quinta-feira, 30 de junho de 2022

A genialidade de Taika Waititi é destacada por todo elenco de Thor: Amor e Trovão em novo vídeo de bastidores

 


A mente brilhante de Taika Waititi é o foco de um novo video de destaques de Thor: Amor e Trovão Waititi ajudou a revolucionar a franquia do Deus do Trovão quando assumiu a cadeira de diretor de Thor: Ragnarok. Agora ele está de volta para trazer um pouco de amor e trovão ao Universo Cinematográfico da Marvel, junto com o retorno de Natalie Portman como a Poderosa Thor. Todos, de Portman ao recém-chegado Christian Bale, não têm nada além de coisas boas a dizer sobre trabalhar com Taika Waititi, que é descrito como uma "espécie de criança genial" pela estrela de Thor, Chris Hemsworth.

Risos e bons momentos podem ser encontrados neste video featurette de Thor: Amor e Trovão. Taika Waititi trouxe cor e risadas para a franquia Thor, o que é bastante evidente em algumas imagens dos bastidores. "AMOR E TROVÃO! É tão alto e na sua cara e extravagante", diz Waititi no vídeo. Em um ponto, vários atores como Hemsworth, Dave Bautista, Karen Gillan e Pom Klementieff são pegos gritando alto, mostrando seus lados patetas durante as filmagens.

"Taika é um cineasta original muito sangrento", diz Bale sobre Waititi. "Ele é incrivelmente talentoso." Em seguida, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, entra na tela para discutir como Waititi queria voltar para se divertir e contar uma boa história, mas também mostrar a emoção de que só ele pode proporcionar um projeto.

O clima muda um pouco, enquanto os atores discutem o que torna seu diretor um dos melhores do ramo. "Acho que Taika é muito bom em refletir como a vida pode ser", diz Portman. "Sombria e cômica ao mesmo tempo." Waititi acrescenta que ele sempre quis fazer uma aventura espacial maluca, mas também emocional ao mesmo tempo. Os clipes então se movem para destacar a relação entre Thor e Jane Foster, que começou no filme de 2011.

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e outros no filme. A direção é de Taika Waititi e o lançamento é 8 de Julho de 2022

Coveiro


Quarto episódio de Ms Marvel traz os Adagas Vermelhas e um clima mais Bollywood

 O quarto episódio de Ms Marvel finalmente apresentou o Adaga Vermelha vivido por Aramis Knight para o público do UCM. O curioso dessa introdução é que há algumas liberdades criativas quando se leva uma figura como esta para as telonas. Aqui, o que era um personagem só aparentemente se torna uma organização. Ou no mínimo um título de legado, com uma figura Adaga Vermelha mais experiente na forma do ator de Bollywood Farhan Akhtar.


Criado para a Marvel Comics por G. Willow Wilson e Mirka Andolfo, o personagem é um vigilante operando em Karachi que protegeu o povo do Paquistão de várias ameaças. Embora o personagem não tenha poderes, a experiência de Kareem em manusear facas facilmente o torna um lutador formidável contra vilões. O vigilante paquistanês usa seu icônico lenço vermelho que cobre parte de seu rosto. Além de sua vida de vigilante, Kareem também tem um vínculo romântico com o jovem Vingador titular, mas não se desenvolveu completamente em um relacionamento.

No episódio 4, o Adaga Vermelha do UCM conheceu Kamala em Karachi, semelhante a como os dois personagens se encontraram nos quadrinhos. Embora não se saiba se esta versão de Kareem se dedicou a proteger o povo do Paquistão como um vigilante, a série da Ms. Marvel estabeleceu a ideia de que os "Adagas Vermelhas" são dedicados a combater os ClanDestinos.

Waleed, de Fahran Akran, que não deixou claro se é o líder dos Adagas Vermelhas ou apenas o antecessor do título que treinou Kareem, revelou que eles existe há centenas de anos, sugerindo que pode haver mais deles em outras partes do Paquistão. Além disso, o conhecimento de Waleed dos ClanDestinos e da Dimensão Noor indicou que as Adagas Vermelhas são fundamentais para manter não apenas o Paquistão seguro, mas o mundo inteiro também.


Mesmo que Waleed tenha encontrado sua morte infeliz no episódio, Kareem parece pronto para continuar o legado de Adaga Vermelha, e mais de seus aliados podem aparecer em episódios futuros. No entanto, com base na história do personagem nos quadrinhos, parece que Kareem fará o salto para a América em algum momento. Talvez até antes do final da série.

Adaga Vermelha e Ms. Marvel foram em várias missões juntas nos quadrinhos, levando a uma última transferência dele para os Estados Unidos. Kareem participou de um programa de intercâmbio estudantil, frequentando a mesma escola que Kamala em Jersey City. Dado que Kareem tem laços estreitos com a avó de Kamala nos quadrinhos, o vigilante paquistanês acabou morando na residência da família Khan para ganhar créditos em língua estrangeira para suas inscrições na faculdade.

Há uma forte chance de que um cenário semelhante aconteça em Ms. Marvel, principalmente porque o episódio 4 apenas arranhou a superfície da origem de Kareem. Sabe-se que ele e Waleed conhecem Aisha, bisavó da Kamala. É possível que os dois últimos episódios revelem que Kareem tem laços com Nani de Kamala, tornando mais fácil explicar por que ele acaba morando com os Khans em Jersey City.

Nos quadrinhos, a permanência de Kareem em Jersey City não o impediu de se tornar Adaga Vermelha, principalmente devido à sua dedicação em ajudar os outros. Um dos feitos heróicos com os quais o herói paquistanês esteve envolvido foi durante uma época em que ele ajudou a Ms. Marvel a parar um trem desgovernado. No entanto, essa situação provocou tensão entre ele e Kamala, já que a mídia deu a ele o crédito por salvar o trem. No final das contas, porém, isso foi resolvido.


A mudança de Kareem para Jersey City é mais do que apenas para a escola, pois apresenta uma infinidade de oportunidades de contar histórias que podem seguir para um segunda temporada da série ou mesmo uma participação em The Marvels. É fato que do jeito que terminou o quarto episódio, deveremos ter mais explicações sobre o passado desses personagens na quinta parte. Por ora, os fãs só podem esperar mais entrosamento entre Kamala e Kareen que foi tão legal de ver dessa última vez.

