terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Aliens ganha novo omnibus e edição 2 pela Marvel em Abril

 Não demorou quase nada pra Marvel já anunciar o segundo Omnibus das antigas histórias de Aliens, aquelas publicadas pela Dark Horse, que ganham vida mais uma vez sob os cuidados da Marvel e com nova capa variante inédita.



Os contos de quadrinhos clássicos ambientados no mundo icônico - e aterrorizante - da franquia Alien estão sendo coletados em uma coleção de capa dura totalmente nova. Já falamos aqui da ALIENS OMNIBUS VOLUME 1. Agora, os fãs da icônica franquia podem desfrutar ainda mais de essas emocionantes histórias de quadrinhos com ALIENS: OS ANOS ORIGINAIS OMNIBUS VOL. 2! Teremos versões da capa original com Paul Mendoza e uma nova feita por Mahmud Asrar.

Os experimentos genéticos de um cientista desonesto criam um novo rei alienígena horrível! Uma unidade desorganizada de Fuzileiros Navais Coloniais luta contra uma infestação de xenomorfos em uma estação espacial - e os sobreviventes enfrentam um bando de híbridos bizarros! Um investigador deve resolver um assassinato em uma estação de pesquisa alienígena no espaço profundo! Mas que música terrível um compositor perturbado fará com os gritos de um alienígena? E um xenomorfo sintético pode se rebelar contra seu criador sádico? Mais: Flash de volta para um ataque alienígena na década de 1950! E testemunhe o destino da Inglaterra enquanto os alienígenas invadem a Terra!



 Esta coleção rara inclui: ALIENS: ROGUE #1-4, ALIENS: COLONIAL MARINES #1-10, ALIENS: LABYRINTH #1-4, ALIENS: SALVATION, ALIENS: MUSIC OF THE SPEARS #1-4 and ALIENS: STRONGHOLD #1-4 — plus material from DARK HORSE COMICS #3-5, #11-13 and #15-19; PREVIEWS (1993) #1-12; PREVIEWS (1994) #1; and ALIENS MAGAZINE (1992) #9-20.

Nos roteiros, teremos os nomes de  Ian Edginton, Chris Warner, Kelley Puckett, Paul Guinan, Dan Jolley, Jim Woodring, Dave Gibbons, Chet Williamson, John Arcudi, Sarah Byam, John Byrne, Peter Milligan, Michael Cook. Já na arte, destacam-se Will Simpson, Paul Guinan, Tony Atkins, Allen Nunis, John Nadeau, Kilian Plunkett, Mike Mignola, Tim Hamilton, Doug Mahnke, David Roach, Mark A. Nelson, Paul Mendoza, John Byrne, Paul Johnson e Christian Gorny.

E aproveitando a notícia, no checklist de Abril tivemos a divulgação das capas da edição #2 da revista mensal Alien da Marvel:





Ela tem roteiro de Phillip Kennedy Johnson e arte de Salvador Larroca. As capas são assinadas por Inhyuk Lee, Stephanie Hans e Carlos Pacheco. Continuam a história da edição anterior onde Cruz deve correr contra o tempo para salvar seu filho.

Coveiro

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Rei das Trevas: A Gata Negra Anti-Venom

 A ladra já tem o alvo do seu roubo - O Doutor Estranho, preso numa redoma simbionte que manteve o Mago Supremo inativo assim como foi capaz de preder o Rei das Trevas por tanto tempo até hoje. A ladra também já tem sua equipe - seus capangas Boris Korpse e Bruno Grainger e o gênio da Alchemax Douto Steven. Agora, é só organizar o plano e por em ação.


A segunda edição da nova revista mensal da Gata Negra continua naquele mesmo clima excepcional de roubo acelerado. Primeiro, Felicia e sua equipe se posicionam num prédio da cidade bem próximo a onde está a redoma simbionte que prendeu o Doutor Estranho no topo do Empire States. Em seguida, pegou as instruções com o Doutor Steven de como adentrar naquele espaço sem se contaminar. A solução foi usar um traje com base no anti-venom que Eddie Brock já usou e que pode ser recriado via tecnologia reversa. O problema é que esse novo traje teria um tempo curto pra sobreviver a exposição. Por isso, Hardy tem que ser extremamente rápida.

