quinta-feira, 4 de março de 2021

Diretor de Wandavision fala sobre formato do episódio 8 e a revelação do Visão no pós-crédito



 Matt Shakman é um veterano diretor de TV com créditos incluindo It's Always Sunny in Philadelphia e The Good Wife. Também literalmente cresceu na televisão como um ator infantil mais conhecido pela sitcom da ABC Just the Ten of Us. Experiencia foi o que não faltou a ele para assumir um projeto da Marvel Studios como Wandavision. Faltando apenas um episódio final que sai na próxima sexta-feira, ele conversou rapidamente com o Collider sobre pontos marcantes dos últimos capítulos e sobre o que os fãs podem esperar do final.


COLLIDER: Tive o prazer de falar com várias outras pessoas que trabalharam neste programa ao longo da temporada, e um fator unificador interessante que descobri é que a maioria deles parece ter conhecido você antes do seriado, e você os trouxe até certo ponto. Foi algo que você fez conscientemente, ou foi apenas a maneira como as coisas aconteceram, que essas eram as pessoas certas para embarcar?

MATT SHAKMAN: É sempre um prazer trabalhar com pessoas que conheço e com quem trabalhei antes, porque você tem essa abreviatura. Mas também é muito divertido conhecer novas pessoas talentosas e expandir o universo de pessoas com quem você pode trabalhar. Nesse caso em particular, fiz algumas ligações, como para Bobby Lopez e Kristen Anderson-Lopez para escrever as músicas, e Mark Worthington, um designer de produção com quem trabalhei antes e que sei ser um gênio. Mas, no caso de Teyonah Parris, trabalhamos juntos em Mad Men anos atrás, mas o caminho principal para Monica Rambeau realmente não teve nada a ver com essa experiência. 


Embora eu tenha adorado vê-la novamente - ela é uma atriz extraordinária e foi super divertido ter reconectado. Quando falei com ela, ela não tinha certeza se a conexão Mad Men a tinha ajudado em tudo. Mas agora temos isso confirmado, o que é ótimo.

SHAKMAN: Ela não precisava de ajuda. Ela é maravilhosa.



Quando se tratou do episódio 8, dados os formatos com os quais você já estava usando, você sempre teve a sensação de que a ideia de, essencialmente, um clipe da série seria divertido de explorar?

SHAKMAN: Com certeza. Quer dizer, WandaVision tem sido uma metaexploração desde o início e, portanto, a ideia de chamá-lo de "Como visto anteriormente" reflete a maneira como foi construído. E aquela fala da Agatha, que mudou tantas vezes, mas finalmente se tornou "Agora é hora de algumas reprises de verdade", configura isso de uma maneira excelente. Mas queríamos voltar e, além da loucura disso, realmente passar um tempo com Wanda em todos esses momentos-chave, esses momentos em que podemos realmente apreciar o amor que ela tinha por seus pais e como todos eles se uniram como uma família. E então como foi essa perda e a conexão com o Visão. E, obviamente, como foi quando ela percebeu que ele havia morrido completamente no quartel general da E.S.P.A.D.A.


De todos os estilos e gêneros que você trabalhou ao longo da temporada, qual foi o mais confortável para você e o qual foi o menos confortável?

SHAKMAN: Certamente o público do estúdio ao vivo era o mais confortável, embora fosse estranho para a Marvel. Sou diretor de teatro e também cresci assistindo a sitcoms. Então eu medi minha vida como uma criança em dias de ensaio, dias de fita e dias de performance, foi muito divertido de fazer. E então o mais desconfortável provavelmente teria sido recriar os anos 60 ou 70, onde o tom e o estilo e o que era a comédia são tão específicos. Os anos 70 foram o maior desafio apenas porque é uma geração que se autoparodiou. Os anos 80 também, até certo ponto. Cabelo comprido e ombreiras, o que todos estavam pensando? E então nós realmente não queríamos que parecesse uma paródia. Não queríamos que parecesse uma paródia porque, como você vê agora, este é todo o mundo que Wanda criou e Wanda é muito boa em criar realidades. E queríamos ter certeza de que, desde que Wanda o fez, tinha que ser muito, muito bom.


Ao longo da temporada, você sente que foi capaz de fazer tanto quanto queria com efeitos práticos em comparação com CGI? Há alguma coisa de que você esteja particularmente orgulhoso de fazer?

SHAKMAN: Com certeza. Acho que se houvesse coisas que não pudéssemos fazer com efeitos práticos, não deveríamos estar fazendo. Essa era a regra geral, certo? Queríamos copiar o estilo desses shows e eles são incríveis. E o que os artesãos por trás de Feiticeira e Jeannie é um gênio podiam fazer com fios é fenomenal. Então, se eles não puderam fazer isso, nós também não deveríamos estar fazendo isso. Exceto, é claro, quando algo deve estar na língua da Marvel, como passar pela garganta do Sr. Hart para arrancar aquele morango. Isso é para quebrar as regras de como a magia se parece naquele episódio.



Excelente. Enquanto isso, você teve esta grande surpresa para extrair ao longo da temporada, que é a revelação de Agatha. O que foi necessário para calibrar a quantidade certa de pistas a serem fornecidas a esse respeito?

SHAKMAN: Não existe uma fórmula científica. Então, certamente tentamos deixar escapar algumas, e quando você tem uma atriz incrível como Kathryn Hahn aparecendo como a vizinha intrometida, acho que a antena da maioria das pessoas sobe. E se você é um fã de quadrinhos, talvez você note sua participação especial e talvez você comece a se perguntar como isso pode se conectar com os quadrinhos. Mas para aqueles que talvez não sejam tão imersos em histórias em quadrinhos, esperávamos que fosse uma espécie de surpresa legítima, e para aqueles que podem estar um pouco à frente, esperamos que a revelação tenha sido muito divertido de qualquer maneira que, mesmo que você tenha previsto isso um pouco, ainda assim gostou muito desse passeio.