Coveiro

Chris Pratt diz que dois personagens de Thor: Amor e Trovão estarão no vol.3 dos Guardiões da Galáxia

 


Qualquer chance de ver a interação entre Thor e os Guardiões da Galáxia prometida ao final de Vingadores: Ultimato ficou para conferirmos agora em Julho com Thor: Amor e Trovão. Contudo, parece que Taika Waititi deixou um "presente" para James Gunn trabalhar em seu volume 3 segundo Chris Pratt. E será um par de personagens que estarão fazendo sua estreia neste novo filme. São eles Tanngrisnir e Tanngnjóstr.

Pratt, que interpreta Peter Quill/Senhor das Estrelas em ambos os filmes, revelou em uma entrevista na estréia de Thor: Amor e Trovão que as cabras espaciais vistas nos trailers do filme são algo que o diretor Taika Waititi adicionou ao UCM, mas que os Guardiões Vol. 3 diretor James Gunn também teve que incorporá-los por uma questão de continuidade. Se não quiser saber quem são, melhor não continuar aqui a leitura!



Depois de elogiar o trabalho de Taika Waititi, Christian Bale e Chris Hemsworth pro filme, o ator foi perguntado sobre os dois bodes mitológicos que conheceremos neste filme. "Teremos Cabras espaciais! Eu me lembro de Taika Waititi falar algo do tipo... sabe, eu só queria enfiar algumas cabras em James", riu Pratt. "Eu li o script, amigo, e eu, sabe, decidi colocar algumas cabras ali e eu queria saber o que ele iria fazer com elas. James tem que continuar de onde Taika parou, e ele nos prendeu com algumas cabras espaciais."

Perguntado se era normal que os diretores do MCU trollassem uns aos outros, incluindo elementos incomuns em filmes canônicos para a próxima equipe lidar, Pratt admitiu: "Normalmente não, mas acho que Taika meio que joga por seu próprio conjunto de regras". Pratt também informou que "ele fez algumas coisas que eu acho que é tipo uma brincadeira interna para provocar o James e sabe é um pouco daquele seu mundo de improvisação que você pode colocar e tirar e esse sim e essa cultura de comédia".

 

As cabras espaciais em questão são vistas nos trailers rebocando um navio viking pelo ar e são uma referência à mitologia nórdica que inspirou a versão de Asgard e seus heróis da Marvel Comics. Os mitos muitas vezes se referiam ao deus Thor sendo transportado por uma carruagem puxada por duas cabras, chamadas Tanngrisnir e Tanngnjóstr. Elas são bastante comuns a várias edições de Thor nos quadrinhos, mas particularmente ficaram mais evidentes ao público nas fases escritas por Jason Aaron de onde Thor: Ragnarok e Thor: Amor e Trovão se inspiraram fortemente.

Thor: Amor e Trovão se passa depois de Vingadores: Ultimato, que viu o Thor de Chris Hemsworth se juntar aos Guardiões da Galáxia, liderados pelo Senhor das Estrelas. A equipe fará um papel no novo filme e, em seguida, ocupará o centro do palco para o terceiro filme de sua própria trilogia, que deve chegar aos cinemas em 2023. Gunn, que é roteirista e diretor dos três filmes dos Guardiões, consultou Waititi sobre o retrato dos personagens em Love and Thunder. De alguma maneira, eles devem aparecer em algum momento dos novos projetos de James Gunn que vem aí. Eu ousaria dizer que no "Especial de Natal" talvez com as cabras servido de "renas improvisadas"? 

Junto com a carruagem de cabras, o quarto filme de Thor promete apresentar um novo panteão de deuses gregos clássicos, liderados por Russell Crowe como Zeus. Eles e os deuses de Asgard são ameaçados por Gorr, o Carniceiro dos Deuses, que será interpretado por Christian Bale em sua estreia no MCU. Thor: Amor e Trovão certamente ainda terá muitas surpresas para serem reveladas e saberemos mais em sua estreia mundial em 8 de Julho.

Coveiro

Doutor Estranho e Feiticeira Escarlate são definidos como os personagens mais importantes da Fase 4 da Marvel Studios

 Durante o comentário em áudio de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, alguns membros da equipe criativa discutiram o fato de como Wanda e Strange eram os dois heróis mais importantes da Fase 4 e como um deles caiu em desgraça por razões compreensivas e simpáticas. Na parte da sequência de ação de Kamar Taj, o produtor da Marvel, Richie Palmer, afirmou que "se Doutor Estranho é a âncora do UCM na Fase 4, então Wanda Maximoff é a joia da coroa", indicando como os dois personagens principais são um alicerce para essa primeira fase pós-Saga do Infinito do UCM:


"Sim, é uma loucura ver Wanda agir assim pela primeira vez, é tão emocionante. E para os fãs dos quadrinhos, estávamos tão animados para trazer isso para a tela e finalmente cumprir a promessa. Feiticeira Escarlate, mesmo antes de ela ser a Feiticeira Escarlate, nós a apresentamos em Era de Ultron, sempre houve a esperança de que pudéssemos trazê-la para esse lugar dela fazendo coisas como [se infiltrar em Kamar Taj]. E é realmente emocionante, e ela é A melhor. Se Doutor Estranho é a âncora do MCU da Fase 4, então Wanda Maximoff é a joia da coroa."

Durante o encontro de Elizabeth Olsen e Benedict Cumberbatch no pomar de macieiras, Michael Waldron, o escritor do filme, observou como foi "uma cena tão emocionante para os fãs finalmente colocarem [Estranho e Wanda] na tela juntos" já que são dois dos mais poderosos seres de nosso Multiverso:

 “Uma cena tão emocionante para os fãs finalmente juntarem esses dois na tela. Muitas vezes eles debatem quem é a pessoa mais poderosa do UCM. Estes são dois grandes candidatos a isso, bem aqui.”

Já o diretor Sam Raimi apontou como seu público de teste não estava acostumado a ver Wanda como vilã ainda:

“Acho que isso realmente atingiu nosso público de teste de uma maneira forte e boa, essa cena que você escreveu, porque eles não estão acostumados a ver sua heroína Wanda virar para o lado do mal. É realmente uma escolha poderosa, ver um dos heróis cair.”

Richie Palmer deixou claro como "[eles] amam Wanda, [e não] queriam vê-la passar pela dor que ela passou:"

 “Também não tenho certeza se eles estão prontos para ver nosso herói, Doutor Estranho, ser colocado em uma posição em que ele está sendo confrontado com isso dela. “Você desistiu da Joia do Tempo, e veja o que ela fez comigo, Strange.” Nós amamos Wanda, não queremos vê-la passar pela dor que ela passou. E você poderia levar tudo de volta a esse momento.”

