sexta-feira, 30 de julho de 2021

Crystal Dynamics apresenta visuais alternativos do Pantera Negra para o jogo Marvel's Avengers


Em uma de suas lives periódicas na Twitch, os desenvolvedores da Crystal Dynamics apresentaram mais informações sobre a nova campanha do jogo focado no Pantera Negra, chamado Guerra por Wakanda.

Umas das coisas que os desenvolvedores mostraram são alguns do uniformes alternativos que estarão disponíveis para serem destravados para o Pantera. Foram apresentados o uniforme real, um uniforme baseado no visual clássico dos quadrinhos (com direito a capa), o uniforme do Pantera Negra: O homem mais perigoso vivo e uma versão com uma colete bem arrojado.






Foi informado também uma que a live especial chamada War Table será apresentada no dia 16 de Agosto, onde serão revelados todos os detalhes importantes referentes a nova campanha Guerra por Wakanda.

Aproveitando a postagem, foi revelado também que o uniforme UCM do Thor ficou disponível na loja on-line do Marvel's Avengers, custando 1400 créditos. O nível de detalhe dessas versões UCM dos personagens realmente são incríveis.
 



E a partir desse fim de semana do dia 31 de Julho e 01 de Agosto, o jogo Marvel's Avengers estará gratuito por completo para todos que quiserem experimentar como está o jogo e aproveitar todos os recursos atualizados e aproveitar ao máximo o que o jogo tem a oferecer atualmente. Lembrando que para poder jogar cooperativo é necessário ser assinante PS Plus.

Marvel's Avengers se encontram para as plataformas PS4, PS5, X-Box, X-Box One, X-Box Series X e PC.

Marcus "Vacinado" Pedro

Panini apresenta alguns dos lançamentos para os meses de Setembro e Outubro de 2021


Em suas livs periódicas, a Panini Brasil apresentou seus planos de lançamentos de publicações brasileiras para os meses de Setembro e Outubro desse ano. Lembrando que esses anúncios eles reforçam que é bom esperar pelo catálogo onde oficializaram esses anúncios ou as pré-vendas entrarem na loja on-line.

Começando com os planos para o mês de Setembro vamos destacar de cara o anúncio de uma publicação muito pedida pelo público que é a saga Aniquilação. Ele virá em um formato Omnibus que englobará toda a saga que já veio para Brasil e mais umas coisas ainda inéditas. Ele terá capa dura, 880 páginas e tem o preço previsto em R$299,90.
 

Campeões: Fora da Lei é um encadernado que começa o arco de história que coloca os jovens em um problema com o governo americano, que está proibindo a atividade de vigilantismo por crianças, jovens e adolescentes. O roteiro fica por conta da Eve Ewing, na arte de Kim Jacinto, Simone Di Meo, Robert Quin e outros. A publicação terá capa dura, 144 páginas e com preço previsto em R$57,90.


Na linha Marvel Vingtage, a publicação de Setembro será Vingadores: A Busca pelo Visão, história clássica dos Maiores Heróis da Terra escrita e ilustrada pela lenda John Byrne. A publicação terá capa dura, 224 páginas, com o preço previsto em R$84,90.


Já no título As Maiores Sagas dos X-Men, o destaque é para a clássica saga Aliança Falange, que saiu uma vez aqui no Brasil nos anos 90 pelo selo Abril. Agora a Panini está republicando esse material com todos os títulos que envolvem essa saga e mais algumas surpresas. A publicação terá capa cartão, 488 páginas, ao preço de R$124,90.


Para o mês de Outubro, teremos Marvel Vintage com Demolidor do David Mack, Jim Palmiotti e Joe Quesada, abordando a estréia da personagem Eco. Essa edição vem em boa hora, já que a personagem também faz a sua estreia na UCM na série Hawkeye no Disney+. A publicação será em capa dura, com 288 páginas, ao preço sugerido de R$104,90.


Em Marvel Essenciais, será a vez da polêmica Morte do Wolverine de Charles Soule, com arte de Steve McNiven, retornar para o Brasil. A publicação abordará as 4 edições principais apresentando como que Logan foi morto, não antes de deixar um enorme rastro de sangue e levando muita gente com ele para o túmulo. O encadernado terá capa dura com 112 páginas, ao preço sugerido de R$49,90.


O imparável Fanático faz a sua estreia no Brasil em sua minissérie própria, com roteiros de Fabian Nicieza e a arte fantástica do veterano Ron Garney. Muito bem elogiada, a história apresentará como Cain Marko retomou seus poderes e como pretende trilhar um novo caminho com novos desafios, além de reatar seu relacionamento com seu meio-irmão Charles Xavier. A publicação terá capa dura com 120 páginas ao preço sugerido de R$49,90.