Sim, eu disse a minha mãe algumas semanas atrás que alguém tinha tirado uma captura de tela de todos os dossiês que E.S.P.A.D.A. tinha colocado na parede e a personagem de Kathryn Hahn não estava lá, e ela ficou muito animada.

SHAKMAN: Sim, essa é uma evidência que colocamos lá. Sim com certeza.


Algo que Kevin Feige já falou é a possibilidade de uma segunda temporada da série - ele não disse sim ou não à possibilidade. A 1ª temporada, é claro, vai parar em Doutor Estranho 2, é claro, mas da sua perspectiva, se houvesse uma 2ª temporada da WandaVision, você ficaria animado com isso? Você gostaria de participar?

SHAKMAN: Adoro trabalhar na Marvel. É o melhor lugar do mundo. Eles são tão bons com os cineastas e eu tive uma ótima jornada com esse seriado. Não temos planos para a 2ª temporada de WandaVision - isso pode mudar, é claro. Tudo depende de qual é a história. Estávamos muito focados em contar essa história ao longo de nove episódios e esperançosamente em chegar a uma conclusão que pareça satisfatória e também surpreendente.


Neste penúltimo episódio, há uma frase do Visão sobre luto. Você conseguiu ver a reação que as pessoas tiveram a essa fala nos últimos dias?

SHAKMAN: Sim, eu percebi. Não me surpreende, estou surpreso em geral com a resposta positiva ao seriado, o que é ótimo e uma honra, mas essa frase realmente é o ponto central do seriado - essa troca, devo dizer, porque eu acho que são as duas falas. Acho que é a resposta dele, mas também a fala dela antes disso, sobre como é a sensação de perda. É realmente sobre o que o seriado é. E estou feliz por poder puxar a cortina no episódio 8 para que as pessoas percebam, quando assistirem aos episódios 1, 2 e 3, que essa ideia - essa meditação sobre como você volta do luto - é realmente tudo o que seriado tem a ver. É sobre amor.



Então, para fazer o final - o que foi mais importante para você? Quais eram as notas que você realmente esperava pretendendo atingir?

SHAKMAN: Bem, o episódio 8 realmente abre a principal jornada temática para Wanda, que são os estágios do luto. É disso que trata todo o seriado, como você lida com a perda. Então esse foi o tema geral da série, a espinha dorsal do show. E é isso que queremos ter certeza de que estamos resolvendo no final. Mas também queremos que seja surpreendente. Queremos que seja muito divertido. Introduzimos um novo personagem no final de 8 com o Visão Branco - agora você tem dois Visões em cena. A questão de "quem é o Visão real?" vai vir a tona. Portanto, há muito por vir.


E é isso! Estamos a poucas horas da chegada da conclusão e a Marvel parece que vai deixar Wandavision com o degrau lá em cima.


Coveiro

quarta-feira, 3 de março de 2021

Matt Shakman fala sobre luto, "Pietro", teorias dos fãs e muito mais de Wandavision

 O episódio oito de WandaVision, "Anteriormente em...", foi uma capítulo fundamental da série, já que Wanda Maximof, graças a Agatha Harkness, revisitou momentos-chave de sua vida que cristalizaram como ela foi alimentada por tanto sofrimento graças à perda de seus pais, seu irmão, e então, finalmente, o amor de sua vida, Visão. Pra falar tudo sobre esse capítulo e responder outras perguntas dos fãs, o diretor Matt Shakman conversou com o site Fandom esses dias:

“É tão bom poder falar com você depois do episódio oito, porque eu sinto que isso realmente puxa a cortina do que o show realmente tem sido desde o início. É sobre luto, perda e como voltamos da perda de pessoas que amamos. Também é sobre amor. O amor profundo que ela tem por sua família, o amor que ela tem por Visão. Acho que isso se cristalizou naquela cena do QG dos Vingadores quando eles estão no complexo sentados na cama conversando e entendemos o poderoso vínculo que está sendo formado lá e entendemos tudo o que vimos antes. Espero que, quando as pessoas voltarem e olharem para os outros episódios, vejam esses mundos de sitcom de um ponto de vista muito diferente. Este é o mundo que Wanda criou para se consolar” falou ele de cara.

Shakman continuou: “Ninguém se preocupa mais profundamente com esse personagem do que Lizzie Olsen. Ela tem atuado com ela por um tempo. Ela está imersa em suas origens dos quadrinhos e ela realmente quer ter certeza de que o pathos profundo que alimenta aquela personagem faça parte do seriado. E a espinha dorsal do seriado tem sido essa ideia de amor e perda desde o início. Estou feliz agora por poder puxar a cortina e mostrar que todos os mundos anteriores foram informados por este forte traço ".


