VINGADORES: ULTIMATO

A CONCLUSÃO DE 10 ANOS DA MARVEL STUDIOS NOS CINEMAS

CAPITÃ MARVEL NOS CINEMAS

MAIS ALTO, MAIS LONGE, MAIS RÁPIDO

LONGE DE CASA

HOMEM-ARANHA EM TURNÊ PELA EUROPA

MANTO E ADAGA

SEGUNDA TEMPORADA CHEGA A FREEFORM

A GUERRA DOS REINOS ESTÁ CHEGANDO

A BATALHA AGORA É EM MIDGARD

MARVEL RISING

A NOVA GERAÇÃO DA MARVEL EM OUTRA MÍDIA

616s falam sobre Capitã Marvel

UMA CONVERSA FAZENDO PARALELO COM OS QUADRINHOS E OUTROS FILMES DO UCM

VENOM E NO ARANHAVERSO

UM PODCAST SOBRE O SUCESSO DA SONY NOS CINEMAS

sábado, 17 de agosto de 2019

Hayley Atwell fala sobre seu final em Vingadores: Ultimato e a série What if da Disney+

A atriz Hayley Atwell pode estar agora seguindo um caminho bem diferente, assumindo uma série de peso na Netflix, Criminal. Mas pra os fãs da Marvel, ela será eternamente  nossa querida Agente Peggy Carter. Em uma longa entrevista com o The Hollywood Reporter, ela falou sobre toda sua carreira, o que achou de Vingadores: Ultimato e pontuou que seu compromisso com a personagem pode estar chegando a um fim:


"Acho que filmamos isso há dois anos", revelou ela sobre suas filmagens para Vingadores: Ultimato. "Então, algumas semanas antes, recebi a ligação dizendo:" Estamos pensando sobre isso ... o que você acha disso? Pode ser o seu fim em toda a franquia. "Então, foi uma arde de filmagem há dois anos."

"Eu pensei que foi um final adequado para uma história que afetou tantas pessoas. Eu pensei que era muito cativante, inocente e saudável da maneira que mantém esses personagens em seu tempo. Eu pensei que ficou muito bonito e de muito bom gosto pra Marvel terminar esta história de 10 anos em um enredo muito simples sobre dois seres humanos - e um deles nem sequer tem superpoderes. Então, eu pensei que o tom disso, para terminar aí, depois de algumas coisas extraordinárias envolvendo trauma, ação, efeitos e poderes… ter apenas duas pessoas dançando lentamente era algo muito bonito ”.

Depois de confirmar que as únicas coisas que ela gravou foram a dança e a cena no quartel-general da S.H.I.E.L.D. na década de 1970, a atriz também revelou que já gravou suas falas para a série animada Disney + What If ?. "Eu fui fazer meia tarde no Ultimato, e então já estava no estúdio por algumas horas pra o What If ...? Porque tantos fãs amam essa franquia, é muito maior do que o tempo que afetou minha vida real, o que é uma coisa notável " comentou.

Finalmente, a conversa voltou-se para o futuro da personagem. 
"Eu me sinto realmente satisfeita. Foi um ótimo momento, e acho que eles terminaram lindamente com o Ultimato. Parece um final apropriado para essa narrativa. Eu sou uma atriz de teatro com formação clássica, então eu quero uma cutucada nas partes desafiadoras no cânone de atrizes teatrais. Isso é algo que eu sempre almejei. Então, eu me sinto sortuda por ter interpretado ela, mas ela é um aspecto da minha carreira. Ela é uma parte que eu interpretei como cada trabalho que eu tenho feito, eu aceitei o trabalho porque eu vi algo dentro da personagem que eu adoraria explorar ou tentar e ser desafiada por ela. Com uma parte importante, requer muito do meu foco e paixão, mas é o mesmo foco seja Peggy Carter ou a Rebecca West em Rosmersholm no palco, que acabei de terminar de interpretar. É a mesma curiosidade de ver o mundo de cada personagem. "



Não parece muito com uma despedida. A atriz parece sempre aberta a voltar. Sabemos inclusive que ela é uma eterna insatisfeita pela ABC não ter concluido devidamente o seriado da Agente Carter com uma terceira e última temporada. Quem sabe, com muita esperança, não vemos uma volta aí?

Coveiro

Elizabeth Olsen fala que Wandavision será bem diferente de uma sitcom como disse Paul Bettany

Agora que saiu oficialmente o anúncio, a atriz e protagonista da série do WandaVision, Elizabeth Olsen, começa a poder falar com mais tranquilidade sobre o que os fãs podem esperar. Uma das coisas que ela fez questão de enfatizar é que a série não é simplesmente uma comédia de situação do dia a dia com o casal.



"Acho que a única coisa que posso dizer é que vamos começar a trabalhar nisso neste outono, e Paul e eu estamos muito empolgados", disse Olsen na Comic Con de Dortmund na Alemanha. "E estamos muito animados porque já sabemos o que a história vai ser e isso é bom. Eu estou feliz por podermos falar sobre isso agora, porque eu sei sobre isso há muito tempo [risos] ”.


Perguntado se a série irá explorar a vida doméstica entre o Visão de Paul Bettany e sua Wanda Maximoff, Olsen disse que a série será "muito diferente" do que foi a sugestão de Bettany de uma "comédia doméstica". Essa era uma piada recorrente do ator muito antes da série ser oficialmente lançada. “Isso é tão engraçado, Paul plantou essa ideia antes de a Disney lançar sua própria plataforma. Eu acho que foi engraçado dele pensar em nós fazendo uma sitcom doméstica e, de alguma forma, o que ele plantou, ele plantou a semente e agora estamos realmente fazendo algo ”, disse Olsen.

"E vai ser muito diferente do que as piadas feitas por Paul, mas eu tenho certeza que muitos super-fãs das histórias em quadrinhos poderiam ter suas próprias ideias sobre o que poderia ser. Então estou muito empolgada” revelou. Essa não é a primeira vez que a atriz sugere que os fãs de quadrinhos podem ter algumas pistas do que há por vir. Antes, a atriz deixou no ar quando pergutada se a série seguiria a ideia da quadrinização da história de Tom King para a Família Visã: "Existem alguns outros gibis que estamos trazendo e que serão para de WandaVision", disse Olsen à Variety em abril. "E eu acho que no bate-papo do Disney + eles nos mostraram uma foto nos anos 50, e eu acho que é um bom teaser."

Esperem por WandaVision saindo exclusivamente para a Disney + a partir do primeiro semestre de 2021.

Coveiro

Ryan Gosling na Marvel?