Michael Waldron defendeu os argumentos usados por Wanda, embora ela certamente estivesse fazendo isso da maneira errada:

“Sim, eu diria que Wanda está fazendo alguns bons argumentos aqui, e acho que isso contribui para os melhores vilões, os vilões que você realmente acredita que são os heróis de sua própria história. Erik Killmonger, Thanos, Loki.”



Raimi elogiou o trabalho de Waldron, dizendo como ele "fez do nosso vilão um ser humano... com motivos que entendemos:"

 “Acho que essa foi uma das melhores realizações de [Michael Waldron] com o roteiro, foi que você fez do nosso vilão um ser humano, e com motivos que entendemos. E se não torcer por ela, podemos simpatizar com ela".

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura foi dirigido por Sam Raimi e estrelado por Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho, Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate, Benedict Wong como Wong, Rachel McAdams como Christine Palmer, Chiwetel Ejiofor como Mordo e Xochitl Gomez como América Chávez

Coveiro


Chris Evans volta a falar sobre a remota possibilidade de voltar a ser o Capitão América

A estrela do Capitão América, Chris Evans, se juntou ao D23 Inside Disney Podcast para falar sobre seu trabalho como a voz de Buzz Lightyear na última animação da Pixar. No meio da conversa, ele compartilhou seus pensamentos sobre um possível retorno como Capitão América no UCM, explicando porque seria contrário a ideia.

Embora tenha havido rumores sobre o retorno de Cap, Evans chegou a um acordo com o fato de que o papel atualmente pertence a Anthony Mackie, cujo desempenho Evans elogiou desde que Sam Wilson assumiu o manto. Ele continua cauteloso em trazer sua própria versão do Cap de volta ao jogo, preocupado que "seria perturbador" se ele trouxesse um novo capítulo que não chegasse da maneira certa:

"Não, eu não penso assim. Quero dizer, foi um passeio realmente inacreditável e o personagem é tão querido para mim e eu sou tão precioso com isso. Para voltar ao papel, quero dizer que a verdade é que o papel nem é mais meu. O papel é de Anthony Mackie. Então, você sabe, mesmo que houvesse uma encarnação diferente, não como Capitão América, mas você sabe para Steve Rogers, até isso seria… Eu seria muito cauteloso, só porque eu amo esse capítulo da minha vida profissionalmente, pessoalmente. Eu amo o que esses filmes conseguiram e revisitá-lo e potencialmente ter alguma extensão estranha para esse legado seria perturbador se não fosse bem feito. Portanto, exigiria uma receita quase perfeita e isso pode não estar nas cartas.”

Evans também comparou seus papéis como Capitão América e Buzz Lightyear, admitindo que ambos possuem todas as qualidades de bons líderes. Ele vê Buzz como alguém que provavelmente sabia sobre seu destino como líder "muito cedo na vida", enquanto Cap teve que crescer e descobrir qual era seu papel no mundo:

“Bem, quero dizer que ambos certamente são líderes. Eles são determinados e altruístas e honestos e leais aos seus amigos. Buzz me parece alguém que provavelmente sabia disso muito cedo na vida, você sabe, eu imagino que Buzz era provavelmente o monitor do corredor e o escoteiro e presidente de classe e sempre muito confiante em suas escolhas de vida. Cap provavelmente demorou um pouco mais para entender seu papel na vida e como cumprir o que ele tinha por dentro e provavelmente havia mais timidez, humildade e incerteza no Cap.”

Esta é a mesma postura que ele adotou na maior parte dos últimos dois anos, anteriormente chamando o retorno ao papel de “arriscado”.

Coveiro

Chris Claremont revisitará o passado de Gambit e Tempestade em nova minissérie em 5 partes

 A lenda retorna! Chris Claremont, o escritor que definiu os X-Men e criou as histórias mais influentes da franquia, está de volta com uma nova saga dos X-Men estrelando uma de suas co-criações mais populares - GAMBIT! Com obras de arte da estrela em ascensão Sid Kotian, GAMBIT será uma série limitada de cinco edições que convida os fãs de volta ao momento emocionante em que Gambit e uma Tempestade rejuvenescida forjaram um vínculo eterno enquanto roubavam seu caminho ao longo do rio Mississippi!


 


A série irá desenterrar uma ampla gama de aventuras nunca contadas, desde um encontro com o Rei das Sombras até uma série de aventuras na Terra e fora deste mundo, que dão a Claremont a chance de explorar ainda mais o caminho de Gambit para se tornar um heróico X-Man também assim como revelar novos insights sobre outro personagem que virou sua marca registrada, a "Tempestinha", em um momento crucial de sua história. Dê uma primeira olhada nesta história de ação, intriga e vingança em novas obras de arte interiores e capas variantes de artistas famosos como Salvador Larroca, Peach Momoko, Scott Williams e InHyuk Lee!


 


Quando perguntado por que ele escolheu revisitar essa era específica, Claremont disse à AiPT Comics: “Porque eu considerei isso em algum lugar que oferecia a oportunidade de muita diversão para todos os envolvidos. Pense nisso: quem percebe as crianças? A maneira como Remy se veste, para não mencionar seu grande corpo e aparência linda, na maioria das vezes todos os olhos se voltam para ele. A Jovem Ororo permanece funcionalmente invisível. O alvo olha para Remy, Ororo assalta seu bolso. Mas a verdadeira razão, francamente, é que a história se tornou muito mais divertida dessa maneira.”

Prepare-se para esta X-Saga tão esperada quando o GAMBIT #1 chegar em 27 de julho!

Coveiro

Dakota Johnson fala dos preparativos para viver a Madame Teia no próximo filme da Sony

O próximo spin-off do Homem-Aranha pela Sony, Madame Teia, começará a ser filmado em Julho, com a estrela Dakota Johnson revelando que está se preparando para adicionar músculos para se envolver no maior número possível de acrobacias para o longa. Dado que se trata de uma aventura de super-heróis, certamente haverá uma variedade de sequências de ação, mas a natureza misteriosa do personagem e os mínimos detalhes sobre o novo filme despertarão especulações entre os fãs sobre quais tipos de acrobacias poderiam ser apresentadas no filme. 

Em uma reportagem de capa sobre Dakota Johnson, a Vanity Fair detalhou que "Em julho, ela estará em um local não revelado no set de seu primeiro filme de ação, Madame Teia da Marvel, para o qual ela está colocando alguns músculos para poder fazer tantas acrobacias desde que sua apólice de seguro permita: 'Sinto que provavelmente posso fazer algumas coisas de Tom Cruise', disse ela animadamente."