No episódio, uma das falas mais marcantes foi a do Visão definindo o sentimento que Wanda tem após a morte do irmão. "O que é luto, senão o amor que persevera?" disse o sintozóide. Shakman disse que ao filmar, “Acho que era óbvio para todos nós que era uma cena muito poderosa. A frase é incrível, mas realmente não funcionaria completamente sem o discurso que vem antes, o discurso de Lizzie sobre ondas de tristeza atingindo-a. É absolutamente cristalizar o tema principal da série e colocar esses dois atores incríveis juntos e vê-los trazer essas palavras à vida trouxe ainda mais peso para mim. Tinha sido poderoso na página, mas ver a fala executada por eles adquiriu uma ressonância ainda maior. ”

Outro momento que o diretor disse que ficou ansioso pra ver a reação dos fãs foi a chegada do Tio Pietro, não como Aaron Taylor-Johnson, mas sim Evan Peters. “Eu estava tão super animado. Sou um grande fã de Evan e ele é incrivelmente talentoso. Fiquei emocionado por termos conseguido fazer aquele trabalho. Essa foi uma ideia inicial que tínhamos que realmente ter certeza de que estávamos fazendo tudo certo. Foi emocionante tê-lo no seriado.Tivemos que escondê-lo sob capas, toalhas e todo tipo de coisa para manter esse segredo o máximo que pudemos. Não chegamos a ir ao ar mantendo esse segredo, mas fizemos o nosso melhor!” disse Matt.

No episódio 8, é sugerido que a Agatha Harkness pegou alguém pra possuir e ser o "Falso Pietro" ou "Fietro". Portanto, muitas teorias que ainda perduravam sobre quem ele é de fato foram por água abaixo. Ainda assim, Shakman disse que “Eu acho que há uma forte possibilidade de você ter um pouco mais de Evan Peters chegando. Mas como isso se desenrola, eu não gostaria de dizer. "


Quando chegou a hora de falar sobre a história de origem de Monica Rambeau na série, Shakman descreveu como, "Uma grande honra e que Teyonah Parris simplesmente arrebentou. Foi muito divertido dar vida a isso. Ela fez um belo trabalho. Queríamos que a história de Monica fosse paralela à história de Wanda como alguém que também está de luto, que perdeu sua mãe, que está voltando para um mundo que mudou completamente. Ela está desorientada. Como ela consegue voltar a trás e encontra o caminho para seguir em frente? E é seu próprio processamento de luto que a faz entender o que Wanda está passando também por isso e une esses dois personagens. Ter sua transformação quando seu rover não funciona e aquele momento em que ela entra em ação e o destino a chama é um grande momento para todos nós darmos vida. Teyonah é ótima nele e ela realmente deu tudo de si vestindo 40 peças de roupas diferentes e tendo que fazer tudo de novo e de novo. ”

Sobre se a teoria dos fãs do amigo dela engenheiro espacial ter acabado numa grande decepção ao mostrar que era apenas uma colega militar da E.S.P.A.D.A., Matt simplesmente falou que "ainda não gostaria de comentar sobre isso". Matt também respondeu sobre como muitas teorias dos fãs podem levar a alguns deles a se decepcionarem por não vê-las ocorrer na série. “Criamos esse seriado com muito amor e paixão. Jac Schaeffer, os escritores, eu, todos os cineastas envolvidos, minha equipe de designers, todos nós colocamos tanto cuidado na criação do programa que é tão maravilhoso ver tanto amor e paixão voltando dos fãs. Adoro ver memes e vídeos e teorias do TikTok. Eles são tão criativos e maravilhosos. E é claro que algumas pessoas ficarão desapontadas que certas teorias acabarem não se tornando verdadeiras - ou que sejam verdadeiras no decorrer da WandaVision. Mas vamos passar por isso. Conheça o elenco e a equipe, adoramos compartilhar ideias. É bom saber que seu trabalho está sendo recebido assim. ”

Sobre o final se conectar com o filme do Doutor Estranho, Matt respondeu que  “Acho uma coisa ótima sobre os Marvel Studios, e isso é uma prova da grande liderança de Kevin Feige, é que as histórias são tratadas, por conta própria, como histórias completas e precisam trabalhar e ser completamente satisfatórias desde o início para terminar. A história que começamos contando no episódio um é a história que queremos concluir no episódio nove. O fato de que ela continua e desaparece é apenas porque criamos um novo passo maravilhoso para todos esses personagens que podem ser usados”. Shakman acrescentou: “Penso na Marvel como uma corrida de revezamento muito longa. Você está recebendo o bastão. Isso é passado para nós, herdamos o que foi criado antes, fazemos nossa história da melhor maneira possível e, em seguida, passamos o bastão para o próximo grupo de cineastas. ”



Mais uma vez perguntado sobre os episódios em diferentes décadas, o diretor falou que "todos foram muito divertidos, mas acho que os anos 70 foram meus favoritos porque o cenário era extraordinário, assim como os figurinos. Era tudo tão colorido e vibrante. O cabelo estava incrível”. Sobre estar em outro projeto com a Marvel, foi bem receptivo e disse que : “Certamente adoro trabalhar para a Marvel. Eles são os melhores. Eles são tão maravilhosos como colaboradores e tratam os cineastas tão bem. Eles são inteligentes e prestativos. Eu adoraria trabalhar com a Marvel novamente. Sou fã da Marvel há muito tempo. Mas nenhuma plano concreto até agora". 

Wandavision conta com Elizabeth Olsen como a Feiticeira Escarlate e Paul Bettany como Visão. Também teremos Kat Dennings como Darcy Lewis, Randall Park como Jimmy Woo, Teyonah Parris como Monica Rambeau, Kathryn Hahn como Aghata Harkness, Fred Melamed e Debra Jo Rupp, como Senhor e Senhora Hart, Emma Caulfield como Dottie e Evan Peters como "Tio Pietro". Também foi confirmado os nomes de Jolene Purdy, Asif Ali, Shane Berengue, dentre outros. A direção é de Matt Shakman e o roteiro é assinado por Jac Schaeffer. O último episódio sai nessa sexta no Disney+ e mal podemos esperar pra ver!

Coveiro

Wolverine resgatando um velho amigo do passado


*ATENÇÃO! Esse artigo contém spoilers da edição que está sendo publicada nos EUA! Leia por sua própria conta e risco!

