terça-feira, 5 de outubro de 2021

Sam Raimi abre o jogo sobre os problemas gerados pelo seu Homem-Aranha 3



Não há como negar. O filme do Homem-Aranha 3 da trilogia original de Sam Raimi sempre foi um dos filmes mais criticados dentro do gênero de super-heróis. Mesmo que ele tenha pensado em voltar em algum momento pra um quarto longa com Tobey Maguire, esse filme sempre foi uma sombra em sua carreira. Enquanto divulgava Nightbooks da Netflix, Sam Raimi falou francamente ao Collider sobre os desafios mentais enfrentados ao considerar um retorno ao cinema da Marvel e por que esses desafios o motivaram:

"Eu não sabia que poderia enfrentá-lo novamente porque foi tão horrível, tendo sido o diretor de Homem-Aranha 3. A Internet estava ficando cada vez mais acelerada e as pessoas não gostavam daquele filme e com certeza me contaram sobre ele. Foi difícil retomar. Mas então, descobri que havia uma estreia em Doutor Estranho 2. Meu agente me ligou e disse: 'Eles estão procurando um diretor na Marvel para este filme e seu nome apareceu. Você estaria interessado?' E eu pensei, 'Eu me pergunto se eu ainda conseguiria fazer isso.' Eles são muito exigentes, esse tipo de imagem. E eu pensei, 'Bem, isso é razão suficiente.' Eu sempre gostei muito do personagem do Doutor Estranho. Ele não era meu favorito, mas ele estava lá com os favoritos. Eu amei o primeiro filme, pensei que [o diretor] Scott Derrickson fez um trabalho maravilhoso, um trabalho incrível. Então, eu disse: 'Sim'. Eles deixaram o personagem em um ótimo lugar. Eu não pensei que faria outro filme de super-herói. Simplesmente aconteceu. "

Na mesma entrevista, Raimi também falou sobre a tolerância e o amor pela improvisação durante as filmagens de Doutor Estranho 2, uma decisão aparentemente estranha, dado o nível de orçamento, apostas e controle de pré-visualização em jogo para esse tipo de filme. 

"É sempre uma improvisação, apenas para começar, então nem penso nisso como [uma escolha específica]. O ator traz o que trazem. Essa é a improvisação deles. É qual é o papel. Concedido, Scott Derrickson estabeleceu uma base muito forte com ótimos personagens, história e visuais com Benedict Cumberbatch, mas, no entanto, é uma nova história. Cada vez que o ator passa na frente da câmera, todos estão fazendo tudo do zero. Então, só para mim, porque esse é o meu ponto de vista, outra improvisação, uma tomada diferente, algo inesperado, algo jogado pro ator para que ele responda ao vivo para as câmeras é emocionante. É apenas uma continuação do mesmo processo".

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura será lançado em 25 de março de 2022. O filme será estrelado por Benedict Cumberbatch como Doutor Estranho, Elizabeth Olsen como a Feiticeira Escarlate, Benedict Wong como Wong, Rachel McAdams como Christine Palmer, Chiwetel Ejiofor como Mordo e Xochitl Gomez como America Chavez, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura estreia nos cinemas em 25 de março de 2022.

Coveiro

Coveiro

comments powered by Disqus