Vale ressaltar aqui que o preparo de Dakota Johnson para cenas de ação pode implicar que ela talvez então não seja a versão presa numa cadeira de rodas como foi a primeira Madame Teia dos quadrinhos, Cassandra Web . Assim, reforça a ideia de que ela no final seja a segunda Madame Teia dos gibis, outrora Arachne, Julia Carpenter.

Juntando-se a Johnson no filme estão Emma Roberts, Sydney Sweeney, Celeste O'Connor, Isabela Merced e Tahar Rahim, com S.J. Clarkson dirigindo a partir de um roteiro de Matt Sazama e Burk Sharpless. Os detalhes sobre Madame Teia são relativamente limitados, com um relatório anterior afirmando que o filme "será uma história de origem da clarividente, cujas habilidades psíquicas permitem que ela veja dentro do mundo das aranhas".

Atualmente, Madame Web está programado para chegar aos cinemas em 7 de julho de 2023.

Coveiro

Hemsworth fala sobre a amizade de Thor com o Homem de Ferro e Capitão América

 Em uma entrevista recente ao ComicBook, Chris Hemsworth e o diretor de Thor: Amor e Trovão Diretor Taika Waititi falaram sobre o relacionamento de Thor com os outros personagens do Universo Cinematográfico Marvel. Enquanto Thor, Tony Stark e Steve Rogers são amplamente considerados os "Três Grandes" do UCM, Hemsworth acredita que há algum favoritismo dentro do grupo:

"Eu não sei se Tony já foi muito legal com Thor... [Thor] era o alvo de todas as piadas. Ele não era. Cap sempre foi um pouco mais amigável. Fora da tela, Chris Evans pode .. . Salve o homem."

De fato, podemos lembrar de cabeça algumas provocações do Homem de Ferro ao longo dos filmes  como "Pointbreak", "Lebowski", "Shakespeare no parque", dentre outros. Taika Waititi também teve suas opiniões sobre o assunto. Defendendo seu personagem principal, a voz de Korg diz que seu bom amigo Thor merecia algo melhor dos demais heróis do UCM:

"Não, ele nunca foi legal com Thor... Em Guerra Infinita, você esteve fora por um tempo... Então você aterrissa na Terra em Wakanda e ninguém diz, 'Olá.' Sério? Achei isso estranho. Sim, eles estão no meio de uma batalha. Eu entendo isso. Mas como todo mundo não falou algo do tipo, 'Oh, lá está ele.'"

Isso deixou Hemsworth empolgado! Ele dobra as declarações de seu diretor e começa a revolução de mostrar um pouco mais de respeito ao Deus do Trovão:

"Ninguém diz, 'Olá,'... Não era um single, tipo, 'O que você quer dizer? Seu cabelo está diferente. Você está bem! Você cortou o cabelo.' Não, não."

Pelo jeito, numa Guerra Civil, em que Thor participasse acho que já saberíamos de que lado o Odinson ficariam, né?

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e outros no filme. A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 8 de Julho de 2022

Coveiro

Jaimie Alexander faz mistério sobre o retorno de Sif em Thor: Amor e Trovão

A Marvel Studios realizou ontem a festa da premiere da estreia mundial de Thor: Amor e Trovão em Hollywood e todas as estrelas do filme se apresentaram no tapete vermelho. Dentre elas, finalmente apareceu Jaimie Alexander, que volta ao papel de Lady Sif e não é vista em um filme de Thor desde Thor: O Mundo Sombrio. Enquanto caminhava pelo evento, Alexander foi entrevistada e falou sobre sua próxima aparição neste filme:

"Para este filme, eu não tive que treinar. E você vai ver o porquê." Então, parece que temos que esperar e ver o que Lady Sif está fazendo quando o filme chegar aos cinemas" explicou a atriz, que anteriormente deu uma dica dizendo que a aparição dela envolveria "espadas".

No restante do video que você confere abaixo, a atriz ficou mais confortável em falar sobre a aparição especial dela na série do Loki em que ela aparece repetidas vezes estapeando o vilão vivido por Tom Hiddleston. A atriz também mostrou-se muito feliz e em completa nostalgia ao finalmente poder voltar a franquia do Thor novamente:

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e Jeff Goldblum no filme. A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 8 de Julho de 2022

Coveiro

Confira os novos Marvel Legends da Mística e do Apocalipse

 Por esses dias, a Hasbro lançou mais duas peças Marvel Legends ligadas ao universo dos X-Men. Uma delas é a versão deluxe da Mística inspirada na versão do desenho animado dos anos 90, com direito inclusive a versão bebê de Kurt Wagner, o Noturno. Já a outra é na linha retrô, apesar de ter mais articulações que as outras peças da mesma linha, do Apocalypse. Espia só:


A versãod o Apocalipse Retrô está saindo por  $39.99 e deve começar a aparecer nas lojas em Janeiro de 2023. Já a Mística não teve ainda um preço anunciado, mas as pré-vendas devem começar ainda neste verão americano.

Coveiro

quarta-feira, 29 de junho de 2022

Uma formação diferente de Vingadores do UCM se une neste vídeo do Disney Whish Cruise

 Uma nova formação de "Vingadores" ou quase isso se reúnem para uma aventura especial que só irá passar para quem comprar os ingressos pro Disney Wish Cruise. Nele veremos Scott Lang de Paul Rudd, Hope Van Dyne de Evangeline Lilly, Capitão "Falcão América" de Anthony Mackie, Capitã Marvel de Brie Larson e até mesmo a Ms Marvel de Iman Vellani se juntarem contra um novo ataque do Ultron que acontece enquanto os passageiros curtem um jantar bem especial na noite principal do passeio em alto mar.

Graças a um novo vídeo capturado durante a aventura gastronômica "Avengers: Quantum Encounter" a bordo do navio de cruzeiro Disney Wish, vemmos Paul Rudd e Evangiline Lilly reprisam seus papéis e nos apresentando uma nova versão de seu aparelho quantico capaz de aumentar ou diminuir objetos, uma habilidade que Scott acha bem útil para viagens. Nesse vídeo de introdução, Scott começa falando sobre "o elefante na sala"... ou melhor, a teoria popular de como ele derrotaria Thanos.

"Oi, eu sou Scott Lang, mas você pode me conhecer como Homem-Formiga... Olha, antes de começarmos, deixe-me falar com o elefante na sala. Há muita conversa por aí perguntando por que eu não encolhi. para baixo, entre e uh... mate Thanos de uma maneira realmente criativa. Primeiro de tudo, nojento. Em segundo lugar, é muito mais complicado do que isso. Permita-me explicar-" diz Paul Rudd quando é interrompido por Lilly.