Essa história em três partes é uma preparação para algo futuro, mas foi interessante para reapresentar um personagem que estava um pouco na geladeira, que é o agente Maverick, que só tinha aparecido rapidamente no fim do arco escrito por Matthew Rosenberg.

Wolverine estava investigando um roubo em uma área restrita do Governo, onde os alvos do roubo foram em particular a ítens que pertenciam ao grupo secreto chamado Team X (Time X), grupo que foi formado pelos mutantes Wolverine, Dentes-de-Sabre, Maverick, Kestrel, Mastodonte e Raposa Prateada. Com ajuda da Sábia e do Fera, Wolverine insvestigou a cena do crime com a ajuda do novo brinquedo da Sabia, que é um reprodutor holográfico de área. Com isso, eles puderam coletar provas e descobriram que os alvos, conhecidos como Mercenários, eram mutantes.

Wolverine então é enviado para um lugar que é especializado em leiloar itens raros e exóticos em Madripoor. Ele consegue adentrar no local e Logan identifica algumas pessoas que estão lá, como Wilson Fisk, o líder do grupo Xeno, membro do culto aos mutantes de Krakoa e uma moça cadeirante que sabemos depois que é uma responsável por um grupo de operações secretas do FBI, agente Ramirez.


Com o início dos leilões, Wolverine descobre que um dos itens em audição é um pedaço do seu próprio antebraço, que ele não sabe como conseguiram, e o próprio parceiro de missões, Maverick, que se encontrava em transe programado. Após o inícios dos lances dos objetos, o disfarce do Wolverine é descoberto pelo dono da casa e começa um confronto os seguranças.

Ao ser pego pelo dono da casa, que usava luvas magnéticas, Wolverine consegue gritar para quebrar o transe programado do Maverick, que ajuda Logan a fugir do local. Durante a confusão, é bom notar que a agente Ramirez ficou de posse do antebraço do Wolverine e o líder do Xeno ficou com um lenço que tem manchas de sangue do Wolverine.


De volta a fuga, Wolverine e Maverick conseguem fugir da confusão de Madripoor e eles partem para a base , que é um submarino, onde o Maverick instalou e criou o grupo Os Mercenários. Lá, ele conversa com o Logan e o convence a ajuda-lo em uma missão, que é destruir galpão de outro colecionador de itens raros relacionados a vários grupos operativos, que incluem de X-Men a Vingadores.

Depois da Operação ter sido um sucesso, Logan leva Maverick para conhecer um pouco Krakoa e tenta convencer o amigo a ficar e ter uma nova vida, até mesmo ter os poderes de volta (Maverick foi um dos afetados ao feitiço da Feiticeira Escarlate). Maverick rejeita a proposta mas deixa o mesmo convite em aberto para Logan, caso ele queira voltar a época de operações especiais com o velho amigo.


Mais tarde, em outro lugar, Maverick se encontra com a Agente Ramirez e eles conversam sobre alianças e lealdade.


Como disse, a história toda ficou parecendo um preparativo para algo que será desencadeado no futuro para o Wolverine. Nós temos o Xeno, que tem amostra genética do Wolverine, e temos um grupo secreto do governo que tem não só o Maverick na carteira, como também um pedaço do antebraço do Logan. Será que Wolverine terá problemas com clones? O que será que o Hickman e Benjamin Percy estão tramando para o velho canadense invocado?

Esse arco de histórias engloba as edições de Wolverine 8, 9 e 10 com roteiros de Benjamin Percy, com artes do monstro Adam Kubert e do Viktor Bogdanovic. As capas ficaram por conta da arte de Adam Kubert.

Marcus Pedro

Magia do Caos: Dos quadrinhos para a série Wandavision

 Para efeitos narrativos, o episódio 8 de WandaVision veio exatamente para recapitular todos os fatos apresentados aos espectadores até então, juntá-los numa justificativa palatável e no final colocar toda uma tensão na cena final do episódio só para ser concluída no capítulo final. Muita informação foi jogada nas falas dos personagens e conceitos importantes para se entender o real poder da Feiticeira Escarlate no UCM.



 Graças a Agatha Harkness (Kathryn Hahn) e sua magia de manipulação da mente, Wanda (Elizabeth Olsen) teve que revisitar os traumas reais de seu passado (muitos deles tiveram seus paralelos com os intrigantes comerciais de TV que intermediavam os episódios). O objetivo dessa pequena viagem de Agatha pelas memórias de Wanda é chegar ao fundo do que torna ela um ser mágico tão poderoso. Ao final de sua exploração, Agatha revela a Wanda que ela é um poço ilimitado de "Magia do Caos" e capaz de canalizá-la assim de forma tão abrupta a torna uma lenda entre as bruxas, a "Feiticeira Escarlate". Esse é o codinome de super-herói de Wanda, já bem conhecido dos fãs leitores e até mesmo aqueles que conhecem pouco dos gibis. Mas algo pouco entendido por muitos, mesmo os Marvetes, é o que de fato é essa 'Magia do Caos'?