Agora que está oficialmente anunciado, qualquer movimento em falso do diretor Taika Waititi podem estar apontando para uma novidade do seu próximo filme da Marvel Studios, Thor: Amor e Trovão. E esse pode ser muito bem o caso de seu fortuito encontro ontem com Ryan Gosling. As fotos foram publicadas pelo site Just Jared.


Eu sei que isso tudo pode ser apenas um encontro casual com nada a ver com filmes, ou com esse filme em especial, afinal o ator já foi antes cogitado para um papel em Akira (e o filme foi temporariamente colocado em modo de espera). Eu sei que mesmo que for algo relacionado a isso, essas podem apenas ser conversas iniciais. E nada disso estaria fechado. Ainda assim, Ryan Gosling tem um perfil extremamente competível para o tipo de filme que Taika Waititi produz. Assim como Jake Gyllenhaal, ele é um baita ator que tem um timing ótimo pra comédia.


Ainda é cedo pra isso mas, já consegue imaginar que tipo de personagem ele poderia estar fazendo pro filme? Eu penso em algo inusitado.


Coveiro

Rumores apontam pra ALGO GRANDE sendo produzido pela Marvel Studios para a Disney+



Parece que dentre as novidades da San Diego Comic Con para a Disney+, um dos anúncios que seria pra Fase 4 ou Fase 5 da Marvel Studios ficou propositalmente de fora. Não há nenhuym detalhe ainda sobre o que é, mas vários sites repllicaram o anúncio inicialmente feito pelo MCU Cosmic de que "ALGO GRANDE" está sendo desenvolvido pra o novo serviço de streaming da Disney.


A partir dai as especulações podem ser inúmeras. Apesar da maioria das séries que já tinhamos aí como rumores já terem sido confirmadas na San Diego Comic Con, ainda há aquelas boatos envolvendo uma série do Rocket e Groot ou mesmo uma estrelada pela Ms.Marvel. Mas podemos ir ainda mais além disto. A Disney+ não precisa ter só séries da Marvel Studios. Há a possibilidade do primeiro filme exclusivo pro serviço estar sendo produzido por lá.

Pode parecer estranho a princípio, mas é preciso entender que a Disney está investindo muito, muito alto no serviço. De algum modo, ela deve enxergar que esse pode muito bem ser o futuro mais lucrativo da indústria de entretenimento e deve entender que as produções devem estar num nível de acordo para fidelizar seus assinantes.

E vocês o que acham?

Coveiro

sexta-feira, 16 de agosto de 2019

Cate Blanchett empolgada com o anúncio de Natalie Portman como a Thor

Quando a gente esperava por qualquer outra coisa do destino do Thor quando o vimos partir da Terra junto com os Guardiões da Galáxia ao fim do Ultimato, vem a Marvel Studios e anuncia Thor: Amor e Trovão que dará foco a outra versão de Thor, aquela que tinha Jane Foster como heróina nos quadrinhos e foi só elogios durante todo seu tempo em que foi publicada. Mas não é só os fãs que estão comemorando isso não. Cate Blanchett ficou empolgadíssima quando soube da volta de Natalie Portman a franquia.



Em conversa com a Entertainment Tonight, Cate Blanchett falou de seu novo filme "Where'd You Go, Bernadette", mas não deixou de opinar sobre a notícia de Thor: Amor e Trovão. "Estou tão animada", disse Blanchett. "Estou tão ansiosa para assistir, porque eu adorei vê-los todos com meus filhos. Mas eu realmente amei a Capitã Marvel. Sem ofensa, Taika, mas provavelmente foi o meu favorito."

Quando perguntaram se haveria a possibilidade de ela retornar como Hela no filme ou no futuro da Marvel, a atriz disse que "Essa é provavelmente uma pergunta praa Marvel" mas não deixou de mostrar-se interessada em voltar "Estou aqui."


Thor: Amor e Trovão está previsto para sair em 5 de Novembro de 2021. O filme será o último de uma série anunciada recentemente da Fase 4, que incluem Viúva Negra em 1 de maio de 2020, Os Eternos em 6 de novembro de 2020, Shang-Chi e a Lenda dos dez anéis em 12 de fevereiro de 2021 e, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura em 7 de maio de 2021. Isso tudo sem contar as séries do Falcão e Soldado Invernal em 2020 e Wandavision, Loki e Gavião Arqueiro em 2021.

Coveiro

Patrick Warburton voltará como Rick Stoner pra última temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D.

Se a ideia é que a última temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D. coloque os nossos protagonista do Presente interagindo de forma inusitada com os primórdios da Superintendência Humana para Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão, então um nome não poderia faltar. E está confirmada a participação de Patrick Warburton na sétima temporada segundo o site ComicBookMovie.



Patrick Warburton volta ao papel do diretor Rick Stoner, um dos primeiros a comandar a organização e que apareceu na quinta temporada de Agentes da  S.H.I.E.L.D. quando o grupo encontrou a base secreta do Farol. Na Comic Con de Dublin, Warburton confirmou tudo: "Sim, estou de volta. Eu filmei algumas coisas recentemente com aquele pessoal. Foi bem divertido".

E ficamos ainda devendo nosso podcast aqui sobre a sexta temporada. Mas não se preocupem que em breve pretendemos retomá-lo pra detalhar o que achamos desse sexto e penúltimo ano de Agentes da S.H.I.E.L.D. na TV.

Coveiro

Marvel Comics 1000 ganhará uma capa exclusiva com o Mickey pra D23

Quem acompanha de fato a Marvel sabe que esse é um ano especial. Estamos completando oitenta anos de quadrinhos da Marvel, isso incluindo a fase da editora quando era chamada de Timely e depois virou a Atlas. Tivemos alguma edições nostalgicas e pouco conhecidas do público ganhando interações e uma série de merchandising saindo com o selo Marvel 80 anos. Mas nada se compara a edição comemorativa Marvel Comics 1000. E a revista que reunirá uma enxurrada de talentos da editora acaba de ganhar uma capa especial pra D23.



Assinada por Humberto Ramos, temos na imagem o Mickey parabenizando alguns dos heróis Marvel mais conhecidos hoje do público - Homem-Aranha, Capitã Marvel, Pantera Negra, Homem de Ferro e Capitão América. No Sábado da D23, também teremos um painel Marvel com C.B. Cebulski e o Tom Brevoort, onde cópias exclusivas da Marvel Comics 1000 com essa capa serão distribuídas ao público presente no auditório.

Você bem que queria estar lá né?