Depois de algumas tentativas fracassadas de usar o novo aparelho, que chega até mesmo a reduzir todo o navio, vemos que Ultron e seus drones chegam para tentar roubar a fonte quântica do aparelho de Scott Lang. É quando chegam os reforços de Capitão América, Capitã Marvel e a jovial Ms Marvel. O video acaba não mostrando o final da aventura, mas já é algo bem completo para quem quiser ver um aperitivo do que de fato pode rolar nessa aventura.

Obviamente, deve-se notar que, juntamente com o restante do conteúdo da Marvel produzido pela Disney Parks, este vídeo é oficialmente não-canônico. Embora seja muito divertido, nada disso se enquadra na continuidade estabelecida do UCM. De qualquer forma, é divertido imaginar como será ver alguns desses atores nessa nova dinâmica nos cinemas.

Coveiro

James Gunn e Chukwudi Iwuji falam como é trabalhar juntos em Guardiões da Galáxia Vol. 3

 Os Guardiões da Galáxia estão prestes a desfrutar de uma extensa temporada no UCM, começando com uma participação especial em Thor: Amor e Trovão em julho. Após esta aventura intergaláctica e algumas entradas exclusivas no Disney +, eles estarão de volta para seu tão esperado terceiro filme solo com Guardiões da Galáxia Vol. 3 chegando aos cinemas em Maio de 2023. Após encontros com vilões como Ronan, o Acusador, de Lee Pace, Ego, o Planeta Vivo, de Kurt Russell, e Thanos, de Josh Brolin, os Guardiões terão outra batalha difícil pela frente desta vez. Embora o enredo por trás de Guardiões 3 permaneça em segredo no futuro próximo, há rumores indicando que o próximo grande mal pode ser o incrivelmente poderoso Alto Evolucionário que seria interpretado por Chukwudi Iwuji.


Chukwudi Iwuji, que trabalhou pela primeira vez com o diretor James Gunn durante seu tempo juntos em Peacemaker para a Warner Bros, é alguém que conquistou a confiança do diretor ao ponto de lhe entregar o papel de "vilão final" de sua trilogia. Em conversa com o Discussing Film, Gunn foi só elogios a performance do ator: "Espere até você ver Chuk sendo matador em Guardiões da Galáxia Vol. 3 com uma performance verdadeiramente explosiva."

Nesta entrevista, Iwuji também discutiu algumas das experiências que teve com o diretor James Gunn em Peacemaker:

"Eu certamente suponho que ele gosta do meu trabalho, então isso é um começo. Havia uma sensação que eu senti no Peacemaker como, 'Eles vão ver através de mim. Eu vou ser demitido', mas no final, eu entendi que James ama atores. Eu sei que parece uma coisa óbvia, mas nem sempre é o caso. James ama atores genuinamente. Ele microgerencia cada estágio de seu trabalho e literalmente vive os personagens que escreve. James fala com eles em voz alta enquanto os escreve. Mas, apesar de tudo isso, eu estava muito ciente em Peacemaker que ele está tão pronto para ser surpreendido e levado a diferentes níveis por você se você puder torná-lo genuíno. Isso me deu tanta liberdade, no sentido de vir para os Guardiões. O escopo disso foi outro nível em relação a Peacemaker, é o maior filme que eu já fiz - simples assim."

Ele continuou elogiando Gunn pela forma como ele confia em seus atores e sua vontade de correr riscos para fazer seu trabalho ter sucesso na tela. Com Gunn escrevendo e dirigindo a história, Iwuji vê o filme nas melhores mãos já que Gunn trabalha tanto para garantir que tudo saia da maneira certa:

"Isso me fez pensar: 'Aqui está alguém que confia em você como ator, adora quando você traz algo mais do que ele jamais imaginou e está pronto para assumir grandes riscos.' Quando você tem esses fatores entrando, você sabe que o mundo é sua própria ostra de muitas maneiras. É uma situação tão perfeita quanto você deseja. E porque ele a escreveu, James espera que você possa evoluir mais do que sua imaginação. Quando você tem um diretor-roteirista como esse, você está em muito boas mãos. Se você restringir nosso processo, eu faço uma tomada, e se ele achar que está certo, ele dirá: 'Ótimo, agora faça o que você quiser'. Se ele sentir que não está lá, ele não me deixará parar até encontrá-lo. Se ele sentir que está lá, mas pode haver outra coisa, continuaremos. Então, é tão rigoroso ou suave quanto precisa ser."

Iwuji também observou o quanto ele gosta de "ser dirigido" e quer dar tudo o que tem em sua performance, o que funcionou muito bem com a maneira como ele e Gunn gostam de colaborar juntos:

“Mas ele sabe que eu sou um ator que realmente gosta de deixá-lo no chão, e eu realmente amo ser dirigido. O número de vezes nos Guardiões em que eu começaria uma cena de um jeito, da maneira que eu senti que foi escrita, e no final da cena, teria virado completamente em sua entrega porque ele viu algo que eu trouxe. Ouvi algo que ele dirigiu para mim que eu não tinha pensado, e então encontramos uma cena completamente nova. É colaboração no seu melhor porque me dá tudo o que eu quero. Preciso de alguém com ideias muito fortes que esteja pronto para me dirigir. Mas, ao mesmo tempo, você come seu bolo e também o tem porque é alguém que quer explorar também. Não que eu estivesse apenas trabalhando para ele, embora, tecnicamente, eu estivesse. Estávamos realmente colaborando. Eu me sentia tão orgulhoso. Havia dias em que eu voltava para casa para minha esposa, que estava comigo em Atlanta, e eu estava tão feliz. Eu diria: 'Encontramos algo na cena juntos.' Essa é a melhor sensação que você pode querer ter."

Com direção e roteiro de James Gunn, Guardiões da Galáxia vol.3 terá de volta os nomes de Chris Pratt como Peter Quill, Zoe Saldana como Gamora, Karen Gillan como Nebulosa, Dave Bautista como Drax, Pom Klementieff como Mantis, Sean Gunn como Kraglin e também o stand in do Rocket, Bradley Cooper como a voz do Rocket Racoon e Vin Diesel como Groot. Quem volta também é Sylvester Stallone como o Águia Estelar e Elizabeth Debicki como Ayesha. Os novos nomes que se juntam são Will Poulter como Adam Warlock e Chukwudi Iwuji como um dos potenciais vilões. Também foram confirmados no filme a atriz portuguesa Daniela Melchior, Nico Santos e Maria Bakalova em papéis não anunciados.