A MAGIA DO CAOS NOS QUADRINHOS

Na 'mitologia' da Marvel Comics, a "Magia do Caos" é referida como uma forma de magia que permite a deformação, manipulação ou reconstrução da realidade, de acordo com os caprichos do seu usuário. Apesar de todos os benefícios que podem vir com a dominação deste poder, há um perigo extremo que a acompanha. Ao brincar com a própria estrutura da existência, a Magia do Caos tem o potencial destrutivo para destruir o universo e, possivelmente, todo o Multiverso. E isso certamente é algo que será explorado não só em Wandavision, mas em outros projetos da Marvel Studios

Nos quadrinhos,Wanda Maximoff eventualmente teve sua história de origem reconvertida de mutante com poderes de alteração de probabilidade, para uma mística capaz de usar a Magia do Caos. A mudança é explicada nos quadrinhos como o demônio Chthon tendo alterado a mutação natural de Wanda no nascimento, para desbloquear seu potencial mágico. Nos anos que se seguiram, os poderes dos quadrinhos de Wanda oscilaram por várias definições que iam de poderes de feitiços (Hex Powers), alterações de realidade e, por fim, Magia do Caos. Essa mudanças foram acontecendo ao longo de várias revistas e passagens de roteiristas em diversos títulos, mas para o UCM basicamente essa semântica realmente não importa e tudo é "Magia do Caos" basicamente, essa habilidade de alterar a realidade de maneiras caóticas e instáveis como Wanda fez em Westview.

Não podemos deixar de falar de Magia do Caos aqui sem citar o dividante antiga, o arquidemônio Chthon, que no passado chegou a usar essa Magia para tentar governar a Terra como o "Deus do Caos". Na época, os magos da Terra se reuniram e encerraram seu reinado negando-o. Passaram a dizer que  "Não existe Deus do Caos. E não existe Magia do Caos". Enfraquecido, Chthon foi selado no Monte Wundagore, o eventual local de nascimento de Wanda Maximoff. E isso explicaria porque ela é tão diferente. Ainda recém-nascida, Wanda teria sido tocada pela mão do degenerado Chthon, que a deixou com uma fração de seu poder que lhe permitiu controlar a Energia do Caos e alterar a própria realidade. Isso tudo, é claro, foi um plano a longo prazo para o demônio no futuro conseguir ressuscitar e usar a própria Feiticeira Escarlate como veículo (como mostrado na saga das Noites de Wundagore).

Nos quadrinhos, a Magia do Caos tem um oposto imediato chamado 'Magia da Ordem', que torna possível reconstruir a realidade e trazer tipos semelhantes de ordem de volta a um universo quebrado. Agora que sabemos que Wanda é a Feiticeira Escarlate da Magia do Caos no UCM, provavelmente cairá para ao protetor da Magia, o Mago Supremo da Marvel, o Doutor Estranho, para restaurar a ordem em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. É possível perceber que há inclusive uma diferença muito grande na maneira como há a representação visual da magia entre a Feiticeria e o Mago. Em uma as energias mágicas são mais descordenadas e arredias, no outro a energia mágica se manisfesta mais organizada e desenhada.


COMO OS FILMES ENTENDEM ESSES DOIS TIPOS DE MAGIA

O próprio Kevin Feige já teceu a diferença entre a Magia do Caos de Wanda Maximoff e Magia da Ordem de Stephen Strange, em 2016, quando Doutor Strange estava indo para os cinemas. "Seus poderes, ela nunca teve nenhum treinamento, estou falando sobre a Feiticeira Escarlate. Ela nunca teve nenhum treinamento; ela está se descobrindo. Pode-se dizer que é por isso que seus poderes são muito mais caóticos e mais soltos da maneira como mostramos esses efeitos de luz em Doutor Estranho" disse o Presidente da Marvel Studios. "É tudo uma questão de foco. É tudo sobre puxar energias de outras dimensões de uma forma organizada e proposital, e é por isso que eles podem fazer muito mais do que ela, pelo menos de uma forma muito mais precisa. "

A explicação de Feige na época ainda deixa a porta aberta para uma revelação final de que a Magia do Caos de Wanda está sendo alimentada por algum tipo de força extraplanar que pode vir a ser usada no futuro próximo. Isso poderia se tornar o grande plot para o Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, principalmente se tiver um grande ser cósmico por trás como os fãs apontam - seja Mephisto, Pesadelo ou Chthon.



UM NOVO UPGRADE PARA WANDA

Por mais que a Magia do Caos fosse capaz de muita coisa, ela nunca de fato gerou vida de verdade nas criações de Wanda usando seus poderes de realidade. Pra todos os efeitos, os bebês dela Billy e Tommy deixaram a existência quando foram reabsorvidos por Mephisto e Agatha apagou a memória dela sobre eles. Mas como se explica os gêmeos voltarem tempos depois como os heróis Wiccano e Célere anos depois?

A explicação toda veio através da minissérie especial dos Vingadores: A Cruzada das Crianças. Nela, um desesperada Wanda Maximoff assim que relembrou dos acontecimentos apagados de sua memória recorreu a um grande vilão dos heróis da Marvel, o Doutor Destino, em desespero. O governante latveriano tentou ajudá-la fazendo com que ela, sendo um Ser Nexus, fosse capaz de acessar a energia da 'Força da Vida' propriamente dita e ela usasse isso para fazer seus falsos filhos viverem.

 Só que o Doutor Destino não imaginava que a 'Força da Vida' fosse algo tão bruto e incapaz de ser contido. Wanda acabou possuída por aquele poder, impulsionou ainda mais sua capacidade de alterar realidades e teve assim quase habilidades divinas. Foi com isso que vimos ela capaz tanto de mudar a realidade de todo o planeta como em Dinastia M assim como foi capaz de fazer seus dois filhos renascerem na história da Marvel com histórias de vida novas e diferentes.

A Questão é... será que essa força da vida também será usada no UCM pra justificar a Feiticeira Escarlate dar vida de verdade a seus filhos? Ou até mesmo ao Visão reconstruído? Pra complementar esse artigo, minha sugestão é também ler nosso Tira-Teima sobre a 'origem' constantemente 'rebootada' de Wanda e Pietro nos quadrinhos clicando aqui!