Além disso, A Gata vai precisar de uma ajuda mística pra rastrear o Mago Supremo naquela esfera simbionte. Pra isso, ela vai levar com ela Bats, o Basset (ou melhor, o fantasma dele, já que ele acabou morrendo) para farejar Estranho. Agora, faltava apenas o meio de transporte para voar rapidamente até lá antes de ser pega pelos dragões aliens. E eis que Felicia escolhe usar - pela primeira vez, lembra ela - um planador igual a do Duende Verde. Está então tudo pronto para partir.



Tudo ocorre inicialmente com maestria de uma boa ladra profissional. Só que a partir do momento em que entra na esfera simbionte, Felícia percebe quão difícil é circular por ali. Por sorte, Bats consegue rapidamente farejar seu antigo dono e o vê preso e englobado pelo simbionte no centro da redoma. Felicia então ativa um outro traje anti-venom para proteger o Doutor Estranho. Depois, correm rapidamente pra fora dali antes de acabar o tempo de resistência do seu traje.



Assim que atravessam a barreira, Gata, Bats e um desacordado Doutor Estranho são resgatados por Boris e Bruno no aranhamóvel. Como experientes pilotos de fuga, os dois começam uma corrida maluca pelos arranha-céus da cidade invadida fugindo dos dragões alienigenas. As páginas que seguem são eletrizantes. Felicia usa inúmeros recursos a sua disposição pra fugir dos monstros, mas sem muito sucesso. Quando caem perto do Sancton Sanctorum, Felicia  Hardy decide usar como último recurso um outro furto de seu roubo quando invadiu a casa do Doutor Estranho. É um toco de madeira asgardiano.



É isso! Temos pra próxima edição uma Gata Negra que tem poderes de deusa nórdica e está mais reluzente do que o ouro dos cofres de Odin. Jed MacKay certamente é o cara que sabe escrever a personagem. C.F. Villa só abrilhanta mais a edição com sua arte. Já falei antes como é gostoso de ler essas histórias né?

Coveiro

Mudanças na equipe criativa de Campeões a partir da edição #6

 Após o arco de histórias inicial Outlawed, os Campões passaram por novas transformações. E isso inclui uma mudança total na equipe criativa a partir de Abril.  Assumindo o lugar de Eve L. Ewing, Simon Di Meo e Bob Quinn teremos o escritor Danny Lore (Coração de Ferro 2020) e o artista Luciano Vecchio (Coração de Ferro).


"Estou triste por me despedir dos Campeões agora, mas muito animada que alguns criadores incríveis estão assumindo o comando", disse Ewing. "Especialmente Luciano, com quem tive a grande alegria de trabalhar em Coração de Ferro."

Após lidarem com a lei, Ms. Marvel, Nova e Miles Morales e compahia vão encarar uma nova e extraordinária ameaça no novo arco de história “Killer App”. Os campeões tentaram uma luta justa. Agora é hora de lutar sujo. Uma empresa sinistra está trapaceando o sistema para tentar manter a Lei de Kamala nos livros, então os Campeões se infiltram na empresa para derrubá-la por dentro. Mas o aplicativo de autoajuda extremamente popular da empresa já está virando a percepção do público contra os super-heróis adolescentes. Os campeões podem fazer uma guerra de acordo com uma tendência? E quão sujas suas mãos vão ficar antes de acabar?

“Acho que é muito fácil para os jovens hoje se sentirem desamparados ou oprimidos com o peso do mundo e seus males sobre seus ombros. Com a retórica constantemente aparecendo sobre como os jovens vão salvar o mundo, mas não necessariamente com o sistema de apoio para ajudar, é importante que os Campeões existam como uma história na qual eles têm o poder ”, explicou Lore. “Mesmo que os adolescentes tenham apenas uns aos outros, eles podem mudar o mundo, o resto de nós, gente crescida, que se dane.”

