríveis. Não apenas fazendo essas incríveis manobras aéreas, mas também filmando a si mesmos, fazem isso e filmam várias tomadas. Eles começaram no ar e voltaram e fizeram a segunda, a terceira tomadas. Foi incrível. Mas se você pode obter algumas fotos práticas, então a sequência você começa a ... Você não tem certeza do que é real e do que não é. E então o objetivo é: "Bem, talvez todos eles tenham conseguido. Talvez seja tudo real. Talvez haja realmente um cara voando por aí, eu não sei. Talvez eles realmente tenham ido para o deserto. Talvez sejam realmente helicópteros. "

O editor de VFX contou que ele próprio acabou participando na prática dessa tomada. "Esses caras me pegaram. Eles me levaram no último dia do último salto, eles me levaram para o skydiving. E foi engraçado, porque eu tinha percebido que estávamos todos subindo nesse avião e estou pulando junto com um daqueles paraquedistas. E eu disse, "Nossa, todo mundo neste avião tem um pára-quedas, exceto eu."

Falcão e Soldado Invernal chegou ao Disney+ e conta com Anthony Mackie como Sam "Falcão" Wilson e Sebastian Stan como Bucky "Soldado Invernal" Barnes como protagonistas. Além deles, estão também Emily Van Camp como Sharon Carter, Daniel Bruhl como Helmult Zemo, Wyatt Russell como Johnny Walker, Georges St-Pierre como Batroc, Adepero Oduye como Sarah Wilson, Erin Kellyman como Karli Morgenthau, Danny Ramirez como Joaquin Torres, Carl Lumbly como Isaiah Bradley, Elijah Richardson como Eli Bradley, além de Clé Bennet, Noah Mills, Julie Zhan, Desmond Chiam, e Miki Ishikawa. A série foi dirigida por Kari Skogland com roteiro de Derek Kolstad, Michael Kastelein e Malcolm Spellman.

Coveiro

Martin Freeman fala suas primeiras impressões sobre o roteiro de Wakanda Forever


Sem Chadwick Boseman, a sequência de Pantera Negra ganhou o subtítulo de Wakanda Forever no último vídeo de divulgação dos filmes liberado pela Marvel. Atores que apareceram na franquia anterior já anunciaram que vão voltar e um deles é Martin Freeman. Ele recentemente apareceu no The Late Late Show com James Corden, confirmando que ele se encontrou com Ryan Coogler numa videoconferência e foi informado da direção que planejam tomar na sequência. No entanto, parece que ele ficou um pouco surpreso com o que o cineasta tem em mente. 


"Eu recebi uma ligação da Zoom de Ryan Coogler, o diretor e co-roteirista de Pantera Negra, há cerca de sete ou oito semanas, eu suponho. Ele meio que meticulosamente me conduziu por todas as passagens do meu personagem no filme. Ele me levou através do filme, mas incorporando as tomadas do meu personagem. E algumas delas eram realmente muito estranhas" admitiu Freeman.

“E eu acho que [Coogler] pode ver pela reação em meu rosto a algumas das coisas que ele estava dizendo, meu rosto deve ter ficado chocado assim, porque ele meio que parou, e continuou, ' Continue me acompanhando, isso vai funcionar '”, colocou o ator. "As pessoas estão querendo um, eu acho, um verdadeiro mimo. Quer dizer, não fizemos isso ainda, quem sabe, podemos torná-lo horrível. Mas, espero que não, espero que as pessoas vão achar um deleite. "

Sem T'Challa, a sequência do Pantera Negra será um filme muito diferente, e Freeman compartilhou suas esperanças de que homenageará o falecido Chadwick Boseman com sucesso. "Obviamente, a esperança é que façamos justiça ao primeiro filme e façamos justiça ao legado de Chadwick e façamos, com sorte, outro bom filme" falou.

A Marvel Studios não compartilhou detalhes sobre quem assumirá o manto do Pantera Negra na ausência de T'Challa. No entanto, Shuri, Erik Killmonger, M'Baku e Kasper Cole permanecem as possibilidades mais populares, com rumores apontando para o recém anunciado Regé-Jean Page de Bridgerton fazendo o papel de Cole. É cedo, portanto vamos aguardar pra ver.

Pantera Negra: Wakanda Forever chega aos cinemas em 8 de Julho de 2022.