Coveiro

Homem-Aranha: Sem Caminho pra Casa convocando militares e policiais de verdade

As coisas parece que vão ser muito, muito movimentadas em Homem-Aranha: Sem Caminho pra Casa. Um nova chamada de elenco feita por uma agencia de Atlanta, a CL Casting, está requisitando policiais e militares, com real experiência em combate, com idade de 18 a 60 anos, para uma noite de filmagem este mês.



Segundo as poucas informações dadas aqui, as gravações aconteceram dia 14 de Março, durante toda a Madrugada em Fayetteville, na Geórgia, e teremos uma cena de combate real sendo gravada. Esse mesmo site foi o que requisitou a chamada de elenco pra advogados e escrivão para a cena de filmagem numa corte judicial pra uma cena do filme que será gravada no dia 10 de Março.

Coveiro

Marvel Studios procurando jovem atriz para o filme do Blade

Parece que uma antiga ideia pra um projeto de Blade não utilizado nos quadrinhos vai servir de base pro próximo filme. Em 2015, a Marvel Comics chegou a soltar previews do lançamento de uma nova série Blade, que foi criada para acompanhar o Daywalker treinando sua filha, Fallon Gray, para substituí-lo. A série, que muitos diziam que estaria servindo de ponte de projeção para uma possível volta de Snipes ao papel num projeto da Marvel TV, acabou não indo em frente, mas a ideia parece que não morreu.

Era época em que a empresa começou a se concentrar em muitos heróis do legado, de  Miles Morales como Homem-Aranha, Riri Williams como Coração de Ferro ou Sam Wilson como Capitão América, todos estavam ganhando seu "herdeiro" lógico. 

A perspectiva do título gerou muita empolgação online, mas quando o escritor Tim Seeley abandonou tudo, esperava-se que a Marvel Comics deveria escolher uma escritora negra para substituí-lo, mas isso nunca aconteceu. A ideia ficou na cabeça dos fãs, no entanto.

Então, pra por lenha à fogueira, descobrimos essa semana via Charles Murphy do Murphy's Multiverse, que a Marvel Studios está fazendo uma convocação para o elenco do filme em busca de uma adolescente chamada 'Ruby'. Pro papel, é definido que ela deve ser "afro-americana" e com uma personalidade "atenciosa, séria e preocupada por ter crescido em um mundo complexo". Seu papel é considerado de uma coadjuvante importante.

Nenhum detalhe adicional foi revelado, mas há especulações online de que Kevin Feige pode estar mesmo seguindo os planos abandonados da HQ e juntar Mahershala Ali com essa jovem negra pra treiná-la. Além de Ali, só temos confirmados Stacy Osei-Kuffour, que está escrevendo o roteiro. Não há nenhuma palavra sobre o diretor ou a data de lançamento.

Coveiro

Teria Paul Bettany 'trollado' os fãs sobre o personagem misterioso em Wandavision?

 O elenco de Wandavision tem conseguido nos manter muito presos ao seriado e deixando a gente viajar nas mais loucas teorias na série. E isso obviamente vem instigando todos nós a mal esperar por vir cada novo episódio toda sexta-feira. De identidades desconhecidas de engenheiros espaciais a teorias sobre demônios por trás de tudo, há algo que muitos fãs estão na expectativa pra finalmente descobrir no próximo dia 5 - Quem é o tal personagem surpresa a ser revelado no final que Paul Bettany fez tanto mistério? 



Em uma entrevista no mês passado para a Esquire, o ator Paul Bettany nos encheu de esperanças - e muitas teorias, claro - quando disse que um personagem surpresa ainda não revelado estava por vir em Wandavision. Nas suas palavras,  “A verdade é que, de todos os personagens que estávamos tentando manter em segredo, muitos deles vazaram. Há um personagem que não foi revelado. E é muito emocionante. É um ator com quem desejei trabalhar durante toda a minha vida. Temos algumas cenas incríveis juntos e acho que a química entre nós é extraordinária, tipo fogos de artifício no set”.

Os fãs imediatamente começaram a especular sobre o que isso poderia significar, com alguns até tentando descobrir com quem o ator Bettany nunca havia trabalhado. No entanto, tendo assistido ao episódio da semana passada, está bem claro que a fala de Paul pode muito bem ser uma tiração da nossa cara, uma bela pegadinha do ator. Há quem acredite que o ator com quem ele nunca atuou antes e teve empatia sem igual nos sets possa ser... o próprio Paul Bettany.

Em uma entrevista ao HuffPost, o diretor da WandaVision Matt Shakman foi questionado sobre a participação especial que Bettany sugeriu e respondeu: "Vou deixar Paul Bettany responder a essa pergunta. Ele cavou esse buraco para si mesmo. Ele pode sair dele." Quando questionado novamente se Bettany estava apenas brincando e se a tal participação especial seria ele mesmo como o Visão Branco, Shakman manteve-se firme: “Eu não sei. Teremos que deixar Paul responder a essa pergunta. ”


A ideia de que Bettany “cavou este buraco para si mesmo” parece sugerir que uma verdadeira surpresa para os fãs que esperavam algo mais. Parece que o diretor meio que confirmou aqui que o ator fez um pegadinha que pode render a ira de alguns fãs sem espírito esportivo. Claro, ainda há uma chance de sermos surprendido com algo mais.