Coveiro

Hickman cria escala evolutiva das I.A.s do Universo Marvel

Com cada nova edição de House of X ou Powers of X, sempre tem alguns extras criados por Jonanthan Hickman que recheia ainda mais a experiência da leitura de sua obra. E no segundo número de PoX, não é diferente. Agora que sabemos que as máquinas e inteligências artificiais terão um papel importante nas suas histórias, eis que somos apresentados a um detalhado esquema de hierarquia e escala das 'Espécies de Inteligências' ou 'SI', que seria como as próprias I.A.s devem se reconhecer no futuro. Confira:



Por definição, uma SI é um representante do poder de pensamento de um único ser maduro possuindo alta habilidade intelectual. Há um destaque na definição dizendo que mesmo que exista diferenças entre as máquinas de diferentes raças, seja Kree ou Srull, quando atingem um nível de Inteligência, elas quase não tem mais essa variação.

A escala é definida assim em desenvolvimento:

SI 1: MACHINE/ Máquina 
Um única mente de uma máquina é uma cópia direta de uma mente senciente existente ou representa o poder de pensamento equivalente a de uma mente senciente de uma espécie.

SI 10: HIVE/ Colméia
Um coletivo de máquinas individuais com um poder de pensamento unificado equivalente ao de 10 máquinas. Apesar de ter Colmeias formadas de mais de 10 máquinas, indiferente de que espécies elas sejam baseadas, uma com mais de 10 máquinas trabalhando como um coletivo começam a fraturar e deteriorar, agindo como um indivíduo reprimido de cada máquina que pertence a essa Colméia.

SI 100-10.000: INTELLIGENCE/ Inteligência
Uma inteligência é uma máquina pensante criada a partir do amalgama de pelo menos 100 máquinas agindo em harmonia em busca de um objetivo coletivo. Como exemplo mais conhecido temos o Supremor ou Inteligência Suprema Kree, que é o amalgama direto da cópia de mentes de filósofos e pensadores Krees que se fundiram em um só intelecto. É algo que surge cada vez mais comum no universo.

SI 10.000 TECHNARCH / Tecnonarca
Uma inteligencia artificial coletiva (manufaturada pela Falange) que é criada para classificar, ordenar e assimilar outras sociedades existentes. A remoção e reposição de sociedades é seu único objetivo. Eles podem assumir formas das mais estranhas. Podem ser todo um planeta (como Kvch) ou outras formações. São controlados por uma Inteligência Alfa chamada Magus e  estes acreditam serem os únicos existentes, apesar de existirem mais de um Magus no universo (que se tornam desconhecidos uns dos outros).

SI 100.000 WORLDMIND/ Mente Global
É um objeto celestial, muitas vezes da forma de um planeta, que foi inteiramente convertido em um só singular intelecto. Possuem uma inteligência quase que divina e agem em escala de tempo de milênios. Na escala Kardashev, a Mente Global representa uma escala tipo II de civilização. Acredito que a Mente Global Xandariana deva se encaixar na definição.

SI 1.000.000 PHALANX/ Falange
A Falange é uma sociedade interestelar que opera numa escala galáctica e representa uma inteligência que tem o controle total de uma galáxia hospedeira. Nesse nível de sociedade, um intelecto existe apenas para expandir sua própria inteligência e consumir sociedades menos evoluídas e assim controlar a energia necessária que sua expansão demanda. Quando a Falange encontra uma socidade que é considerada digna de ser consumida através da adição de sua inteligência, ocorre a ASCENÇÃO. Se não for digna, ela irá no lugar semear aquela sociedade com um vírus tecno-orgânico que eventualmente irá produzir uma espécie de Torre de Babel que irá convocar um Tecnonarca e ele deverá remover ou dar um novo propósito aquela sociedade que é considerada um desperdício ao universo. Falange é definida como uma civilização de grau III.




As notas sobre o assunto acabam aqui. E você quem nem contava com isso, viu sair da mente desse gênio aí da Marvel uma definição como nunca houve antes na Marvel de suas muitas I.A.s; E tudo ainda com uma baita conexão com o que estamos vendo em suas histórias montadas nas duas minisséries X. Num outro extra, fica claro que o Nimrod é ou irá ser classificado como uma espécie de Inteligência. Os destalhes ainda não são totalmente claros, mas ainda temos mais 8 edições de histórias para tudo ser explicado.

Coveiro

Filme da Viúva Negra vai ter reforço gigante no elenco

Ainda estamos contando nos dedos da mão o elenco do filme da Viúva Negra que chega ano que vem. Mas agora já sabemos de um nome - confirmado na própria rede social dele - que vai ingressar no filme. É o bodybuilder Olivier Richters.







MARVEL 🤩!!! I can finally tell you guys! For the last 3 weeks, I have been in the UK filming my part for the movie: Black Widow (Marvel Studios) 😱. This year in January, for the first time in my life I started to join castings for movies, who would have thought that I got to start with ''The King's Man'', then of to ''Gangs of London (HBO)'' and now Black Widow (Marvel). If someone in 2018 told me my career in the movie industry would start like this, I would have called an ambulance for him 😁. It has always been my dream to do something with my size. Can't wait for all the releases in 2020. Food credit: @musclemeatnl 💪 Photo credit: @gemmy.woudbinnendijk Ps. photo is not my character in this Film. #thedutchgiant #musclemeatnl #fitness #actor #acting #pinewoodstudios #marvel #marvelstudios #waltdisney #waltdisneypictures
Uma publicação compartilhada por Olivier Richters (@thedutchgiant) em

No seu instagram, o atleta colocou: Marvel! Eu agora posso finalmente dizer a vocês! Nas últimas 3 semanas, estive no Reino Unido filmando minha parte para o filme: Viúva Negra (Marvel Studios) 😱.Este ano, em janeiro, pela primeira vez na minha vida, comecei a participar de testes para filmes, que teriam pensado que eu começaria logo com 'The King's Man', depois com 'Gangs of London (HBO)' e agora com Viúva Negra (da Marvel).Se alguém em 2018 me dissesse que minha carreira na indústria cinematográfica começaria assim, eu teria chamado uma ambulância para ele 😁. Sempre foi meu sonho fazer algo do meu tamanho. Mal posso esperar por todos esses lançamentos em 2020.

Olivier Richters tem quase 2,2 metros, o que é certamente é um baita destaque para o ator. Comparado a David Harbour com seus 1,9m, que faz o Guardião Vermelho, ele é um monstro. E já que preservou essa barba bem peculiar, dá pra chutar que ele fará algum personagem russo. Seria um novo personagem ou teríamos aí alguém em especial da Guarda Invernal? Com essa pele dele aí, seria ele uma versão do UCM do personagem Ursa Maior? É meu chute.