Luciano Vecchio falou que “Pessoalmente, este é a sequência perfeita para minha carreira como artista da Coração de Ferro, que tem sido muito significativa para mim, e estou muito animado para me reconectar com Riri e também desenhar a Ms. Marvel, Miles e o resto das crianças e colocar minha marca visual neles individualmente e como uma equipe coesa”. 

Vecchio disse ainda que “Jovens heróis de legados são minha categoria favorita no gênero de super-heróis porque eles redefinem e atualizam os arquétipos que amamos em um mundo em constante evolução que desafia o tipo de histórias que contamos. Campeões, em particular, tem sido uma leitura muito especial neste sentido desde o seu início e estou honrado por fazer parte disso".

Vamos aguardar as mudanças dessa nova fase em Campeões #6 em Abril.

Coveiro 

Showrunner de Wandavision fala sobre trazer velhos personagens a série

 Já sabemos que Wandavision conta com alguns personagens voltando a dar as caras por aí. Já outros, pelo visto, tiveram algum tipo de veto por parte de Kevin Feige, pois iriam ser usados em outros lugares. Jac Schaeffer, showrunner da série, falou um pouco sobre isso e como foi a ideia de trazer Jimmy Woo e Darcy Lewis pra série.


"Sim. Quer dizer, todo o trabalho que fiz na Marvel existe em um espaço que está interconectado com outras histórias. E descobri que, em primeiro lugar, o acesso a outros escritores e diretores e contadores de histórias, e principalmente aos executivos , os produtores da Marvel que também são extraordinários. Sentir-se uma peça importante em um quebra-cabeça maior é realmente emocionante" contou.

"Só que às vezes é meio restritivo e você tem uma ideia realmente empolgante que envolve um personagem dos quadrinhos ou um personagem do UCM, e você lança isso, e então você se depara com 'Oh, não , estamos usando isso nisso'. Ocasionalmente, há esse tipo de coisa, o que é frustrante, mas há tanto por aí que sempre há outro personagem, outro enredo ou algo que você pode meio que implantar e obter o mesmo tipo de energia" falou Jac.

"Mas, sabe, fiquei realmente surpresa porque fiz muito material original antes disso, e minha maneira pessoal de trabalhar, é como se eu tivesse recebido uma enorme quantidade de liberdade dentro de minha própria caixa de areia prescrita, e essa é uma maneira que gosto de trabalhar, ao que parece. E também acho que, embora Kevin e os executivos da Marvel, obviamente, haja uma visão para todas essas coisas. Eles sempre querem que cada propriedade seja independente, e essa é sempre a prioridade. Então foi sempre isso que eu busquei e o que minha equipe buscou, para ter certeza de que isso existe por si só, e também tem as peças que precisam ser interconectadas. "

Schaeffer foi então questionado sobre como exatamente ela sabia quais personagens ela tinha permissão para puxar pra dentro da série. Falando especificamente sobre Jimmy Woo de Randall Park e Darcy Lewis de Kat Dennings, Schaeffer admitiu que ambos os personagens eram sugestões da Marvel:

"Randall e Kat foram sugestões que eu disse '100% sim'. E isso é mais ou menos o que eu vi nas outras propriedades, é como se eles na Marvel tivessem ideias de onde podem colocar personagens diferentes em diferentes enredos. E nem sempre funciona, nem sempre é assim. Eu diria que a maioria dos personagens maravilhosos no hall do UCM, se receberem a chamada, vão aparecer porque estão animados. Mas sim, começa como uma ideia geral, e então vemos se podemos fazê-la funcionar. "

“Não consigo pensar em uma situação em que algo foi apresentado a mim em qualquer uma das propriedades em que trabalhei onde eu estava tipo, 'Oh cara, agora estou sobrecarregada com isso.' Isso não é uma coisa que acontece. Descobri que isso desperta mais ideias. O único tipo de decepção é quando as coisas têm de ser cortadas, por qualquer motivo. O tipo de "experimente isso, experimente isso" ou "pode nós vemos isso funcionando? ' É ótimo."