“Estou maravilhado com a resposta dos fãs”, disse Shakman. “Nunca poderíamos ter esperado esse tipo de resposta. Não esperávamos enquanto estávamos fazendo, e a ideia de que existe um público apaixonado e inspirado que sairá e criará esses memes e vídeos de TikTok maravilhosos é realmente inspirador para todos nós. Nós os distribuímos entre o elenco e os escritores, então sabemos que seus trabalhos estão sendo apreciados. ”


No que diz respeito a uma participação especial, apesar da brincadeira de Bettany ter provavelmente se referido a ele mesmo e ao seu Visão Branco, isso não impede ainda que outras teorias sobre aparições surpresas na cena final se concretizem. Veio da boca de Lizzie Olsen que o episódio final teria um momento de cair o queixo equivalente a chegada de Luke Skywalker no final da segunda temporada de Mandaloriano. Ela estaria também se referindo ao Visão Branco? Ou é a quase dada como certa aparição do Doutor Estranho no final ligando a série com seu segundo filme?

Coveiro


Marvel apresenta trailer do jogo Torneio de Campeões com roteiro de Jason Aaron


A Marvel soltou um trailer da nova temporada do jogo para mobile Marvel Torneio de Campeões. O interessante de se notar desse trailer é que ele foi roteirizado por Jason Aaron, que tem um conhecimento aprofundado pela mitologia do Thor. O título do vídeo é Sins of Father, Pecados do Pai.


Além do trailer, foi apresentado também um pôster da temporada ilustrado pelo artista do arco atual do Deus do Trovão, Nic Klein


Marvel Torneio de Campeões é um jogo de luta mobile gratuito para IOS e Android. Essa nova atualização conta com a adição dos personagens Odin e Magog no jogo. A partir de hoje a tarde você poderá já atualizar o game e ter essas novas adições.

Marcus Pedro

terça-feira, 2 de março de 2021

Novo evento com as Joias do Infinito focará em edições anuais


Um novo evento com as Pedras do Infinito será lançado pela Marvel e dessa vez a abordagem será um pouco diferente. O evento todo terá como personagem foco na Gata Negra, porém, o evento só ocorrerá em edições anuais dos principais heróis Marvel, além da Gata Negra.


IRON MAN ANNUAL 1
Roteiro por JED MACKAY
Arte por IBRAIM ROBERSON
Capa por NICK BRADSHAW
 


CAPTAIN AMERICA ANNUAL 1
Roteiro por GERRY DUGGAN
Arte por MARCO CASTIELLO
Capa por ALEX GARNER



BLACK CAT ANNUAL 1
Roteiro por JED MACKAY
Arte por JOEY VAZQUEZ
Capa por C.F. VILLA

Além dessas edições que já tem equipe apresentada, outros títulos estão programados para serem lançados como Homem-Aranha, Thor, Vingadores, Miles Morales, Guardiões da Galáxia e edições mensais 8 e 9 de Black Cat. E um detalhe curioso é que cada anual terá um personagem como convidado especial, porém, no checklist abaixo, alguns desses convidados ainda não foram revelados.


Infinite Destinies está programado para começar a sair nos EUA a partir de Junho desse ano.

Marcus Pedro

Rumor sobre um novo herói sendo introduzido em Capitã Marvel 2

 Acho que nunca houve tantos projetos sendo feitos ao mesmo tempo assim na Marvel Studios, o que poderia significar para muitos um atropelo, mas devido a confiança que temos em Kevin Feige, só implica que o universo está em plena expansão, seja nos cinemas, seja em séries pro streaming da Disney+. Desta vez, os rumores remente a Capitã Marvel 2 e a possível chegada de mais um herói pra se juntar as mulheres já confirmadas do longa:


De acordo com uma grade de elenco que caiu nas mãos do site GWW, a Marvel Studios está procurando preencher um papel masculino coadjuvante no próximo filme da Capitã Marvel com uma descrição bem particular. A chamada diz que o estúdio está procurando por um ator, homem, de 20-30 anos descrito como um tipo de Michael B. Jordan ou John Boyega. Atualmente não há uma descrição do personagem que irá atender este papel e parece ser propositalmente vago. Só que considerando o filme em questão e as especulações recentes, é inteiramente possível que sejam a vinda de Adam Brashear / O  Marvel Azul para o UCM.

Adam Brashear tem ligações tanto com a Capitã Marvel Carol Danvers como a Monica Rambeau. Nos quadrinhos, Brashear é um veterano militar e engenheiro elétrico com doutorado em física teórica. Quando era um veterano militar como Carol nos quadrinhos, Brashear estava envolvido com o Projeto Perseus e, como Carol, o projeto deu seus passos em falso e embebeu Brashear com poder extremo. Ao mesmo tempo, Adam e Monica chegaram a ter uma relação romântica nos quadrinhos, o que fez muita gente inclusive especular que ele apareceria em WandaVision depois que a Monica fez referência a um engenheiro do qual era amiga de longa data. Vale ressaltar que tanto Mônica como Carol participaram juntas do grupo Supremos, que também fazia parte o Marvel Azul. Caso seja verdade, é muito poder de fogo do lado dos heróis!

E falando em Capitã Marvel 2, antigos rumores sobre o romance entre a personagem e a Valquíria se tornar algo real no UCM foi fortalecido por um recente twitter da atriz Brie Larson falando que ela e Tessa estavam aprontando alguma coisa...


Obviamente, temos que sempre ter cautela nessas questões. O próprio diretor Taika Waititi praticamente descartou a ideia de Carol Danvers aparecer no seu filme qundo recentemente falou numa entrevista que "o lance é que, eu acho perigoso as pessoas ficaem falando demais sobre o que elas esperam que a Marvel faça, porque é bem capaz de eles tenderem a fazer uma coisa oposta...".