Olivier Richters se junta agora a Scarlett Johansson, Florence Pugh, David Harbour, Rachel Weisz, O-T Fagbenle e Ray Winstone no filme. A estreia nos EUA será em 1 de Maio.

Coveiro

Marvel lança trailer e revela vilão da minissérie do Homem-Aranha escrita por J.J. e Henry Abrams



A Marvel fez um grande mistério com o anúncio da minissérie do Homem-Aranha que será produzida pelos Abrams, o pai J.J. e seu filho, Henry. Agora, um primeiro trailer saiu, e o editor Nick Lowe e os dois escritores falam um pouco do que esperar dessa história e revelam o visual do vilão. Confira:


Sobre o vilão, Nick Lowe explicou que "Cadaverous é um dos mais aterrorizadores vilões do Homem-Aranha de todos os tempos, e isso é significa muita coisa. Ele enfrentou o Duende Verde, Carnificina e Venom. Cadaverous pode ser um pouco mais assustador e um pouco mais grosseiro do que qualquer um deles".



A primeira edição da minissérie sairá em 18 de Setembro nas lojas americanas.

Coveiro

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Fim de Carnificina Absoluta trará mais uma revista mensal com a Grito

Faz algumas horas que publicamos aqui um resumo sobre dois tie-ins de Carnificina Absoluta que trazem de volta os simbiontes da Fundação Vida, os Filhos do Venom criados nos anos 90. E agora, descobrimos segundo notícia que antecipa o checklist de Novembro, que um deles em especial ganhará revista mensal - A Grito.



Escrita por Clay McCleod Chapman e desenhada por Chris Mooneyham, a série Scream: Curse of Carnage #1 colocar a simbionte Grito em evidência. No resumo oficial temos:

Patricia Robertson, Andi Benton, Donna Diego… todas nos levam a um dos descendentes originais do - e possivelmente a mais forte - do simbionte Venom, que agora estrelará sua própria série no universo Marvel! Depois dos eventos de CARNIFICINA ABSOLUTA, o que resta da simbionte Grito em relação ao que ela era antes? Terá mesmo um hospedeiro? Quais são suas intenções? E o que um par de escaladores de parede tem a dizer sobre sua presença em Nova York?

Coveiro

Tie ins de Carnificina Absoluta trazem velhos simbiontes e mantém clima de terror

Depois da primeira edição de Carnificina Absoluta sair semana passada, eis que dois tie-ins da minissérie chegam as lojas. Ambos trazem personagens há muito esquecidos, mas de vinculo mais que íntimo com o simbionte Venom e sua progênie assassina, Carnificina. São os Filhos do Venom, os simbiontes criados pela Fundação Vida, após eles forçarem o alien a produzir mais 'esporos' e crias como aconteceu com o Carnificina um tempo antes, que já faziam algum tempo que estavam sumidos das nossas vistas.



Eles surgiram pela primeira vez em Venom: Protetor Letal, mas ganharam destaque em várias séries posteriores como 'Separation Anxiety, The Hunted e Venom: Tooth and Claw. Cada um tem suas peculiaridade e diferentes nomes - Riot (Motim), Phage (Fago), Lasher (Açoitador), Agony(Agonia) e Scream (Grito). Alguns nomes em português não foram nunca devidamente traduzidos, então tomei a liberdade. Vale lembrar que quase nenhum deles tem vivo o hospedeiro original daquela época. Portanto, para o leitor novo, é como que pegar uma folha praticamente em branco. E é justamente o que fazem as duas novas series tie-ins ligadas. Dão novo começo e sentido a esses personagens.

Vamos começar falando de Absolute Carnage: Separation Anxiety#1 (por Clay McCleod Chapman e Brian Level com Jordan Boyd). É a série que melhor pega a essência dessa nova pegada do Carnificina. Dá pra você pegar a edição  e encará-la como uma história fechada de horror. Começa com uma garotinha na porta de casa em Colorado chorando, lamentando a briga quase que diária de seus pais, que aparentemente estão num processo de separação. Em meio aquela tristeza, a garotinha depara-se com um cachorro de rua e faz um pedido na frente dele querendo que sua família fique junta. Ela devia podenrar o que deseja.


O cachorro vadio era na verdade o hospedeiro novo do Híbrido, que foi exatamente visto pela última vez numa história do Deadpool. Híbrido é a junção de Riot, Phago, Lasher e Agony, criando uma só consciência que por muito operou como um tipo de anti-herói. Só que para atender ao pedido da menina, Híbrido se separa em quatro e começa a atacar a família. Começa pelo seu pai (dominado por Riot), depois tem sua mãe (capturada por Agony) e apesar de todo o esforço da garotinha, o seu irmão caçula também é capturado (por Phago).

A distorcida perspectiva dos simbiontes estava dando a menina, que já não tinha mais pra onde correr e virou refém deles, uma família 'unida'. Estavam agora todos juntos, mas sob a influência psicótica dos filhos do Venom. A garotinha acabou sendo englobada por Lasher e a história termina com todos 'felizes' entrando no carro e partindo para Nova York. Afinal, o principal do evento é lá, mas a viagem no meio do caminho deve ter muitas paradas e coisa a se lembrar.


O outro Tie in é focada na única simbionte da Fundação Vida e que pareceu ter mais histórias até aqui. Donna Diego pode estar hoje em dia morta, mas em Absolute Carnage: Scream #1  (por Cullen Bunn e Gerardo Sandoval) descobrimos que sua simbionte ainda vive. E com o chamado de Carnificina, a alien sai do túmulo e no meio do caminho encontra uma nova hospedeira com experiência - Patricia Robertson.



Patricia Robertson já foi a She-Venom por um tempo na fase de Cullen Bunn na revista mensal do Venom. Hoje, podemos encarar que ela é uma caçadora de simbiontes. Ciente de suas fraquezas, ela está fazendo uma limpa agora que 'lacaios' do Carnificina estão surgindo por aí a torto e a direito. Contudo, o destino faz com que - mesmo contra vontade - Patricia mais uma vez se vincule a um simbionte. E é a Grito desta vez.


Grito mostra-se uma alien pertubarda desde a morte de Donna Diego, e talvez isso a faça se identificar com Patricia, que também desde que foi por um tempo a She-Venom, nunca sarou completamente suas cicatrizes. Contudo, a série mostra que ainda lidará com Andi Benton, a garotinha que se tornou a Mania e ficou parcialmente ligada ao Venom desde que parte da simbiose se desprendeu e ficou presa a ela. Andi está sendo perseguida pelos lacaios do Carinificina, mas também não é uma qualquer. Afinal, ela tem a 'marca' do Inferno deixada no simbionte Venom desde a época em que ele estava com Flash Thompson.