Randall Park estreou como ex-agente da SHIELD que se tornou o oficial do FBI Jimmy Woo em Homem-Formiga e a Vespa. Woo foi o responsáveç de Scott Lang depois que o Homem-Formiga negociou um acordo para prisão domiciliar após o confronto dos Vingadores no Capitão América: Guerra Civil. Os trailers de WandaVision sugerem que agora ele pode estar trabalhando para a SWORD.

Já Kat Dennings interpretou Darcy Lewis em Thor and Thor: O Mundo Sombrio. Darcy foi aluna do Dr. Erik Selvig. O diretor da WandaVision, Matt Shakman, revelou anteriormente que, desde seu último encontro com o deus Asgardiano, Darcy voltou à escola e se formou em seu doutorado. Pelo seu histórico de pesquisa, faz sentido ela ser convocada para a SWORD num evento de alteração de realidades.

Coveiro

Marvel lança vídeo apresentando Heroes Reborn


A Marvel lançou um vídeo explicando um pouco o que é a saga Heroes Reborn (Heróis Renascem), que será escrito pela equipe criativa do título de Avengers, com roteiros de Jason Aaron e arte de Ed McGuiness. E durante o vídeo, somos apresentados a mais uma arte, até então não divulgada, do artista Carlos Pacheco, apresentando o grupo Esquadrão Supremo, que terá um papel de destaque nessa saga.


No vídeo narrado pelo Blade, ele diz que após duas semanas ele acordou em um mundo onde ninguém ouviu falar dos Vingadores. Ele cita que Capitão América havia morrido na Segunda Guerra, Capitã Marvel nunca se tornou Capitã, Tony Stark nunca parou na caverna e Thor nunca conseguiu erguer o Mjolnir, entendendo que ele caiu na Terra como um humano normal e acabado em vergonha (Thor com depressão???). Mas mesmo sem os Vingadores, a Terra ainda conta com os heróis mais poderosos do planeta para combater qualquer tipo de força maligna. E nesse ponto, vemos o Esquadrão Supremo combatendo Doutor Destino que está de posse da pedra de Cytorrak, que estava atacando uma residência do governo norte-americano.

Atualização: Acabou de sair a arte de divulgação da saga que aparece no vídeo, desenvolvido pelo artista Stormbreaker Iban Coello.


Então, podemos perceber que o grande protagonista dessa saga será o Blade e ele terá o papel inicial de entender como ele foi parar nesse Mundo e se ele poderá conseguir retornar ao seu. De certa forma, a premissa é realmente diferente de Heróis Renascem original, contudo a ideia é a mesma. Mas será que estamos diante de um novo universo a ser explorado, ou vamos estar apenas tendo um maior vislumbre uma realidade já existente?

Heróis Renascem tem previsão de lançamento nos EUA em Maio desse ano.

Marcus Pedro

Heróis 'amalgamados' de Guerras Infinitas chegam a Funko

As novidades da Funko em sua semana especial da semana passada não pararam ainda. Desta vez, vamos falar da nova coleção temática inspirada na saga Infinity Warps (história adjacente  de Guerras Infinitas) onde os heróis foram 'amalgamados' uns com os outros numa nova linha temporal. Espia só:







Todos os principais personagens amalgamizados nessa saga estão aqui nessa linha, incluindo versões exclusivas que brilham no escuro. O Martelo de Ferro vem inclusive com uma versão gigante. Além deles temos o Cavaleiro Aranha, Soldado Supremo, Arma Bruxa, Diamante Caolho, dentre outros. Pra quem curtiu a saga de 2019, é um prato cheio!