O grande destaque desse mês de Outubro ficará para o Quarteto Fantástico que terá uma edição especial chamado Quarteto Fantástico: Antítese, com roteiros de Mark Waid e Dennis O'Neil e artes de Neal Adams e a lenda Mike Wieringo. E também a família Fantástica terá outro especial Quarteto Fantástico: Antalogia, que irá destacar história com roteiros do Stan Lee, Marv Wolfman, John Byrne e Jonathan Hickman. Antítese terá capa dura com 136 páginas, ao preço sugerido de R$52,90. Enquanto que Antalogia terá capa dura com 320 páginas, ao preço sugerido de R$144,90.



Indo para publicações infantis, vale destacar a publicação do segundo volume de Gaviã Arqueira em Marvel Teens, com roteiros de Kelly Thompson, Jeremy Whitley e Jason Latour. A publicação terá capa cartão com 144 páginas, ao preço sugerido de R$34,90.


Estreando um novo tipo de publicação, a Panini está trazendo um novo formato de quadrinhos chamado graphic novels, onde a proposta artística é completamente diferente da linha padrão Marvel Comics, com histórias inéditas com alguns dos personagens icônicos da Casa. E os dois primeiros títulos que estreiam no Brasil são Miles Morales: Onda de Choque, com roteiros de Justin Reynolds e arte de Pablo Leon, e Miss Marvel: No Limite, com roteiros de Nadia Shammas e arte por Nabi H. Ali. Ambos terão terão um formato de 15,2 x 22,9cm, com capa dura, ao preço sugerido de 49,90 cada.



Respondendo a perguntas de leitores, a Panini revelou que tem planos para publicação de material do Cavaleiro da Lua, desenhado pelo David Finch, para o próximo ano, para marcar a estreia da série para o Disney+ do personagem mais de lua da Marvel.

Já para o mês de Dezembro foi dito para ficarmos em alerta para publicações do Homem-Aranha, já que estará próximo do lançamento do novo filme do Cabeça de Teias no UCM. Além disso, quando perguntado sobre o Esquadrão Supremo, os editores da Panini fizeram um certo mistério sobre o que estar por vir.

E para finalizar os grandes destaques, novamente foram perguntados sobre publicações da fase do Peter David em Hulk e os editores disseram que é um projeto bem difícil de se avaliar, umas vez que o arco é um dos maiores na Marvel Comics, que chega a envolver quatro edições Omnibus lá fora. Então, eles teriam que pensar na melhor forma de poder trazer esse material para cá, sem ser o formato Omnibus, já que esse formato seria inviável.


O que acharam desses anúncios? Eu estou colocando na minha lista de desejos esse encadernado do Fanático, que achei muito interessante e tem nossas análises aqui no site quem tem curiosidade de conferir. Além disso, Campeões: Fora da Lei é outro material interessante por conta da arte de Simone Di Meo que vem se destacando bastante no mercado de quadrinhos. E claro, não poderia deixar de mencionar o desejo pela aquisição desse encadernado do Demolidor, que terá o arco de histórias com a arte do grande (e questionável por outros motivos) Joe Quesada, que teve uma marcante passagem pelo personagem na Marvel.

Comentem aí embaixo quais são seus interesses também e se seu bolso está preparado para tudo isso? Porque o meu já está gritando por socorro aqui!

Marcus "Vacinado" Pedro

Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis é destaque da revista Empire nesse mês

 A revista Empire já antecipou hoje o visual de sua capa e capa alternativa para assinantes da revista de Agosto. Sai já na semana que vem destacando Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis. Ou seja, teremos muito mais detalhes do filme vindo aí a partir do dia 5.

Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis está programado pra sair em 3 de Setembro nos cinemas. No filme, Simu Liu estrela como Shang-Chi, o herói que deve enfrentar o passado que ele pensou ter deixado para trás quando ele é atraído para a teia da misteriosa organização Dez Anéis. Dirigido por Destin Daniel Cretton e escrito por Daniel Callaham, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis traz no elenco também os nomes de Tony Leung, Awkwafina, Michelle Yeoh, Jiang Nan, Meng'er Zhang. Ronny Cheng, Fala Chen e Jiang Len.