As duas minisséries até aqui mantém a premissa da minissérie principal. Não espere ler um quadrinho de herói em nenhum das duas. Se você é um leitor que experimenta pouco de outros tipos de história fora do universo heróico, essas duas séries irão te apresentar um pouco do gênero de horror nas HQs.
Carnificina Absoluta #2 vai as lojas em 28 de Agosto.

Coveiro

Frank Miller e Neal Adams confirmados para a Comic Con Experience 2019


As divulgações para a edição 2019 da famosa Comic Con Experience, que terá o foco nos 80 anos do Batman, já começaram e dentre eles, dois nomes anunciados como convidados tem uma ligação com trabalhos passados com a Marvel Comics que merecem nossa atenção.

Pela terceira vez ao Brasil, o artista Frank Miller retorna ao nosso país para compartilhar sua experiência com os trabalhos que fez para a DC Comics com o Homem-Morcego. Na Marvel, ele é a figura que trabalhou com o querido advogado, hoje promotor de justiça, Matt Murdock, o Demolidor, e todo o seu universo do personagem sendo aclamado por ter criada a amada ninja Elektra.

O outro artista também convidado para o evento, também envolvido com o personagem da DC, é ninguém menos que Neal Adams. O artista é conhecido na Marvel pelo seu trabalho junto com Roy Thomas no título dos X-Men. Recentemente ele fez mais alguns trabalhos de capas para a Marvel Comics em títulos como os Vingadores, Capitão América, Demolidor, Defensores e mais alguns outros.

A Comic Con Experience 2019 acontecerá no Centro de Convenções do São Paulo Expo nos 5 a 8 de Dezembro e terá como foco a comemoração dos 80 anos do Batman.

Marcus Pedro

Marvels vai ganhar sua versão narrada em 'podcast'

A Marvel está encontrando um novo jeito bem atrativo de contar suas histórias em quadrinhos. Através das histórias narradas por voz, em 'áudio-drama', como um 'podcast'. Depois do sucesso de  Wolverine: The Long Night e Wolverine: The Lost Trail, foi anunciado que a aclamada Marvels irá ganhar um formato no mesmo estilo.



Não dá pra saber se a história será uma narração literal do trabalho de Kurt Busiek e Alex Ross ou se será uma adaptação. O texto onde ocorreu o anúncio detalha alguns membros de elenco que emprestarão as vozes e o que mais esperar dessa nova iniciativa. Confira:

'O elenco da série inclui Clifford Smith(Wu-Tang Clan, The Deuce da HBO) como Ben Urich, Anna Sophia Robb (O Ato do serviço de streaming Hulu) como Márcia Hardesty, Ethan Peck (In Time, O Aprendiz de Feiticeiro) como Sr. Fantástico e Seth Barrish (Billions da Showtime) como Phil Sheldon.

"Aqui, Marvels acontecerá após a batalha do Quarteto Fantástico com Galactus, bem acima da cidade de Nova York, pelo destino do mundo. Um intrépido fotógrafo, um estudante universitário ambicioso e um jornalista cínico iniciam uma investigação para confirmar ou desmascarar uma das teorias de conspiração mais poderosas de todos os tempos".

“Dando sequência ao nosso premiado Wolverine: A Longa Noite e sua sequência Wolverine: A Trilha Perdida, a equipe da New Media está entusiasmada em continuar a levar histórias de Super Hero através desse novo meio, o podcast roteirizado”, disse Shane Rahmani, da Marvel New Media. "Somos apaixonados pelo espaço e sentimos que trouxemos o elenco, a história e a trama certos neste último projeto".

Também estão elencados na série Louisa Krause como Sue Storm, Jake Hart como Ben Grimm, Ehad Berisha como Johnny Storm, Teo Rapp-Olsson como Peter Parker e Gabriela Ortega como Charlie Martinez. A Stitcher e a Marvel reuniram uma equipe de redação e produção de alguns dos maiores nomes da indústria de podcasting. Marvels será escrito por Lauren Shippen (The Bright Sessions, The AM Archives) e dirigido por Paul Bae (As fitas pretas, The Big Loop). Mischa Stanton (The Bright Sessions, LeVar Burton Reads, The AM Archives) supervisionará o design do som. A série é produzida por Harry Go e Jennifer Manel da Marvel e T. Square of Stitcher.'

Coveiro

Tom Hiddleston revela que teremos oponentes 'formidáveis' na série do Loki

Resultado de imagem para marvel616 loki

Tom Hiddleston não é só o Deus da Trapaça, ele é um grande enganador. Apesar de só muito depois o público tomar conhecimento da série do Loki e ela de fato só se confirmada oficialmente mês passado, o ator disse numa entrevista a MTV News que já sabia de tudo desde o o começo de 2018 e conseguiu enganar cada um de nós com os depoimentos que dava. Veja:


"Eu sabia cerca de seis semanas antes do lançamento mundial de Vingadores: Guerra Infinita. O que significava que eu tinha que ir e fazer a coletiva de imprensa para Vingadores: Guerra Infinita, 'Sim, é isso aí pessoal'", disse Hiddleston com uma risada sobre toda vez que mentia sobre uma morte definitiva do Loki.

Quando Loki sair no Disney +, marcará como o trabalho solo mais longo para Hiddleston como personagem, já que a minissérie terá no total seis horas, sendo a soma maior que todas as aparições anteriores em tela dele juntas. O ator está empolgado com a perspectiva, sabendo que o seriado irá explorar o personagem de maneiras que ainda não vimos no Universo Cinematográfico da Marvel.

"Eu conheço esse personagem agora. Sinto que o público o conhece. Sei interpretá-lo... e interpretá-lo com sinceridade, mas apresentá-lo com novos desafios, que eu teria que mudá-lo de diferentes maneiras, é o aspecto mais emocionante disto", acrescentou Hiddleston. "Você tem seus dons muito específicos. Sua inteligência, a traição, sua maldade, sua magia, e agora irá vê-lo enfrentando oponentes mais formidáveis, como nunca viu ou conheceu antes. Eu gostaria de poder lhe dizer o que acontece, mas eu não posso ".

Os rumores, ainda nada confirmados, são de que Loki - aquele Loki que fugiu em Vingadores: Ultimato - irá ter uma jornada ao longo do tempo perturbando os vários acontecimentos cronológicos daquela sua realidade. Será que com isso acabaria criando mais linhas temporais malucas?