Coveiro

domingo, 24 de janeiro de 2021

A virada e revelações em Wandavision começam a partir do quarto episódio

 Antes de sair para o público geral, a imprensa especializada teve acesso em primeira mão apenas aos três primeiros episódios de Wandavision. E isso se deve não só porque são eles que montam toda a estrutura da série, mas também porque com o final do terceiro e depois dele, teremos já alguns mistério sendo finalmente revelados aos espectadores. Em novas entrevistas, o elenco discute como será essa virada na trama a partir de agora.

“Quando começamos a filmar esse seriado, tínhamos os nove roteiros, então eu não precisava realmente não saber o que estava acontecendo. Foi muito específico”, disse Olsen ao Digital Spy. “Acho que a razão pela qual eles mostram à imprensa os primeiros episódios é porque o Episódio 4 é uma grande mudança. É uma troca de perspectiva muito divertida e acho que muita coisa é entendida naquele momento”.

Olsen também provocou a curiosidade de todos dizendo que a série pode não ter um vilão, o que está de acordo com a teoria de que Wanda é o verdadeiro antagonista da série. "Em filmes de super-heróis, você geralmente sabe quem é o vilão. Ou você sabe quando eles estão entrando no momento do filme; você sabe quando eles vão se mostrar", explicou Olsen. "Em WandaVision, você não sabe quem é o vilão ou se há um vilão, então eu acho que o verdadeiro drama e tensão é a constante tensão e provocação entre o universo sitcom e o universo Marvel - e o que foi divertido ... o que foi realmente divertido foi descobrir o quanto descascamos em cada episódio. "

Já o ator Paul Bettany não chegou a formalizar nenhum argumento, mas ao responder uma crítica positiva de Chris Hewitt, da revista Empire, o ator disse que "na próxima semana vamos fazer sua cabeça explodir". E obviamente, isso só aumenta o hype de que finalmente veremos o "outro lado" dessa história de Westview.

"Os primeiros episódios de WandaVision são muito específicos para o período e as sitcoms", disse Parris à TVLine. "E o que é interessante nesses primeiros episódios é que você sente que algo está errado, algo não está certo. Muitos personagens estão percebendo isso; personagens não são capazes de se lembrar das coisas, eles não são capazes de perceber direito as coisas. Assistir a tudo isso se desenrolar e depois se juntar mais tarde na série será uma grande jornada. E espero que todos vocês sintonizem e viajem com a gente porque vai valer a pena. Sei que há muitas perguntas nos primeiros episódios, e apenas nenhuma resposta, mas vamos chegar lá, eu prometo."

Se você está questionando ou não o andamento e velocidade do desenrolar da série, parece que tudo é um plano de Kevin Feige. A showrunnner Jac Schaeffer detalhou tudo na recente conversa no podcast do The Hollywood Reporter esse fim de semana. 

“[O ritmo] sempre foi uma questão. Foi mapeado bem no início", disse Schaeffer. “Quando comecei a trabalhar, procurei um conselho, e muitas das pessoas com quem conversei pensavam: 'O piloto é tão importante porque você encontra as vozes e a história', e isso simplesmente não se aplica a nós. Porque isso não é o que é. Obviamente, esses personagens existiram, muito da mitologia existe e tudo foi mapeado como uma característica. "

"Para seu crédito - e é uma das razões pelas quais adoro trabalhar para ele  - ele se referiu a isso como 'brincar de galinha com o público' (risos). Ele realmente queria ver quanto tempo poderíamos aguentar, e havia muita discussão sobre por quanto tempo poderíamos ficar com o preto e branco porque sabíamos que iríamos mudar para o coloridoi ", disse Schaeffer sobre Kevin Feige. "Essa sempre foi uma peça que está envolvida na história mais ampla. Por isso, foi realmente maravilhoso que ele nos permitiu realmente mergulhar no seriado e realmente atrasar essa gratificação."