Coveiro

Venom: Tempo de Carnificina ganha estátuas em tamanho real nos cinemas chineses

 Uma conta de fãs do Venom compartilhou algumas fotos hoje em primeira mão que exploram em detalhes o visual não só do famoso alien negro no novo filme como mostra seu inimigo mortal nesta sequência, o Carnificina. Tratam-se na verdade de duas estátuas promocionais dos personagem em tamanho real que estão em exibição num cinema chinês. Confira:




 Essa imagem muito mais clara e brilhante de Carnificina destaca os detalhes mais sutis do simbionte, e o design geral parece estar muito mais próximo daquele de sua contraparte em quadrinhos do que pensamos inicialmente só vendo o trailer. Já o Venom está praticamente com o mesmo visual do filme anterior.

Como o título sugere, a sequência da Sony Pictures verá Venom ficar cara a cara, dente a dente, com seu arquiinimigo dos quadrinhos, o Carnificina. O primeiro filme provou dividiu o gosto dos fãs, mas muitos fãs que não curtirão provavelmente darão a "Tempo de Carnificina" uma chance só para testemunhar essa batalha tão esperada nas telonas.

Tom Hardy volta como Eddy Brock/Venom e se junta a Woody Harrelson como Cletus Kasady/Carnificina. Michelle Williams e Reid Scott também estão programados para reprisar seus papéis de Venom, e eles serão acompanhados por Naomie Harris como a vilã Shriek, e Stephen Graham como o policial Patrick Mulligan. Sean Delaney, Laurence Spellman e Larry Olubamiwo também estão a bordo em papéis não revelados. O diretor da sequência é Andy Serkis.

Coveiro 

Matt Damon comenta sua volta para o quarto filme do Thor


Taika Waititi virou toda a franquia Thor de cabeça para baixo quando lançou Thor: Ragnarok nos cinemas em 2017, transformando a série anteriormente estoica em uma comédia louca cheia de ação initerrupta. Ele foi tão espetacular que até mesmo garantiu que grandes nomes da indústria dos cinemas estivessem no filme só pra fazer uma piada situacional única. Foi o caso de Matt Damon, que volta mais uma vez para dobrar a dose.

Foi uma das cenas mais engraçadas e surpreendentes do terceiro filme, em que ele se veste como Loki encenando uma peça para celebrar de uma maneira falsamente interpretada como o Deus da Trapaça salvou Asgard no segundo filme da franquia. Além de Matt Damon que interpretou Loki, temos na mesma cena Luke Hemsworth (irmão de Chris Hemsworth) fazendo o papel de Thor e Sam Neill interpretando Odin.

Graças a algumas fotos vazadas do set, foi amplamente assumido que Damon e o resto da turma estariam de volta para fazer outra peça em "Amor e Trovão", o quarto filme de Thor pela Marvel Studios. Durante uma recente conversa com Jess Cagle no Sirius XM, o próprio Matt Damon confirmou isso, dizendo que ele realmente voltará para o próximo filme numa cena ainda mais expandida.


"Não sei se é segredo ou não, embora todo mundo saiba", disse Damon. "Eu fui lá para filmar. Acho que eles descobriram, porque os paparazzi tiraram fotos de nós para descobrir o que estávamos fazendo. Estávamos meio que reprisando uma participação especial que nós, que Luke Hemsworth e eu fizemos no último . E nós nos divertimos e então Taika [Waititi] nos trouxe de volta, para acabar com aquela piada e atualizá-la um pouco. "

Novamente, isso não é exatamente surpreendente. A cena foi muito apreciada pelos fãs da Marvel e combina perfeitamente com o senso de humor de Waititi. É bom, no entanto, saber com certeza que veremos mais desses personagens, atores de Asgard, em "Amor e Trovão".

O elenco principal de Thor: Amor e Trovão consiste de Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tessa Thompson, Christian Bale, Jaimie Alexander, Chris Pratt, Karen Gillan, Russell Crowe e Taika Waititi, além de muitos outros. O filme está programado para chegar aos cinemas em 6 de maio de 2022.

Coveiro

Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis ganha segundo pôster e vídeo especial

Depois de um novo vídeo promocional que saiu ontem, Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis acaba de ganhar um novo pôster destacando os principais personagens do filme. Além disso, temos também um novo vídeo de bastidores destacando detalhes da produção que chega aos cinemas em Setembro. Confira:

Shang Chi e a Lenda dos Dez Anéis está programado pra sair em 3 de Setembro nos cinemas. No filme, Simu Liu estrela como Shang-Chi, o herói que deve enfrentar o passado que ele pensou ter deixado para trás quando ele é atraído para a teia da misteriosa organização Dez Anéis. Dirigido por Destin Daniel Cretton e escrito por Daniel Callaham, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis traz no elenco também os nomes de Tony Leung, Awkwafina, Michelle Yeoh, Jiang Nan, Meng'er Zhang. Ronny Cheng, Fala Chen e Jiang Len.