Coveiro

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Reveladas as capas de Agosto do arco Infinite Destinies


Antecipando alguns anúncios de Agosto, a Marvel Comics liberou as artes das capas e sinopses das últimas edições de Infinite Destinies, arco de histórias que colocam as Pedras do Infinito novamente em destaque.


Em MILES MORALES: SPIDER-MAN ANNUAL # 1, escrito por Saladin Ahmed e Jed MacKay com arte de Luca Maresca e Juan Ferreyra, Miles se juntará ao herói da série Magnificent Ms. Marvel: AMULET! Juntos, eles vão investigar uma série de ataques de monstros no Brooklyn e descobrir uma série de objetos mágicos amaldiçoados. Mas quem os ativou e por quê? E será que o Homem-Aranha e o Amuleto conseguem descobrir antes que os monstros os derrubem também? Também apresentando INFINITE FURY Parte 7 de Jed MacKay e Juan Ferreyra!
 


GUARDIÕES DA GALÁXIA ANUAL # 1 de Al Ewing e Jed MacKay com arte de Flaviano e Juan Ferreyra finalmente irão ver Hércules enfrentar seu mais novo rival! Hércules sempre foi conhecido como o Príncipe do Poder ... isso até que um príncipe mais jovem apareceu para vencê-lo! Com a ajuda de uma toda poderosa Pedra do Infinito, até mesmo um idiota completo pode desenvolver os quadríceps, deltoides e abdominais de um Príncipe do Poder ... mas por que foi ESSE idiota? Concentre-se em seu núcleo, True Believers - as respostas irão chocá-lo! Também apresentando INFINITE FURY Parte 7 de Jed MacKay e Juan Ferreyra!

"Eu tenho guardado os segredos da Pedra do Poder por muito, muito tempo - algumas dessas ideias têm borbulhado desde o fim das Guerras do Infinito", brincou Ewing. "Mas, por enquanto qualquer pessoa pegando GUARDIÕES DA GALÁXIA sabe agora quem é o novo dono da pedra, contudo como eles vieram a existir não foi dito ... até agora. Por fim, o mundo pode aprender a verdadeira e trágica história do Príncipe do Poder ..."



E, finalmente, AVENGERS ANNUAL # 1 apresentará a surpreendente conclusão desta saga imprevisível. Escrito por Jed MacKay com arte de Travel Foreman, o último segredo das Pedras do Infinito e dos Portadores das Pedras do Infinito é revelado aqui. Além disso, conheça um novo personagem que vence o Capitão América e o Homem de Ferro dentro de um centímetro de suas vidas. Também apresentando INFINITE FURY Parte 8 de Jed MacKay e Juan Ferreyra!

“Estamos em todo o Universo Marvel com este aqui, e é realmente emocionante ver como o surgimento das Pedras do Infinito em suas novas formas vai tocar as diferentes partes do mundo”, disse MacKay. “Quem entre as estrelas convidadas nestes Anuais será revelado para ser o novo portador das Pedras do Infinito? De minha parte, foi uma verdadeira alegria trazer a Gata Negra e seu mundo para o evento, mas também trabalhar com favoritos como Homem de Ferro, os Vingadores, Nick Fury e toda a turma. Estou muito animado para que as pessoas vejam o que o INFINITE DESTINIES tem a oferecer como um evento anual!"

MILES MORALES: SPIDER-MAN ANNUAL 1 tem previsão de lançamento nos EUA em 4 de Agosto. Já GUARDIANS OF THE GALAXY ANNUAL 1 tem previsão de lançamento em 18 de Agosto. E AVENGERS ANNUAL 1, que ainda não teve o personagem convidado da história revelado, tem previsão de lançamento para 25 de Agosto.

Marcus Pedro

Showrunner de M.O.D.O.K. nos atualiza sobre a animação do Assassímio

 Na próxima semana, MODOK da Marvel fará sua estreia na Hulu e dará aos fãs da Casa das Ideias sua primeira série animada feita para adultos e usando Stop Motion. Contudo, MODOK não seria a única série animada na programação da Hulu pra sair por agora. Pouco depois que a Marvel Studios absorver a Marvel Television, a equipe liderada por Kevin Feige mandou as animações de Tigra & Dazzler e Howard the Duck, de Kevin Smith, para o limbo. MODOK e Assassímio (Hit-Monkey) foram capazes de se salvar do corte e continuar o desenvolvimento pra plataforma americana.