A gratificação atrasada significava que "o material da sitcom tinha que ser bom", disse Schaeffer, referindo-se aos riffs de sitcoms clássicos. "Quando estávamos montando o seriado, sabíamos como muitos dos grandes momentos seriam, e eles estão mapeados. Eu queria começar pequeno", disse Schaeffer. "Kevin estava 100% disposto a distribuí-lo lentamente. E eu acho que ele também tem muita fé nos fãs e no público da Marvel, que eles estão tão interessados ​​em prestar atenção e sabem que serão recompensados, então nós começamos devagar. "


Teorias sobre o que vem por aí não faltam. E a showrunner  Jac Schaeffer tem aprovado as teorias mirabolantes que leu por aí como afirmou no podcast. "Tem sido tão divertido, principalmente porque é tudo - tudo é apenas indicativo do envolvimento dos fãs e isso é tudo que você realmente quer, sempre, é que as pessoas se importem e se interessem." Schaeffer acrescentou: "As teorias são incríveis. Os fãs são tão inteligentes e tão dedicados e vêm com noções tão, sabe, incríveis. Muitas delas são precisas, muitas não, há muitas que são muito divertidas... há algumas coisas aqui e ali que eu fico tipo 'Oh, eu não quis dizer isso, mas isso é muito inteligente.' Vou apenas ir em frente e ficar tipo 'Eu quis dizer isso'. E com os escritores ... enviamos muitos memes e tweets uns para os outros para nosso próprio divertimento interno e isso tem sido muito divertido. "

Wandavision conta com Elizabeth Olsen como a Feiticeira Escarlate e Paul Bettany como Visão. Também teremos Kat Dennings como Darcy Lewis, Randall Park como Jimmy Woo, Teyonah Parris como Monica Rambeau, Kathryn Hahn como Agnes, Fred Melamed e Debra Jo Rupp, como Senhor e Senhora Hart. Também foi confirmado os nomes de Jolene Purdy, Asif Ali, Shane Berengue, dentre outros. A direção é de Matt Shakman e o roteiro é assinado por Jac Schaeffer. Novos episódios sairão todas as sextas no Disney+

Coveiro

Women of Marvel é anunciado para celebrar as grandes criadoras da Casa das Ideias


A editora anunciou uma edição especial para enaltecer as grandes criadoras que ajudam a desenvolver grandes histórias, quer sendo como roteiristas, desenhistas, designers e dentre outros setores. Women of Marvel (Mulheres da Marvel) é o projeto que é originalmente um podcast, focado nas criadoras, e se tornou uma edição gigante especial de quadrinhos que terá a participação de várias criadoras, trazendo histórias inéditas com as heroínas de X-Men a Vingadores.


“Sempre adorei o programa Mulheres da Marvel pela maneira como ele abriu as portas - dizia às mulheres em todos os lugares, 'esse fandom é para você'. Sempre existiram mulheres poderosas nos quadrinhos - e por trás delas, escrevendo, desenhando, editando e lendo - mas destacar essas personagens, criadoras e fãs parecia como alguém estendendo a mão. Portanto, é com grande gratidão que fiz a curadoria desta edição especial. As mulheres neste especial são criadoras poderosas de todo o lugar; é realmente uma celebração da Marvel Comics e uma carta de amor às mulheres que abriram o caminho ”, disse a editora Sarah Brunstad. “Essas histórias são ousadas, bombásticas e de grande coração no melhor estilo. Mal posso esperar que as pessoas os leiam e vislumbrem o que o futuro dos quadrinhos nos reserva.”

Women of Marvel, que tem a arte de capa por Sara Pichelli, tem previsão de lançamento nos EUA em Abril desse ano.

Marcus Pedro

Sebastian Stan posta teste de novo uniforme de Falcão e Soldado Invernal




A gente tá aqui todo envolvido com o lançamento de Wandavision, mas não podemos esquecer que teremos muito mais séries saindo na Disney+ e assinadas pela Marvel Studios esse ano. E é justamente o que Sebastian Stan fez questão de lembrar quando posou uma foto do seu teste de uniforme sob a luz pra série Falcão e Soldado Invernal. Faltam 2 meses!