Coveiro

Chris Hemsworth brinca sobre estar em Deadpool 3 para bater recorde de Hugh Jackman como Wolverine

 



Numa divertida entrevista para a BBC One, Chris Hemsworth chegou a brincar sobre a possibilidade de fazer uma aparição em Deadpool 3. E tudo isso por conta de uma tentativa de bater o recorde de Hugh Jackman que passou 17 anos de sua vida como Wolverine enquanto que ele está nessa a 11 anos ainda. Ainda que o recorde de Jackman foi quebrado anteriormente por Willem Dafoe e Tobey Maguire em Spider-Man: Sem Volta para Casa e Patrick Stewart em Doutor Estanho no Multiverso da Loucura, a disputa por esse "recorde" atiça as celebridades



Na conversa do video acima, o entrevistador diz que “Você é Thor há 11 anos. Só para você saber, seu rival é esse Hugh Jackman com 16 anos nas apostas de 'interpretar um personagem de super-herói por mais tempo' ... Você possivelmente se veria ainda balançando Mjolnir / Rompe-Tormentas em seis anos para bater esse recorde? ”

Hemsworth disse que “Eu não ia, mas agora que você colocou isso na minha frente, você faz um bom argumento de que são apenas seis anos. Eu cheguei até aqui... Voltar agora seria apenas um desperdício, então...”

Na conversa, eles então brincaram sobre não deixar Jackman aparecer como Wolverine em Deadpool 3 para garantir que Hemsworth realmente impediria Jackman de recuperar o recorde. Isso levou a estrela de Thor a sugerir que ele realmente interpretasse o Deus do Trovão em Deadpool 3 para ver o que acontece:

“Ahhh… então é… sim, não… eu não sei. Posso fazer algumas ligações para garantir que isso não aconteça" brincou Hemsworth e até cogitou que Hemsworth: “Posso me colocar no Deadpool. Essa seria a oferta eu acho, você sabe... veja se isso passa. Sim."

Hemsworth também discutiu o retorno de Natalie Portman como Jane Foster/The Mighty Thor, compartilhando que ele não precisava ajudá-la muito a se tornar uma heróina desta vez. Hemsworth admitiu que ela era "fantástica" e trabalhou incrivelmente duro para dar vida ao papel da melhor maneira possível:

“Quero dizer, ela não precisava de muitos conselhos. Algumas vezes ela me perguntou que era cerca de dois meses em uma postura ou algo assim. Fiquei honrado por ela ter perguntado e pensei: 'Claro... você meio que faz um pouco disso e...' Mas fora isso, ela tinha uma mão muito boa nisso tudo sozinha. Ela foi fantástica e trabalhou duro e entrou em uma forma incrível e nos fez ter que pegar nosso próprio jogo”.

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e outros no filme. A direção é de Taika Waititi e o lançamento é 8 de Julho de 2022

Coveiro

Roteiristas de Deadpool 3 opinam sobre a escolha do próximo ator a viver o Wolverine

Não há nenhum sinal de fumaça ainda sobre a chegada dos mutantes no universo regular dos cinemas. Mas todo mundo quer dar sua opinião sobre. Falando ao The Post-Credit Podcast, Rhett Reese e Paul Wernick, os escritores de Deadpool 3 comentaram sobre quais qualidades eles gostariam de ver para a próxima encarnação do Wolverine do UCM. Uma característica em particular que certamente não faz parte de Hugh Jackman foi ressaltada por Reese, recomendando que o estúdio procure um baixinho dessa vez.

“Sugestões… Tem que ser alguém mais baixo dessa vez… Então talvez um Zack Galifianakis ou Patton Oswalt, alguém assim… eu não sei" disse o roteirista brincando. "Olha, não temos nenhuma informação privilegiada sobre isso. Mesmo se a tivéssemos, não poderíamos compartilhá-la, mas não... eu honestamente iria mais... uma pessoa não descoberta, porque Hugh Jackman foi razoavelmente desconhecido da primeira vez e acho que houve resistência inicial [de], 'Oh, ele é muito alto', ou, 'Ele não parece certo', ou, 'O que é essa coisa australiana?' Eu acho que se eles estão jogando bem, eles provavelmente deveriam fazer dele alguém que nunca vimos. ”

Paul Wernick acrescentou que a confiança deve ser colocada nas mãos capazes do presidente da Marvel Studios, Kevin Feige:

“Ah, não se preocupe, eles vão jogar as cartas direito, você sabe, Kevin Feige, ele sabe o que está fazendo lá… ele não precisa de nenhuma de nossas opiniões.”

Claramente, Reese estava apenas zombando do processo de seleção do membro mais popular dos X-Men quando sugeriu Patton Oswalt ou Zack Galifianakis. Ainda assim, Oswalt é um grande fã da Marvel e interpretou muitos personagens da Marvel ao longo dos anos em programas como Agents of SHIELD e MODOK. Mas certamente não é o perfil certo pra Wolverine.

A dupla de roteiristas tem um ponto muito bom: Idealmente, a Marvel lançaria alguém mais baixo em estatura do que Hugh Jackman, que tem 1,90m. Wolverine, nas páginas dos quadrinhos, sempre foi retratado como tendo uma estatura bem menor e mais sólida do que , digamos, Homem-Aranha ou Pantera Negra. Na verdade, sua altura oficial nos livros é listada como sendo uns 30cm mais baixo que Jackman, algo em torno de 1,60.

Coveiro

Michael Waldron comenta sob o final de Wanda a ser interpretado pelos fãs em "Multiverso da Loucura".

 Wanda Maximoff morreu em Multiverso da Loucura? Em uma entrevista com a Variety, o roteirista da sequência de Doutor Estranho, Micheal Waldron, detalhou seus pensamentos sobre se a Feiticeira Escarlate realmente morreu nos momentos finais do filme. Waldron afirma que a morte de Wanda está "sob interpretação" depois que ela se sacrificou para destruir o Darkhold. Cabe ao espectador determinar "se ela está morta ou não" após a sequência de Doutor Estranho.

"Acho que isso depende de interpretação. Ela fez algum tipo de ato de sacrifício que destruiu o Darkhold em todos os universos, que está protegendo Wanda em todos os universos de ser seduzida pelo Darkhold. Se ela está morta ou não, ainda não se sabe. Eu sei como é como amar os personagens e não querer que eles desapareçam e odiar quando eles fazem coisas ruins. Mas essa é a parte divertida de assistir as coisas e ficar surpreendido com elas".