A série chegará no primeiro trimestre de 2021 na Disney+

Coveiro

Powers of X 2: Ascenção das Máquinas

Se de um lado House of X tem sido uma revista que tem mostrado a cada número uma revelação surpreendente, Powers of X é ainda um mistério de quatro histórias que ainda está se montando e ficando claro em nossas mentes. Nessa edição 2, descobrimos um pouco mais de como eventos das diferentes épocas aqui contadas estão relacionados. E a palavra chave aqui seria a Ascenção. Mas seria a dos Mutantes ou das Máquinas?




X° ou Ano 1

Agora que sabemos quem de fato é Moira MacTargget e quão crucial ela é (ou foi) para os desdobramentos da criação dos X-Men para Charles Xavier, eis que Powers of X 2 revela que a mutante com experiência de 10 vidas também confiou seu segredo para Magneto além de Charles Xavier. Os três, portanto, seriam o equivalente a uma 'Trindade' do universo mutante e provavelmente mesmo que em lados opostos em dados momentos devem ter secretamente montado os alicerces de tudo até aqui.







X¹ ou Ano 10

Eis que finalmente descobrimos o que de fato Mística roubou na primeira edição de House of X 1. As informações coletadas revelam a existência de uma organização mais que secreta de pessoas que são ex-membros de outras organizações como S.H.I.E.L.D., I.M.A., E.S.P.A.D.A., até mesmo HIDRA. Juntos, ele formam a ORQUÍDEA (Não temos o significa dela se for uma sigla), compostas de mentes brilhantes que vêem nos mutantes de fato uma potencial ameaça a humanidade. Eles estavam em pleno sigilo até então, mas agora foram desmascarados e Xavier acredita que eles estão prestes a desenvolver a tecnologia base da nova geração de sentinelas do futuro, aquela que originará o NIMROD. É preciso realizar um ataque certeiro na base deles na órbita da Terra, Ciclope garante que fará o que precisa ser feito.



X² ou Ano 100

Essa parte do futuro é onde parece que Powers of X mais tem história pra contar. No Asteroíde K, somos surpreendidos pela revelação de que o líder dos Mutantes sobreviventes é Apocalipse, que sob seu comando agora só tem os poucos mutantes formados por Wolverine, Magneto de Armadura Verde, Xorn, o Homem-Vegetal (que aparentemente é uma evolução do Cifra e não do Black Tom como dissemos antes) e os mutantes quimeras Rasputin e Padre.

Com a informação coletadas por esses dois últimos, é a vez de Apocalipse pedir por um ataque direto e definitivo contra os Homens-Máquinas. Mas é uma missão praticalmente suicida. Apocalipse garante que apesar de tudo eles vão conseguir invadir o lugar e conseguir o que querem, já que irá liderá-los pessoalmente em campo. Ainda assim, ele pondera e pensa alto em porque as máquinas sempre viram os mutantes como inimigos. Seria um teste? Ver se os mutantes são merecedores de sobreviver a luta pela sobrevivência?


X³ ou Ano 1000

Neste futuro que é o mais difícil de interpretarmos até agora, as poucas informações extras parecem revelar que ali não é a Terra. Fora isso, aquele que se chama de Bibliotecário está acompanhado de muitos outros iguais de pele azul. Quem seria ele de fato? Que raça pertencem? Difícil dizer só com o que temos dessa edição. A surpresa maior fica por conta de que eles entram em contato com uma outra raça, uma tecnorgânica e também com histórico com os mutantes - A Falange. O bibliotecário responde em nome do seu povo que o que eles buscam ao convocar a falange ali é Ascenção.


Apesar de ainda não ficar muito claro o propósito de Hickman ao explorar esse futuro X³, fica evidente até aqui que o autor construiu aqui uma narrativa interessante de que não só os Mutantes que evoluem. As máquinas ao longo desses 1000 anos de história coberta em Powers of X também desenvolveram-se. Hickman então nos presenteou com mais extras em que ele fez um baita trabalho de 'classificação' de Inteligências Artificiais conhecidas no universo. Como o assunto só gera muito mais discussão, vai ficar todo pra um artigo a parte. Prometo trazê-lo aqui em breve.

Como falei, a edição é de meio, pouca ação, mas bastante informativa agora. Duas batalhas parecem estar vindo aí em eras diferentes. Mas as respostas mais interessantes parecem estar nas pontas. Afinal, que acordo e plano a longo prazo tinham Xavier, Moira e Magneto? E o que são aqueles seres azuis no final e que tipo de 'ascenção' buscam com uma raça alienígena que no passado só tinham como objetivo assimilar seres carniformes como substrato?

Coveiro

Cinesite libera video com detalhes dos efeitos visuais de Vingadores: Ultimato e revela mais um easter egg que passou batido



Agora que o filme já está a venda em mídia física, não tem pra que mais as empresas responsáveis pela produção dos efeitos visuais do filme se deterem e não divulgar seus trabalhos. A Cinesite, por exemplo, divulgou esse video com parte das cenas pelas quais foi responsável. No caso, temos parte da ação do Homem-Formiga em 2012, a cena em Morag em 2014 e o ataque dos batedores. Confira:



Se não perceberam, esse video até divulgou um easter egg que ninguém percebeu antes no filme - Armin Zola lá pro segundo 43. Reveja de novo!



Maior bilheteria global de todos os tempos, Vingadores: Ultimato é dirigido pelos irmãos Russo e co-roteirizado por Christopher Markus e Stephen McFeely. No filme, teremos a volta de Robert Downey Jr. (Homem de Ferro), Chris Evans (Capitão América), Scarlett Johansson (Viúva Negra), Chris Hemsworth (Thor), Mark Ruffalo (Hulk), Jeremy Renner (Gavião Arqueiro), Elizabeth Olsen (Wanda Maximoff), Paul Bethany (Visão), Chadwick Boseman (Pantera Negra), Don Cheadle (Máquina de Combate), Paul Rudd (Homem-Formiga), Chris Pratt (Peter Quill), Zoe Saldana (Gamora), Bradley Cooper e Sean Gunn (Rocket Raccoon), Dave Bautista (Drax), Karen Gillan (Nebula), Pom Klementieff (Mantis), Vin Diesel (Groot), Tom Hiddleston (Loki), Benedict Cumberbatch (Dr. Estranho), Tom Holland (Homem-Aranha),Josh Brolin (Thanos), Sebastian Stan (Soldado Invernal), Danai Gurira (Okoye), Benedict Wong(Wong), Gwyneth Paltrow (Pepper Potts), Jon Favreau (Happy Hogan), dentre outros.