Além de Stan, já sabemos que a série contará com  Anthony  Mackie, Emily Van Camp, Daniel Brühl, Desmond Chiam, Wyatt Russell, Georges St-Pierre, Neal Kodinsky, Erin Kellyman, Adepero Oduye, Noah Mills, Miki Ishikawa e o falecido Carl Lumbly.

Coveiro

Questões de Família em Wandavision

 A Família Wanda e Visão cresceram. Com o segundo episódio já terminando com a surpreendente gravidez da Feiticeira Escarlate no final, foi se formando já aquela expectativa pra o nascimento dos gêmeos. E eis que para nossa alegria temos várias referências no meio do caminho para a vinda de Tommy e Bily no UCM.

Já na semana passada, foi perguntado a atriz Elizabeth Olsen sob o que ela esperava do futuro dos seus "filhos", se esperava que eles seguissem a carreira de super-heróis como nos quadrinhos, como Célere e Wiccano. "Oh, eu acho que eles iriam ser bem recebidos seja lá quem eles se tornem", disse Olsen ao ET Canada tentando desviar o cerne da questão. "Porque eles amarão seus filhos incondicionalmente, independentemente, e isso apenas permitirá que eles se tornem quem estão destinados a ser."



Mas além dos garotos chegando, o episódio 3 fez crescer uma angústia a muito tempo enterrada na personagem. Ao ter gêmeos, Wanda acaba se lembrando do seu passado, que ela era uma gêmea também e que seu irmão Pietro morreu. “A experiência de ter acabado de passar por um nascimento real - como uma experiência de nascimento real, porque eles são criaturas reais que respiram às quais ela deu à luz - acredito que foi isso que despertou essa memória que foi esmagada”, explicou Olsen ao TV Line. “Ela começa a realmente a se conectar com essas memórias que não estão na superfície. E continuaremos a observá-la descobrir mais desses tipos de momentos”.

Sobre se mais do passado familiar da personagem será explorado, Kevin Feige disse ao Rotten Tomatoes que Wanda "tem muitos membros da família nos quadrinhos. Isso é mais sobre o relacionamento com a Visão, e mais sobre a dinâmica e a evolução do relacionamento desse casal, e como isso cresce, evolui e se desenvolve." Pressionado por respostas sobre "outros membros da família", Feige disse apenas, com um sorriso, que "Existem outros personagens em outros episódios deste programa. Quem são, o que são, não vale a pena discutir agora."

E já que estamos revirando o passado da Wanda aqui. Eis que alguns sites informaram que a música na lingua sokoviana nativa da personagem teve tradução legendada em alguns lugares do Disney+. Portanto, se isso estiver correto, a canção de ninar cantada podia ser traduzida como algum assim: "Eu esperei por vocês e esse dia chegou. Meu coração se tornou uma casa cheia de luz, cheia de luz".


Wandavision conta com Elizabeth Olsen como a Feiticeira Escarlate e Paul Bettany como Visão. Também teremos Kat Dennings como Darcy Lewis, Randall Park como Jimmy Woo, Teyonah Parris como Monica Rambeau, Kathryn Hahn como Agnes, Fred Melamed e Debra Jo Rupp, como Senhor e Senhora Hart. Também foi confirmado os nomes de Jolene Purdy, Asif Ali, Shane Berengue, dentre outros. A direção é de Matt Shakman e o roteiro é assinado por Jac Schaeffer. Novos episódios sairão todas as sextas no Disney+


Coveiro

Sif e Rocket em Sidney!


Mais gente está se juntando ao elenco de Thor: Amor e Trovão nesta semana. É Jamie Alexander, que postou recentemente sua foto saindo do aeroporto internacional JFK em direção a Sidney, na Austrália.