Coveiro

Confira outras novidades anunciadas pela Hasbro pro verão americano de 2021

 


Continuando as divulgações que a Hasbro fez essa semana, eis que foram revelados uma grande leva de Marvel Legends muito aguardados pelos fãs. Incluem-se aí a Carol Danvers como Binária, a Tigresa, o Abutre na versão "De volta ao lar", uma caixa pra uma série de Ninjas do Tentáculo e finalmente a peça da Sylvie, da série do Loki.



Vale ressaltar que algumas das peças acima são de vendas exclusivas de algumas lojas. A Binária é vendida pela rede Walgreens e EB Games. Já o Abutre é de venda exclusiva da Target. Já a Tigresa é exclusiva do Canal da Hasbro e está sendo vendida apenas mediante pré-venda aberta desde ontem, no dia 29 de Julho. 


Coveiro

quinta-feira, 29 de julho de 2021

Na Justiça! Scarlett Johansson abre processo contra Disney

 Hoje saiu a notícia via a The Wall Street Journal dizendo que a atriz Scarlett Johannson estaria processando a Disney por uma quebra de contrato em relação ao lançamento do filme da Viúva Negra. Segundo a nota, Scarlett, que também foi produtora do filme e esperava obter lucros em cima da bilheteria, não tinha concordado com o lançamento simultâneo com a Disney+. E agora que vimos que tal ação repercutiu sensivelmente nos valores finais de arrecadação do filme, os advogados de Johannson abriu uma ação.


“Por que a Disney renunciaria a centenas de milhões de dólares em receitas de bilheteria ao lançar o filme nos cinemas em um momento em que sabia que o mercado de cinemas estava 'fraco', em vez de esperar alguns meses para que o mercado se recuperasse?”  é apontado no processo: “Com base em informações e crença, a decisão de fazê-lo foi tomada pelo menos em parte porque a Disney viu a oportunidade de promover seu principal serviço de assinatura usando o filme e a Sra. Johnasson, atraindo assim novos assinantes mensais pagantes, mantendo os existentes, e estabelecendo o Disney+ como um serviço obrigatório em um mercado cada vez mais competitivo. ”

Na declaração do processo de Johansson, é ainda alegado que "a Disney induziu intencionalmente a violação do acordo da Marvel, sem justificativa, a fim de evitar que a Sra. Johansson obtivesse todos os benefícios de seu acordo com a Marvel." John Berlinski, advogado da Kasowitz Benson Torres LLP que representa a Scarlet Johansson, afirmou que “Certamente não será o último caso em que um talento de Hollywood enfrentará a Disney e deixa claro que, independentemente do que a empresa possa fingir, ela tem uma obrigação de honrar seus contratos".

No final da noite de hoje, a Disney fez uma curta declaração lamentando o processo. Em um comunicado retransmitido pelo Deadline, a Disney basicamente indicou que o processo de Johansson não tem mérito, afirmando que "Não há mérito algum neste processo. O processo é especialmente triste e angustiante em seu desrespeito implacável pelos terríveis e prolongados efeitos globais da pandemia Covid-19. A Disney cumpriu totalmente o contrato com a Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Viúva Negr no Disney + com Premier Access aumentou significativamente sua capacidade de ganhar uma compensação adicional em cima dos $ 20 milhões que ela recebeu até agora. "

Este processo entre Scarlett Johansson e a Disney está rapidamente se tornando uma espécie de para-raios para a indústria. Scarlett é indiscutivelmente a estrela de maior nome hoje e está processando aquele  que é indiscutivelmente o estúdio mais poderoso do entretenimento, por uma questão que nunca foi tão importante. E isso vem se repetindo em vários casos com o conteúdo via streaming onde os contratos devem ser diferentes dos de cinema pela própria natureza diferente de distribuição das mídias. De atores a músicos, há uma guerra discreta entre talentos e proprietários, em relação a quem fica com quanto dos lucros do streaming - e como esses lucros são medidos e negociados em contratos modernos.

Coveiro

Quarteto Fantástico: O Trágico fim do Casamento de Destino

 Poucas novelas vão conseguir fazer uma festa de casamento ser tão rocambolesca como foi a de Victor Von Doom. Na edição passada, quando a noiva Zora Vukovic, numa rompante de remorso resolveu revelar na frente de todos que antes de se tornar noiva tinha tido uma noite de amor com Johnny Storm, vimos toda a fúria do Doutor Destino cair sobre os convidados. E a terceira parte publicada em Quarteto Fantástico 34 (de Dan Slott e R.B. Silva) concluirá esse arco de forma impactante para todos os envolvidos aqui.