Apesar de praticamente nenhuma notícia surgir em relação ao Assassímio  desde que foi anunciado pela primeira vez, o desenho ainda está em produção no Hulu e o criador e showrunner do MODOK, Jordan Blum, nos disse que viu parte dele e foi só elogios. “Sabe, estou animado que as pessoas verão Assassímio”, disse Blum. "Eu vi um pouco daquilo e parece incrível." 

Todos os quatro programas iriam ao ar com suas primeiras temporadas antes de se cruzar em uma paródia com a série da Netflix que se chamariam de 'Os Ofensores'. Contudo, mesmo que tudo fosse cruzar, Blum diz que cada um dos showrunners permaneceu em sua maior parte sem se falar enquanto desenvolvia os programas individuais.

“Fui consultor em outros programas porque possivelmente faria Os Ofensores se algum dia viesse a ocorrer”, acrescentou o escritor. "Foi muito legal. Todos tinham que fazer suas próprias coisas. Não mudamos nada em nosso seriado. Mas não, você sabe, eu acho que você quer dar aos criadores um pouco de liberdade para estabelecer seus personagens e as vozes dos shows e não me preocupar muito sobre como tudo se encaixa. Esse seria o meu fardo. "

Infelizmente, o crossover não estava mais na programação da Marvel e Blum pareceu triste. “Eu não posso fazer isso, mas estamos animados para lançar esses programas” concluiu.

Então, é isso! Por agora, teremos que nos contentar com os 10 episódios de MODOK que chegaram ao Hulu em 21 de maio. Hit-Monkey ainda não definiu uma janela de lançamento. E falando especificamente pra nós aqui da America Latina, vamos ter que aguardar ainda a DISNEY+ nos adiantar com mais detalhes sobre o lançamento da plataforma STAR+, onde provavelmente esse material deve ir parar assim como o já lançado ano passado Helstrom.

Coveiro

Andy Serkis fala da relação entre Eddie e Venom e detalha os poderes do Carnificina no filme

O trailer do segundo filme do Venom que saiu nessa segunda feira certamente dividiu os fãs. Sem medo de seguir a formula do primeiro, que apesar de criticado por uma parcela dos fãs acabou tendo uma impressionante bilheteria internacional, Venom: Tempo de Carnificina mostrou uma trailer com cenas dividas com um humor grotesco entre Eddie e o simbionte e pontuou sutilmente um suspense com a loucura quase que infantil de Cletus Kasady ao se definir como um 'igual' a Brock. Ao IGN, enquanto discutia sobre o novo trailer, o diretor Andy Serkis falou sobre essa relação conturbada entre Eddie, o Simbionte e agora o Carnificina de Cletus Kasady:

"Eles são agora o que é, na verdade, o estágio 'Casal Estranho' de seu relacionamento", disse Serkis. "Eles estão juntos há ... um ano e meio, digamos, desde a última história. E eles estão descobrindo como estar um com o outro. E é como viver com uma criança maníaca. Eddie está realmente lutando. Ele não consegue se concentrar. Ele está tentando continuar com o trabalho. E, é claro, ele só pensa em si mesmo, no geral ... Então, ter esse outro estando em um pequeno espaço em seu pequeno apartamento, é como olhar em uma versão espelhada de si mesmo estranha e bagunçada. E Venom, claro, se sente preso, porque ele não pode deixar o corpo de Eddie a menos que tenha sua permissão. E quando eles saem, o negócio é - você vive no meu corpo , você vive de acordo com minhas regras. E estamos sob ameaça. Estamos em uma posição perigosa aqui. Temos que ficar calados. E ninguém deve saber por causa de todas as coisas que aconteceram na última história, se as pessoas descobrirem aqui fora e vão querer ter um controle do que está acontecendo, então nós dois seremos transportados para a Área 51 e examinados. "

Em paralelo, apesar da larga diferença, do diretor também vê alguns pontos de semelhança também entre Eddie Brock e Cletus Kasady. "Ambos tiveram uma educação estranha, com relacionamentos estranhos com seus pais e suas famílias. E há uma solidão inerente que ambos reconhecem um no outro" disse o diretor.  "Cletus realmente estende a mão e só fala com Eddie Brock. Isso é no início da história, aprendemos que ele é o único com quem ele vai falar. E os policiais, portanto, querem que Eddie entre e investigue e tente e descobrir onde estão alguns dos corpos, alguns dos muitos corpos das vítimas de Cletus estão. "


"Ele está em uma missão. Mas também, ele está se servindo apenas da maneira que Eddie pode fazer. Ele quer entrar lá e talvez possa fazer uma história, voltar ao que ele mais quer fazer, que é escrever, fazer a palavra escrita e ser jornalista ” comentou o diretor. "Então isso configura realmente o confronto, ou a falsa relação, que Eddie meio que finge ter com Cletus, a fim de obter informações disso". Para entender mais sobre esse Cletus do filme, Serkis falou pra vocês se aterem aos detalhes do cenário da cela do vilão. “Cletus tem uma extraordinária imaginação e mente infantil, mas vívidas, e ele se expressa desenhando”, disse o diretor. "Sua cela está completamente coberta por essas marcas e expressões realmente bizarras. É como sua raiva e frustração e sua tristeza e seu desespero e sua solidão."