É nessas horas que você agradece muito pela atriz ter ficado com a agenda cheia pras gravações de Thor: Ragnarok e assim ocasionalmente pode trazer a personagem de volta agora no quarto filme do Deus do Trovão. Obviamente, teremos que explicar o motivo de sua ausência em período tão turbulento do UCM. Por outro lado, há quem acredite que a chegada de Sif pode ser acompanhada também da vinda - surpresa - do alienígena Bill Raio Beta. Nos quadrinhos, os dois personagens chegaram a ter um romance e viajaram em dupla pelo espaço em aventuras. 

Também foi avistado já circulando em Sidney o ator Sean Gunn, irmão de James Gunn, que faz tanto o stand in de Rocket Racoon como o personagem Kraglin em Guardiões da Galáxia. Já dá pra saber porque ele está por lá, né?
  

Thor: Amor e Trovão já conta com os nomes de Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tessa Thompson, Jamie Alexander, Christian Bale, Chris Pratt, Dave Baustista, Karen Gillan, Pom Klementieff e muitos outros. Todos eles encontravam-se na quarentena de 14 dias exigidos pela Austrália e na noite de ontem foram finalmente vistos alguns deles juntos interagindo pela primeira vez em fotos fora dos sets. 

A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 11 de Fevereiro de 2022.

Coveiro

sábado, 23 de janeiro de 2021

Marvel lança capas variantes em fevereiro para o Mês da Consciência Negra

 A Marvel tem muito o que comemorar no próximo mês. A editora pioneira na questão de defender a representatividade nos quadrinhos desde os anos 60 tem uma vasta história com os heróis de cor. E por isso que nada mais junto essa memória ser colocada em capas variantes para o Mês da História Negra dos EUA. Todas as capas serão desenhadas pela estreante na casa das ideias Ernanda Souza. Espia só:











“Em primeiro lugar, devo dizer que trabalhar para a Marvel é um grande sonho que se tornou realidade. Cresci assistindo a filmes e programas de TV da Marvel - especialmente a série animada dos X-Men nos anos 90 - e jogando todos os jogos da franquia Arcade. E para ser sincera, nunca pensei que faria um trabalho com eles, mas fico feliz em dizer que sim ”, disse Souza em nota a imprensa. “Como artista afro / latina, é uma grande honra para mim começar na empresa e trabalhar em alguns dos personagens que gosto e que representam a comunidade negra. A representação com respeito é sempre uma coisa boa, nunca é demais. Eu sei que só posso falar por mim, mas espero ter feito justiça a eles. ”


Além das capas variantes, teremos o lançamento de mais uma edição de Marvel's Voices, destva vezm com a temática de Legado. Em Marvel Voice: Legacy #1 teremos histórias com Venom feita por Nnedi Okorafor (Shuri), Blade por Danny Lore (Coração de Ferro 2020), Luke Cage por Ho Chie Anderson (King), Dominó por Tochi Onyebuchi (War Girls?) e Monica Rambeau por Stephanie Williams). 

Coveiro

Deadpool ganha nova leva de Funkos pra comemoração dos seus 30 anos

 Todo ano a Funko vem com uma nova combinação temática de Deadpools diferente e sempre tem aquele que nos apaixonamos e queremos pra nossa coleção. E 2021 não é diferente, temos nove funko pops novos, sendo três deles exclusivos. Espia só:





Os Funkos acima são de venda geral pra lojas, que incluem uma versão César, dançarino de Flamenco, Churrasqueiro, Cosplayer de LARP e até Tyranossauro Rex. Mas não para aí. Tem também os três exclusivos abaixo - Sherlock Holmes da Gamestop, Bailarina da Hot Topic e Construtor civil da Walmart.







E acha que acabou? Temos mais doze versões de Mini Mysteries disponíveis. Daí tem desde novas posições do Tyranossauropool, Bailarina e Sherlock até as versões novas de Ninja, Aniversário e Nerd. 


Notou ali o bolinho com 30 anos? É porque o personagem está mesmo fazendo 30 anos em Fevereiro de 1991 e está fazendo 30 anos. Quem imaginava o tamanho sucesso que ele faria...

Coveiro