O roteirista também compartilhou sua opinião sobre o alvoroço dos fãs em relação à participação de Wanda no filme, depois de tudo que ela passou em WandaVision. Ele esclareceu que "não mudaria nada sobre o que eles fizeram" e que Wanda se tornar a principal vilã do Multiverso da Loucura foi uma continuação da dor que ela sentiu em WandaVision, então "fazia sentido para [ele]:"

“Não, eu não gostaria que WandaVision tivesse feito algo diferente. Eu não acho que ela necessariamente resolveu sua dor naquele seriado, e eu não acho que ela resolveu sua raiva. Talvez ela seja capaz de dizer adeus a Visão, mas eu acho que ela realmente se apaixonou por aquelas crianças. Eu acho que todos esses fios pendurados são as coisas que o Darkhold ataca quando recebe o Darkhold de Agatha. Você vê na cena final de WandaVision, essa cena pós-crédito - o erro que nossa Wanda comete é que ela abre o Darkhold. Ela começa a ler e Acho que isso se baseia no desejo dela de ter esses filhos e tê-los de verdade desta vez. Então, sim, foi assim que cheguei lá. Fez sentido para mim e fez sentido para nossas equipes porque construímos a história."

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura foi dirigido por Sam Raimi e estrelado por Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho, Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate, Benedict Wong como Wong, Rachel McAdams como Christine Palmer, Chiwetel Ejiofor como Mordo e Xochitl Gomez como América Chávez.

Coveiro

Jenna Berger é confirmada como produtora de Guerra das Armaduras e atualiza começo das filmagens


Conforme apontado pelo usuário do Reddit RAMcGonagall, Jenna Berger foi confirmada como produtora executiva de Guerra das Armaduras e ela compartilhou uma atualização promissora sobre a série Disney + na descrição oficial da conferência 'Idea To Film' da Universidade da Pensilvânia de seus apresentadores.

Na biografia de Berger, foi revelado que a série liderada por Don Cheadle “filmará em Atlanta neste outono”, marcando a primeira atualização concreta sobre o seriado liderado por Don Cheadle, o Jim Rhodes do UCM desde Homem de Ferro 2. A descrição também mencionou que ela produziu a série Ms. Marvel que está em andamento no serviço de streaming atualmente.

“Jenna Berger é uma executiva da Marvel Studios na equipe de produção e desenvolvimento onde esteve nos últimos três anos. filme em Atlanta neste outono." diz a descrição do resumo da palestrante.

A atualização do produtor está de acordo com um relatório anterior do Cosmic Circus, onde o canal compartilhou que as filmagens de Guerra das Armaduras começarão em “outubro/novembro” este ano. Até agora, sabemos pouco sobre a produção. O roteiro principal está na mão de Yassir Lester e não há ainda diretores anunciados.

Coveiro

Mistério de 'Capitão América: Sentinela da Liberdade' terão pistas dentro e fora da revista mensal

Neste mês de Junho saiu a primeira edição da nova revista CAPITÃO AMÉRICA: SENTINELA DA LIBERDADE #1, com Collin Kelly, Jackson Lanzing e Carmen Carnero trabalhando no novo épico Capitão América. Na revista, os leitores encontrarão o Vingador Estrelado envolvido em uma conspiração tão antiga quanto seu escudo – e leitores atentos a série podem ser capazes de descobrir informações sobre o mistério antes que o próprio Cap o faça!



Algumas pistas já saíram, algumas surgirão nos próximos meses, e os leitores podem ver por si mesmos o quão chocante e abrangente essa misteriosa saga será na capa de CAPTAIN AMERICA: SENTINEL OF LIBERTY #4 de setembro. As pistas estão espalhadas por lá, mas também serão dadas em outros mídias como no Twitter oficial do Capitão América da Marvel Entertainment.



Steve Rogers retorna a Nova York com mais perguntas do que respostas sobre a origem do escudo, apenas para descobrir que Bucky sabe mais sobre o sinistro Círculo Exterior do que Steve imaginava. E agora algo está perseguindo o Capitão América pelas ruas de Manhattan, colocando em perigo todos que cruzam o caminho de Steve…



Confira a capa da edição nº 4 e fique atento à conta oficial do Capitão América no Twitter para obter pistas para ajudar Steve a desvendar o mistério!

Coveiro

Kevin Feige exalta Thor: Amor e Trovão como um filme bem diferente de Thor: Ragnarok

 


Depois de reinventar e revigorar o Vingador Asgardiano em Thor: Ragnarok de 2017, o diretor Taika Waititi volta a trabalhar com Hemsworth para agitar o MCU pela segunda vez. E Thor: Amor e Trovão parece ser um filme bem diferente dos anteriores do Deus do Trovão, principalmente por conta do retorno eletrizante de Jane Foster (Natalie Portman) – agora uma super-heroína como a Poderosa Thor empunhando o Mjolnir. No tapete vermelho da estreia, o presidente e produtor da Marvel Studios, Kevin Feige, falou sobre quão 'novo' o filme parece ser em relação aos demais.


"Esta é a nossa primeira produção solo de um quarto filme, então isso é emocionante... Eu disse a Chris: 'Parece que é a primeira vez'", disse Kevin Feige ao Marvel.com na estreia mundial de Thor: Amor e Trovão. "E Taika, tivemos que sair do nosso caminho para não chamá-lo de 'Ragnarok 2'". Feige continuou: "E não é, como Taika vai te dizer. Mas é essa energia renovada de Taika que nos seguiu por anos e anos neste filme, o que é muito emocionante."


Thor: Ragnarok foi uma viagem cósmica com o "amigo de trabalho" Hulk (Mark Ruffalo) e aliados Loki (Tom Hiddleston) e Valkyrie (Tessa Thompson), ocorrendo em grande parte fora do planeta após os dois filmes de Thor de Hemsworth. Questionado sobre qual gênero descreve Thor: Amor e Trovão, Feige respondeu: 

“É o gênero Taika Waititi em si mesmo, e há muita diversão, como você viu em todos os trailers”, disse Feige. "Taika disse, 'Eu não quero fazer Ragnarok 2, eu quero contar uma nova história.' E o título está lá. Há muita emoção nisso – que, em Ragnarok, mas particularmente em muitos outros filmes de Taika – você vê esse equilíbrio, e é isso que todo o elenco traz neste filme”.

Ainda na premiere,  o produtor executivo de Thor: Love and Thunder, Brian Chapek, disse ao Deadline:

"Ele é a única pessoa até agora a conseguir quatro filmes. Não é necessariamente um marco", continuou Chapek, acrescentando, "é a primeira pessoa a conseguir isso. Também sinto que o grande motivo é porque Ragnarok foi um pouco como um reinício desse personagem, então foi quase um renascimento. Queremos continuar evoluindo esse personagem."