“Ele pode se transformar em névoa. Ele pode se transformar em todos os tipos de tentáculos. Ele pode assumir diferentes formas. Ele pode se tornar uma arma, ele pode fazer todas essas coisas diferentes”, revelou Serkis. "Como todos os simbiontes, eles refletem a pessoa que é seu hospedeiro. Então, a escuridão do Carnificina, a diversão, a inteligência, a estranheza. Cletus tem uma inteligência real e um senso de humor real, e queríamos refletir isso no simbionte que está ligado a ele." Falando sobre o design de simbionte, o cineasta acrescentou: "Foi muito divertido trabalhar no design deste personagem e tirá-lo do mundo dos quadrinhos. Foi maravilhoso ter a oportunidade de levar esse personagem que nunca foi visto antes na tela, como tanto quanto você consegue conhecê-lo em nossa história e realmente brincar com a fisicalidade, como ele se move, como ele expulsa seus tentáculos.

Venom: Let There Be Carnage já mudou de datas algumas vezes pela Sony a atualmente está reservado para sair em 24 de Setembro de 2021 nos EUA. NO Brasil, a Sony acabou de confirmar o lançamento pra uma semana antes, 16 de Setembro. No elenco, além de Tom Hardy, teremos Michele Williams como Anne Weying, Woody Harrelson como Cletus Kasady, Reid Scott como o Dr. Dan Lewis e Naomie Harris supostamente no papel de Shriek. Também estarão no elenco San Delaney, Laurence Spellman, Peggy Lu e Stephen Graham.

Coveiro

Série do Loki ganha novo pôster

As quartas-feiras serão as novas sexta-feiras. Foi isso que Tom Hiddleston disse no último anúncio oficial da série na semana passada. Agora, é a vez de termos um novo pôster do Loki quentinho saindo com a data atualizada adiantada. Espia só: 



Loki chega a Disney+ em 9 de Julho e conta com a volta de Tom Hiddleston no papel do Deus da Trapaça. Alem dele, teremos na série Owen Wilson, Gugu Mbatha-Raw, Sophia Di Martino, Wunmi Mosaku, Erika Coleman e Richard E. Grant. A série tem direção de Kate Herron e é roteirizada por Michael Waldron.

Coveiro

Revistas de STAR WARS ganham capas variantes com tema LGBTQ+ em Junho

 O site StarWars.com revelou esse fim de semana  seis Capas variantes comemorando o mês do orgulho LGBTQ+ com o tema de STAR WARS que devem chegar à as lojas de quadrinhos em junho nos EUA! Criadas por uma linha de estrelas de quadrinhos LGBTQ +, esta coleção de obras de arte incríveis vão estar nos diversos títulos mensais atualmente publicados pela Marvel. Espia só:

“Ser convidado para retratar esses dois personagens incríveis foi uma oportunidade única na vida que eu não poderia deixar escapar”, disse Javier Garrón ao StarWars.com sobre ser chamaddo para fazer os gêmeos Jedi Terec e Ceret para sua capa de Star Wars: The High Republic # 6. “É uma chance de destacar o que eu amo neles e em Star Wars: é um universo infinito, imensamente diverso e inclusivo. Com cada história, seus limites são quebrados e ela se torna mais rica, mais interessante e mais divertida de explorar. Então, eu queria desenhar Terec e Ceret como os personagens poderosos que são, cheios de determinação e esperança. Porque isso é o que um grande Jedi significa para mim. E a representação é importante. ”

Os fãs podem ver a Doutora Aphra, Sana Starros, Rae Sloan, Yrica Quell, Terec e Ceret e Lando Calrissian, todos trazidos à vida em obras de arte espetaculares assinadas por Jan Bazaldua, Javier Garrón, Babs Tarr, Jacopo Camagni, JJ Kirby e Stephen Byrne! 

Coveiro