Susan ergueu seu escudo o mais rápido que pode para proteger sua família, Namor e T'Chall do mais voraz ataque de Destino até aqui. O Doutor liberou todas as suas forças e avisou que por sua demanda, a transmissão que era pra ser ao vivo tinha alguns minutos de atraso e por isso foi cortada antes da confusão se instaurar e ele ser humilhado pela revelação de Victorious. Ele estava livre para fazer o que quisesse ali pois o mundo não estava mais vendo.

Mais tarde, ele diria que o Quarteto e os demais morreram por conta de uma ataque terrorista que teria Victor e Victorious como alvo. T'Challa tentou argumentar que o povo da Latvéria que presenciou o casamento em Doomstadt viu tudo e sabia o que tinha acontecido. Só que Destino usou o argumento de todo o despóta ovacionado pelo seu povo sofrido e disse que seus cidadãos acreditariam no que ele dissesse e não no que eles viram.

Enquanto os demais faziam de tudo pra salvar os civis no meio do fogo cruzado, Reed Richards invadiu a torre onde Zora tinha ficado a noite anterior sob orientação de Johnny Storm para tentar hackear os sentinelas do Destino como ela também tinha feito. Também é interessante ver o quão Zora ficou dividida no meio daquela luta. Em dado momento ela agredia Johnny quando ele tentou "salvá-la" do Doutor Destino, em outra situação ela iria checar como ele estava após ser alvejado por um raio do Latveriano. De longe, Destino percebeu que ela estava em conflito e com isso planejou um castigo maior que a morte para Storm.

Com um botão, destino acionou sua arma chamada Armagedron, que era um tipo de robô com patas de aranha gigante e um raio misterioso que foi direcionado especificamente para o Tocha Humana. Johnny se jogou na frente pra receber a descarga e proteger Zora. Mal sabia ele que era isso mesmo que o Doutor Destino planejava. Aos poucos, vemos as chamas de Johnny mudarem de cor.

O cientista chefe da Latvéria aparece momentos depois gritando que o Armagedron era instável demais e precisava ser parado. O Coisa chegou a tempo de detoná-lo, mas o núcleo de energia instável poderia destruir toda Doomstadt. O Pantera Negra tentou destruí-lo, mas a energia liberada certamente iria matá-lo. Zora se ofereceu para dar a vida e salvar seu Reino, mas eis que um Destino mais calmo surge e diz que não é mais necessário o sacrifício de ninguém. Com um gesto, sua armadura absorve a energia e direciona toda ela para o espaço. A capital da Latvéria era segura agora.

As atenções voltam-se agora para Johnny que está gritando de dor por não conseguir parar suas chamas, que agora deixam seu corpo todo azul esverdeado. Destino disse que ele não iria morrer, nem explodir, contudo não conseguiria mais apagar suas chamas. Era o castigo que Destino iria lhe dar para nunca mais tocar numa mulher na vida sem machucá-la com suas chamas. Victor então dispensou todos, exceto Zora que resolveu ficar e ser fiel como sempre deveria ser a seu marido. Só que Destino tinha dito que nunca mais queria ver o rosto dela de novo.


Como prometido anteriormente, Destino fez com que as notícias comprassem a mentira de que houve um ataque terrorista em Doomstadt. Para o mundo externo, seu casamento iria muito bem. Na volta pra casa, Johnny, que parecia ter dificuldade até para conversar com a família, implorou pra Reed curá-lo. O cunhado disse que trabalharia nisso, mas não deixou de lamentar que por uma única vez acreditava que haveria paz entre ele e Destino e agora o mundo perdeu uma baita oportinidade de ficar a salvo da ira constante do ditador da Latvéria.

E quanto a Victorious? Bem, ela cumpriu a risca o pedido de Doom de nunca mais ele olhar a cara dela de novo. Como seu amado líder, ela adotou também o uso de uma máscara de ferro...


Parabéns ao Dan Slott que quando é pra fazer uma boa novela dramática acerta em cheio. Esse casamento de Destino, que levou só 3 edições, foi uma de suas melhores histórias até aqui. Além disso, dependendo de quanto tempo a cura de Johnny levar, pode criar muitos traumas no personagem. Ele agora é como o Coisa no começo da revista. Tem sua própria maldição por conta dos poderes e isso o afastará de muitas pessoas que ama. Literalmente.

Coveiro