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e Jeff Goldblum no filme. A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 8 de Julho de 2022

Coveiro

Thor: Amor e Trovão teve cena cortada com Odinson dançando no ritmo 'disco'



Durante uma entrevista com Kevin McCarthy, a estrela de Thor, Chris Hemsworth, revelou detalhes interessantes sobre uma sequência de dança descartada em Thor: Amor e Trovão. Quando McCarthy discutiu o "aspecto dançante" de sua carreira do ator enquanto também pedia uma sequência de dança de Thor em algum momento, Hemsworth compartilhou que havia uma cena em que o Deus do Trovão mostrou suas habilidades de dança enquanto uma música do ABBA estava tocando ao fundo:



"Havia... uma música do ABBA... mas não terminou no filme por algumas razões. É uma cena de dança completa. É uma dança completa atirando raios na ponta dos dedos e assim por diante." revelou Hemsworth.

O ABBA é conhecido por suas músicas pop como Dancing Queen, I Have a Dream e Take a Chance on Me. Pelo estilo do filme, eu diria que é uma trilha sonora muito adequada para a história.

Hemsworth também foi questionado sobre qual lição Thor lhe ensinou sobre si mesmo ao longo de sua interpretação, à qual o ator respondeu dizendo que era a vulnerabilidade do personagem. Hemsworth também discutiu sua jornada de interpretar o personagem do primeiro filme de Thor até agora:

“O primeiro filme era muito, um jovem, quase um adolescente, tentando entender o que [ele precisa] para ser um homem e incorporar tudo o que ele precisa para ser um adulto maduro. E havia certa incerteza minha sobre como personagem eu havia interpretando o personagem. Eu não sabia se seria reformulado a qualquer momento. À medida que o personagem evoluiu, eu cresci também. Acho que o que eu tinha me entregado tanto nos filmes anteriores e estava me permitindo ser vulnerável da maneira que ele faz. Dentro e fora da tela, acho que andamos por aí e pensamos que temos que ser essa coisa certa e mantê-la unida".

"Acho que a vulnerabilidade é um ponto de acesso tão bonito para as pessoas como indivíduos e um personagem na tela para o público, permitindo-se ser aberto e dizer 'Ei, esta é a verdade, e é isso que estou sentindo.' , e é acessível e relacionável. E também ter senso de humor, não se levar muito a sério. Eu acho que como o personagem fez isso, eu também senti isso."

Thor: Amor e Trovão conta com a presença de Chris Hemsworth como Thor Odinson, Natalie Portman como Jane Foster, Tessa Thompson como Valquíria, Jamie Alexander como Sif, Christian Bale como Gorr, Chris Pratt como Senhor das Estrelas, Dave Baustista como Drax, Karen Gillan como Nebulosa, Pom Klementieff como Mantis. Sean Gunn como Kraglin e Rocket. Recentemente, também foram confirmadas as participações de Sam Neill, Luke Hemsworth, Matt Damon, Russell Crowe e outros no filme. A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 8 de Julho de 2022

Coveiro

Funko lança Pop com Sapo do Trovão e diorama da série do Loki

Com a chegada de Thor: Amor e Trovão nos cinemas, é bom aproveitar o clima de várias versões do Thor e ver esse lançamento magnífico da Funko em parceria com a loja de departamentos americana da Target que lançou esse Pop com o Sapo do Trovão. A peça é de venda exclusiva da loja e é perfeita para os fãs do Pocinha:

Para quem não reconheceu, a cena do Sapo do Trovão no vidro está emulando um easter egg do já clássico quinto episódio de Loki, que traz uma cena de segundos com o Sapinho tentando alcançar um Mjolnir enterrado. Além do Funko, tem também uma camisa temática:




Contudo, esse não é o unico exclusivo da Target da série. A Target também divulgou um diorama de Loki e Sylvie em Lamentis, emulando uma cena muito tocante entre as duas variantes que é vista no episódio 3.





Esse merchandising de Loki não acontece a toa. A Disney está investindo alto na divulgação da série para conseguir o máximo de nomeações do Emmy neste mês de Julho. Será que vai dar certo?

Coveiro

terça-feira, 28 de junho de 2022

Novidades do lançamento do evento da Thor Jane Foster no jogo dos Vingadores


Foi lançado o evento que introduzirá a personagem Poderosa Thor ao universo do jogo Marvel's Avengers. Porém, as novidades apresentadas sobre a personagem não tem algumas jogadores, que aguardavam por uma personagem mais distinta do Thor Odinson.


Como eu disse em outros, é confirmado que toda a história da personagem será contada através de um evento, como foi exatamente com a inserção do Homem-Aranha. Você conclui algumas sequencias de missões no mapa já existente, vai coletando alguns itens e documentos complementares, conversa com alguns personagens chaves, e no fim, conclui a história dela, restando apenas você evoluir a personagem e completar as suas cartas de desafios, que liberam mais alguns itens, emotes, unidades para compra de itens na loja do Porta-Aviões e uniformes alternativos.

A parte que foi de desgosto de alguns jogadores é justamente no conjunto de movimentos (move set) da personagem, como pode ser visto no vídeo acima. Basicamente, os ataques da Jane são iguais as do Thor, diferenciando apenas na potência dos ataques, que já tem um acréscimo de dano de relâmpagos. Outra diferença são os ataques especiais da Jane, que é onde difere de Odinson. Vou dar destaque aqui ao seu Ataque Supremo Heroico, onde Jane lança o Mjolnir e invoca sua Arma Toda-Poderosa, que os leitores vão reconhecer como a arma que a personagem ganha que ela se torna a Valquíria, ficando com uma maça dourada, enquanto o Mjolnir fica girando em torno da Jane, como uma espécie de escudo. Ainda sobre a Valquíria, o uniforme da personagem é o primeiro item que é destravado nas Cartas de Desafios. O curioso desse visual da personagem é que muda também permanentemente a forma do Mjolnir para a forma da Arma Toda-Poderosa Undrjarn.

Para mais detalhes específicos do conteúdo da Poderosa Thor, é só acessar o link aqui para o blog oficial do jogo, que nesse momento da publicação, está em inglês. Caso seja traduzido, o link será atualizado.

Mais para frente é prometido ao jogo ainda as novas áreas de vilões chefes, onde um deles trará de volta M.O.D.O.K., que promete dar uma continuidade a história principal do jogo. E futuramente, ainda para esse ano, é prometido também trazer a Mulher-Hulk. Espera-se também que seja apresentada próxima do lançamento da personagem na série do Disney+.

Marcus Pedro