Larson já está treinando para reprisar seu papel como Carol Danvers para Capitã Marvel 2 que sai em 2022. A sequência será dirigida por Nia DaCosta, que não apenas dirigiu o próximo Candyman, mas já trabalhou com Tessa Thompson em seu aclamado filme de estreia em 2018, Little Woods. Juntando-se a Larson no elenco do Capitão Marvel 2 está Zawe Ashton como a vilã do filme, Teyonah Parris reprisando seu papel de WandaVision como a adulta Monica Rambeau e Iman Vellani como Kamala Khan, após a introdução do personagem na sérieda  Ms. Marvel deste ano na Disney+.

Coveiro

Chamada de elenco pra Invasão Secreta sugere três novos personagens na série

 Assim como nos cinemas, a fórmula da Marvel Studios pras séries está dando muito, muito certo. Até onde sabemos, temos agora mais de 10 projetos na lista só pra Disney+ e que devem preencher o espaço na plataforma até 2022 pelo menos. Dentre esses, temos Invasão Secreta, com  o retorno de Nick Fury (Samuel L. Jackson) e Talos (Ben Mendelsohn). Há rumores aí que muitos outros atores de outras partes da franquia da Marvel voltarão e darão as caras por aqui, mas a primeira notícia mais concreta sobre o elenco veio essa semana via o site Illuminerdi.


Segundo foi dito, diretores de elenco estão na busca por atores marcantes para três papéis em especial. O primeiro deles é de um personagem regular masculino que deve ter entre 50 e 60 anos de idade e será o principal antagonista da série. Outro papel será também regular na série e deve ser de uma mulher entre as idades de 40-50 anos, que deverá "compartilhar muitas cenas" com Nick Fury. Por fim, o terceiro papel que estão buscando é de um "coadjuvante importante", que será interpretado por uma jovem atriz.

Embora não haja como dizer exatamente quais personagens da Marvel Comics esses papéis representarão, isso não impediu o surgimento de algumas teorias por parte da maioria dos sites. Alguns acreditam que o vilão masculino pode ser Dorrek VII, que já foi o Imperador do Império Skrull nos quadrinhos mas nunca deu as caras no Universo Cinematográfico da Marvel. Há também a possibilidade de que o papel regular feminino da série seja alguém que tenha igual importância a do Nick Fury, que sendo o tema da série algo mais especial, poderíamos acreditar que seja a de Abigail Brand. Já a atriz mais nova é algo muito aberto pra se especular e depende muito de qual direção a série deve seguir.

A série da Invasão Secreta terá ex-Mr. Robot Kyle Bradstreet como showrunner, que apresentará uma visão única do arco da Marvel Comics de mesmo nome. Kevin Feige já deu entender que as direções vão muito diferentes daquilo que o Bendis fez nos quadrinhos.

Coveiro


Novos merchadisings da série do Loki destaca a TVA

 Quem observar os novos merchadisings da série do Loki vai ver que o TVA ou Time Variance Authority, que nos quadrinhos do Brasil é chamada de Autoridade da Variação do Tempo (AVT), é parte super importante da história. Em novas imagens, referências ao tempo aparece a todo momento e temos Owen Wilson como principal parceiro do Deus da Mentira, vivend o Senhor Mobius, um burocrata da TVA.





Loki é uma série que chegará ao Disney+ em Junho. Nela, já temos os nomes de Tom Hiddleston como Loki, Owen Wilson como Senhor Mobius, Erika Coleman como Florence Schaffner, assim como Sophia Di Martino, Richard E Grant, Gugu Mbatha-Raw, Wunmi Mosaku, Cailey Fleming, dentre outros. Loki é dirigida por Kate Herron e escrita por Michael Waldron.

Coveiro

Matt Damon, Sam Neill e Luke Hemsworth aparecem nas gravações de Thor: Amor e Trovão

 Agora não resta dúvidas sobre a participação de Matt Damon no filme Thor: Amor e Trovão. Depois de especularem que ele finalmente teria um papel significativo, novas fotos das filmagens na Austrália apenas revelaram que o ator, juntamente com Luke Hemsworth e Sam Neill, reprisará seu papel como o ator asgardiano que faz o papel de Loki nas peças de Nova Asgard. Luke e Sam voltam ao papel de Thor e Odin na peça.







Vocês devem ter notado que há uma nova atriz em cena pra fazer o papel de Hela. Trata-se da comediante Melissa McCarthy. A cena, certamente, é uma remontagem a morte de Odin e chegada de Hela na Terra bem no começo de Thor: Ragnarok.

Thor: Amor e Trovão já conta com os nomes de Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tessa Thompson, Jamie Alexander, Christian Bale, Chris Pratt, Dave Baustista, Karen Gillan, Pom Klementieff e muitos outros. A direção é de Taika Waititi e a previsão de lançamento é para 11 de Fevereiro de 2022.

Coveiro

Marvel libera mais imagens de bastidores de Wandavision

Já está lamentando o final de Wandavision essa semana. Calma que depois da conclusão teremos um especial que será postado em outro projeto da Disney+ chamado Assembled que trará um grande extra especial com os bastidores da série. Já se antecipando a isso, eis algumas imagens "por trás das câmeras" do seriado:

~


Wandavision traz Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff, Paul Bettany como Visão, Randall Park como o agente Jimmy Woo, Kat Dennings como Darcy Lewis, Teyonah Parris como Monica Rambeau, Kathryn Hahn como Agnes, Emma Caulfield como Dottie e Evan Peters como Pietro "entre aspas" Maximoff. Wandavision foi escrita por Jac Schaeffer e dirigida por Matt Shakman. Agora é esperar o último episódio que vai ao ar na próxima sexta-feira na Disney +.

Coveiro