sábado, 25 de junho de 2022

Sam Raimi e Michael Waldron falam sobre a escolha de John Krasinski como Reed Richards dos Illuminatti


Ainda é cedo para falar sobre o reboot do Quarteto Fantástico que ainda está sendo discutido e buscando seu diretor. Enquanto isso, os fãs podem matar sua vontade sobre ter a família fantástica no UCM com a pequena aparição de Reed Richards, de John Krasinski, em Doutor Estanho no Multiverso da Loucura que chegou agora no Disney+. Pra começar, Raimi abre o jogo sobre a escolha de Krasinski para o papel e como de fato há ali uma nota de referência ao Doutor Destino dos quadrinhos:

“É tão engraçado que Kevin [Feige] escalou John [Krasinski] porque os fãs sonhavam em quem seria o Reed Richards perfeito. E porque este é um universo alternativo, acho que Kevin disse: 'Vamos tornar esse sonho realidade'. Eu sempre gostei muito de todas as suas performances.'”

O escritor do filme, Michael Waldron, deixou claro como "Reed Richards é [seu] personagem favorito da Marvel Comics" e que escrever a primeira aparição do personagem no UCM foi um privilégio:

“Reed Richards é meu personagem favorito da Marvel Comics, então foi uma verdadeira honra escrever sua primeira entrada no MCU. John é um ator incrível e um grande parceiro para dar vida a esse papel pela primeira vez.”

O produtor Richie Palmer observou como seu traje foi "desenhado por Ryan Meinerding" e que o portal pelo qual ele entra era, de fato, "Plataforma do Tempo do Doutor Destino:"

“É emocionante que o figurino desenhado por Ryan Meinerding seja um deleite realmente especial. O detalhe do dispositivo de teletransporte que ele usa para entrar na cena é algo que tiramos dos quadrinhos, é a Plataforma do Tempo do Doutor Destino.”

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura foi dirigido por Sam Raimi e estrelado por Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho, Elizabeth Olsen como Wanda Maximoff/Feiticeira Escarlate, Benedict Wong como Wong, Rachel McAdams como Christine Palmer, Chiwetel Ejiofor como Mordo e Xochitl Gomez como América Chávez.

Coveiro

comments powered by Disqus