Coveiro

Noah Hawley conta que após suas férias irá insistir mais uma vez na sua ideia do filme do Doutor Destino

Com o fim da terceira e última temporada de Legião este mês, eis que supostamente a relação do produtor executivo Noah Hawley acabou. Ou quase isso. Na expectativa  de que aquele filme do Doutor Destino ainda ganhe vida, eis que uma última e insistente pergunta foi feita sobre a possibilidade de Hawley e a Marvel Studios fazerem esse longa da vida de Victor Von Doom acontecer:

Resultado de imagem para marvel616 noah hawley destino

"...por agora o que posso dizer é que o filme estaria pronto e que Legião acabou e eu tirei uma folga porque alguém me disse que havia essa palavra chamada "férias", o que significa que você não trabalha, o que soou realmente interessante para mim, mas você sabe, eu preciso voltar para eles e anunciar que eu adoraria fazer isso e descobrir se isso é algo que é possível, se eles já têm ou não um plano para o que fazer com aqueles personagens ou se eles estão abertos para o meu tipo de visão sobre o que fazer com esses personagens. Mas é meio algo que depende só de mim agora para força-los, que é o que eu farei assim que eu voltar. "

Por mais fantástico que seria ver a visão de Noah Hawley pra um filme do Doutor Destino, é considerado praticamente improvável que essa visão vá adiante nos planos de Kevin Feige e da Marvel Studios. Hawley estaria ingressando agora na equipe gigante do time criativo dos estúdios e eles provavelmente já devem ter uma direção do que fazer com o Quarteto Fantástico e com o Doutor Destino.


Mas nunca se sabe o que esperar nessa indústria. É tipo o anúncio do Blade. Quando esperava qualquer outra coisa, surge Kevin Feige puxando um caçador de vampiros que ninguém esperava da manga.


Coveiro

quarta-feira, 14 de agosto de 2019

Yondu ganha série própria em quadrinhos


Depois de ser muito bem apresentado nos filmes dos Guardiões da Galáxia, Yondu agora vai singrar o universo Marvel nos quadrinhos em Novembro desse ano nos Estados Unidos.

Em sua série própria, Yondu terá roteiros por Lonnie Nadler e Zac Thompson, com a arte interna por John McCrea e capa por Cully Hamner.

"Yondu é um personagem muito único porque muitos dos leitores o conhecem dos filmes dos Guardiões da Galáxias e a história dele é quase que completamente indefinida nos quadrinhos," comentou Nadler."Ele é um quadro branco. Pegamos esta oportunidade de ouro para mostrar simultaneamente quem Yondu é no seu núcleo, enquanto também exploramos o criminoso mais sujo do gigantesco cosmo da Marvel."



Nadler e Thompson adicionam que trabalhar com um personagem como Yondu, podem mostrar para os leitores que eles são capazes de escrever uma história interessante para o universo Marvel. "Yondu é a oportunidade para fazermos algo completamente diferente para mim e Lonnie," comentou Thompson. "Estamos dando aos leitores um quadrinhos das ruas dentro do Universo cósmico da Marvel. Yondu está repleto de piadas em todas as páginas. Tivemos uma explosão absoluta escrevendo a série e rimos até irmos as lágrimas todas as vezes que criamos novas cenas. Contudo, procuramos trazer uma profundidade para Yondu que os leitores irão apreciar. Há muita coisa neste quadrinho que é completamente novo. Novos planetas, novas revelações, novos personagens e novas aventuras. Yondu está fazendo sua marca em seu novo bolso da Marvel cósmica e deixando uma trilha de destruição por onde passa."

Nadler ainda acrescenta: "Zac e eu realmente estamos procurando esticar os limites de quem somos como criadores de Yondu, então estamos nos empurrando para lugares completamente novos, que eu acho que pegará muitos leitores de surpresa. Sabemos escrever bastantes para histórias de terror, mas este quadrinho está lotado de comédia criminal com elementos neo western. É diferente de tudo o que pegamos anteriormente."



Com relação aos artistas que os acompanham no projeto, só elogios. "Trabalhar com John McCrea tem sido completamente surreal," disse Nadler. "Somos muito fãs do trabalho dele nos quadrinhos como Hitman e The Boys (ambos saíram aqui no Brasil) e estarmos colaborando com um veterano como John é o trabalho dos sonhos realizado. Ele argumenta nossa história em cada simples página."

Segundo Thompson, "John McCrea é um colaborador dos sonhos. Ele traz muito detalhe insano para o mundo de Yondu que os leitores poderão se debruças sobre cada página pelas piadas escondidas, detalhes sutis e trabalho magistral no personagem. O currículo de John apresenta alguns dos melhores trabalhos de histórias de quadrinhos mas isto pode ser o melhor trabalho da vida que ele já realizou. Mal posso esperar para verem o que ele preparou."

"Yondu é uma aventura espacial que explora a parte inferior do universo cósmico da Marvel," disse McCrea. "Eu, Zac e Lonnie está mostrando para você os banheiros espaciais, esgotos cósmicos e gangsters galácticos em conto estrondoso através do tempo e espaço."

Ver uma equipe criativa bastante empolgada em um projeto de quadrinhos que muita gente pode dar nada, pode realmente surpreender bastantes e nos entregar um belo material. Se o título for tão fora da caixinha, como empolgam os criadores, os leitores poderão ter uma bela relíquia nas mãos.

Vamos aguardar pelo lançamento em Novembro nos EUA e conferirmos isso mais de perto.

Marcus Pedro

Sean Gunn conta que seu irmão irá revisar mais uma vez o roteiro de Guardiões da Galáxia vol.3 após ver Ultimato

Quem esteve participando ontem da Turnê Mundial 'Te Amamos 3000' pra divulgação da venda em Home Video de Vingadores: Ultimato foi Sean Gunn, o ator que faz a performance física do Rocket e o personagem Kraglin dos Guardiões da Galáxia. Além de posar em fotos numa exposição com replicas do filme, o ator atualizou uma novidade sobre o roteiro dos Guardiões da Galáxia vol.3. Veja as fotos e um trecho dessa conversa:


Em entrevista ao ComicBook.com no evento, Sean Gunn contou que o roteiro do Guardiões da Galáxia vol.3 pode passar por um rápido tratamento em algum momento. Apesar de antes seu irmão ter dito que a versão final estava acaba, sean contou que ainda não leu o roteiro porque "você sabe ... eu acho que meu irmão pode fazer ... ele pode fazer outra atualização. Nesse caso, eu iria ler essa versão".

Essa mudança foi inclusive já sutilmente sugerida pelo próprio James numa das raras vezes que voltou a interagir em suas redes sociais. Isso aconteceu brevemente após ele conferir Vingadores: Ultimato. Com isso, de fato, mediante a tantas surpresas que tivemos ao final em relação ao grupo, que supostamente teria uma adesão inesperada do Thor. Contudo, como Thor: Amor e Trovão agora sairá ANTES de Guardiões da Galáxia vol.3, talvez o asgardiano nem mais esteja no grupo espacial até lá.

Por enquanto, James Gunn está focado no Esquadrão Suicida da Distinta Concorrência, que deve filmar e sair primeiro. Por sinal, Sean disse que já leu o roteiro e disse que era "Muito Bom". E por enquanto, ele está fora desse projeto, no caso.

Coveiro

Reveladas as capas das segundas edições dos novos títulos mutantes da fase Hickman


E antecipando os anúncios das solicitações do mês de Novembro nos EUA, a Marvel Comics já liberou as artes das capas da segunda edição de todos os seus títulos mutantes.

X-Men 2 - Arte por Francis Leinil Yu


Anjos Caídos 2 - Arte por Ashley Witter

X-Force 2 - Arte por Dustin Weaver


Novos Mutantes 2 - Arte por Rod Reis

Os Carrascos 2 - Arte por Russel Dauterman


Excalibur 2 - Arte por Mahmud Asrar

Na humilde opinião do redator, mesmo eu não sendo fã da arte do Asrar, a capa dele foi a que mais me chamou a atenção, pela maneira como foram dispostos os personagens e a tensão que ela traz, sem falar no traço que tem mostrado uma evolução a um bom tempo.

E para você, caro leitor? Qual foi sua capa favorita?

Marcus Pedro

Idris Elba não hesitaria em poder voltar a viver Heimdall nos filmes

Apesar de ter já criticado no passado o compromisso a longo prazo que firmou com a franquia do Thor, recentemente o ator Idris Elba parece ter aceitado melhor a situação e até mostrou-se simpatico a ideia de voltar ao papel de Heimdall. O problema é que o asgardiano foi morto durante Vingadores: Guerra Infinita. Isso seria um impedimento?



Foi durante uma aparição na ABC Radio que Idris Elba comentou sobre seu papel no Universo Cinematográfico da Marvel e se há expectativas de ele voltar a Heimdall no futuro. "Claro" respondeu sobre seu desejo de voltar. "Escute, Heimdall é essencialmente parte da família dos deuses. Então você sabe, ele essencialmente poderia estar vivo. Eu só estou dizendo! Eu estou apenas colocando isso pra fora. O personagem de Heimdall volta em Thor, você sabe, o Thor da mitologia, E tenho certeza que haverá uma maneira interessante de trazer isso ao vivo. Claro que sim".


Bom, sempre há possibilidades de Idris Elba voltar, claro. Considerando algum flashback ou mesmo realidade alternativa se considerarmos que esse é o caminho da série do Loki, porque não? Já uma ressureição pra valer seria inusitado no UCM de hoje. Sim, há o respaldo na própria mitologia nórdico ou mesmo nos quadrinhos do Thor, onde os Deuses já voltaram após um Ragnarok. Mas nos filmes, até mesmo os Deuses, no caso dos Asgardianos, são mais encarados como alienígenas de vidas milenares do que imortais por assim dizer. E isso talvez seja até mais pontuado e entendido com o filme dos Eternos.

E você, gostaria de ver a volta de Heimdall no UCM?

Coveiro

Livro ligado a Guerra Infinita já insinuava as mudanças para Thor: Amor e Trovão

Thor: Amor e Trovão pegou muita gente de surpresa na San Diego Comic Con ao anunciar a volta de Natalie Portman a franquia, não só como Jane Foster, mas como a 'Nova Thor' assim como ocorreu recentemente nos quadrinhos. Só que as pistas para que a personagem estava sendo preparada para algo mais talvez estivesse ai muito antes da revelação. Ou é isso que acredita o site Screen Rant ao destacar um trecho do livro spin-off de Vingadores: Guerra Infinitae Cosmic Quest Volume II: Aftermath, escrito por Brandon T. Snider.



Já falamos um pouco dessa história aqui antes. Recapitulando, o plot principal do livro segue os personagens coadjuvantes do primeiro Thor, Dr. Erik Selvig e Darcy Lewis, enquanto eles investigam a causa do Blip, assim chamado pelos terráqueos o evento que eliminou metade da população do mundo [e universo, na verdade]. Essa investigação os colocou em contato com Jane Foster novamente, que revelou que os eventos de Thor: O Mundo Sombrio a deixaram mudada de uma forma crucial.

Porque Jane foi fundida com a Joia da Realidade (também conhecida como "O Aether") no Mundo Sombrio, ela era uma das únicas pessoas na Terra a sentir as Joias do Infinito sendo usadas juntas para causar O Blip, e entender que as pedras são a fonte da calamidade universal. A investigação dos pesquisadores reúne Jane e Selvig novamente em Tønsberg, na Noruega (também conhecido como o futuro local da "Nova Asgard"), onde Jane usa às 'Aguas da Predição' para provocar uma visão que revela a verdade sobre o Manopla do Infinito, a Jornada de Thanos e o Estalar de dedos dele.


Agora, este romance ligado aos filmes combinou tópicos que agora fazem muito mais sentido depois que vimos Vingadores: Ultimato, e também depois que sabemos do que está por vir em Thor: Amor & Trovão. O contato de Jane com a Pedra da Realidade a deixou transformada em algo mais do que humano, e o livro Cosmic Quest Volume II acrescenta a cena da visão para sugerir ainda mais a extensão dessa mudança. Ao sentir o Estalo, e ser capaz de usar as Águas da Predição, é sugerido que Jane pode ter a "Consciência Cósmica" um poder que sua contraparte dos quadrinhos tinha, e que é geralmente reservada aos mortais que são hospedeiros viáveis ​​para grandes poderes cósmicos ou entidades.


Com isso, fica até um caminho mais viável e usando o já tradicional MacGuffin de uma das Joias do Infinito para explicar porque Jane, além de qualquer outra mortal terráquea será a nova Thor. Isso colocaria ela com a mesma capacidade de Carol Danvers que se tornou a Capitã Marvel graças a Joia do Espaço e Wanda Maximoff que desenvolveu os poderes de Feiticeira Escarlate graças a Joia da Mente.


Em Thor: Love & Thunder, já é certo que Natalie Portman, Chris Hemsworth e Tessa Thompson estarão de volta. Não sabemos se Stellan Skarsgard e Kat Dennings estarão de volta aos filmes, apesar dessa última mostrar-se interessada em voltar a viver a maluquinha Darcy. A previsão de lançamento do filme é pra Novembro de 2021.

Coveiro